Marcos Cals lamenta posicionamento político de celebrante em Canindé

“É lamentável que esses procedimentos aconteçam em eventos religiosos da importância das romarias do Santuário de Canindé, diante de milhares romeiros e de visitantes de todas as partes do Brasil. É lamentável, repito, que a fé cristã sirva de motivação para outros objetivos que não sejam o da verdadeira religiosidade do povo nordestino”, afirmou, nesta noite de sáabdo, o deputado estadual Marcos Cals (PSDB), ao falar para setores da imprensa, após chegar de Canindé (120 km de Fortaleza), onde acompanhou a visita do presidenciável José Serra (PSDB). Para ele, os fatos acontecidos após a celebração de Missa foram resultados ” da postura política do celebrante”.
 
Durante vários momentos da celebração, o padre – que não teve seu nome revelado pela Secretaria Paroquial, fez críticas à presença de políticos, chegando, até, a reclamar do trabalho da imprensa e, em especial, de cinegrafistas e fotógrafos. O padre ainda criticou a divulgação de um panfleto com críticas à candidata petista à presidência da República, Dilma Rousseff, alertanto que “a Igreja não comuga com esse pensamento”.

Sobre esse material, Marcos Cals garantiu que, em nenhum momento, foi elaborado pelo PSDB e assegurou que o próprio Serra havia criticado tal divulgação.
 
DETALHE – O administrador da paróquia, Frei Hamilton, estava escalado para celebrar a missa das 16 horas, mas foi substituído minutos antes do seu início.
 
DETALHE  2 – Durante todo o dia, manifestantes do PT, com bandeiras e carros de som, circularam nas proximidades da basílica de Canindé, permanecendo até a saída de José Serra do local, informaram alguns moradores da área.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

40 comentários sobre “Marcos Cals lamenta posicionamento político de celebrante em Canindé

  1. É risível a argumentação do Deputado Marcos Cals ao lamentar o uso da fé cristã para outros objetivos, cabe perguntar se o objetivo de Tasso, Serra e comitiva era de forma pura rezar a São Francisco.. claro que não é do maior oportunismo eleitoral já visto pois Serra detesta o Nordeste é é um dissimulado, alé da arrogância de Tasso.. partir para cima do altar para tomar satisfação com o padre.. onde já se viu isso??? essa é a marca do PSDB arrogância

  2. Não existe nada de lamentável.
    Qualquer intransigente dentro de minha casa tem que mal recebido mesmo.
    Tanto Marcos Cals como Tasso, procurem lembrar quando pisaram em Canindé para dar um copo dágua a um daqueles peregrinos . . .
    Entreguem um GPS a Serra como coordenadas e latitudes demarcadas a
    José Serra pra ver se um dia ele chegaria a Canindé. Por quê só agora. Não tem nada de errado nem de lamentável. Parabéns ao Padre.

  3. ELIOMAR,
    GOSTARIA DE PERGUNDA PARA ESSE PADRE SE MINHA IGREJA CATÓLICA
    APOIA O ABORTO, A CORRUPÇÃO, ETC…

    ESSE PADRE DEVERIA RECEBER AULAS DO PADRE DA CANÇÃO NOVA QUE
    DEFENDEU A IGREJA, A VIDA E ” DETONOU ” QUEM QUER TRANSFORMAR
    NOSSO BRASIL NUM PAÍS SEM DEUS…

    QUAL FOI O SEMINÁRIO QUE ESSE PADRE SE FORMOU ?????

    E EM QUAL BÍBLIA ELE SE APOIA, QUANDO A PRÓPRIA CNBB LIBEROU
    OS BISPOS E A IGREJA PARA DEFENDEREM A VIDA !!!

    COM ESSAS ATITUDE ESSE PADRE ESTÁ NEGANDO A VIDA E AO PRÓPRIO
    DEUS, QUE MORREU NA CRUZ PARA NOS SALVAR…

    ” PAI PERDOA ELES NÃO SABEM O QUE ESTÃO FAZENDO “…

    ESSE PADRE ERA UM PETISTA ” FANTASIADO ” DE PADRE…

    A IGREJA DEFENDE A VIDA E É CONTRA O ABORTO E NÃO VOTA EM QUEM
    DEFENDE O ASSASSINATO DE CRIANÇAS…

    COM RELAÇÃO AO PANFLETO, QUALQUER CIDADÃO ( DESDE ASSINE E ASSUMA AS CONSEQUÊNCIA )PODE PUBLICAR… AFINAL VIVEMOS NUMA DEMOCRACIA,
    OU ESSE PADRE PREGA O RETORNO À DITADURA, À SENSURA ?????

  4. O Sr. Marcos Cals, ao que parece, desconhece os procedimentos adotados pela campanha do candidato Serra, de seu partido (PSDB), à presidência que, de maneira medieval, vem usando a religião para atacar a candidata Dilma.

  5. Quando os bispos e padres paulistas em Aparecida prepararam recepção à Serra e ao PSDB, ninguém questionou o uso político e motivação eleitoreira, o deputado deveria tentar trabalhar estes ultimos dias para compensar a ausência de três anos de seu mandato.

  6. voces viram que imagens os derrotados todos juntos,até o mão santa do piaui veio.parecia mais um velorio.
    a igreja é pra gente estar perto de DEUS,e não tentar enganar DEUS,como serra,tasso,lucio,marcos ,mão santa,estão tentando fazer,cuidado que DEUS,castiga.

  7. esquisito, a mudança de celebrante por um desconhecido, da população de Canindé, parece ser coisa dos simpatizantes da teologia da libertação.Tão combatida pelo Vaticano e que deu prejuízos imensuráveis a Igreja Católica, no Brasil e na America Latina.

  8. Olha, esta campanha estar de dar nojo. O senhor Marcos Carls, agora quer que o povo acredite que a intenção deles num ato religioso, era apenas religioso. Claro que havia uma intenção política. outra coisa, é ele subestimar a inteligência do povo, dizendo que eles não tem nenhuma relação com a distribuição dos panfletos. Só falta dizer que foi o próprio PT que estava distribuindo os panfletos. Claro que todos sabemos que há uma campanha saída do submundo da política rasteira quem tem difamado a candidata apoiada pelo presidenta Lula, se baseando nestes assuntos ligados ao aborto, e a união civil, de pessoas do mesmo sexo, dizendo que a candidata é a favor disso.Tirando o foco do que realmente importa, que são assuntos ligados ao desenvolvimento do Brasil, uma vez que eles sabem que neste campo não dar para disputar, eles ficarão sem argumento.
    O próprio José Serra já se declarou quinta -feira passada a favor da união civil, e isso não causou nenhuma polêmica. No entanto eles atacam da candidata com boatos rasteiros, querendo confundir o povo. É triste, mas dia 31 tá chegando, ou para o lado do bem ou para o lado do mal, finalmente, acabará esta campanha nojenta, e eu vou dar minha resposta a todo este lixo político é na urna.

  9. O Sr.Marcos devia era lamentar o posicionamento do seu partido no momento de fé de um povo que tem na religião a sua sustentação de esperança de dias melhores e não criticar um padre que estava totalmente correto.é fato que ele como cidadão tem o direito de se posicionar porém o mesmo ´só criticou a exploração daquele momento!!! parabens para o padre!!!

  10. Lamentavel que nao seja respeitado a privacidade religiosa e agregar falsos valoes iputando a religiao calunias ou verdades a fim de tirar dividendos politicos por gestores cadidatos a PRESIDENTE DA REPUBRICA.

  11. Muito engraçado Sr. Marcos Cals, então voces podem fazer política dentro da basílica e o padre não pode se posicionar? Vocês deveriam sim tomar vergonha na cara, isso sim!

  12. O culto de uma determinada igreja é uma coisa sagrada, “o condutor de ovelhas” tem por obrigação proteger o seu rebanho dos que querem se aproveitar da fé das pessoas. Poderia ter sido o contrário o outro partido querendo difamar o senador tasso ou o Sr serra, a atitude de um bom pastor seria de brigar como fez CRISTO quando invadiram o templo sagrado de Deus. Sou EVANGÉLICO,mas parabenizo a atitude de fé e coragem do padre do qual divirjo em dogmas,mas que se conportou como homem de deus ao ir contra aqueles FARISEUS.

  13. Engraçado. Os tucanos invadem a catedral pra fazer campanha e o padre reclama. Aí os bicudos reclamam porque o padre reclamou.
    Afinal, quem manda no templo é o padre ou os tucanos?

  14. Que desespero este de Serra e Tasso e o mais absurdo de todos os tempos, vir a um santuário com tantos fiéis, difamar os outros, mas assim como DEUS é brasileiro, São Francisco também. O Padre só não fez correto porque não chamou a polícia para botar estes refugos da política para fora da igreja. Se não respeitam o povo, deviam respeitar a DEUS.
    Esse é que é o verdadeiro PSDB. Se engana quem pensar diferente.

    Laura

  15. O Padre só se revoltou com a forma tulmutuosa que os políticos invadem o culto religioso, com o fim não de participar da missa, de rezar, e sim fazer “visão” política.
    Quanto ao panfleto a revolta foi pq ele se fazia parecer como da instituição religiosa local o que não era verdade.
    São todos uns falsos.
    O Padre fez certo!

  16. DILMA ( PT ), QUE NÃO SABE NEM FAZER O SINAL DA CRUZ, FOI PARA
    A MISSA EM APARECIDA( SP ) E NÃO FOI IMPORTUNADA PELOS MILITANTES DO PSDB. POR QUE AQUI NO CEARÁ OS PETISTA TENTARAM TUMULTURAR A
    PRESENÇA DO JOSÉ SERRA NA MISSA DE CANINDÉ ???

    PELO QUE SEI JOSÉ SERRA É CATÓLICI PRATICANTE ( ATÉ COMUNGOU ,
    É A FAVOR DA VIDA, É CASADO A MAIS DE 30 ANOS E RESPEITA A
    FÉ DE TODOS.

    TODOS TEM O DIREITO DE IR À MISSA, COMO DILMA FOI EM APARECIDA,
    TODOS TEM O DIREITO DE DEMONSTRAR SUA FÉ EM DEUS, TODOS TEM O
    DIREITO DE FALAR, DENÚNCIAR…

    A IGREJA SOMOS NÓS E ESSE PADRE NÃO PODE FALAR EM NOME DA IGREJA
    CATÓLICA… ELE NÃO TEM AUTORIDADE PARA ISSO…

    O DESESPERO POLÍTICA LEVA A ATITUDES AUTORITÁRIAS
    E REACIONÁRIAS…

    NÃO AO ABORTO E AOS QUE DEFENDE ESSE CRIME CONTRA A VIDA !!!!
    DEUS É LIBERDADE… É VIDA…

  17. Concordo plenamente com o Sr Marcos Cals: “É lamentável que esses procedimentos aconteçam em eventos religiosos da importância das romarias do Santuário de Canindé, diante de milhares romeiros e de visitantes de todas as partes do Brasil. É lamentável, repito, que a fé cristã sirva de motivação para outros objetivos que não sejam o da verdadeira religiosidade do povo nordestino”.
    Assim sendo, os Srs Tasso Jaerassati e Serrágio não deveriam utilizar de momento de fé para tentar mostrar uma coisa que não são: religiosos (ao pé da letra). Que o episódio possa ter colocado, definitivamente, a última pá de cal na cova política desses Srs. Ô PADRE PAIDÉGUA. VALEU PADRE!!!!!!!!!!!

  18. Fiquei impressionado com a cara de pau do senhor LÚCIO ALCÂNTARA, que na sua campanha para governo do estado estabeleceu como estratégia mostrar o apoio que ele teria do presidente Lula. Agora, diante de uma certa competitividade esboçada pelo Serra, ele muda de lado e lá estava ele, ao lado do seu “inimigo” Tasso, puxando o saco do tucano.
    Pois bem, para que todos saibam quem é LÚCIO ALCÂNTARA registro aqui alguns dados da sua “brilhante” carreira política: prefeito biônico de Fortaleza, vice-governador eleito pelo Tasso, senador eleito pelo Tasso e governador eleito pelo Tasso. Detalhe: bancou a candidatura do Adail Barreto a preito de Fortaleza, que teve uma votação que não dava para eleger nem um vereador.

  19. É triste vermos em um campo santo (Canindé) a postura de políticos que estão sendo alijados pelo povo da vida pública (Tasso, Marcos Cals, Lúcio Alcântara) persistirem na velha politicagem de quer impor o que o povo rejeita. Igreja não é local para panfletagem, mais respeito com a religião, já que não têm com a política.

  20. É muita cara de pau e hipocrisia!
    Os santinhos do PSDB foram a Canindé apenas para fazer suas orações e nada mais!
    Um planfetinho, que mal faz?
    Se você acredita nisso, então acredita também em saci-pererê, papai-noel …

  21. Caro Eliomar estive em Canindé e pude presenciar muitas coisas desse episódio. Irei fazer esse comentário porque não sou filiado a nenhum partido político e quero fazer um relato do que pude observar. Desde cedo vários militantes do PT (em maior número) e do PSDB aguardavam a tal caravana.Fato normal,segundo pessoas que tem conhecimento da politica local, é muito comum o PT vestir a camisa – fato é que a candidata obteve mais de 80% dos votos no 1º turno. Na minha opinião o que aconteceu foram erros gravíssimos do pessoal do PSDB. Irei expor apenas alguns. 1º. Chegaram atrasados quando a missa já estava em andamento causando um verdadeiro tumulto. 2º – Os assessores esqueceram de falar para a turma da imprensa que não atrapalhassem a celebração;-em qualquer religião do mundo já mais aceitaria um negócio daqueles. Um verdadiro desrespeito as pessoas que lá estavam. 3º – bem que o celebrante avisou que ali não era local para fazer campanha e sim para rezar, quem não estivesse com esse intuito que se retirasse.Não custava nada, após a missa fazer um corpo-a-corpo, ir à Basílica e fazer festa acontecer. 4º Más companhias.A maioria dos presentes eram do Piauí e Maranhão – Companheiro Mão- Santa, não era bem vindo, assim como alguns correligionários locais. 5º- Marcão gosto muito de você, mas esse negócio que o Serra não sabia, da panfletagem é conversa pra boi durmir. A turma que estava encabeçando a entrega dos folders é velha conhecida da política local.Conteúdo impróprio para o local e horário errado (infelizmente alguns padres são samideuses para a grande maioria dos romeiros. Vacilada ao quadrado. 6º- O Tasso que tem uma história bonita no cenário político, relamente deixou a política, porque numa ocasião daquelas, perdeu a noção que ali estavam milhares de pessoas tangidadas pela fé e agir daquela forma para com o celebrante é muito desespero. Podem ter certeza que essa vinda do presidenciável Serra foi um verdadeiro desastre para sua campanha em boa parte do Nordeste. A emissora mais potente do Sertão Central pertence a paróquia e o assunto do momento, advinhem!!! É, ontem aninda não foi o dia. Ficarei em Canindé até o dia 20. Depois postarei outros comentários.

  22. Por que o sr. Cals não manifesta descontetamento com o Arcebisbo Pagotto, na Paraíba? E os panfletos caluniosos confeccionados? Porque não há críticas sobre esse ato covarde?

  23. Independentemente da condenável prática assumida pelo padre, seu discurso, antes mesmo de se constituir numa descabida manifestação político-partidária de hostilidade a candidatura adversária, revela uma grosseria inominável a um visitante. É bom lembrar que o cearense sempre se caracterizou, aos olhos do país, como uma gente alegre e hospitaleira. Lamentável, por isso mjesmo, o episódio.

  24. O deputado Marcos Cals diz: “É lamentável que esses procedimentos aconteçam em eventos religiosos da importância das romarias do Santuário de Canindé, diante de milhares romeiros e de visitantes de todas as partes do Brasil. É lamentável, repito, que a fé cristã sirva de motivação para outros objetivos que não sejam o da verdadeira religiosidade do povo nordestino”. É engraçado, ele que bem que a gente acredite que ele, o Serra e o Tasso estavam lá para rezar por São Francisco.

  25. ô padre macho!nota 10pra vc padre, não permitindo que esses politicos oportunistas usem a igreja p/ angariar votos dos fieis mais humildes.

  26. Sou católico, mas não aceito o padre em tomar posicionamento político partidário. O certo foi quando ele pediu respeito na celebração com tanta algazarra. Convêm a CNBB chamar a atenção do padre, e emitir uma resposta de desculpa pelo seu sacerdote. Que vacilo.

  27. O Padre agiu acertadamente quando percebeu que o candidato Serra juntamente com o Tasso e o Lucio estavam profanando a Celebração Eucarística, instrumentalizando a Missa para enganar os fiéis. O Padre percebeu que Serra e Tasso estavam ali com interesse eleitoreiro e não para participar da Missa. A distribuição de panfletos durante a Missa dizendo falsidades sobre a candidata Dilma causou indignação ao Padre e aos fiéis que ali tinham acorrido de muitos lugares do País para festejar São Francisco. Serra e Tasso, ao profanarem o Templo Sagrado ofenderam gravemente a Deus e aos fiéis. Cabia, então, ao Padre defender a Igreja da profanação, assim como Jesus expulsou do Templo os vendilhões que o profanavam.

  28. Triste a atitude de se aproveitar da fé em prol de campanhas politicas. Desta vez foi mais indecoroso. Não se teve o mínimo de pudor. Agora, sinceramente Marcos Cals, sua postura nestes últimos tempos é uma vergonha para sua biografia.

  29. Parece que a derrota eleitoral do Marcos,do Tasso e do Lúcio bateu na cabeça dos três. Carregaram pra Canindé a caravana do Serra para marcar presença no interior da basílica em plena missa deixando acontecer a panfletagem contra a Dilma e, por cima, ainda queriam que o coitado do frade ficasse calado! Só queria ver se a caravana fosse da Dilma e os panfletos contra o Serra…. Nem iriam “falar pro bispo”, mas diretamente pro Papa.

  30. Engraçado não é mesmo!
    Quando alguns segmentos religiosos embarcaram em inverdades e factóides eleitoreiros, criados e fomentados na mídia nacional exclusivamente para denegrir a imagem pessoal e política da candidata Dilma Rousseff, o senhor Marcos Cals, seus Aliados Tucanos Locais e Nacionais, ficaram todos em prosa, era só alegria.
    Agora, como tais segmentos e a sociedade brasileira, começando a formar uma consciência crítica nacional, manifestando contrários, repudiando as inverdades e as manobras eleitoreiras, vem essas lamentações extemporâneas e choros com lágrimas de crocodilo!

  31. Prezados,
    Não sei qual o pior: se a violência do ex-senador Tasso partindo para cima do Padre e a distribuição de panfletos ou a reação do Padre à causa petista. Lembrem-se, que a mistura de religião e política tem ao longo da história, provocado momentos de horror e dor.

  32. Ora pois, o padre, enquanto representante da Igreja, nada mais fez se não o que Jesus Cristo fez:
    “Marcos 11:15 E foram para Jerusalém. Entrando ele no templo, passou a expulsar os que ali vendiam e compravam; derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas.
    Marcos 11:16 Não permitia que alguém conduzisse qualquer utensílio pelo templo;
    Marcos 11:17 também os ensinava e dizia: Não está escrito: A minha casa será chamada casa de oração para todas as nações? Vós, porém, a tendes transformado em covil de salteadores.”
    Marcos Carls, Tasso Jereissati e José Serra parecem se achar acima de Deus.

  33. Ora, ora Sr Marcos Cals, quer dizer que o Serra estava manifestando a verdadeira religiosidade do povo nordestino ? Nos poupe…

  34. É quase impossível, nos dias atuais, separar política de religião, um usa o outro para conseguir algum benefício, se um partido hoje reclama amanhã está sorrindo por algum comentário em seu benefício, e a vida segue, não deveria ser assim, mas é.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 19 =