MPE entra no circuito do Escândalo dos Banheiros?

Aguardado das férias nesta segunda-feira o procurador regional eleitoral Márcio Torres.

Ele vai encontrar, com certeza, apelo para que avalie o caso do escândalo dos banheiros denunciado por o POVO, no qual está envolvido o deputado estadual Teo Menezes (PSDB).

O caso diz respeito a convênio liberado pela Secretaria das Cidades, no valor de R$ 400 mil, para uma associação cultural de Pindoretama  que não tinha sede. Dias depois, apareceu a sede num motel em construção.

Da denúncia divulgada até agora, vários comissionados foram demitidos do Tribunal de Contas do Estado e o presidente desse órgão, Teodorico Menezes, pediu afastamento. Ele é pai do deputado estadual Teo Menezes.

0
Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “MPE entra no circuito do Escândalo dos Banheiros?

  1. E o que diz o Tribunal de Contas?
    Que se mostra tão ágil para cortar míseras vantagens de aposentados e pensionistas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + doze =