Colégios eleitorais começam a fechar após votação no Chile

As primeiras das 42.890 mesas eleitorais distribuídas em 2.156 colégios em todo o Chile começaram a fechar na noite deste domingo (19), após a votação que elegerá um novo presidente, além de 155 deputados, 23 dos 50 senadores e 278 conselheiros regionais.

“Foi uma jornada tranquila, vimos muita participação nos lugares que passamos”, declarou o presidente do Serviço Eleitoral, Patricio Santamaría, ao fazer um balanço preliminar da participação no pleito deste domingo.

A votação transcorreu sem incidentes graves, com exceção de algumas ocorrências isoladas, como a invasão de um grupo de jovens de extrema-esquerda à sede do comitê eleitoral de Sebastián Piñera, que é candidato à Presidência nestas eleições.

Além disso, na região da Araucanía, um ônibus que estava preparado para transportar eleitores com dificuldade de deslocamento foi incendiado e, posteriormente, foi atacado o veículo que transferia o fiscal encarregado de investigar o incidente, que saiu ileso.

(Agência Brasil)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + dezoito =