MPE impugna registro das três candidaturas a prefeito de Alcântaras

O Ministério Público Eleitoral (121ª Zona Eleitoral), através do promotor eleitoral, Alexandre Pinto Moreira, impugnou, no final da tarde desta quinta-feira, o registro das três candidaturas a prefeito do município de Alcântaras (Zona Norte). As três decisões são distintas.

O candidato Antonio Marcos Ximenes Carvalho (PRP) se torna inelegível devido o mesmo ser genro do prefeito que foi afastado do cargo e propiciou a razão da presente eleição.  O candidato Francisco Eliésio Fonteles (PSB) se torna inelegível devido seu partido (PSB), está representado por uma Comissão Provisória e que tinha uma prazo de vigência determinado, ou seja, de 25/03/2010 a 25/05/2010, não tendo prorrogado deste prazo, ou ainda, que houvesse se estabelecido o Diretório Municipal de forma definitiva.O candidato Francisco Charlys Moreira de Menezes (PSOL) segundo consta da documentação acostada aos autos, exercia o cargo de Presidente do Sindicato dos Professores de Alcântaras. Entretanto, este não se demonstrou a sua desincompatibilização no prazo legal.

Os candidatos serão notificados, a partir de agora, e terão prazo para apresentar a defesa perante a Justiça Eleitoral que irá julgar se vai indefir ou não tais pedidos de registro.
 

(Blog Sobral de Prima)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =