Magno Malta cobra instalação da CPI da Violação do Direito à Saúde

O senador Magno Malta voltou a defender, nessa quinta-feira (10), a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito da Violação do Direito Humano à Saúde. O senador disse que, apesar de ter obtido o número necessário de assinaturas para a criação da CPI, o colegiado não foi instalado.

– Quando eu entrei com o pedido da CPI, recebi e tive todas as assinaturas, e, em seguida, houve uma movimentação no escuro, nas trevas – sabe Deus a mão de quem Satanás usou, mas usou a mão de alguém – para sepultar esse sonho da Nação de ver plano de saúde ser investigado no Brasil.

Magno Malta informou ter recorrido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir a instalação da CPI. O senador chamou a atenção para o fato de a CPI dos Bingos, de 2005, só ter sido instalada após parlamentares recorrerem ao STF.

O senador afirmou ter, em mãos, “um arsenal” de denúncias de pessoas que sofrem pela negação da saúde nos setores público e privado. Grande parte delas, segundo Malta, pesa contra o promotor de Defesa dos Usuários dos Serviços de Saúde do Distrito Federal, Diaulas Ribeiro. Entre as denúncias está a de conflito de interesses por supostamente atuar na investigação de denúncias de erro médico na promotoria e ser representante do Conselho Federal de Medicina.

– Por todas essas denúncias contra o promotor Diaulas, eu estou encaminhando o meu pronunciamento ao Ministério Público do Distrito Federal e para que sejam tomadas as providências cabíveis – informou o senador.

(Agência Senado)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 5 =