Blog do Eliomar

Últimos posts

BNB lança em Fortaleza seu primeiro escritório digital

O Banco do Nordeste (BNB) vai iniciar, neste mês, a implantação de escritório digital. O projeto piloto, que durará dois meses, será sediado em Fortaleza. Terminada a fase de testes, o plano é que o escritório chegue em todos os estados do Nordeste em até cinco meses. A informação é de Luiz Sérgio Machado, superintendente de novos negócios de varejo e agronegócios do BNB.

No momento inicial, o atendimento digital será só para pessoa física (PF), estendendo-se posteriormente a micro e pequenas empresas (MPE). “Todo o relacionamento será digital, por telefone, WhatsApp e chats. Pretendemos trabalhar em horário mais alargado, das 8 às 18 horas, para resolver a maioria dos problemas de forma digital”, explica Machado.

Ainda no ano passado, o BNB começou a oferecer serviços digitais, através de acesso via mobile e Internet Banking. Atualmente, o cliente já consegue fazer e renovar cadastro, contratar operação de capital de giro de até R$ 50 mil para micro e pequenas empresas, consultar e pagar a fatura do cartão de crédito.

A implantação do escritório digital vai alargar, ainda mais, a variedade de serviços oferecidos pela internet. De acordo com Machado, qualquer cliente poderá fazer sua conta digital pela internet. “O processo é muito simples: o cliente que quiser fazer (a conta), entra no Internet Banking, entra na sessão e lá será autoexplicativo. Ele poderá mandar de forma digital os documentos e, após o banco analisar, só precisará ir à agência uma vez para assinar”, diz.

A diferença dos outros bancos que já oferecem serviços digitais é que, além da conta corrente digital de pessoa física, o BNB vai estender para as micro e pequenas e empresas e para o microempreendedor individual. Ao longo do ano, o banco também pretende lançar opções de renegociação de dívidas via Internet Banking.

Ao todo, cerca de 170 mil MPE de todo o Nordeste terão acesso às mudanças, além de 500 mil pessoas físicas que são clientes do BNB. No Ceará, o percentual de MPE é de 18% a 20%. Com as novas facilidades de abertura de contas, expectativa é de que esses números só cresçam, principalmente o de MPE.

“Queremos crescer o marketing share de MPE na ordem de 5% a 10% ao ano. Hoje temos marketing share, em quantidade, de considerando todas as MPEs, de 18% do banco, e em termos de valores, de volumes de recursos disponibilizados, cerca de 10%”, afirma. Ele acredita que a procura maior será de comércio e serviços, que é o carro-forte do BNB.

Machado destaca o trabalho da diretoria do BNB para que ele se torne digital. “Esses produtos visam gerar mais comodidade ao cliente sem que ele precise se deslocar”, comemora.

(O POVO – Repórter Letícia Alves)

Presidente do Ceará assina patrocínio com a Caixa e promete até cinco novos reforços

7809 17

O presidente do Ceará Sporting Club, Robinson de Castro, embarcou, nesta madrugada de segunda-feira, para Brasília. Informou que ali, ao lado de outros clubes de futebol, assinará o “patrocínio master” para o alvinegro, mas não quis adiantar valores. “A Caixa pediu para não divulgarmos”, adiantou.

Robinson de Castro adiantou, indagado sobre contratações para a Série A, que a diretoria aguarda apenas o encerramento de alguns campeonatos estaduais para ir ao mercado. Ele disse que o clube quer contratar de quatro a cinco reforços para posições que vão da lateral, meio-campo e até ataque.

O dirigente alvinegro afirmou que o objetivo dos reforços é dar maior velocidade ao time.

Enem 2018 – Prazo para isenção de taxa começa nesta segunda-feira

Começa hoje (2), às 10 horas, o prazo para os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pedirem a isenção da taxa de inscrição da prova. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) espera que cerca de 4 milhões de pessoas peçam a isenção da taxa neste ano. O prazo termina no dia 11 de abril.

Em 2018, o Enem completa 20 anos e pela primeira vez o pedido de isenção da taxa de inscrição será feito antes do período de inscrição. Até o ano passado, os dois atos eram feitos simultaneamente. Também pela primeira vez, os candidatos que tiveram a isenção no ano passado e faltaram aos dois dias de prova terão que justificar a ausência para ter a gratuidade novamente.

Segundo a diretora de Gestão e Planejamento do Inep, Eunice Santos, o objetivo é garantir mais oportunidade para os jovens que necessitam da isenção, mas também garantir maior cuidado do dinheiro público e o desenvolvimento de uma consciência mais ética no cidadão. “Vamos fazer isso com mais critério e mais responsabilidade”, disse ela.

Para todos os casos de solicitação de isenção da taxa de inscrição, o participante deverá ter documentos que comprovem a condição declarada, sob pena de responder por crime contra a fé pública e de ser eliminado do exame. Se a solicitação de isenção for negada, ainda é possível recorrer da decisão, na Página do Participante, entre os dias 23 e 29 de abril.

A aprovação da isenção da taxa de inscrição não significa que o participante já está inscrito no Enem 2018. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano, pelo site do Enem.

Quem tem direito à isenção

– Quem está cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública

– Quem cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio

– Quem declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)

– Quem fez o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado, que tenham atingido a nota mínima do exame

Como pedir a isenção

Para pedir a isenção, o candidato deve acessar a página do Participante do Enem e inserir seu CPF e data de nascimento. Em seguida, aparecerá uma explicação sobre as situações que garantem a isenção, para o candidato verificar se ele se enquadra em alguma delas.

*Da Agência Brasil, mais aqui.

Ódio e tentativa de sabotar a política

Confira o Editorial do O POVO desta segunda-feira, com o título “Ódio e tentativa de sabotar a política”.

Brasil vive uma crescente de ódio, que deixa progressivamente o terreno da retórica para se firmar de vez no dia a dia. Hoje, já há grupos políticos que atuam como facções, apostando no caos como elemento crucial no processo de sabotagem da democracia e, por tabela, das eleições. Para tanto, recorrem a expedientes que denunciam práticas repressivas.

É o caso da obstrução ao direito de ir e vir, quando manifestantes bloquearam estradas que impediram a passagem da caravana do ex-presidente Lula pelo estado do Paraná. Como se viu depois, porém, os atos de força estavam apenas começando. Aos tomates e chicotadas, seguiram-se pedradas e, depois, os tiros que atingiram dois dos veículos que compunham a comitiva do petista, cujo habeas corpus preventivo está prestes a ser julgado no Supremo Tribunal Federal (STF).

A violência, entretanto, não se pratica apenas nas estradas dos rincões do País, mas sobretudo no ambiente virtual, retroalimentando-se como uma espiral de intolerância. Nessa guerrilha antidemocrática, destaca-se o Movimento Brasil Livre (MBL), que esteve por trás da disseminação de notícias falsas sobre a parlamentar carioca Marielle Franco, do Psol, morta a tiros poucos dias depois de criticar a truculência da PM. Até agora, não se conhecem os nomes e os rostos de seus assassinos.

Na esteira do crime, informações passaram a circular relacionando a vereadora, quinta mais votada do Rio, a um traficante. A postagem reproduzia imagem que seria de Marielle – também falsa. O site de origem da mentira era ligado ao MBL.

Mas nem só grupelhos juvenis têm aderido ao radicalismo como mobilizador das paixões políticas. Na última semana, Edson Fachin, ministro do STF, queixou-se de que vem sofrendo ameaças. O magistrado, então, contou haver pedido reforço na segurança para ele e sua família. Assim como ainda não se sabe quem matou Marielle e quem atirou contra os ônibus da comitiva de Lula, tampouco foi identificada a origem da ameaça ao relator da Lava Jato, cujas decisões interessam a todos os políticos na mira da força-tarefa.

Às vésperas das eleições presidenciais, o Brasil vive momento em que seus conflitos se exacerbam. Nesta hora, os acenos a totalitarismos devem ser rechaçados, ainda quando arregimentem meia dúzia de saudosos dos regimes de exceção. E todo gesto de ódio precisa ser encarado como o que é de fato: misto de resposta à classe política e descrença nas instituições, de que não escapa nem sequer o STF. É nesse sentido que se torna urgente entender o que se passa no País: afeto despolitizado, o ódio nega no nascedouro qualquer hipótese de debate. Seja com tiros ou notícias falsas, ele é hoje a ameaça mais grave à democracia brasileira.

Nome de novo ministro da Fazenda permanece indefinido

O presidente Michel Temer ainda não tem definido quem será o novo ministro da Fazenda diante da iminente saída de Henrique Meirelles, que tem perspectivas eleitorais.

“Existem ainda conversas a serem desenvolvidas para que o presidente tome a decisão”, disse o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, após se reunir com Temer nesse domingo (1º), no Palácio do Jaburu, em Brasília.

Marun elogiou o nome mais cotado até o momento para assumir a Fazenda, o secretário-executivo da pasta, Eduardo Guardia, e negou que haja disputa em torno do nome do novo ministro, que, segundo ele, deve ser algum integrante da atual equipe de Meirelles. Ele afirmou, no entanto, que o novo ministro “deve ter um trânsito político”.

“Não há impasse, o que há são tratativas. Como o Meirelles não saiu ainda, em tese ele está conversando e não esgotou os caminhos que pode propor”, disse o senador Romero Jucá (MDB-RO), líder do governo no Senado, que também participou da reunião de hoje no Palácio do Jaburu.

O parlamentar afirmou ainda que “o cargo de ministro é um cargo político, claro que tem que ter bagagem técnica, mas o foco do presidente é ter visão política e visão técnica”. Ele e Marun negaram que uma possível terceira denúncia contra Temer tenha entrado no cálculo sobre a reforma ministerial.

(Agência Brasil)

STF julga nesta semana habeas corpus preventivo de Lula

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar na quarta-feira (4) o habeas corpus preventivo com o qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer evitar sua prisão após condenação pela segunda instância da Justiça Federal no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Os 11 ministros que compõem a Corte devem agora entrar no mérito do pedido de liberdade de Lula, que não foi abordado no julgamento iniciado em 22 de março, quando o ex-presidente ainda tinha um recurso pendente de julgamento no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre.

As cinco horas da sessão plenária daquele primeiro dia de julgamento foram dedicadas somente à discussão sobre o cabimento ou não do habeas corpus de Lula, que acabou sendo aceito por sete votos a quatro. Na ocasião, foi concedida, por seis votos a cinco, uma liminar ao ex-presidente para garantir sua liberdade até a análise final do habeas corpus, no dia 4 de abril.

Discussão de mérito

Ao entrar no mérito, a questão de fundo a ser discutida pelo plenário do Supremo será a possibilidade de execução provisória de pena por condenado em segunda instância, mesmo que ainda existam recursos contra a condenação pendentes de análise em tribunais superiores, como o Superior Tribunal de Justiça (STJ) ou o próprio STF.

As expectativas estarão voltadas em grande medida para a ministra Rosa Weber, que é contra a execução provisória de pena, mas que por outro lado tem respeitado, ao longo dos últimos dois anos, o entendimento que prevalece até o momento no STF, de permitir a prisão de condenados mesmo que ainda caibam recursos a instâncias superiores.

O voto de Rosa Weber pode ser decisivo diante do impasse que o tema vive hoje na Corte. Cinco ministros defendem e aplicam monocraticamente a tese de que condenados em segunda instância só devem começar a cumprir pena após o trânsito em julgado, quando se encerram todos os recursos possíveis. São eles Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli, Marco Aurélio Mello, Gilmar Mendes e o decano, Celso de Mello.

Os outros cinco ministros – Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Cármen Lúcia, Alexandre de Moraes e Luiz Fux – têm até agora se posicionado a favor de que o condenado possa ser preso quando se esgotam as apelações em segunda instância. A expectativa é de que mantenham a posição e votem contra o habeas corpus preventivo de Lula.

Também pode ser decisiva para Lula a presença ou não de Gilmar Mendes no julgamento. O ministro votou favoravelmente ao ex-presidente na aceitação do habeas corpus, no dia 22, mas por uma questão de agenda pode não estar presente na apreciação do mérito do pedido de liberdade.

(Agência Brasil)

Ceará é surpreendido pelo Uniclinic e deixa vantagem na decisão para o Fortaleza

No segundo jogo pelas semifinais do Campeonato Estadual de Futebol, nesse domingo (1º), no Castelão, brilhou a estrela de Artur. Não, não o atacante alvinegro Arthur, mas o goleiro do Uniclinic. Com defesas “milagrosas”, típicas de um 1º de Abril, o goleiro garantiu a vitória do Uniclinic sobre o Vozão, por 1 a 0, gol de Marciel, aos 15 minutos do primeiro tempo.

Com o resultado, o Ceará perdeu também a vantagem de jogar por dois resultados iguais na decisão contra o Fortaleza, com jogos na quarta-feira (4) e no domingo (8). Agora é o Fortaleza que poderá jogar por dois resultados iguais para garantir o título estadual no centenário do clube.

(Foto: Reprodução)

Ministro do Planejamento será o novo presidente do BNDES

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, irá deixar o cargo para assumir a presidência do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A informação foi confirmada hoje (1º) pelo Palácio do Planalto. O novo ministro do Planejamento será Esteves Colnago, atual secretário-executivo do ministério.

Esta é uma das mudanças na equipe de governo em decorrência da saída de ministros tendo em vista a disputa eleitoral deste ano. O prazo para quem pretende disputar algum cargo em outubro se encerra no próximo sábado, 7 de abril.

Amanhã, o presidente Michel Temer dará posse ao novo ministro da Saúde, Gilberto Occhi, que deixou a presidência da Caixa Econômica Federal. O novo ministro dos Transportes, Valter Casimiro Silveira, também será empossado no lugar de Maurício Quintella.

Neste domingo, Temer se reuniu com Dyogo Oliveira e Conalgo no Palácio do Jaburu, em Brasilia. Também estiverem presentes ao encontro os ministros Moreira Franco (Secretaria Especial da Presidência), Eliseu Padilha (Casa Civil) e Carlos Marun (Secretaria de Governo), além dos senadores Romero Jucá (MDB-RO) e Darcísio Perondi (MDB-RS).

(Agência Brasil)

Cearense Silvana Lima é o Brasil nas quartas de final do Mundial de Surfe

Aos 33 anos, a cearense Silvana Lima mostrou nesse sábado (31) que ainda possui muito fôlego nais maiores ondas do mundo. Um ano após retornar à elite do surfe mundial, a cearense chegou às quartas de final da etapa de Bells Beach, na Austrália, ao conquistar o segundo melhor desempenho, atrás somente da havaiana Tatiana Weston-Webb.

Vice-campeã mundial, por duas vezes, Silvana Lima luta pelo título inédito, além da participação na Olimpíada de Tóquio, em 2020.

(Foto: Divulgação)

Fortaleza volta a vencer Floresta e chega à final do Estadual

O Fortaleza voltou a vencer o Floresta, na tarde deste domingo (1º), no estádio Presidente Vargas, por 3 a 1, na segunda partida entre as duas equipes pela semifinais da competição. Com o resultado, o Leão passa agora a torcer por um empate ou derrota do Ceará, logo mais, no Castelão, diante do Uniclinic, para conseguir vantagem na final.

Se o Ceará venceu, por qualquer placar, decidirá o título com o Fortaleza por dois resultados iguais, pois goleou o Uniclinin na primeira partida, por 6 a 0.

Edinho, aos 27 minutos, abriu o placar para o Fortaleza, Felipe, aos 41 minutos, ampliou e Bruno Melo (pênalti), aos 38 minutos da segunda etapa, consolidou a vitória tricolor. 12 minutos antes, Erisson havia descontado para o Floresta.

(Foto: Reprodução)

Fórum sobre Direito Penitenciário tem inscrições abertas

Fortaleza será sede do XXIV Fórum Nacional de Direito Penitenciário – Prisões Federais, que será realizado nos dias 7 e 8 de junho, no Centro Universitário 7 de Setembro, no bairro Luciano Cavalcante.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no Centro de Estudos e Treinamento da Procuradoria Geral do Estado do Ceará, por meio do telefone 3459 6351.

Trump pede leis migratórias mais duras e critica o México

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou hoje (1º) que não haverá acordo para regularizar a situação dos jovens imigrantes ilegais protegidos da deportação pelo Programa de Ação Diferida para os Chegados na Infância (Daca) e pediu aos republicanos para usarem a maioria no Congresso visando aprovar leis migratórias mais duras.

As declarações de Trump representam uma mudança de postura do presidente em relação ao Daca. Até então, ele afirmava querer solucionar o problema desses jovens imigrantes, conhecidos como “sonhadores”, e tinha culpado os democratas pelo bloqueio das negociações sobre o assunto.

Hoje, no entanto, o presidente pediu aos correligionários que usem a chamada “opção nuclear” para mudar o regimento do Senado e aprovar uma lei de imigração sem contemplar uma solução para o Daca.

“Os republicanos devem usar a opção nuclear para aprovar leis duras. Não mais acordos com o Daca”, disse Trump no Twitter.

A chamada opção nuclear faz com que os projetos sejam aprovados por maioria simples (51 votos) e não com 60, como normalmente ocorre. Quem pode convocar a medida é o líder do Senado, o republicano Mitch McConnell.

Congressistas dos dois partidos apresentaram várias propostas para dar uma solução definitiva para a situação dos “sonhadores”, mas Trump não aceitou nenhuma delas por não garantirem dinheiro suficiente para o muro com o México ou porque não acabavam com o atual sistema de reagrupamento familiar.

Trump também criticou o México e voltou a ameaçar acabar com o Tratado de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta), que os Estados Unidos estão renegociando com mexicanos e canadenses.

“O México está fazendo muito pouco, quase nada, para evitar que as pessoas cheguem ao país através de sua fronteira sul e, depois, aos Estados Unidos. Riem das nossas leis tolas de imigração. Eles têm que acabar com as drogas e o fluxo de gente, ou vou acabar com o Nafta. Precisamos de um muro!”, disse Trump.

(Agência Brasil)

Fortaleza entra em campo com 83.3% de ir à final; Ceará tem 99.4%

Com a vantagem de perder por até um gol de diferença, o Fortaleza entra em campo contra o Floresta, na tarde deste domingo (1º), a partir das 16 horas, no estádio Presidente Vargas, com 83,3% de chegar à decisão do Campeonato Estadual de Futebol. No último domingo, no Castelão, o Fortaleza venceu o Floresta por 3 a 1.

Situação melhor é a do Ceará, que entra em campo às 19 horas, no Castelão, diante do Uniclinic, com 99,4% de chances de classificação. No primeiro jogo entre as duas equipes, pelas semifinais, no PV, o Vozão goleou por 6 a 0.

Nesta segunda-feira (2), a Federação Cearense de Futebol deverá divulgar as datas dos dois jogos da final do campeonato.

(Fotos: Arquivo)

Venezuelano vive espécie de terra estrangeira dentro de seu próprio país, diz papa

O papa Francisco presidiu hoje (1º) a missa do Domingo da Ressurreição, na Praça de São Pedro, no Vaticano, e depois leu sua mensagem de Páscoa, na qual condenou o “extermínio” que está sendo cometido na Síria e pediu uma solução para a crise na Venezuela. Além disso, Francisco fez a tradicional bênção “Urbi et Orbi” (à cidade e ao mundo) na sacada central da Basílica de São Pedro.

Sobre a Venezuela, ele pediu que seu povo, que “vive em uma espécie de terra estrangeira dentro de seu próprio país” encontre “o caminho justo, pacífico e humano para sair o mais rápido possível da crise política e humanitária que o oprime, e que não faltem acolhimento e assistência aos muitos de seus filhos que estão sendo obrigados a deixar sua pátria”.

Em seu discurso, lotado de mensagens em favor da paz e do diálogo, Francisco condenou as “injustiças e violências”, a “miséria e a exclusão”, a “fome”, a “falta de trabalho”, a rejeição social para “os refugiados”, “as vítimas do narcotráfico, do tráfico humano e das distintas formas de escravidão” atuais.

Sobre a Síria, cuja “população está extenuada por uma guerra que não tem fim”, o papa convocou “todos os responsáveis políticos e militares, para que ponham fim imediatamente ao extermínio que está acontecendo, para que se respeite o direito humanitário e se proceda a facilitar o acesso à ajuda” que a população necessita “urgentemente”.

Francisco também mencionou a Península Coreana e desejou que “as conversas em curso promovam a harmonia e a pacificação da região” e pediu aos responsáveis que “atuem com sabedoria e discernimento para promover o bem do povo coreano e construir relações de confiança no seio da comunidade internacional”.

O papa também fez votos de paz na “Terra Santa, que nestes dias também está sendo golpeada por conflitos abertos que não respeitam os indefesos, para o Iêmen e para todo o Oriente Próximo”.

Neste domingo, o papa também teve palavras para condenar a fome, os conflitos e o terrorismo na África, especialmente no Sudão do Sul e na República Democrática do Congo.

Sobre a Ucrânia, ele disse que espera “que os passos em favor de um acordo se fortaleçam e facilitem as iniciativas humanitárias que a população necessita”.

Crianças sofrem pelas guerras e pela fome

Além disso, Francisco dedicou algumas palavras às crianças “que sofrem pelas guerras e pela fome” e também aos “idosos desprezados pela cultura egoísta, que descarta quem não é produtivo”.

“Invocamos frutos de sabedoria para os que têm responsabilidades políticas em todo o mundo, para que respeitem sempre a dignidade humana, se esforcem com dedicação ao serviço do bem comum e garantam o desenvolvimento e a segurança aos próprios cidadãos”, disse o pontífice.

Antes de proferir sua mensagem de Páscoa na sacada da Basílica de São Pedro, o líder da Igreja Católica presidiu a missa do Domingo da Ressurreição e pronunciou uma homilia de forma espontânea, sem ler nenhum discurso escrito.

Francisco falou de dois conceitos, a “surpresa do anúncio” de Jesus ressuscitado e “a pressa” do povo que compareceu ao sepulcro para comprovar efetivamente que ele já não estava lá.

O papa concluiu com uma pergunta aos presentes, ao convidá-los a refletir sobre como reagem na vida, se correm para as surpresas ou ficam quietos porque não querem arriscar.

“Tenho o coração aberto às surpresas de Deus, sou capaz de ir a correr? Ou sempre repito a frase “amanhã verei”? O que a surpresa me diz? (…) A pergunta (é): “E eu hoje, nesta Páscoa de 2018, o que faço?”, disse.

A Praça de São Pedro amanheceu decorada com milhares de flores procedentes da Holanda, como se faz desde 1985, ano em que um florista holandês decidiu realizar esta oferenda ao Vaticano a cada Domingo de Páscoa.

Transformada em um improvisado e extraordinário jardim, a praça continha cerca de 60 mil flores e plantas, entre elas 900 ramos de orquídeas verdes, símbolo de esperança e paz, mas também 6 mil jacintos, mais de 13 mil narcisos, 3 mil rosas, 500 lírios e 20 mil tulipas.

O papa Francisco concluiu assim os ritos da Semana Santa e amanhã rezará no Palácio Apostólico do Vaticano a Regina Coeli, a oração que substitui o Ângelus em tempos de Páscoa.

(Agência Brasil)

ESA prevê queda de estação espacial chinesa para a noite deste domingo

A Agência Espacial Europeia (ESA) anunciou que a estação Tiangong-1, cujos propulsores estão fora de controle desde 2016, segundo o governo da China, entrará na atmosfera neste domingo (1º), por volta das 23h25 GMT (20h25 de Brasília).

A ESA, que está administrando a campanha internacional de monitoramento da queda da estação espacial, disse em seu site que o prognóstico continua “extremamente variável”.

Segundo a agência europeia, a possibilidade de que uma pessoa sofra o impacto de um pedaço da estação é de 10 milhões de vezes menor que a probabilidade anual de ser atingida por um raio.

A ESA, que conta com um departamento especializado em lixo espacial, lembrou que a agência chinesa chegou a planejar a reentrada controlada da estação na atmosfera após o término de sua vida útil, mas os propulsores da Tiangong-1 deixaram de funcionar em março de 2016.

A reentrada na atmosfera, portanto, não será controlada e, segundo os últimos cálculos, pode ocorrer entre os 43 graus de latitude norte e os 43 graus de latitude sul, o que abrange boa parte do planeta.

Pela experiência de monitorar este tipo de operação, os especialistas da ESA acreditam que a Tiangong 1 se desintegrará durante a reentrada na atmosfera e que somente algumas partes restarão do processo e chegarão à superfície terrestre, em maior parte coberta de água ou desabitada.

O corpo principal da estação tem 10,4 metros comprimento e é formado por dois cilindros com aproximadamente a mesma extensão, além de dois painéis solares de 3 por 7 metros, cada.

Com menos de 8,7 toneladas de massa, ela é muito menor que outros objetos que entraram na atmosfera de maneira não controlada na história dos voos espaciais, sendo o recorde da estação americana Skylab, que tinha 74 toneladas, e caiu em 1979 no oeste da Austrália.

(Agência Brasil)

Mega-Sena volta a acumular e prêmio da quarta-feira chega a R$ 40 milhões

Ninguém acertou os seis números do concurso 2.027 da Mega-Sena, sorteado na noite desse sábado (31), em Canala (RS). Na quarta-feira (4), o prêmio será de R$ 40 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal.

Os números sorteados foram: 1115293739 e 44.

A Dupla Sena de Páscoa premiou 445 apostadores com cinco acertos, entre os quais dois cearenses, diante da falta de ganhador com seis números. Cada aposta levará R$ 51,5 mil. Os números sorteados foram: 3 – 13 – 26 – 27 – 39 e 42. Já o segundo sorteio premiou duas apostas, uma de Belém (PA) e outra de São Vicente (SP), com a quantia de R$ 832,6 mil. Os números sorteados foram: 10 – 14 – 18 – 19 – 35 e 39.

O concurso 4.643 da Quina acumulou e o prêmio desta segunda-feira (2) será de R$ 1,2 milhão, de acordo ainda com a Caixa Econômica. Os números sorteados nesse sábado foram: 7 – 22 – 28 – 73 e 77.