Lula nas Arábias – CPI da Patrobras é coisa de quem não tem o que fazer"

arabvia

“O presidência Luiz Inácio Lula da Silva definiu neste domingo, 17, em Riad, na Arábia Saudita, a instauração da CPI para investigar irregularidades na administração contábil da Petrobras como “questão político-eleitoral”. De acordo com ele, a decisão de manter as assinaturas do requerimento para a implantação da CPI, tomada por 30 senadores, é coisa de “quem não tem mais nada a fazer”. As declarações foram feitas em entrevista coletiva em Riade.

Para o presidente, a instauração da CPI não causa temor algum ao governo. “Do ponto de vista prático, não tem (receio) nenhum”, afirmou. Lula disse que todos os comentários que tinha sobre o assunto foram feitos na base aérea de Brasília, antes da viagem. Na oportunidade, o presidente afirmou que a CPI não era do Congresso Nacional, e sim “do PSDB”. “Não vou tocar em um assunto que é interesse específico do Senado. Todas as pessoas ali têm dados suficientes para fazer o que entenderem melhor”, reiterou.

Lula lamentou que a investigação seja aberta em um “momento de ouro na área do petróleo”, quando o governo proporá um debate nacional sobre o novo marco regulatório do setor. “Estamos viajando o mundo em busca de recursos para que a Petrobras possa intensificar a exploração do pré-sal”, disse.

“Não podemos transformar isso em uma questão política-eleitoral envolvendo a empresa mais importante que o Brasil tem.” Ele, então, voltou a disparar contra os partidários da CPI: “De qualquer forma, se as pessoas que assinaram o requerimento não têm mais nada para fazer, que façam. Nós vamos continuar tocando o barco”.

(Agência Estado)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 8 =