Escândalo na Fifa – Presidente da França quer “uma limpeza incontestável”

“O presidente francês, François Hollande, apelou hoje à ética desportiva, dentro e fora dos estádios, para garantir “uma limpeza incontestável” dentro das organizações que coordenam grandes competições desportivas. “Considero que a ética desportiva não se refere apenas ao que se passa no gramado. Há uma ética nas atribuições de competições e é isso que está sendo questionado”, disse Hollande quando questionado sobre o escândalo de corrupção na Fifa.

Sem mencioná-lo explicitamente, o chefe de Estado francês fez referência aos Jogos Olímpicos de 2024, que Paris pretende sediar. Além disso, a França será a anfitriã do Europeu de Futebol de 2016 e do Mundial de Futebol Feminino de 2019.

“Somos candidatos a grandes competições. Tenho confiança nas instituições que vão tomar essas decisões, que devem esclarecer o que se passou nos anos anteriores e a justiça verificar o que aconteceu”, justificou o governante francês, reiterando a ideia de que as organizações têm de ser “incontestáveis”.

As reações surgem depois que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos indiciou nove dirigentes ou ex-dirigentes e cinco parceiros da Fifa, acusando-os de conspiração e corrupção nos últimos 24 anos, num caso que envolve subornos no valor de US$ 151 milhões.”

(Agência Lusa)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + quinze =