Jovens cineastas de São Gonçalo do Amarante gravam comédia ambientada na década de 90

A comédia matuta ‘Santo de Casa não faz milagre’, ambientada na década de 90, está sendo gravada no distrito de Siupé, em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza). As gravações foram iniciadas no último dia 12 e seguem até o início de setembro. “Toda a equipe de produção e o elenco é formada por pessoas do município, tanto atores experientes, como figuras populares. Queremos colocar São Gonçalo na telona de uma forma autêntica”, explica o roteirista do filme e produtor executivo, o jornalista Karlos Emanuel.

Com o sonho de produzir cinema no interior, um grupo formado por jovens fundou a produtora Anacetaba Filmes e aposta na primeira grande produção da cidade. “O nome Anacetaba é uma homenagem ao primeiro nome do município, que foi fundado pelos índios Anacés”, explica Karlos.

O filme tem a direção de Bruno D’Moraes, direção de fotografia de Ana de Sousa, direção artística de Fabrícia Góis, direção de som de Matheus Alves, direção de cenografia de Álvaro Queiroz, direção de produção de Tercio dos Santos, direção musical de Matheus Lopes e preparação de elenco de Osmildo Dias.

Enredo

Na fictícia cidade de Luiz Gonzaga, no interior do Ceará, o prefeito Zequinha do Espírito Santo resolve construir uma faraônica estátua dedicada ao santo padroeiro São José, na Praça da Matriz, com o objetivo de garantir sua reeleição. O problema é que o bendito santo está com a popularidade em baixa com os fiéis, o motivo é que ninguém tem notícia de um milagre sequer atendido. Preocupado com a sua reeleição, o prefeito, muito esperto, resolve mover mundos e fundos com o seu assessor Miguel para recuperar a popularidade do santo.

Preocupado com a quantidade de reclamações que os fiéis estão fazendo do santo e com o aproveitamento político que o prefeito está fazendo da situação, o padre Emiliano tenta intervir para não perder os seus fiéis. Em meio a toda essa confusão, entra o vereador Cazuza, principal opositor do prefeito na Câmara e também candidato ao cargo municipal. Arteiro, o prefeito tentará descobrir o motivo pelo qual o santo não faz milagres. Zequinha e Cazuza irão tirar todos os proveitos dessa situação para se promoverem politicamente.

O filme ‘Santo de Casa não faz milagre’ é uma comédia matuta que se passa no final da década de 90 e resgata as tradições religiosas muito comuns nesses locais, como novena, procissão e leilão de igreja. “Sou um amante do regionalismo, da cultura popular, dos costumes do sertão, e busquei imprimir nesta comédia matuta algumas particularidades do interior cearense”, conta o jornalista e roteirista do filme, Karlos Emanuel, que tem como inspirações os dramaturgos Ariano Suassuna e Dias Gomes.

(Foto – Divulgação)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Jovens cineastas de São Gonçalo do Amarante gravam comédia ambientada na década de 90

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − oito =