Guido Mantega criou conta para Lula no Exterior, diz delator da JBS

Em sua delação, o empresário Joesley Batista disse que seus encontros com o ex-ministro Guido Mantega eram intermediados por Victor Garcia Sandri, quando o petista era então presidente do BNDES. A JBS pleiteava um financiamento de 80 milhões de dólares ao banco e Vic (como era conhecido) pediu 4% do valor para ele e Mantega. A operação foi aprovada rapidamente e o dono da JBS fez então o pagamento em uma offshore indicada por Vic no exterior.

Joesley disse também que teve mais de 10 encontros intermediados por Vic e que, em todas as ocasiões, Mantega sabia dos assuntos de seu interesse porque provavelmente recebia um briefing do amigo. No Natal de 2005, Vic pediu para que Joesley presenteasse Mantega com uma cesta de Natal de 17 000 reais. Ao encontrar o petista depois disso, Mantega agradeceu o mimo.

Essa conta, Joesley soube mais tarde, era de Lula. Juntos os saldos das contas de Lula e Dilma, criada posteriormente, somavam 150 milhões de reais.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Guido Mantega criou conta para Lula no Exterior, diz delator da JBS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − nove =