Mais Médicos – Deputado petista chama de ato “criminoso” a oposição feita contra a medida

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=tT6qFDntq34&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O deputado federal José Airton (PT) repudiou, nesta  terça-feira, os ataques que entidades médicas e parlamentares fazem contra o Programa Mais Médicos. Ele qualifica de “criminoso” o que a “casta” de médicos vêm fazendo contra essa medida tomada pela presidente Dilma Rousseff.

José Airton, que já foi prefeito de Icapuí (Litoral Leste), diz ter vivido na pele a dificuldade de se ter médicos trabalhando no Interior.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

6 comentários sobre “Mais Médicos – Deputado petista chama de ato “criminoso” a oposição feita contra a medida

  1. O Deputado José Airton foi um dos que contribuiram com sua ação para um certo percentual do caos do SUS/ Sistema de Saúde Único ou ele esqueceu de uma suposta participação sua vinculada ao Caso dos Sanguessugas.

  2. Xenofobia, preconceito, falta de educação, falta de respeito e ética a postura desses MOLEQUES de jalecos contra os seus colegas médicos. “Esses semideuses” não querem ir para o interior e não aceitam que os médicos vocacionados e humanistas de fato, vão socorrer nossos irmãos nos longínquos rinções do nosso Brasil continental. Essa turma de médicos mercantilistas que não atentem bem o pobre no posto de saúde, que não auscuta, que não mede pressão arterial, que não medem sequer a temperatura corpóreas dos pobres que procuram o serviço público de saúde, que às vezes fazem um consulta em apenas dois ou tres minutos, perguntam o que o paciente sente e já passa o remédio, não tem moral para questionar a qualidade e o trabalho dos médicos estrangeiros, seja o Cubano, espanhol, mexicano, portuguel etec. VOCES SABEM A DIFERENÇA DO MÉDICO BRASILEIRO PARA O MÉDICO CUBANO???? Não, não é a língua não, é que quando nos consultamos e o MÉDICO DIZ QUE ESTAMOS COM A VIROSE, este médico é brasileiro!!!!

  3. Criminosa é a atitude do governo Dilma. Contratar médicos para fazer apenas procedimentos que os agentes de saúde já fazem em nada vai mudar o caos da saúde

    O caminho do governo está errado. O futuro vai mostrar.

  4. Sr. Antonio Costa, o agente de saúde não pode e não pescrever medicamentos aos pacientes, duvido que esses agentes assine um receita para comprar um vidro de Rifocina, duvido. 2- Já residí em interior muito pequeno nos idos de 1979 a 1983, quando na cidade tinha apenas um médico, nesse interior não tinha aparelhos de Raio X, tinha um hospital sem qualquer aparalhamento, mas esse competente médico fazia de tudo, medicava, fazia partos, estabilizava os doentes mais sérios e mandava para Fortaleza que distava 300 KMs. O médico é condição primeira para se salvar uma vida, equipamentos poderão e deverão vir em seguida. Se essa sociedade burguesa e xenófoba enxergasse o programa Mais Médico como uma solução humanistista e provissória, não estatiam atirando pedra e exercitando seu egoismo, o EU TÔ BEM e o resto que se lasque. O verdadeiro problema não é o Mais médico, o médico estrangeiro, o problema é a preocupação de que essa ação possa dar certo e trazer frutos políticos eleitorias para a presidenta Dilma, eis a questão, por isso, a turma do QUANTO PIOR MELHOR, esperneiam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − quatro =