Ministro das Relações Exteriores diz que atos de vandalismo não podem se repetir

“O ministro as Relações Exteriores, Antonio Patriota, havia ido embora e retornou ao Palácio Itamaraty assim que soube do protesto no prédio, na noite de ontem (20). Manifestantes invadiram a sede do Ministério das Relações Exteriores. Houve princípio de incêndio na parte externa.

“Voltei ao prédio com o secretário-geral do Itamaraty, o chefe da Administração e com outros assessores. Fiquei muito indignado com o que ocorreu. Este é um prédio que é um patrimônio da nação brasileira, um patrimônio público, que representa a busca do entendimento pelo diálogo, com base no direito. Este foi um ato de vandalismo que não pode se repetir”, disse por intermédio da assessoria de imprensa.

O ministro ressaltou que é necessário que os manifestantes “transmitam suas reivindicações de forma pacífica” para que tenham “credibilidade”. Patriota lembrou que a partir do momento que há destruição do patrimônio público isso “destitui de qualquer legitimidade política e moral”.

“Eu acredito que a grande maioria dos manifestantes não se associa à violência e está, pelo contrário, procurando como aperfeiçoar a democracia brasileira por formas legítimas de manifestação”, destacou o chanceler, que costuma deixar o prédio Itamaraty apenas à noite.”

(Agência Brasil)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − seis =