Blog do Eliomar

Últimos posts

Camilo Santana promove jantar em clima de lançamento de sua pré-candidatura à reeleição

430 2

O governador Camilo Santana (PT) vai reunir a militância dos partidos aliados em clima de jantar, a partir das 20 horas, no Marina Park Hotel. Trata-se do lançamento de sua pré-candidatura à reeleição.

No ato, Camilo fará uma palestra sobre o tema Estratégias para o Desenvolvimento do Ceará”.

O jantar contará com prefeitos como Roberto Cláudio, deputados estaduais e federais, vereadores, dirigentes de partidos políticos e lideranças do Interior. Lideranças do setor empresarial também participarão do encontro.

(Foto – Divulgação)

FPM – Prefeituras recebem terceiro decêndio de julho

*

Vai entrar na conta das Prefeituras brasileiras, nesta segunda-feira (30), o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao 3º decêndio deste mês. O valor da transferência é de R$ 2.019.238.625,49, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A informação é da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Em valores brutos, ou seja, incluindo o Fundeb, o montante é de R$ 2.524.048.281,86. De acordo com dados da Secretária do Tesouro Nacional (STN), o 3º decêndio de julho de 2018, quando comparado com o mesmo decêndio de 2017, apresentou redução de -3,15% em termos nominais, ou seja, sem considerar os efeitos da inflação.

Quando o valor do repasse é deflacionado e comparado ao mesmo período de 2017, a queda é de -7%, levando em consideração a inflação do período. Esse valor é explicado pelo acumulado da inflação nos últimos 12 meses, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que está em 4,39%.

Ferroviário X Treze – Começa a decisão da Série D

Flávio Araújo

Marcelo Vilar

A luta do Ferroviário para colocar a primeira estrela na camisa começa hoje. Depois de conquistar o principal objetivo da temporada, o acesso para a Terceirona, o Ferrão busca agora o inédito título de campeão da Série D do Campeonato Brasileiro. O jogo de ida da final nordestina contra o Treze-PB ocorre às 19h15min, na Arena Castelão, em Fortaleza. Para levantar a taça, o Tubarão da Barra sabe que precisa mais do que nunca de sua torcida, que vem sendo fundamental na trajetória do time. Jogando em seus domínios, a equipe coral venceu três dos quatro jogos de mata-mata da competição, batendo Cordino, Campinense e São José.

A final da Série D traz um duelo à parte entre treinadores. Ambos já venceram a competição uma vez e lutam pelo bicampeonato. Flávio Araújo, do Treze, foi campeão com o Sampaio Corrêa em 2012. Já Marcelo Vilar, do Ferroviário, venceu com o Botafogo-PB, no ano seguinte. Os dois são cearenses.

Confiante, Vilar projeta final marcada pelo equilíbrio. “Essa final tem tudo para ter dois jogos bem disputados, tanto aqui, quanto lá. Não consigo imaginar um confronto definido logo no jogo de ida. Só se houver alguma coisa excepcional para que esse duelo seja decidido logo. Vamos procurar a vitória aqui, seja ela qual for. Temos que lutar muito, porque a equipe do Treze não chegou na final por acaso, tem méritos. Eles têm uma equipe muito forte”, analisou.

Para o primeiro jogo da decisão, o técnico do Ferroviário não poderá contar com a zaga titular. Luís Fernando e André Lima foram expulsos no jogo passado e terão de cumprir suspensão. O mesmo caso vale para o atacante Vitinho, que seria opção para o decorrer da partida. Sem os dois defensores, Vilar definiu Afonso como um dos substitutos e deixou aberta a disputa da vaga restante entre Erandir e Túlio. Os demais titulares devem ser os mesmos que atuaram contra o São José. No ataque, o Tubarão da Barra aposta mais uma vez na boa fase do atacante Edson Cariús, artilheiro da Série D com dez gols.

Velho conhecido do futebol local, após passagens por Fortaleza e Icasa, Flávio Araújo tem apenas uma dúvida na equipe. Talisson e Brumati disputam vaga na lateral-direita. Ao longo da semana, o treinador testou os dois atletas e não revelou quem começa jogando.

A partida de volta entre Treze-PB e Ferroviário está marcada para o próximo sábado, às 18h30min, no estádio Amigão, em Campina Grande.

(O POVO – Repórter Bruno Balacó/Fotos – Tatiana Fortes)

PT convoca jejum em defesa da candidatura de Lula

597 4

O PT pretende convocar um jejum nacional para o dia 4 próximo, quando será realizada a convenção que vai oficializar a candidatura presidencial de Lula. A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta segunda-feira, adiantando que o ato será em solidariedade aos militantes que farão greve de fome pela liberdade do ex-presidente.

Haverá um pedido para que os petistas levem alimentos a famílias das periferias do país dizendo que “foi Lula quem mandou entregar”.

O PT produziu 1 milhão de folhetos para convocar militantes de todo o país para o ato de registro da candidatura de Lula no TSE, dia 15 de agosto. O partido acredita que pode reunir de 30 mil a 40 mil pessoas em Brasília.

Prefeito vai assinar a ordem de serviço do Polo Gastronômico da Varjota

241 1

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta segunda-feira:

Depois de assinar a ordem de serviço que garante a requalificação da Beira Mar, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) anuncia as obras de implantação do Polo Gastronômico da Varjota, um dos principais corredores turísticos de Fortaleza. A autorização para o início do projeto será assinada por RC antes do dia 10 de agosto. Os recursos foram obtidos por contrato de financiamento com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

A requalificação do espaço faz parte da operação do Programa Fortaleza Cidade com Futuro, que receberá investimentos de US$ 83,25 milhões (o equivalente a R$ 280 milhões). Para o prefeito Roberto Cláudio, “os recursos vão influenciar positivamente na nossa economia e, ao mesmo tempo, também promoverão a inclusão social de trabalhadores no setor do turismo, em todas as suas vertentes”, avalia.

Essa medida do chefe do executivo municipal ocorre no momento em que há polêmica sobre o aumento das taxas de alvarás e que mexe, principalmente, com o comércio de bares e restaurantes.

Ex-goleiro Salvino será sepultado nesta segunda-feira

O ex-goleiro Salvino, que morreu sábado (28) de infarto, em Fortaleza, será enterrado às 9 horas desta segunda-feira, no Cemitério Parque da Paz. Salvino Damião Neto tinha 62 anos e passou os últimos anos de sua vida tratando problemas renais.

Natural de Marcelo Vieira (RN), Salvino marcou época como atleta atuando pelo Fortaleza, clube onde conquistou três títulos de campeão cearense, em 1982, 1983 e 1985. Foi também campeão estadual pelo Ceará, 1986. Atuando ainda pelo Ferroviário, Icasa, Tiradentes, além de passagens por Sport e Botafogo-PB.

Após se aposentar dos gramados, Salvino se tornou preparador físico do Fortaleza, clube que serviu até se afastar em definitivo do trabalho, no ano passado, para cuidar da saúde.

Letreiro da fachada do prédio da ACI é furtado

345 1

Depois do furto registrado no letreiro que dá nome ao prédio da Associação Comercial do Ceará, situado no Centro de Fortaleza, eis mais um caso do gênero.

Neste fim de semana, levaram o bronze do letreiro do prédio da Associação Cearense de Imprensa, também situada no Centro e a poucas quadras da sede da Associação Comercial, mais precisamente no trecho da Praça do Ferreira.

O presidente da ACI, jornalista Salomão de Castro, lamentou para o Blog, nesta segunda-feira, o clima de insegurança nessa área da cidade. Ele disse que vai reunir a diretoria da entidade para cobrar providências à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social.

