Festa de Iemanjá tem registro de Acrísio Sena

A intenção do secretário de Cultura de Fortaleza, Evaldo Lima, de declarar a Festa de Iemanjá como patrimônio cultural de Fortaleza foi comemorada, nesta sexta-feira, pelo vereador Acrísio Sena (PT). O parlamentar havia solicitado, ainda em agosto de 2016, através de requerimento (abaixo), que a Secultfor abrisse processo administrativo com o objetivo de catalogar a “Festa de lemanjá” no Livro do Registro das Celebrações, segundo o Art. 34, II da Lei 9.347, de 11 de março de 2008, que dispõe sobre a proteção do patrimônio Histórico-Cultural e Natural do Município de Fortaleza.

Desta forma, por meio do tombamento ou registro, a festa é considerada “Patrimônio Cultural de Fortaleza”.

“Há mais de 50 anos, os umbandistas reverenciam lemanjá, considerada pelos seguidores de religiões de matriz africana como a mãe de todos os orixás. Destaco a luta da União Espírita Cearense de Umbanda sobre o tema. Os festejos atraem, todos os anos, milhares de pessoas de várias partes às areias da Praia de Futuro, nessa Cidade, em 2 de fevereiro. A Festa de lemanjá de Fortaleza é uma das mais tradicionais do país e chegou a reunir mais de 300 mil pessoas em uma só edição”, complementou o parlamentar.

(Foto – Divulgação)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + catorze =