Medidas protetivas – Delegada defende projeto que altera a Lei Maria da Penha

foto-jeovania-holanda-delegada-cidadania

Uma década e meia após iniciar a carreira no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, a delegada Jeovânia Holanda recebeu o título de cidadã caucaiense, pelo trabalho realizado à frente da Delegacia de Defesa da Mulher de Caucaia. O requerimento é do vereador Pastor João Andrade (PRB).

Atual vice-presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Ceará (Adepol/CE), Jeovânia Holanda destacou o carinho que sente por Caucaia e defendeu o Projeto de Lei da Câmara Federal (PLC) 07/2016, que altera a Lei Maria da Penha e possibilita ao delegado de polícia o deferimento de medidas protetivas à mulher em situação de violência.

“É importante que a mulher agredida saia da delegacia já com a medida de urgência decretada, pois atualmente muitas mulheres são assassinadas entre o pedido e a concessão”, apontou a delegada. O projeto segue em tramitação no Senado Federal.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 17 =