MPE e MOVA-SE pressionam pela convocação de concursados da Saúde estadual

Membros do Ministério Público Estadual, Procuradoria Geral do Estado, Sindicato MOVA-SE e dirigentes da Secretaria da Saúde do Estado e representantes dos concursados estão reunidos, nesta manhã de terça-feira, no auditório da saúde estadual. Tentam acertar o encaminhamento, o mais rápido possível, da nomeação dos concursados. O MOVA-SE cobra do Conselho Estadual da Saúde o cumprimento do seu poder de deliberar, fiscalizar e aprovar as contas referentes ao SUS na busca de solução para as centenas de profissionais aprovados e não nomeados no último concurso da SESA. Essa reunião foi agendada pelo sindicato na última segunda-feira.

Realizado em 2006 para provimento de vagas existentes (e não de cadastro reserva) nos cargos de assistente social, biólogo, enfermeiro, farmacêutico, dentista, médico, médico veterinário, nutricionista, psicólogo, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, além de outros cargos de nível médio, somente os médicos e os profissionais de nível médio foram convocados em 2008. Um total de 1.086 concursados das outras 11 categorias de nível superior têm suas vagas ocupadas por trabalhadores terceirizados com salários abaixo dos percebidos pela categoria e sem a garantia dos direitos trabalhistas.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “MPE e MOVA-SE pressionam pela convocação de concursados da Saúde estadual

  1. O Governo ta enrolando esse povo ate agora. Terceirizando as vagas da secretaria de saude, tendo concursados aprovados a mais de 3 anos. Nao precisa ser grande jurista pra saber que se trata de improbidade administrativa. KD o MP….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + sete =