VAMOS NÓS – Além do rombo da fiação, agora são os letreiros dos prédios o novo alvo de uma malandragem que busca o cobre. Lamentável. Que as tais câmeras de segurança instaladas no local decifrem esse caso.

(Foto – WhatsApp)

Indefinição sobre vices, outro traço da crise no País

Com o título “Indefinição sobre vices: outro traço da crise”, eis o Editorial do O POVO desta segunda-feira. Confira:

A uma semana do fim do período das convenções, cujo prazo se encerra no próximo dia 5 de agosto, o Brasil entra na reta final das articulações partidárias com as principais candidaturas à Presidência ainda com lacunas em relação aos postos de vice.

Não é para menos. A escolha do segundo nome mais importante numa chapa eleitoral se agravou desde os últimos episódios do cenário político brasileiro, quando a destituição da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) jogou luz sobre as atribuições do cargo. Normalmente visto como decorativo ou figura eminentemente de bastidores, o sucessor direto do presidente ou da presidente da República saiu das coxias do palco para o centro do tablado, vendo-se a partir de então à luz permanente de holofotes antes pouco habituais.

Hoje, a escolha do vice tornou-se exercício de difícil amarração, para ela concorrendo não somente o arranjo de interesses entre os partidos menores e os maiores, mas também e sobretudo o perfil que o eventual candidato a vice exibe e sua trajetória – se tem origem no sul ou no nordeste, se se assenta na iniciativa privada ou se fez carreira pública etc.

Do mesmo modo, algumas perguntas, antes inexistentes, passaram a ser feitas com mais frequência: o postulante a vice pode vir a causar embaraços ao titular? Tem habilidade política para auxiliar o mandatário na condução de negociações com o Legislativo? E, talvez a mais importante: é um nome de inteira confiança de quem vai na cabeça da chapa?

Daí as dificuldades que todos os candidatos demonstram ter na costura do preenchimento desses postos, seja na corrida ao Palácio do Planalto, seja nas disputas pelos governos estaduais. Essa indefinição sugere mais que mero contratempo ou traço de peculiaridade destas eleições, porém. Ela é, por si mesma, um dos componentes ou subprodutos da crise que o País atravessa.

Ora, desde a parceria malfadada entre Dilma e Temer que as tratativas entre candidatos para a escolha dos vices ganhou ares de dramaticidade e ciência imprecisa. O que antes constituía apenas uma das etapas na formação de uma chapa, e de longe a menos importante, hoje é fase crucial, encarada pelos postulantes como obstáculo cuja dificuldade se equipara à da própria escolha de partidos aliados.

Fies 2018 – Resultados serão divulgados nesta segunda-feira

Serão divulgados nesta segunda-feira os resultados do Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2018. Os nomes dos candidatos pré-selecionados estarão estampados no site do programa. Nesta edição ,são ofertadas 155 mil vagas de financiamento, sendo 50 mil com juro zero.

Poderiam participar da seleção, estudantes que fizeram o Enem a partir da edição de 2010 e obtiveram média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota na redação superior a 0 (zero).

Para concorrer pela modalidade de financiamento do Fies, é preciso ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Já na modalidade P-Fies (quando o agente financeiro é o banco), a renda familiar mensal bruta per capita deve ser de de três a cinco salários mínimos.

Datas do Fies

*Complementação da inscrição: 30 de julho a 3 de agosto

*Lista de espera (modalidade Fies): 4 a 24 de agosto

Após prisão de suspeitos, ataques voltam a ocorrer em Fortaleza

A morte de três suspeitos de envolvimento em assaltos a ônibus e carros-forte na quinta-feira, 26, em Amontada, a 168 Km de Fortaleza, foi a motivação dos ataques registrados na sexta-feira, 27, e no sábado, 28. A informação foi divulgada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em coletiva na manhã de ontem. Três homens suspeitos de envolvimento nos atentados foram presos no sábado.

As ações violentas cessaram ao longo do dia no domingo, mas foram novamente registradas à noite. Um ônibus foi incendiado e alvejado no KM 23, na localidade de Boqueirão, em Caucaia. Os suspeitos teriam atiraram ainda contra o Posto Fiscal da Sefaz. No bairro Bonsucesso, em Fortaleza, a SSPDS confirmou outra ação contra um coletivo.

Antes dos novos ataques, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) divulgou que a circulação seria normalizada hoje, 30.

A secretaria confirmou 18 casos nos dois primeiros dias. E mais dois na noite de ontem. Segundo O POVO apurou, foram pelo menos 20 entre sexta e sábado. Segundo André Costa, titular da pasta, dez suspeitos foram encaminhadas para ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Gean Patrick Aguiar Lima, 19, foi capturado na tarde de sábado com um galão de gasolina, no Bairro Vila Ellery. Oderison dos Anjos Oliveira, 19, foi preso ao infringir o perímetro pertimitido pelo uso de tornozeleira eletrônica, na Sapiranga. Pedro Henrique Mesquita de Sousa, 27, foi apreendido no Cristo Redentor,com uma arma de fogo calibre 12 de fabricação artesanal.

Os outros sete suspeitos ouvidos não foram presos por falta de “elementos para flagrante” mas continuam sob investigação. “Temos filmagens envolvendo os presos. Temos outras pessoas identificadas que ainda estão nas busca”, disse. Além do depoimento dos apreendidos, outros elementos da investigação conforme Costa, confirmam a ligação entre as mortes e os ataques.

“Os envolvidos na ocorrência (em Amontada) eram pessoas com largos antecedentes criminais, uma história longa no crime, tinham uma certa posição de chefia ligada a um grupo criminoso aqui no Ceará e, por conta disso, houve essa reação. Exatamente pelo grau de importância que eles tinham dentro da organização criminosa”, explicou o secretário sobre a motivação. Francisco Adriano Martins da Silva, 33, conhecido como Macumbeiro, Francinei Nobre da Silva, 46, o Gangão, e José Sílvio dos Santos Vieira , 39, mortos na quinta-feira, estavam foragidos e com mandados de prisão em aberto.

(O POVO – Ruth Ramires/Colaborou Rubens Rodrigues/foto – Gustavo Simão)

Tasso chama governo de Camilo de “frouxo e sem coragem”

Com um discurso de franco-atirador, o PSDB do Ceará lançou ontem a chapa de candidatos para as eleições majoritárias deste ano. Durante a convenção do PSDB, que oficializou o general Guilherme Theophilo (PSDB) candidato ao Governo do Estado, ainda sem vice definido, a principal liderança do partido, o senador Tasso Jereissati (PSDB) fez duro discurso contra o governador Camilo Santana (PT).

“Temos hoje o Estado do Ceará dominado pelas facções criminosas. E não é que elas estejam em toda parte. Elas dominaram o Estado do Ceará. E são mais fortes do que o Governo do Ceará porque o Governo do Ceará é frouxo e não tem coragem”, disparou. A convenção foi realizada no ginásio do colégio Ari de Sá no Centro de Fortaleza.

Na avaliação do senador, há “omissão” e falta da “valentia necessária” para enfrentar as facções. “Governo que tem autoridade não deixa o Estado ficar dominado pelas facções. Tem bairros que você precisa baixar o vidro, pedir a autorização de traficantes para entrar. A questão das chacinas, da queima de ônibus, que acontece e volta a acontecer, e o Governo fica omisso. Se tivesse um governo mais ativo, mais agressivo em relação a isso, com certeza, as circunstâncias seriam diferentes”, criticou.

Os ataques, contudo, não ficaram somente na segurança. Tasso também acusou o governador Camilo Santana de oferecer vantagens em troca de apoio eleitoral, chamando de “armação” as articulações realizadas pelo Palácio Iracema, anulando a oposição e culminando em um “fato inédito” na história do Ceará.

“Estamos numa situação tal de negociação de acordos que não era para ter dois lados. Era para ter um lado só. Usam o poder de uma maneira deslavada. A máquina do Governo Estadual, a máquina do Governo Federal, para cooptar, trazer para um lado só, o lado do Governo, todos os políticos, praticamente todos. Todos os partidos políticos, de maneira que não houvesse competição e democracia”, disparou.

Por causa dos acertos, conforme o senador, restaram somente “três ou quatro prefeitos” no Interior do Estado que apoiarão a chapa PSDB-Pros. Ele afirma, contudo, que isso não será problema, pois coligação tem “candidatos do povo e não dos políticos”. Segundo ele, será uma luta entre Davi e Golias.

“Felizmente, tiveram alguns que resistiram. Estamos para enfrentar, talvez, o grupo mais poderoso que já se fez aqui no Estado do Ceará. 24 partidos estão do lado de lá. A máquina do Governo do Estado e os recursos, captando, dando cargos, dando lugares, dando verbas”, insistiu. “É muita vantagem que o Governo dá. O Governo usa recurso público. Nós não temos recursos públicos. E, se tivéssemos, não íamos usar porque não é ético fazer isso”, emendou.

Tasso encerrou o discurso com uma convocação, recordando o ano em que foi eleito governador pela primeira vez, e afirmando que, se eleito, Theophilo acabará com o problema das facções e da mentalidade política da troca de cargos por favores e do poder pelo poder.

“Cearense, é hora de fazer como em 86. Levantar a cabeça e dizer: nós somos um Estado. Esse Estado tem uma história. Nós não vamos aceitar isso. Isso não é normal! Isso não é natural! vamos enfrentar isso. Vamos acabar com isso! (…) Deus nos iluminou e nos trouxe alguém que tem coragem para enfrentar o Governo Temer e o Governo Camilo. Esse é o cara! O general que vai botar moral”, concluiu.

(O POVO – Repórter Thiago Paiva/Foto – Paulo MOska)

Mutirão para exames de endoscopia termina nesta segunda-feira

Termina nesta segunda-feira, 30, o mutirão para exames de endoscopia, que conta com a participação da Prefeitura de Fortaleza em parceria com a Sociedade Cearense de Endoscopia. A atividade, iniciada no último dia 15 de julho, envolve 11 entidades entre hospitais e clínicas particulares. Os objetivos são conscientizar a população para a importância do procedimento.

O mutirão, que também celebrou o Dia do Endoscopista (25 de julho), já realizou, até agora, 172 exames de endoscopia digestiva alta, que, através de uma câmera, permite a visualização da parte superior do trato gastrointestinal (esôfago, estômago e duodeno). Os encaminhamentos foram realizados por meio da Secretaria Municipal da Saúde, através dos postos de saúde.

O procedimento pode ajudar a identificar os motivos de sintomas sem causa definida, incluindo azia persistente, dificuldade de deglutição e sangramento. O exame também pode ser solicitado para pessoas que tenham histórico de câncer de estômago na família ou condições que propiciem o aparecimento da doença.

Para o gerente da Central de Regulação de Fortaleza, Mozart Rolim, ” o exame endoscópico é essencial para o diagnóstico seguro de doenças do aparelho digestivo e, através dessa parceria, conseguimos disponibilizar mais exames e garantir o atendimento a população”.

Participam da iniciativa Prontoclínica de Fortaleza, Hospital Cura D’ars, Hospital Gênesis, Instituto de Clínica e Endoscopia, Endoscopy, Premiere Medicina e Saúde, Clínica Progastro, Hospital Jorio da Escossia, Clínica Gastrosul, Digestive Center, Centro Avançado de Gastroenterilogia e Endoscopia (CAGE).

