Na disputa pelo comando da Câmara, André Figueiredo se diz surpreso com traições

Brasília - O ministro das Comunicões, André Figueiredo fala na de audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTI) da Câmara dos Deputados (Antonio Cruz/Agência brasil)

Em política, traição é algo que nunca falta. Que o diga André Figueiredo (PDT).

Na disputa pelo comando da Câmara, contabilizava 100 votos, mas, ao final, só 59.

Ele se diz decepcionado. Mas não devia.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + dezesseis =