Blog do Eliomar

Últimos posts

TCE determina a apuração de irregularidades em obras realizadas em Milagres e Saboeiro

O pleno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará determinou a conversão em Tomada de Contas Especial de dois processos julgados pelo colegiado a fim de apurar os danos causados aos cofres estaduais. As decisões, unânimes, foram tomadas durante sessão ordinária dessa terça-feira (6), devido à irregularidade na rescisão unilateral dos contratos e ausência de implementação das sanções administrativas, bem como não acionamento da Garantia de Execução do Contrato, caracterizando dano ao Erário. A informação é da assessoria de impensa do TCE.

O primeiro processo (nº 06485/2017-3) trata-se de Representação, interposta pela Gerência de Fiscalização de Obras de Engenharia e Meio Ambiente desta Corte, e refere-se ao Contrato nº 011/2014, firmado entre o Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE) e a empresa JMD Construções Ltda., no valor de R$ 1.612.411,2, para a execução das obras complementares da 1ª etapa do Estádio Lacerdão, no município de Milagres (CE).

O colegiado determinou a citação solidária dos responsáveis pelo contrato para que no prazo de 30 dias, em observância aos princípios do contraditório e da ampla defesa, apresentem suas alegações ou, reconhecendo o débito de R$ 241.861,68, recolham o valor, devidamente atualizado.

O processo nº 06330/2017-7, fruto de Representação da Gerência de Fiscalização de Obras de Engenharia e Meio Ambiente, refere-se ao Contrato nº 120/2015, firmado entre a Secretaria da Educação, com interveniência do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE), e a Empresa Construtora Tecnos Nordeste Ltda. O objetivo era a construção de um Centro de Educação Infantil (CEI) em Saboeiro (CE), no valor de R$ 1.074.168,54.

Os responsáveis serão citados de forma solidária para que, em prazo igual (30 dias), apresentem suas alegações de defesa ou, reconhecendo o débito de R$ 161.125,28, procedam ao seu recolhimento, devidamente atualizado.

Após cumpridas as comunicações processuais, os autos serão encaminhados à Gerência de Fiscalização de Obras de Engenharia e Meio Ambiente da Secretaria de Controle Externo deste Tribunal, para prosseguimento da instrução já em sede de Tomada de Contas Especial. Os dois processos foram relatados pelo conselheiro Valdomiro Távora.

Governo vai criar o Centro Cearense de Idiomas para oferecer cursos para alunos da rede pública

O governador Camilo Santana (PT) vai lançar, neste mês, mais uma novidade na área da educação que, no geral de sua gestão, tem obtido bons resultados. Segundo o secretário da Educação do Estado, Idilvan Alencar, vem aí o Centro Cearense de Idiomas, que promete assegurar para alunos e professores da rede pública estadual o direito de aprender línguas como inglês e espanhol.

O projeto consiste na instalação de 11 núcleos de ensino espalhados pelo Estado. Em Fortaleza, ocuparão espaços nos shoppings Benfica, North Shopping Jóquei, North Shopping Bezerra de Menezes, RioMar Kennedy, RioMar Papicu e Via Sul Shopping, enquanto no Interior haverá polos em Quixadá, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Crateús e Iguatu.

O projeto oferecerá inicialmente 10 mil vagas, com turnos de aulas começando às 8 horas e encerrando às 22 horas, sendo que o último tempo é reservado para os docentes. Por que em shoppings? O secretário explica que é o local preferido dos jovens da escola pública.

A estratégia, sem dúvida, tem seus méritos, mas não deixa de ser também um aceno oficial a um segmento do eleitorado que tem peso e votos.

Mega-Sena acumula e pode pagar amanhã R$ 59 milhões

O concurso 2011 da Mega-Sena, realizado ontem (6) em São Paulo, acumulou. As dezenas sorteadas foram 02, 28, 32, 35, 54, 58. As informações são do site da Caixa Econômica Federal.

A quina, com cinco números acertados, teve 119 apostas ganhadoras e vai pagar R$ 21.054,02 a cada uma delas.

Já a quadra, com quatro números acertados, registrou 5.949 ganhadores, com R$ 601,64 para cada um.

Para o próximo concurso, a ser realizado nesta quinta-feira (8), a estimativa de prêmio é de R$ 59 milhões.

PGR pede a prisão de Aníbal Gomes

A Procuradoria Geral da República (PGR) apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF), nessa segunda-feira, 5, as alegações finais na ação em que a procuradora-geral Raquel Dodge pede a condenação do deputado federal cearense Aníbal Gomes (MDB) e do engenheiro Luís Carlos Batista Sá por corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. O caso segue para o relator do ação no Supremo, ministro Edson Fachin.

Na ação, o deputado e o engenheiro são acusados de receber R$ 3 milhões como contrapartida por interferências em um contrato da Petrobras em 2008. Raquel Dodge pede a condenação dos réus, sugerindo penas diferentes a ambos: que chega a 40 anos de reclusão, como também a reparação dos danos materiais e morais no valor de R$ 12,1 milhões e a perda do mandato, no caso do parlamentar cearense. Luís Carlos receberia pena total de 24 anos e 6 meses pelos crimes.

A denúncia foi apresentada em junho de 2017 e foi recebida por unanimidade pela 2º Turma do STF. Segundo as investigações, o parlamentar e outros envolvidos atuaram para permitir e facilitar a celebração de acordo entre a Petrobras e empresas de praticagem que operavam na Zona Portuária 16, no Rio de Janeiro, com a promessa de pagamento indevido no valor de R$ 800 mil ao então diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa.

O serviço de prático é executado por técnicos que orientam os comandantes na navegação e nas manobras dos navios. O contrato foi firmado em 2008 e custou R$ 60,9 milhões à Petrobras.

Aníbal se defende

Procurado pelo O POVO Online, o deputado federal declarou que tem “certeza” da absolvição no STF. Aníbal se disse tranquilo e espera que a ação seja jugada por Fachin em meados de abril. Sobre o julgamento no Supremo, o parlamentar quer celeridade, pois pretende “concorrer nas eleições limpo”.

Sobre a decisão da procuradora Raquel Dodge de pedir 40 anos de prisão, ressarcimento e perda de mandato, Aníbal Gomes afirmou que não via a pena com espanto. “Não é demais. Esse é o papel da PGR: acusar. Mas, tenho certeza da minha absolvição; não há fundamentação para pedir minha condenação”.

(O POVO Online)

Justiça Federal condena oito por fraudes na Oboé Financeira

O empresário José Newton Lopes de Freitas, proprietário das empresas do Grupo Oboé, está preso na sede da Superintendência da Polícia Federal em Fortaleza. Ele foi condenado, em primeira instância, a 32 anos, 7 meses e 15 dias de prisão em regime fechado por crimes contra o sistema financeiro do Brasil. Além de ter seus bens sequestrados.

Mais sete pessoas foram sentenciadas no esquema fraudulento da Oboé, mas apenas Newton Freitas está na cadeia. O somatório das fraudes, segundo consta na sentença, é de pelo menos R$ 400 milhões.

Dentre as razões apontadas pelo juiz Danilo Dias Vasconcelos, da 32ª Vara Federal Criminal (Fortaleza), para determinar a prisão do empresário, após sentença em primeira instância, está o entendimento que “o réu demonstrou absoluto desprezo pelas normas jurídicas, antes, durante e depois da intervenção, inclusive se apresentando como pessoa indignada por estar supostamente sofrendo uma enorme injustiça, tendo inclusive processado agentes públicos e credores”.

Além disso, segundo escreveu o juiz, o “réu arquitetou todo o esquema fraudulento, sendo seu maior autor intelectual. Ele ostentava a posição não apenas de diretor, mas de controlador das empresas e tinha, por isso, plenas condições de, a qualquer momento, fazer cessar a conduta criminosa de todos os outros”.

De acordo com a sentença, Newton Freitas praticou sete espécies diferentes de gestão fraudulenta envolvendo quatro empresas do Grupo Oboé. O juiz diz, também, que outro ponto a ser considerado é o fato revelado durante a instrução processual de que a diretoria recebia valores “por fora”. O que evidenciou o benefício pessoal decorrido dos ilícitos.

“Deve ser levado em conta, ainda, que foi o réu quem determinou a alteração de relatórios para apresentação de informações falsas ao Banco Central durante as inspeções – tendo sido ele, ainda, quem se opôs à apresentação dos dados relativos à situação de inadimplência dos créditos de cartão de crédito, para tanto sustentando que estes estavam armazenados em outra empresa”, fundamentou o magistrado.

A sentença de 459 páginas informa, ainda, que a natureza dos crimes praticados é essencialmente dolosa. Restou apurada “não somente a efetiva vontade livre e consciente do acusado, mas aquilo que se pode classificar como dolo intenso”. Quer dizer, houve uma vontade firme e dirigida, um ânimo adicional de claramente atentar contra a ordem jurídica vigente e de obter vantagens em cifras exorbitantes. “No caso, entendo que a prisão de José Newton Lopes de Freitas se mostra necessária à garantia da ordem pública e da ordem econômica”, escreveu o juiz,

Ao O POVO, o advogado de Newton Freitas, Paulo Quezado, declarou ser um exagero a prisão preventiva do empresário cearense após julgamento em primeira instância. “O meu cliente passou toda a instrução do processo em liberdade. Não oferece risco algum. Vamos recorrer da decisão”, afirmou Quezado.

O acusado José Vicente de Assis foi inocentado pela Justiça Federal de todas as acusações no Caso da Oboé.

OS SENTENCIADOS NO CASO OBOÉ

José Newton Lopes de Freitas – 32 anos, 7 meses e 15 dias de prisão em regime fechado. Está preso preventivamente na Superintendência da Polícia Federal, em Fortaleza.

José Itamar de Vasconcelos Júnior – 18 anos e 2 meses de prisão em regime fechado.

Otávio Lins Lima – 9 anos de prisão em regime fechado.

José Alberto de Melo Maynard – 10 anos, 3 meses e 25 dias de prisão em regime fechado.

João Gualberto Moreira de Queiroz – 9 anos e 2 meses de prisão em regime fechado.

Cícero Adalberto de Paula Viana – 9 anos e 2 meses de prisão em regime fechado.

Joeb Barbosa Guimarães de Vasconcelos – 9 anos e 2 meses de reclusão por crime de gestão fraudulenta.

Alexandre Rodrigues Silva – 3 anos e 4 meses de reclusão substituídos por prestação pecuniária de 20 salários à comunidade.

Elizário Pereira das Graças Júnior – Teve a punibilidade extinta em razão de seu óbito.

Obs: José Vicente de Assis foi absolvido de todas as acusações pela Justiça. Fonte: Sentença do processo 0000940-45.2014.4.05.8100, da 32º Vara Federal Criminal do Ceará.

(O POVO – Repórter Demitri Túlio/Foto – Jarbas Oliveira)

Voo atrasa e faz presidente do Ceará perder a estreia do clube na Copa do Brasil

O presidente do Ceará Sporting Clube, Robinson de Castro, vai ter que assistir ao jogo do seu time contra o Brusque, válido pela Copa do Brasil, nesta noite de quarta-feira (20h45min), em casa mesmo.

O voo da Gol 1521, no qual viajaria nesta madrugada de quarta para Santa Catarina, atrasou sua chegada procedente da Capital paulista e o fez perder a conexão programada em São Paulo (de lá pegaria outro voo para Navegantes e seguiria, de carro, para Brusque).

Ainda no Aeroporto Internacional Pinto Martins, Robinson de Castro conversou com a reportagem do Blog e falou sobre as perspectivas do alvinegro não somente na Copa do Brasil, mas também da maratona de jogos que o time enfrenta, o que fará com que alguns compromissos da equipe no campeonato estadual sofram mudança de data.

O Ceará também está na Copa do Nordeste e, em abril, atuando em partidas da Série A, do Brasileirão.

Ligações de telefone fixo para móvel ficarão mais baratas

As ligações locais e interurbanas de telefones fixos para móveis ficarão mais baratas, a partir do próximo dia 25. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a redução das chamadas locais vai variar entre 10,58% a 12,75% e a das tarifas interurbanas será entre 3,98% a 7,41%.

O preço médio das ligações locais de telefone fixo para móvel vai passar de R$ 0,18 para R$ 0,12, sem imposto. A queda vai ocorrer devido à redução das tarifas de interconexão, pagas pelas empresas que utilizam a rede de outro grupo.

Tianguá – IFCE promove colação de grau do curso Licenciatura em Física

O reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Virgílio Araripe, participou, na noite dessa terça-feira (6), em Tianguá, no Noroeste do Estado, a 310 quilômetros de Fortaleza, da colação de grau de novos profissionais de Licenciatura em Física.

Na oportunidade, Araripe deu posse ao Conselho Acadêmico do campus do IFCE. Lá, estão sendo construídas salas de aula, o que vai possibilitar a ampliação do ingresso de mais alunos.

(Foto – Divulgaçaõ)

Camilo anuncia a convocação de mais 800 PMs

O governador Camilo Santana (PT) anunciou ontem, em sua fala com internautas por meio do Facebook, a convocação do mais recente grupo de 800 pessoas aprovadas no concurso da Polícia Militar (PM). Ele adiantou  ainda que pretende chamar profissionais além dos cinco mil previstos no edital.

Dos aprovados, 4,2 mil foram convocados até o momento. Destes, 2,8 mil realizam patrulhamento nas ruas e 1,4 mil, da terceira turma, estão em formação na Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp).

O reforço ocorre em momento de crise da Segurança Pública. Em 2017, foram 5.134 homicídios, recorde histórico. Neste ano, já foram registradas 469 mortes — maior número para o mês de janeiro desde 2013, quando a Secretaria da Segurança Pública passou a divulgar os índices.

No dia 27 de janeiro, houve também a maior chacina da história do Ceará, com 14 mortes no bairro Cajazeiras. Outro massacre foi registrado menos de 72 horas depois, com dez mortos na Cadeia Pública de Itapajé.

CNI fecha Agenda Legislativa 2018 de olho na reforma da Previdência

A Federação das Indústrias do Ceará participa, em Brasília, da elaboração da Agenda Legislativa CNI 2018. Em definição, 120 projetos, de 800 que tramitam no Congresso Nacional e que interessam ao segmento da indústria.
Do Ceará, participam dos debates, que vão se estender até esta quarta-feira, Sérgio Lopes, chefe de gabinete da presidência da Fiec, Affons Tabosa, presidente do Conselho de Assuntos Legislativos dessa entidade.
Mas, uma certeza: a reforma da Previdência é a prioridade.

Após 17 anos – Governo do Ceará libera portaria para atualização da tabela da oftalmologia

O secretário estadual da Saúde, Henrique Javi, comunicou nesta terça-feira (6) que o Governo do Estado liberou portaria para atualização da tabela da oftalmologia, que há 17 anos não sofria atualização.

O procedimento, que atende a uma solicitação do oftalmologista e vereador de Fortaleza, Eron Moreira (PP), tem como base a portaria 3.037, do Ministério da Saúde, de 14 de novembro de 2017, de pactuação do reajuste da tabela SUS/2018.

O anúncio do secretário foi comunicado em reunião com o próprio vereador e também com o presidente da Sociedade Cearense de Oftalmologia, Abrahão Lucena.

(Foto: Divulgação)

Comissão aprova projeto com regras de proteção ao FGTS

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou, nesta terça-feira, projeto do senador José Pimentel (PT) que torna mais rigorosas as regras para que empresas utilizem recursos públicos ou provenientes do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os bancos privados terão de verificar se a empresa está em dia com o recolhimento ao Fundo, antes de conceder empréstimo, financiamento, dispensa de juros e multas ou qualquer outro benefício relativo a esse tipo de recurso.

O relator da proposta, senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), aperfeiçoou o texto original, para permitir que as operações de crédito sejam feitas, mesmo havendo débito com o FGTS, se parte dos recursos for utilizada para a quitação dessa dívida.

Pela legislação atual (Lei 9.012/95), a exigência de quitação de débitos com o FGTS vale apenas para as instituições oficiais de crédito, como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil. Com isso, empresas em débito com o FGTS podem ter acesso a recursos oficiais por meio de bancos privados, uma brecha que desestimula o recolhimento. Além disso, a regra atual gera condições desiguais de competição no mercado entre os bancos públicos e privados, já que estes, hoje, têm menos restrições.

O projeto de Pimentel resolve esses problemas e coloca as instituições oficiais de crédito em pé de igualdade com os bancos privados. Além disso, garante que nenhuma empresa terá acesso a recursos oficiais, como financiamento do BNDES ou dos fundos constitucionais (FNE, FCO e FNO), se mantiver dívida com o FGTS. Com isso, a proposta pretende garantir um maior recolhimento a esse fundo, cujo objetivo é proteger o trabalhador.

(Foto – Agência Câmara)

 

Camilo cobra política nacional da segurança pública em vídeo que circula nas redes sociais

Para o governador Camilo Santana (PT), o Brasil paga hoje um preço muito caro por não ter construído uma política nacional de segurança pública. A observação faz parte de uma série de eventos do governador do Ceará, no ano passado, em que Camilo alerta para o problema da violência, que atualmente atinge as regiões metropolitanas brasileiras.

“Nenhum estado, sozinho, vai conseguir enfrentar esse problema da violência”, disse Camilo, em vídeo que circula desde esta terça-feira (6) em grupos nas redes sociais.

Comissão da Segurança Pública apresentará propostas depois do Carnaval

A comissão especial montada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), e comandada pelo ministro Alexandre de Moraes (STF), para debater projetos na área de segurança pública apresentará suas propostas logo depois do Carnaval.

Maia e Eunício Oliveira, este presidente do Senado, elegeram a segurança pública como assunto prioritário do Congresso em 2018.

Comunidade Shalom abre quatro novas casas em continentes diferentes

Moisés Azevedo, um dos fundadores do Shalom.

A Comunidade Católica Shalom, uma associação internacional de fiéis de direito pontifício, vai contar com quatro novas missões em continentes diferentes no período de 2018/2019. A informação é da assessoria de imprensa do Shalom, que completou 35 anos de atividades religiosas.

A novidade é a chegada da primeira missão do Shalom na Oceania, mais precisamente na Austrália, junto à Diocese de Broken Bay, ao Norte da Grande Sidney. Também haverá casa na África, mais precisamente na Diocese de Lubango, ao Sul da Angola, continente que já conta com missões em Madagascar, Moçambique e Cabo Verde.

A Diocese do BrooKlyn, em Nova York, nos EUA, também terá presença missionária, bem como o extremo norte da Europa, na Escandinávia, em Estocolmo, capital da Suécia.

No Brasil – Em território brasileiro, as novas comunidades estarão atuando em Imperatriz (MA) e em Juiz de Fora (MG).

Poupança tem retirada líquida de R$ 5,2 bilhões em janeiro

Num mês tradicionalmente marcado por despesas com educação e com o pagamento de impostos, os brasileiros voltaram a sacar recursos da caderneta de poupança. Em janeiro, a retirada líquida (saques menos depósitos) somou R$ 5,2 bilhões, divulgou hoje (6) o Banco Central (BC).

Pelo quarto ano seguido, segundo o BC, os investidores retiraram a mais do que aplicaram na caderneta de poupança em janeiro. A saída de recursos em 2018, no entanto, foi menor que em outros anos. A retirada líquida tinha chegado a R$ 5,52 bilhões em janeiro de 2015, R$ 12,03 bilhões em janeiro de 2016 e R$ 10,73 bilhões em janeiro de 2017.

No ano passado, a poupança tinha registrado o primeiro ingresso líquido desde 2014. Em 2017, os brasileiros tinham depositado R$ 17,12 bilhões a mais do que tinham sacado da caderneta.

Até 2014, os brasileiros depositavam mais do que retiravam da poupança. Naquele ano, as captações líquidas chegaram a R$ 24 bilhões. Com o início da recessão econômica, em 2015, os investidores passaram a retirar dinheiro da caderneta para cobrirem dívidas, num cenário de queda da renda e de aumento de desemprego.

Em 2015, R$ 53,5 bilhões foram sacados da poupança, a maior retirada líquida da história. Em 2016, os saques superaram os depósitos em R$ 40,7 bilhões.

Mesmo com a queda de juros, a poupança tinha voltado a atrair recursos nos últimos meses do ano passado. Isso porque o investimento voltou a garantir rendimentos acima da inflação. No entanto, a inflação subiu levemente nos últimos meses, reduzindo a rentabilidade real (descontada a alta de preços) da caderneta.

Nos 12 meses terminados em janeiro, a poupança rendeu 5,9%. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA)-15, que funciona como uma prévia da inflação oficial, acumula 3,02% no mesmo período. Em novembro do ano passado, esse índice registrava 2,7% no acumulado em 12 meses. Na quinta-feira (8), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga o IPCA cheio de janeiro.

(Agência Brasil)

Carnaval de Fortaleza – Portaria regulamenta presença de crianças e adolescentes na folia

A juíza Alda Maria Holanda Leite, coordenadora em respondência das Varas da Infância e Juventude da Capital, regulamentou a participação de crianças e adolescentes no Carnaval de Fortaleza em 2108, que ocorrerá no período de 9 a 14 de fevereiro. As normas constam na Portaria n° 1/2018, publicada no Diário da Justiça dessa segunda-feira. A informação é da assessoria de imprensa do TJCE.

Está expressamente proibida a participação de crianças e adolescentes com menos de 16 anos completos em eventos carnavalescos, seja em espaço público ou privado, salvo se acompanhados dos pais ou de responsáveis. O menor desacompanhado que tiver completado a idade, deverá comprová-la por meio de documento oficial com foto. As restrições não se aplicam a eventos voltados exclusivamente para o público infantil (até 12 anos), realizados durante o dia, em locais fechados, de acesso público (tais como, clubes, ginásios e escolas) e sem comercialização de bebida alcoólica.

Documentos

Crianças e adolescentes, seus pais, representantes legais ou responsáveis acompanhantes, deverão sempre portar documento oficial de identidade, com foto, tais como: Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Certificado de Reservista, Carteira de Trabalho ou Passaporte, enquanto os tutores e guardiões. Além disso, exibirão o original ou cópia autenticada dos respectivos termos de tutela ou guarda.

São considerados representantes legais o pai, a mãe, o tutor ou o guardião. Já os responsáveis acompanhantes são avós, irmãos e tios (que comprovem documentalmente o parentesco), assim como qualquer pessoa maior e capaz, desde que portadora da autorização escrita feita pelos pais ou representante legal, com firma reconhecida em cartório.

Proibições

A Portaria ainda traz os deveres dos promotores e organizadores dos eventos para o cumprimento da norma. Eles devem realizar o controle de ingresso junto às entradas de acesso aos shows artísticos; afixar (em lugar visível e de fácil acesso, na entrada do local em que a festa se realizará) cartazes, faixas e banners esclarecedores sobre as exigências referentes às faixas etárias e documentos; além de garantir a segurança do público.

Eles também, em conjunto com os responsáveis pelos estabelecimentos comerciais, devem impedir consumo de bebidas alcoólicas, cigarros ou similares por crianças e adolescentes nos locais das festas. As informações sobre a proibição de venda e fornecimento de bebidas alcoólicas aos menores devem ser amplamente divulgadas, inclusive em sistema de som ambiente, nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A desobediência dos promotores e organizadores dos eventos e dos responsáveis pelos estabelecimentos comerciais os sujeitará à multa e demais penalidades estabelecidas no ECA.

Por fim, o texto traz a determinação de que os agentes de proteção do Juizado da Infância e Juventude realizem a fiscalização nos principais locais de festividades carnavalescas da Capital, a fim de evitar qualquer forma de negligência, exploração (inclusive laboral), violência, discriminação, maus tratos e abuso no exercício do poder familiar praticados contra crianças e adolescentes (nos termos do artigo 227 da Constituição Federal de 1988 e artigo 5º do ECA).

 

Projeto sobre bloqueadores de celular em presídios deve ser votado nesta quarta-feira

 

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB) anunciou, nesta terça-feira, que o projeto garantindo a instalação de bloqueador de celular nos presídios deve ser votado nesta quarta-feira. Ele havia prometido a medida durante conversa que manteve com o governador Camilo Santana (PT), na última semana, em Fortaleza, quando de encontro com prefeitos no Centro de Treinamento do BNB, no Passaré.

Camilo havia feito esse apelo, justificando que a lei sancionada por ele garantindo o bloqueio estava com recurso por ser apreciado no Supremo.

Para o governador, a instalação de bloqueador de celular nos presídios será importante reforço na luta que os Estados travam contra o crime organizado e, em especial, facções que provocam o terro. O Ceará vive essa situação de terro a partir da chacina registrada no último dia 27, quando 14 pessoas foram assassinadas na casa de show Forró do Gago.