Gilmar Mendes ao molho ou de molho?

gilmotr

O presidente do Supremo Tribnal Federal, ministro Gilmar Mendes, está sendo aguardado em Fortaleza para aqui passar alguns dias de férias, segundo amigos próximos. Só que tudo fica no segredo, principalmente porque ele poderia ser alvo de protestos, principalmente dos jornalsitas que perderam o diploma.

Aliás, esse fato vem gerando uma série de atos e fatos bem curiosos. A turma de Jornalismo da FIC 2009, por exemplo, resolveu protestar contra a queda da obrigatoriedade da exigência do diploma incluindo a seguinte frase na placa de formatura: “Cozinhando notícias, escrevendo receitas de jornal”.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

5 comentários sobre “Gilmar Mendes ao molho ou de molho?

  1. Cozinhar notícias e só escrever receitas via ‘release’ condiz com as práticas adotadas na maioria dos setores da Imprensa. Portanto, a frase, longe de ser criativa, apenas constata e expõe uma das mazelas do jornalismo.

  2. Depois da notícia no teu Blog, Eliomar, cartilha em todas as faculdades de jornalismo no Ceará, duvido que o Gilmar venha para Fortaleza. Senão tu vai passar a semana noticiando as confusões em algum hotel de luxo da Beira-Mar. Eliomar, perguntar não ofende (ou não deveria ofender): Será que o ministro não teria aceitado uma cortesia cinco estrelas, com direito em levar até o papagaio da sua cozinheira (duvido que ela seja estudante de jornalismo), de um certo hotel que passa atualmente por grandes dificuldades de imagem…

  3. Certamente deverá se refugiar na fazenda de um grande político ali das bandas de Tauá ou em alguma casa de Praia cedida por outros.
    Acho bom ele tomar cuidado, pq agora não são mais os mirins que querem lhe tomar o cordão de ouro, não. Somos nós, estudantes de jornalismo que queremos mesmo em vão, lhe dizer poucas e boas.
    Presidente Gilmar, saia às ruas! Seja homem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + dez =