Guimarães e a tese da chapa própria em Fortaleza

foto guimarães isolado

Por que o deputado federal José Nobre Guimarães (PT), que evitava até falar no tema sucessão municipal em Fortaleza, resolveu, de uma hora para outra, aderir à tese da candidatura própria? Eis a pergunta que muitos do PT e de partidos aliados estão fazendo nos bastidores.

José Guimarães deve dizer que segue a orientação da direção nacional petista de que é preciso palanque para firmar posições e, também, para defender a legenda, hoje mergulhada no lamaçal da corrupção da Lava Jato.

Mas há outros petistas que também apostam numa outra justificativa para esse desejo de Guimarães por chapa própria na Capital: ele estaria sendo acossado, em suas bases no interior, por candidaturas turbinadas pelos Ferreira Gomes.

Guimarães nunca escondeu que sonha em disputar o Senado, no que 2018 lhe daria essa chance, mas, entre os Ferreira Gomes, há quem defenda uma articulação política pró-Cid Gomes ou algum outro nome ligado a esse grupo político.

Pois é, a política é com o sol: pode estar brilhando agora no céu, mas, por questão de alguns minutinhos, ser encoberto pelas nuvens.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

2 comentários sobre “Guimarães e a tese da chapa própria em Fortaleza

  1. Estão todos corretos. Time que não joga perde a torcida. Além disso, há um sentimento de que deter o comando da nação não tem significado fortalecimento do PT. Ao contrário, os erros e desvios fizeram o PT definhar na Câmara Federal. Por tudo isso faz sentido a candidatura própria.
    Ainda, as movimentações no interior enfraquecem o PT, que não terá candidato em Sobral, cidade que hoje administra, e, em Itapipoca, o prefeito petista deve sofrer oposição de candidata apoiada por Cid.
    Logo, ou o PT arrisca ou míngua.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 19 =