Executivo acusado de chefiar esquema de venda ilegal de ingressos é solto

“O Plantão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou na madrugada de hoje (8) a soltura do diretor da empresa Match Hospitality, Raymond Whelan. O pedido de libertação de Whelan foi feito por seus advogados e aceito pela desembargadora do plantão, Marília Castro Neves Vieira. Ele é suspeito de chefiar esquema de venda ilegal de ingressos dos jogos da Copa do Mundo.

A polícia do Rio prendeu Raymond Whelan, suspeito de chefiar esquema de venda ilegal de ingressos da Copa do Mundo Tomaz Silva/Agência Brasil
O britânico havia sido preso ontem (7) pela Polícia Civil. A polícia acredita que ele tenha ligação com o argelino Lamine Fofana, preso na semana passada, junto com dez brasileiros, na Operação Jules Rimet.

O grupo é suspeito de revender ingressos por preço acima do impresso no bilhete, o que é proibido pelo Estatuto do Torcedor. Antes da prisão de Whelan, na tarde de ontem, no Hotel Copacabana Palace, a Match Hospitality, empresa que tem direitos exclusivos para a venda de pacotes de ingressos e hospitalidade (que inclui serviços como estacionamento, acesso a áreas especiais nos estádiso) para a Copa 2014, havia informado que está colaborando com as investigações.”

(Agência Brasil)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + oito =