Lula quer Eduardo Campos e Cid em atos pró-Fernando Haddad

Em meio à cada vez mais tensa relação da cúpula petista com o PSB, interlocutores de Lula convidaram Eduardo Campos (PE) para reunião no seu instituto. O encontro deve ocorrer no dia 16. A informação é de Vera Magalhães, na sua coluna desta terça-feira na Folha de S.Paulo, explicando que Lula quer integrar o governador à campanha de Fernando Haddad.

Cid Gomes (CE) também será acionado. ”Duelando com o PT em Recife e Fortaleza, socialistas foram os primeiros a apoiar Haddad, atitude evocada pela sigla em resposta aos que acusam Campos de traição.”

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

2 comentários sobre “Lula quer Eduardo Campos e Cid em atos pró-Fernando Haddad

  1. É, Eliomar de Lima. Temos que dar o “braço à torcer”…Esse nosso “LULA BRASIL” tem olhos de águia, viu! E já está pensando em 2014, quer apostar??

  2. É muito engraçada a postura do Lula. Sua petulância em tratar seus companheiros de coligação como serviçais subalternos reflete sua prepotência e, ao mesmo tempo, o desprezo que os seus camaradas de partido sentem por todos aqueles que não pertencem as hostes petistas.
    Veja o seu cinismo autoritário: mesmo tripudiando as candidaturas do PSB de Belo Horizonte, de Recife e de Fortaleza, ele se acha no direito de exigir que as lideranças do PSB saiam em socorro do seu pesado candidato Fernando Haddad.
    Este DNA autoritário é típico de uma cultura política atrasada e em vias de extinção. Espero que Cid Gomes e Eduardo Campos recusem o convite ao servilismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =