Copa 2014 – Obras aumentam R$ 2,7 bi em oito meses

“As obras da Copa-2014 tiveram um aumento de custo de R$ 2,7 bilhões desde janeiro. Estudo da consultoria legislativa do Senado comparou os orçamentos previstos para estádios, obras de mobilidade, portos e aeroportos no começo do ano com o último balanço do governo federal, publicado na semana passada.

Em janeiro, os projetos estavam avaliados em R$ 23,8 bilhões, e agora essas mesmas obras têm o custo previsto de R$ 26,5 bi. Proporcionalmente, a maior variação está nos portos, que cresceram 21%. Em valores absolutos, as obras de mobilidade urbana foram as que mais cresceram: R$ 1,2 bi –ou 10%. Atualmente, os projetos de mobilidade estão avaliados em R$ 16 bi.

Para o governo, contudo, as obras de mobilidade, apesar do alto custo, não estão entre os “pilares essenciais” para a realização do evento –como já declarou o ministro Orlando Silva (Esporte).

O estudo feito pelo Senado ainda comparou os valores globais do projeto Copa-2014. No total, com as obras novas que foram incluídas desde janeiro –como o estádio do Itaquerão– o custo da Copa do Mundo no Brasil subiu R$ 6,83 bilhões (28%), chegando a R$ 30 bilhões

Sem contar o custo do Itaquerão, o custo dos estádios foi o que teve o menor crescimento entres os tipos de obra. Houve um aumento de 8%, ou R$ 480 milhões.

As arenas de Recife, Belo Horizonte, Cuiabá, Manaus e Natal tiverem crescimento de menos de 1%, enquanto Brasília reduziu o valor da obra em R$ 25 milhões. Porto Alegre quase dobrou: de R$ 154 mi para R$ 290 mi.”

(Folha.com)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × um =