O Terrorismo caboclo

balllaas

Sede da Guarda Municipal sofreu dois ataques nesta semana.

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (16):

A onda de violência registrada contra equipamentos de segurança pública do Ceará vem assustando a população. Foram ataques a delegacia, à sede da Guarda Municipal de Fortaleza e, para completar esse script absurdo, motins em presídios e fuga de presos que, aliás, estão virando rotina perversa.

O que está mesmo acontecendo nessa área tão crítica e que atinge diretamente o sentimento da população? Será mesmo que apenas ofensiva do crime organizado, que já chegou ao Ceará, contra a lei que quer barrar celular em presídios, por exemplo?

O governador Camilo Santana tem investido, anuncia novo concurso para a PM, mas, na prática, tem-se a impressão de que perdemos, a cada dia, a luta contra o banditismo.

Enquanto na Europa, temos a França numa ofensiva ao terrorismo, por aqui, guardadas as proporções, vivemos um certo terrorismo, que contabiliza vítimas de um sistema injusto e politicamente corrompido.

Especialistas dizem que investir em ações sociais e em mudanças na legislação constam entre as saídas.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “O Terrorismo caboclo

  1. ESSE GOVERNO SOFRE DA ” SÍNDROME DO MARIDO TRAIDO”, OU SEJA, ACHA QUE TUDO ESTÁ BEM, E QUE SEMPRE É O ÚLTIMO A SABER!

    ACORDDDA CAMILO, TEU SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA E DA SECRETARIA DE JUSTIÇA SÃO MUITO FRACOS!!!!!
    CALDO DE MEIA BILA…..KKKKKKKK

    TODOS SABEM QUE O CRIME ORGANIZADO JÁ SE INSTALOU NO CEARÁ. E AI O CAMILO VEM COM A PÉROLA QUE A CRIMINLADADE ESTÁ REDUZINHO…PIADISTA DE PRIMEIRA….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =