Líder do Pros alertou sobre PEC 443

O líder do Pros na Câmara, Domingos Neto, fez pronunciamento, no começo da madrugada desta quinta-feira, em clima de votação da PEC443, que garantiu piso salarial para o pessoal da Advocacia Geral da União (AGU com ministros do STF.

Domingos Neto falou sobre a matéria e reiterou sua postura de não votar matérias que provoquem aumento de despesas sem que haja fontes para bancar o benefício. Lembrou o impacto dessa emenda para Estados e Municípios.

Confira a fala de Domingos Neto:

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=IeHTqpC781o[/youtube]

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Líder do Pros alertou sobre PEC 443

  1. Tudo que esse rapaz falou, é mentira.Ver-se-á.A PEC 443 não criou ou deu aumento as categorias ali consignadas.Apenas determinou um teto remuneratório.É dizer, um procurador do Município de Caucaia pode ter a remuneração até o teto fixado na PEC . Não significa que amanhã ele vai receber o teto, mas nunca vai receber acima dele.É praticamente impossível um procurador do município(tiramos como exemplo) atingir o teto, e se isso acontecer , será exclusivamente através de lei de iniciativa do executivo- já que é matéria privativa.É claro como a luz solar:só terão aumentos se for através de leis de iniciativa do poder executivo, pois aumenta despesas.Contudo nenhuma lei poderá exceder o teto.É óbvio, que como os componentes da AGU tem remuneração maior que as outras categorias,podem atingir o teto, mas na prática, do meio ao fim da carreira. Então, esse número falado pelo deputado mentiroso é falso,assim como seus argumentos.Basta pesquisar, ou pelo menos ler a PEC..O advogado público não é advogado do gestor de plantão não , e sim do ente federado.Portanto do cidadão.Agora, esses deputados do Ceará, que enganaram as categorias por todo tempo,prometendo apoio,concordando com os pleitos, ainda tem o desplante de tentar justificar suas mediocridades políticas com mentiras,com leviandades.Essas carreiras compõem a base e o tripé da justiça, portanto tem que ter remuneração parelha para que haja o equilíbrio no embate.Só para exemplificar.Um político que foi deputado, vice governador,a esposa prefeita, o filho deputado, um testa de ferro que foi prefeito, e hj é deputado , um dia cria uma cooperativa de terceirizados e obriga com seu poder a vários municípios e órgãos estatais que celebrem contratos com ela.Essa cooperativa sonegou todos os impostos,municipais ,estaduais e federais, tungou as obrigações sociais de seus componentes,na verdade empregados, quebrando todo mundo que trabalhava.Quem vai buscar esses impostos sonegados criminosamente são os procuradores dos entes federados,cada qual no âmbito de sua competência.Quem vai iniciar o processo criminal, são os delegados,quem vai apurar o quantum desviado,são os auditores.Talvez seja por isso que os deputados do Ceará foram contra, e esse especialmente .Mas para quem quiser pesquisar,os processos são públicos,olhem nas varas da fazenda pública,vejam as cooperativas executadas, quem são seus titulares,observem o rombo que deixaram(milhões).Por fim, é impressionante como agora a imprensa tem como verdade absoluta toda justificativa do governo federal, não obstante já ter ficado evidente que todas as palavras de seus representantes são mentirosas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 6 =