MINISTÉRIO PÙBICO PROPÕE AÇÃO PARA MORALIZAR BOLSA-FAMILIA EM GRANJA

“O Ministério Público Federal no Ceará ajuizou ação civil pública para que sejam corrigidas as anomalias, detectadas no processo de cadastramento de beneficiários ao programa federal Bolsa- Família, no município de Granja (CE). O procurador da República Ricardo Magalhães de Mendonça solicitou informações para a apuração de responsabilidades e adoção das providências administrativas e judiciais cabíveis.Uma recomendação já tinha sido enviada ao prefeito de Granja e ao Conselho de Controle e Participação Social, para que fossem adotadas medidas que evitassem fraudes e dessem maior transparência e efetividade ao cadastramento de famílias no Bolsa-Família, mas a prefeitura ignorou a recomendação emitida pelo MPF/CE.Em 2007, o caso de desvirtuamento dos objetivos do Bolsa-Família no município começou a ser observado, a partir de uma denúncia anônima recebida pelo defensor público da comarca de Granja Edmar Lopes Albuquerque, que recebeu uma lista com 87 nomes.
Todas essas pessoas estariam recebendo, indevidamente, o benefício do programa.Em muitos casos, os beneficiários possuíam salões de beleza, farmácias, boutiques e até veículos de alto custo.”

Do Ministério Público Federal, leia mais aqui

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 18 =