Operação policial prende 11 pessoas em Horizonte

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, por meio da Coordenadoria de Planejamento Operacional, que tem à frente o delegado Andrade Júnior, realizou, na manhã desta terça-feira, uma operação em Horizonte (Região Metropolitana de Fortaleza). Na ação, foram presas 11 pessoas, que são acusadas de vários crimes.

No ato da prisão, foram apreendidas drogas e armas, de acordo com o delegado Andrade Júnior.

Essa operação foi resultado de um trabalho de investigação realizado há meses pela Polícia. A ordem é reforçar ações de combate ao crime na Região Metropolitana de Fortaleza. As 11 pessoas estão presas na Delegacia de Horizonte, onde ficarão à disposição da Justiça.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Operação policial prende 11 pessoas em Horizonte

  1. FORMAÇÃO DE LEITORES

    Dar ao aluno uma melhor leitura de mundo. Esse é o objetivo principal do Projeto Confraria de Leitura, que há 16 anos promove eventos de leitura e encontros com os livros, os cartuns, as charges, a fotografia, a literatura de cordel e todos os recursos oferecidos pelo mundo hodierno, que permitem ao educando um ampla visão dos fatos. O projeto não fica só no texto comum do livro didático, mas parte para outros recursos, que são mostrados ao aluno de forma motivada e criativa. Para isso, o coordenador prepara cada momento com muito carinho. É um trabalho muito parecido com o de uma doceira, que prepara guloseimas para convidados especiais (como as crianças!). Só assim, se pode formar leitores “sedentos” por informação e formação dignas e prazerosas. O Confraria de Leitura atende diretamente a 100 alunos, da faixa etária de 08 aos 12 anos e não tem parceria ou recebe apoio de qualquer instituição. Apenas as escolas Maria Bezerra Quevedo (Novo Mondubim) e Padre Antônio Monteiro da Cruz (Parque Santa Rosa) apoiam as ações do projeto, que mantém ainda a rádio-escola e o jornal Treme-treme, que difundem a leitura entre o alunado.

    JOÃO TELES DE AGUUIAR – COORDENADOR
    Profas. assistentes: Lúcia Abreu e Maria Anir da Silva
    Escolas: Maria Bezerra Quevedo e Padre Antônio Monteiro da Cruz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 8 =