Ciro quer Lula fora do jogo sucessório para evitar eleição marcada “pelo ódio e pelas paixões”

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira:

O pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, torce para que Lula prove sua inocência, mas não entre na disputa de 2018. Para o pedetista, se o ex-presidente entrar, destruirá “completamente o ambiente da discussão do futuro do País”.

Embora diga que ainda amadurece o projeto da disputa, Ciro tem percorrido o País apregoando ser alternativa para o Brasil, desde que seu partido entenda ser ele a melhor opção da legenda.

Ciro diz ainda que se Lula entrar na peleja pelo voto, os brasileiros assistirão a “uma eleição marcada pelo ódio, pelas paixões, sobre caudilhismo do petista ser a salvação da lavoura sem precisar dizer nada, sem sequer fazer uma autocrítica de quem colocou Michel Temer na linha de sucessão ou quem empoderou Eduardo Cunha para ir para a presidência da Câmara. Isso tudo foi o senhor Lula brincando de Deus”, completou.

Para Ciro, o Brasil “não aguenta” mais quatro ou oito anos de guerra política e precisa ser pautado por um projeto de desenvolvimento e mudanças. Vaticinou: “O Brasil não cabe em um projeto de esquerda.”

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =