Educação de Fortaleza e os avanços para garantir a aprendizagem

Em artigo no O POVO desta quinta-feira (4), a secretária da Educação de Fortaleza, Dalila Saldanha, destaca o levantamento estatístico do Censo Escolar da Educação Básica 2017, que aponta a expansão das matrículas em todas as faixas de ensino em Fortaleza. Confira:

A política educacional de Fortaleza se norteia na convicção de que a educação escolar faz diferença na qualidade de vida das pessoas. Para isso, são mobilizados esforços para ter todas as crianças e adolescentes na escola, com a clareza de que não basta oferecer atendimento; é preciso garantir o direito de aprender a todos que chegam à instituição. É um direito subjetivo, mas, essencialmente, é um direito cidadão.

O Censo Escolar da Educação Básica 2017, mais importante levantamento estatístico educacional brasileiro, realizado pelo Inep, apontou a expansão das matrículas em todas as faixas de ensino em Fortaleza. É um fato concreto que materializa a caminhada pelo cumprimento de um dos compromissos assumidos pela gestão Roberto Cláudio.

Em 2016, a matrícula total, da creche à educação de jovens e adultos, alcançou 197.381 alunos. Em 2017, foram 207.302 alunos, que traduz um aumento de quase 10 mil estudantes em um único ano. Fortaleza vai na contramão nacional, já que no País foram registrados decréscimos de matrícula. Somente na Educação Infantil, o crescimento foi de quase 10%, avançando de 38.388 educandos para 42.083. Para que isto fosse possível, foram inaugurados 12 Centros de Educação Infantil só em 2017. Também foi alcançada a importante marca de 100 unidades de Educação Infantil entregues na gestão desde 2013. A primeira infância é, de fato, uma prioridade.

Outro destaque foi o atendimento em tempo integral, que passou de 26.841 alunos (2016) para 56.065 (2017), que equivale a 108,9% de aumento. Fortaleza foi um dos municípios que mais cresceu neste tipo de atendimento. Houve, ainda, a expansão da inclusão de crianças com necessidades especiais em 41%: passou de 4.100 (2016) para 5.797 (2017).

São resultados da priorização da Educação pelo prefeito desde 2013, com ações como a seleção de gestores por mérito; valorização dos profissionais com realização de concurso público; melhoria na infraestrutura das escolas; além da ampliação da Educação de Tempo Integral, por meio das Escolas de Tempo Integral e da consolidação de programas de jornada ampliada. Os avanços em indicadores como o Spaece e a Avaliação Nacional da Alfabetização reforçam a credibilidade da nossa rede e, juntamente com o apoio do prefeito Roberto Cláudio e devido ao engajamento dos pais e dos profissionais que fazem a Educação de Fortaleza, apontam que estamos no caminho certo para continuar avançando, na busca de garantir o sucesso dos nossos alunos.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =