Garis de Fortaleza podem entrar em greve

Cerca de 800 garis que prestam serviço à empresa Futurecom, responsável junto à Prefeitura de Fortaleza, pela limpeza dos canteiros centrais de avenidas, varrições,limpeza de praças e recolhimento de entulho, iniciarão, nesta sexta (11), paralisação.
De cordo com Maury Maia, presidente do Seeaconce, entidade que representa os trabalhadores em limpeza pública de todo o Estado, é recorrente o descumprimento da empresa em relação à Convenção Coletiva de Trabalho.
“Todos os meses ocorrem atrasos salariais, no pagamento de cesta básica, vale alimentação e transporte, entre outros direitos. Até agora o mês de outubro ainda não foi pago. Sabemos do prejuízo que traz para a cidade e para a população o não recolhimento do lixo, mas não podemos mais admitir essa situação, são pais de família que estão sem salários”, afirma Maia.
Os garis farão assembléia na sede do sindicato, a partir das 8 horas desta sexta (11), e decidirão sobre a greve da categoria.
Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + oito =