Dilma venceria até Lula se eleição fosse hoje, segundo Datafolha

Se as eleições à Presidência da República fossem hoje, a pré-candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) venceria a disputa no primeiro turno, com 42% das intenções de votos, contra 21% do pré-candidato Aécio Neves (PSDB) e 15% do pré-candidato Eduardo Campos (PSB). Os números são da pesquisa Datafolha, divulgada nessa sexta-feira (11). Na pesquisa espontânea, Dilma superou até o ex-presidente Lula, com 17% de citações dos entrevistados contra 6% de Lula.

Quando a pesquisa trocou Eduardo Campos por Marina Silva e Aécio Neves por José Serra, Dilma continuou em primeiro, com 37% das intenções de voto, mas a eleição se arrastaria para o segundo turno, diante dos 28% de Marina Silva e dos 20% de José Serra.

A pesquisa revela algumas curiosidades, como o fato de apenas 1% dos entrevistados não conhecer Dilma Rousseff, contra 43% de Eduardo Campos e 22% de Aécio Neves, o que aponta para um crescimento das duas prováveis candidaturas durante a campanha eleitoral.

Em uma simulação de segundo turno, Dilma venceria Marina Silva, por 47% a 41% das intenções de voto, mas 12% dos entrevistados não conhecem Marina. A pesquisa não teve como sugerir Marina Silva como vice de Eduardo Campos, pois não fazia parte da metodologia a inclusão dos vices.

O Datafolha ouviu 2.517 entrevistas em 154 municípios, com uma margem de erro de 2 pontos para mais ou para menos.

(com agências)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Dilma venceria até Lula se eleição fosse hoje, segundo Datafolha

  1. estas pesquisas não servem para nada. as eleições ainda estão longe demais. sabe-se que depois dos programas políticos é que veremos mesmo quem vai tá perto de ganhar. hoje há um sentimento anti-pt em muita gente, semeado pelo próprio partido do governo com sua má gestão e propaganda enganosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =