Marina, você me ganhou

Em artigo enviado ao Blog, o jornalista Luciano Cléver comenta da decisão de apoiar o projeto da candidata a presidente da República pelo PSB, Marina Silva. Confira:

Salvadores da pátria, só os perdidos precisam. Marina, porém, há de nos salvar da mesmice e da armadilha que ameaça projetar o Brasil no retrovisor. A estrada pede o caminhar, e o projeto de petistas é falar mal de FHC. Assim como os tucanos têm alergia ao PT e seus estigmas corruptivos de mensalão, agora em sua versão 2.0, ampliada com o propinoduto da Petrobrás.

O Brasil avançou com FHC e Lula. O país era uma bagunça, sem nem moeda para chamar de sua. Os tucanos organizaram o Brasil, que deveria ter crescido bem mais na era Lula. Mas, se é verdade que o país melhorou com Lula, é inegável que piorou com Dilma. A primeira mulher presidente também será a primeira do período de redemocratização a entregar o país pior do que recebeu. Como bem lembrou o sempre lembrado Eduardo Campos.

Embora primo-irmão do outro, os partidos que nos têm governado não conseguem se relacionar e ambos se entregam nos braços da direita para conseguir a tal governabilidade. Como está, não há de mudar. Collor, Renan, Sarney, Maluf e toda trupe continuarão no poder. Só uma terceira via teria condições de unir os bons da socialdemocracia petista e tucana e enxotar a velha política para a oposição.

Marina pretende governar com o que há de bom dos dois lados, mesmo com quem acha isso impossível. Ela é contemporânea sem desprezar a ancestralidade, é a vanguarda que dialoga com a tradição, demonstra firmeza sem ser inflexível. É uma mulher de Deus, mas sua crença não diminui a dos outros. Ao contrário: oriunda do povo, carrega todas as características populares, sem fazer proselitismo de sua origem.

Marina é um bálsamo nesse ar empesteado em que os maus políticos vicejam, principalmente estes que tentam desqualificá-la de toda forma, despolitizando os debates, tentando a todo custo se manter no poder, mesmo que para isso tenham que vender a alma ao diabo. E a outra já se confessou disposta a fazer o diabo nas eleições. Estão fazendo, mas o povo há de exorcizar esses demônios que tentam sequestrar seus sonhos.

Quanto mais tentam denegrir sua imagem, mais a imagem de Marina, serena, morena, abranda nossas retinas tão cansadas pela overdose da mentirosa propaganda do governo, que vende por alho o que é bugalho. E deitam a falar de pleno emprego, quando há mais de 20 milhões de desempregados dentro da bolsa família, e o pagamento de seguro desemprego bate recordes.

E falam de educação, quando aumenta o número de analfabetos, cai o nível de aprendizagem e mais da metade dos alunos não consegue terminar o ensino médio. A economia fraqueja diante de um Banco Central submisso e servil aos interesses partidários, quando é patrimônio do povo brasileiro. O crescimento é negativo, só ganha de Collor e de um presidente da antiga república.

Marina, só você faz a esperança vencer o medo, a verdade pairar sobre a mentira. Queremos mais, pois o pouco que nos é concedido tem mais fantasia que realidade, num pacote embalado pelo marketing. Também queremos sonhos, mas para realizá-los, não para servir de empulhação e atender a interesses mesquinhos.

Ninguém aguenta menos, quando podemos muito mais. Mais mudança, só com Marina. O resto é a mesmice da roupa velha que já não nos serve de tão puída. Marina, serena Marina, você me ganhou.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

3 comentários sobre “Marina, você me ganhou

  1. Junto contigo serão milhões de brasileiros. Os cearenses precisam ACORDAR. Ainda há tempo.

    A sementinha foi lançada. Como nos diz o poeta “Marina, serena Marina”.

    Cada um de nós é reposável para regá-la para que daí froresça uma árvore que dará bons frutos para os cidadãos brasileiros que pagam os maiores impostos do mundo e recebem serviços públicos de péssima qualidade . E o que é pior, vêem recursos da PETROBRÁS sendo desviados para manter o luxo de Lula, Dilma e aliados.

  2. Esse jornalista, de quem eu nunca tinha ouvido falar, poderia pelo menos ter um pouco de cerimônia e não mentir tanto. O crescimento com Dilma nunca foi negativo, apesar de haver uma das maiores crises do capitalismo. Marina não tem nada de novo, é uma política muito antiga que inventou essa cascata de nova política pra enganar incautos. Inocêncio Oliveira, Heráclito Fortes, Jorge Bornhausen são todos “novos”. Por fim, lanço a ele o desafio que faço a todos os eleitores de Marina: digam uma ideia original que ela tem pra implantar caso eleita, basta uma, e meu voto é dela.

  3. Ora, pedem uma idéia original que ela tem pra implantar caso eleita…
    Basta ver a espinha dorsal das suas idéias: juntar o que tiver de BOM dos partidos para trabalharem em prol de um projeto Brasil, não de projeto de poder.
    É tudo muito simples, quem estiver satisfeito com o atual governo e suas alianças podres que alimentam a corrupção no Brasil, vote em Dilma; quem não estiver satisfeito e queira dar um voto de confiança em um novo projeto, vota em Marina!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − dezoito =