Luizianne defende aliança com o PMDB para a sucessão de RC em 2016

luizianne 121215

A ex-prefeita e deputada federal Luizianne Lins (PT) voltou a defender que o partido tenha candidatura própria para disputar a sucessão de Roberto Cláudio (Pros) no ano que vem. E ela defende que o principal partido de oposição ao governador Camilo Santana (PT) integre a coligação. “Nós estamos confiantes de que nós temos todas as condições de fazer uma frente política envolvendo os setores de esquerda, como PT, PCdoB, PSB e o PMDB”, declarou nessa sexta-feira (1º), enquanto participava de evento comemorativo pelo Dia Internacional dos Trabalhadores.

Luizianne é uma das principais defensoras da tese da candidatura própria, enquanto dirigentes ligados ao deputado federal José Guimarães defende que o partido reconstrua em Fortaleza a aliança com o grupo dos Ferreira Gomes, rompida em 2012, e apoie a reeleição de Roberto Cláudio. De acordo com a deputada, “nós não podemos terceirizar a nossa representatividade e a nossa responsabilidade com a cidade de Fortaleza. E nós não podemos terceirizar para um partido de aventura”, diz, se referindo ao Pros de Roberto Cláudio.

Perguntada se, no caso de apoio a Roberto Cláudio, ela permaneceria no partido, Luizianne tergiversou e disse que “é preciso esperar”. Ela também se disse confiante na tesa da candidatura própria.

Conforme foi publicado pelo O POVO esta semana, Luizianne tem recebido convites para ingressar em partidos como PSB e PMDB, com possibilidade de tentar um retorno ao Palácio do Bispo por uma dessas legendas. Apesar de negativas oficiais sobre a possibilidade da deputada deixar a sigla a qual é filiada desde 1989, fontes com trânsito nas três legendas confirmam a possibilidade, caso o PT acabe se coligando com Roberto Cláudio e, consequentemente, com os maiores adversários políticos de Luizianne: os irmãos e ex-governadores Cid e Ciro Gomes (ambos do Pros)

Entre petistas de diferentes correntes consultados por O POVO, a palavra de ordem é “cautela”. Todos eles evitam falar sobre a disputa municipal e repetem o discurso de que o partido não embarcará em uma “aventura”.

(O POVO)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

8 comentários sobre “Luizianne defende aliança com o PMDB para a sucessão de RC em 2016

  1. A eleição de 2016 de Fortaleza e Sobral já está polarizada entre duas alas: de um lado a oligarquia e do outro os que querem o fim dessa família.

  2. Vocês ainda estão falando em Luiziane Lins, não sei o porquê de as pessoas elegerem sempre os mesmos políticos e depois falam em renovação. A Luiziane passou 8 anos no poder, a cidade ficou entregue as moscas, a Fortaleza Bela da propaganda passava longe da realidade, os apadrinhamentos políticos que a Luiziane tinha, o Roberto Cláudio também tem os dele. Ambos simplesmente preferem terceirizar do que fazer concurso público, e a finalidade é eleitoreira, foram poucos concursos lançados. Por que não votam em gente honesta, que pelo menos aparenta fazer o que é correto, como o Heitor Ferrer, ou o Capitão Wagner, acompanhem as votações de projetos de lei, como cada um vota, para perceber quais políticos realmente representam os interesses do povo.

  3. Esses apedeutas discutindo politica sem saber, eu os considero com um bando ciganas na praça do ferreira, lendo mão por uma quantia em dinheiro, querendo advinhar, querem discutir politica vamos discutir primeiro o foco que é a reforma politico e partidaria essa sim, a mãe de tudo não essa reforma de cima pra baixo que o PMDB do Eunico tá propondo.

  4. O clima de Brasília (ela aparece por lá?) não está fazendo bem à pele de incompetente mor, está horrível. Seria a secura ou a distância do mar?

  5. Francisco Tomaz em que projetos o capitão Vagner votou a favor da coletividade? alias ele se elegeu em cima de uma classe que é os policiais do qual ele faz parte, que outro projeto de interesse coletivo ele votou a favor, me explica aí se você tiver acompanhando, eu explico pergunto a alguem já ouviu falar em FGTS, pois bem qual o politico se preocupou em discutir as perdas do dito cujo de 1999 a 2013 isso sim é medida de interesse coletivo só para explicar. em compensação ele já deve ter votado projeto pensando na familia dele nos parentes dele e por ultimo vem o povo demagogia pura. vejam o Roberto pessoa não larga o osso agora mesmo é nomeado secretario de Maracanaú o que faz a secretaria não me pergunte porque outro dia ouviu-se noticia dele na Bhia tratando negocios da empresa dele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =