Injeção de recursos nos projetos de Fortaleza

salmito comtur 140611

Da Coluna O POVO Economia, no O POVO deste sábado (14), pela jornalista Neila Fontenele:

O secretário de Turismo, Salmito Filho, voltou de Singapura com vários acordos financeiros fechados para a realização de obras estruturantes. Foram elaborados três grandes projetos, que receberão recursos internacionais e mudarão o desenho da cidade.

O programa que chama mais atenção é o “Fortaleza Cidade do Futuro”, que montará unidades de segurança cidadã em toda a orla, com articulações com a comunidade. O investimento é de US$ 166 milhões e colocará duas viaturas 4×4, quatro motocicletas e seis bicicletas para fazer a ronda da área que vai da Barra do Ceará ao Caça e Pesca.

A comunidade do Serviluz será laboratório de parte do projeto, com a inclusão de jovens como guia de turismo comunitário. Caso a proposta tenha bons resultados, o programa será estendido para outras regiões da cidade. Salmito conta que a secretaria também trabalhará com empreendedores individuais na área de capacitação de crédito, além da promoção de Fortaleza como destino turístico nos mercados emissores.

Os recursos foram viabilizados através do Banco de Desenvolvimento da América Latina e incluem ainda a drenagem da Beira-Mar; a despoluição de algumas áreas do litoral; a nova Praça Portugal; e a fiação embutida de parte da orla. Os dois principais corredores gastronômicos da Varjota (entre Frederico Borges e Ana Bilhar) também serão beneficiados com uma nova identidade visual.

Em resumo, a Prefeitura conseguiu a parte mais difícil para a viabilização das obras: a aprovação dos projetos e os recursos necessários.

Fortaleza também deve ganhar um observatório do turismo. A proposta é de criação de uma base de dados elaborada através de pesquisas científicas sobre o verdadeiro impacto do turismo na economia da cidade. As informações serão importantes para a captação de recursos.

Outro projeto importante foi o Provetur Fortaleza, que conseguiu a captação de US$ 500 milhões. Através desse programa, a Setfor pretende fazer a parte paisagística da Beira-Mar e a reforma do Centro Histórico. Todas as ruas, calçadas e praças devem ganhar padronização e o Mercado Central será reformado.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Injeção de recursos nos projetos de Fortaleza

  1. Beleza é importante. Mais do que importante, beleza é fundamental, e eu não estou falando aqui de poesias, estou falando de filosofia, de ciência, de dados técnicos e estudos científicos sobre os impactos da beleza na vida das pessoas. Fortaleza precisa de grandes obras, de obras voltadas para o futuro, precisa de infraestrutura, de ruas, túneis, metrô etc, mas tudo isso com beleza, com harmonia e com sintonia com a arquitetura da cidade e com o meio ambiente. O belo é indispensável (não o cantor). Fortaleza precisa acabar com o emaranhado de fios elétricos que tapam nossa visão e cruzam o céu como uma peneira. A sociedade cearense é intelectual, é aristocrática e apaixonada pela cultura e pela beleza, e não importa se é “rico” ou “pobre”, todos querem e admiram a beleza. Paisagismo já.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 5 =