Eleições e o festival de liminares

“É chegado o momento de alguém esclarecer o que aconteceu com as liminares concedidas no âmbito da Justiça para que candidatos, detentores de algum tipo de divergência – digamos assim, com a lei, pudessem assegurar sua participação na eleição deste ano. Não vale essa de dizer que diversas foram suspensas, algumas ou uma parte. O eleitorado precisa conhecer, com transparência, os números redondos, os motivos, os beneficiários e o que ficou na conta do sem jeito.

Para ajudar no cálculo, eis alguns dados: da campanha de 2008 e até o último pleito, existia acúmulo de 151 liminares. Em relação ao pleito deste ano, até sexta-feira última, foram registradas mais 60 liminares judiciais novinhas em folha, o que somaria estoque de 211. Foram concedidas por juízes do Interior, juízes das Varas da Fazenda Pública da Capital, pelo Tribunal de Justiça e por ministros do STF. Alguém explica?

(Coluna Vertical, do O POVO)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + três =