MPF pede que MEC desconsidere nota de redação no Enem 2011

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) pediu à Justiça Federal para que a redação dos estudantes que fizeram o Enem 2011 seja desconsiderada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Para o procurador da República, Oscar Costa Filho, a nota da redação e as notas das provas objetivas não poderiam ser equiparadas em uma mesma seleção em função das diferentes metodologias de cálculo.

A prova objetiva tem suas notas calculadas com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI), com um cálculo relativo, com valores que variam de acordo com o grau de dificuldade da questão. A nota da redação não é submetida a esses critérios, tendo um valor absoluto.

O novo pedido do MPF consta de aditamento à ação civil pública efetuada na semana passada. No pedido, o MPF pediu ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) que explicitasse os critérios de correção das provas objetivas.

(Agência  Estadão)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =