Datafolha – Pesquisa sobre efeito Eduardo-Marina sai do forno neste fim de semana

brasil-politica-marina-silva-jpg-300x168

“Está previsto para este fim de semana a publicação de uma nova pesquisa Datafolha, a primeira já com a nova configuração sucessória. Os nervos em Brasília estão à flor da pele.

O Palácio do Planalto supõe que o resultado pode ser bom para Dilma. Avalia-se que a união entre Marina Silva e Eduardo Campos ainda não virou um fato para o eleitor médio. Assim, no cenário sem Marina, Dilma tenderia a subir um pouco.”

(Coluna Radar- Veja Online)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

5 comentários sobre “Datafolha – Pesquisa sobre efeito Eduardo-Marina sai do forno neste fim de semana

  1. Vou cantar a pedra : Eduardo sobe 08 pontos e vai para 12 ou 13%, Dilma sobe 5 pontos e vai para 43% e o perdedor será o Aécio Never que deverá ficar com os mesmos 12 %.

  2. Analisando as coisas da forma correta sabe-se que seria impossível detectar algum impacto causado pela união Campos-Marina. É muito estranho divulgar pesquisa com esse intuito. É por este e outros motivos que a “oposição” no Brasil precisa ficar de olho muito aberto. Se nas vésperas das eleições os dados são manipulados (Heitor Ferrer na eleição para prefeito), imagina quando ainda falta mais de um ano para as eleições e a campanha ainda nem começou. Aliás, já começou para a Dilma que ao invés de trabalhar, vive de palanque em palanque enquanto a economia do País vai de mal a pior.

  3. Santos, não é porque você anda liso que a nossa economia esteja tão mal assim, afinal, a renda do brasileiro tá crescendo, a Dilma em pouco mais de dois anos de governo já gerou mais emprego que FHC, estamos crescendo a 2,5% a.a , não é o ideal, mas não somos uma ilha imune à crise mundial por que passam as maiores economias do mundo. Estamos à frente em crescimento aos EUA, Reino Unido, França, Japão, Itália, Espanha, Grécia, perdemos apenas para a gigante China com 1.300.000.000 de consumidores. Esatamos passando pela maior seca dos últimos 60 anos e não assistimos ninguém saqueando comércios e feiras livres…

  4. Nunca repondo mas por uma questão didática não pude conter-me. O comentário do Sávio Sobreira em si é uma confirmação do que acontece com a economia brasileira no momento. Nos anos FHC o mundo passava por uma crise. Como escreveste, isso realmente afeta o Brasil. Vale lembrar que naqueles anos o Plano Real colocava o Brasil na situação que permitiu o aumento de renda da população. Com inflação o dinheiro do Brasileiro só dava para o básico, e olhe lá. Naquela época começaram as transferências de renda que depois o Lula juntou num saco só. Sávio, alerto-lhe que não é muito producente comparar a água com o óleo. As economias dos países desenvolvidos são bastante diferentes da dos países em desenvolvimento. Ao atingir um grau de desenvolvimento fica difícil expandir. Só um novo ciclo de produção gera um novo boom. Economias em desenvolvimento se bem gerenciadas (o que não é o caso do Brasil) podem crescer mesmo com crises mundias (China por exemplo). Humilde sugestão – Manuais básicos de economia são melhores fontes de conhecimentos do que diz e propaga através de blogs (pagos com dinheiro do povo) o marqueteiro da Dilma (João Santana). Lembro-lhe que não sou só eu “o liso”. Esta é a situação de todos os que caíram no conto do consumo-via prestações a juros mais altos do planeta (politica do governo). Esse modelo é um lençol curto – se cobre os pés deixa a cabeça descoberta e vice-versa. É por essa e outras variáveis que a economia brasileira ameaça crescer míseros 2,5% em 2013 e 2014. Para uma economia em desenvolvimento, que precisa crescer no mínimo 7%, isso é terrível. Sem querer assustá-lo a INFLAÇÃO nos espreita. Bons estudos. Concluindo, o Brasil perde se continuarmos essa velha dicotomia FHC(PSDB e saco de gatos) x Lula-Dilma (PT e saco de gatos). Para a frente é que se anda!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × cinco =