IBGE – PRODUÇÃO INDUSTRIAL DO CEARÁ VOLTA A CRESCER

“A produção industrial caiu em cinco das 14 regiões pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em fevereiro na comparação com o mês anterior. Três estados que respondem por cerca de 60% do total da indústria nacional registraram as quedas mais relevantes: São Paulo (-1,5%), Minas Gerais (-1,6%) e Rio de Janeiro (-0,9%). Por outro lado, Ceará (3,4%), Bahia (2,8%) e Região Nordeste (2,7%) tiveram destaque entre as áreas com crescimento industrial acima do índice nacional (-0,5%). Na comparação com o mesmo período do ano passado, que para o total do país registrou crescimento da produção de 9,7%, os índices apresentaram expansão em todos os locais pesquisados, especialmente em Pernambuco (18,8%) e Goiás (18,1%), “beneficiados pelo desempenho positivo do setor de alimentos”. O mês de fevereiro deste ano contou com um dia útil a mais do que no ano passado.”

(Agência Estado)

VAMOS NÓS – E aí, governador Cid Gomes, vai questionar a metodologia do IBGE?

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “IBGE – PRODUÇÃO INDUSTRIAL DO CEARÁ VOLTA A CRESCER

  1. Eliomar, fugindo um pouco ao assunto, mas achei pitoresco. A prefeita petista já é notícia na imprensa nacional. Veja o que saiu na coluna do Claudio Humberto de hoje:”RASGA GRANAA prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), contratou show de Roberto Carlos para o aniversário da cidade. O “rei” precisa ficar atento: o último showmício dela quase acabou na polícia: suspeita de superfaturamento.”Que vexame, hein??? Bem que podíamos passar sem essa…Carol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =