Especialistas dizem que Dilma cresce com imagem colada a Lula

dill

“A estratégia do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de associar a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, às suas realizações de governo tem rendido dividendos eleitorais à pré-candidata petista à sucessão no Palácio do Planalto, subindo nas pesquisas de intenção de voto. É o que apontam cientistas políticos entrevistados neste domingo, 20, pela Agência Estado.

De acordo com eles, a última pesquisa Datafolha – que mostra queda na diferença porcentual entre Dilma e o virtual candidato tucano à disputa, o governador de São Paulo, José Serra, – sinaliza que a ministra, atualmente oscilando entre 19% e 23% das intenções de voto, pode chegar ao patamar dos 30% até junho do ano que vem.

O cientista político Humberto Dantas, conselheiro do Movimento Voto Consciente, creditou à “superexposição da ministra” o seu crescimento nas pesquisas eleitorais. Desde setembro deste ano, o PT mobiliza um aparato para alavancar a pré-candidatura de Dilma, como a criação de um canal online de comunicação e a construção de um estúdio de TV no prédio que abriga a sua sede nacional, em Brasília.

“A Dilma é candidatíssima desde o início do ano. Não perde um evento com o Lula e é estrela das inserções televisivas do PT”, afirmou. “É bem provável que ela chegue aos 30% até o início das eleições, como quer o governo federal”, acrescentou.

O mestre em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP) e consultor do Movimento Voto Consciente Sérgio Praça disse que o salto de Dilma nas últimas pesquisas se deve aos dividendos eleitorais colhidos no último programa partidário do PT, exibido no dia 10 em rede de rádio e TV e centrado nas figuras da pré-candidata e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Foi feita no programa uma aproximação muito grande entre a ministra e as realizações do presidente Lula”, avaliou. “A Dilma tem potencial para crescer ainda mais nas pesquisas, e não por capacidade dela, mas por transferência de popularidade do presidente Lula.”

Os especialistas políticos também comentaram as pequenas variações no desempenho de Serra nas últimas sondagens eleitorais. O pré-candidato que vem oscilando pouco entre 37% e 39% das intenções de voto estacionou em relação aos oponentes e está cada vez mais próximo de Dilma, segunda colocada na corrida eleitoral.

Para Sérgio Praça, a performance morna de Serra se deve ao fato de o governador paulista não ter admitido a pré-candidatura ao Planalto, ainda que tenha sido impelido a fazê-lo após o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), ter aberto mão da disputa, na quinta-feira. “A demora do Serra em se assumir como candidato tem feito com que muita gente não saiba que ele está no páreo”, afirmou.

Marina Silva
Outra pré-candidata cujas intenções de voto têm variado pouco é a senadora Marina Silva (PV-AC). Mesmo com o apoio da ex-senadora e vereadora Heloisa Helena (PSOL) à sua eventual candidatura, a ex-ministra do Meio Ambiente não tem ganhado fôlego nas pesquisas eleitorais, ficando abaixo da marca dos 10%. Sérgio Praça observou que tem atrapalhado o desempenho de Marina a impressão de que sua candidatura é unidimensional, ou seja, pautada apenas no discurso ambiental. “Se ela não desenvolver outros temas, vai terminar as eleições com um porcentual de, no máximo, 15%”, disse.

Para Humberto Dantas, Marina Silva é uma pré-candidata ainda desconhecida do grande eleitorado, além de seu partido, o PV, contar com pouco alcance estadual. “Marina será coadjuvante no processo eleitoral, que será centrado em Serra e Dilma”, afirmou. “A candidatura dela será uma alternativa aos insatisfeitos com as gestões do PT e do PSDB”, acrescentou.”

(Agência Estado)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =