Fernando Cirino ganhará o Troféu Equilibrista 2014

cirinro

O ex-presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Fernando Cirino Gurgel, receberá o Troféu Equilibrista. Trata-se de comenda concedida anualmente pela regional do Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças (IBEF).

Fernando Cirino, o ‘Executivo do Ano de 2014’ e controlador da Durametel, maior empresa de tambores de freios do Brasil, receberá a homenagem durante festa de confraternização da entidade, nesta quarta-feira, a partir das 19 horas, no Gran Marquise Hotel.

O Trofeu Equilibrista tem como objetivo reconhecer profissionais que trilham uma carreira pautada na ética, na excelente conduta pessoal e que são destaque no cenário econômico e financeiro.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Fernando Cirino ganhará o Troféu Equilibrista 2014

  1. O PRÉDIO DO BNB EM ARACATI
    O conjunto arquitetônico da cidade de Aracati, formado por ruas e monumentos dos séculos XVIII e XIX, principalmente, é considerado patrimônio nacional, tendo sido tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) desde abril do ano 2.000.
    Não obstante depredações de que foi alvo essa paisagem urbanística, especialmente no passado, ferindo a memória histórica daquela cidade, pode-se considerar que tal traçado ainda se reveste de grande importância, extrapolando sua beleza, inclusive, as fronteiras de nosso Estado.
    Entretanto, salta aos nossos olhos, como cearense ou até mesmo aos turistas que por lá passam, a desarmonia que se observa facilmente em função do prédio que abriga a Agência do Banco do Nordeste do Brasil, num desrespeito cultural ao passado daquela cidade.
    Vê-se que a fachada desse prédio, desprovida de qualidade estética, destoa, fere e agride aquele patrimônio urbanístico, enfeando o que foi tão bem concebido no passado pelos seus primeiros habitantes, os quais primaram pela simetria daquela paisagem, sem imaginarem que tempos depois projetos dessa espécie viriam desrespeitosamente macular seus propósitos.
    Aqueles que não contestam tal construção, certamente concordariam, por exemplo, com a edificação de uma jangada na entrada de qualquer cidade localizada nos Sertões dos Inhamuns.
    Diante do exposto, penso que o momento é oportuno para, numa união de esforços, levantarmos a bandeira da justiça para com o patrimônio histórico do Aracati, fazendo mostrar ao BNB a necessidade premente de rever a aberração cometida, mediante a implementação de projeto a ser discutido exaustivamente com a sociedade aracatiense, e que guarde estreita conformidade com o patrimônio urbanístico, corrigindo-se, assim, o desarranjo existente.

    Fortaleza, 28 de outubro de 2014

    José Nilton Fernandes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + dezenove =