Em semana decisiva, atenções se voltam para aliança Camilo/Eunício

Chega ao fim esta semana a novela Camilo/PDT/Eunício, com relação à aliança ao Senado. No capítulo anterior, após a decisão por uma não candidatura do PT ao Senado – inclusive com manifestação do próprio governador Camilo Santana -, emedebistas do Ceará aguardam agora por um final feliz, principalmente depois que o deputado federal André Figueiredo (PDT) acenou por uma candidatura à reeleição à Câmara Federal. Figueiredo era o “galã” que o presidenciável Ciro Gomes gostaria de votar para senador.

O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB), enfim espera reassumir o papel de protagonista, após nos quatro últimos ser visto pelo grupo político PDT/PT como antagonista, figurante e, mais recente, coadjuvante, depois que Eunício interveio nas liberações de recursos para a Prefeitura de Fortaleza e Governo do Estado.

Apesar da possibilidade do mesmo epílogo para pedetistas, petistas e emedebistas, as convenções PDT/PT e MDB estão marcadas para dias distintos. Enquanto a convenção do MDB acontecerá no sábado (4), na AABB, no bairro Meireles, a convenção PDT/PT será no domingo (5), no ginásio da Faculdade Ari de Sá, no Centro.

(Foto – Divulgação)

Após 24 horas, Vozão está de volta à lanterna

Com uma apresentação de quem está no local errado na tabela de classificação na Série A do Campeonato Brasileiro, o Atlético Paranaense goleou o Vitória, por 4 a 0, na tarde deste domingo (29), na Arena da Baixada, e deixou a lanterna da competição, após 24 horas da vitória do Ceará sobre o Fluminense, na abertura da 16ª rodada. Marcelo Cirino, Marcinho, Wellington, todos no primeiro tempo, e Pablo, na segunda etapa, marcaram os gols.

A goleada paranaense deixou o Ceará novamente na lanterna do Brasileirão. No domingo (5), o Vozão irá a Curitiba para enfrentar o Parabá Clube, no confronto do lanterna contra o penúltimo lugar.

(Foto: Reprodução)

PSB do Ceará assegura apoio a Ciro Gomes

O PSB do Ceará garantiu apoio à candidatura de Ciro Gomes ao Palácio do Planalto, neste domingo (29), durante convenção no Pirata, na Praia de Iracema, mesmo sem a Executiva Nacional definir o apoio. O deputado federal Odorico Monteiro é o maior defensor do apoio no Estado. O partido, inclusive, se fará presente à convenção PDT/PT, no próximo domingo (5), no ginásio da faculdade Ari de Sá, no Centro.

Ainda neste domingo, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, também defendeu apoio a Ciro Gomes, em convenção que definiu a candidatura do PSB à reeleição. No partido, ainda há a possibilidade de neutralidade e de apoio a Lula.

(Foto: Divulgação)

Debate “Homens contra o Machismo” acontece na terça-feira

Na terça-feira (31), a partir das 19 horas, no Instituto Poliglota, acontece mais uma Roda de Homens contra o Machismo. Iniciado no começo de julho, o espaço chega ao terceiro encontro tratando do tema “Masculinidades”, com mediação da escritora Helena Vieira, ativista transfeminista e pesquisadora de Gênero e Sexualidade.

A atividade, aberta ao público – homens e mulheres -, acontece no estacionamento do Instituto Poliglota, que fica na rua Fiscal Vieira, 3657, próximo ao mercado do Joaquim Távora.

(Foto – Divulgação)

Termina neste domingo prazo para servidor mudar regime previdenciário

Termina às 23h59 de hoje (29) o prazo para que servidores do Executivo façam a migração do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) para o Regime de Previdência Complementar (RPC) por meio da plataforma do Sistema de Gestão de Pessoas (Sigepe), do Ministério do Planejamento. O pedido feito pela internet será homologado na segunda-feira (30).

No caso dos servidores da Câmara e do Tribunal de Contas da União (TCU), um sistema próprio também permite a adesão até as 23h59 deste domingo, segundo informa o portal da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp). No caso de servidores do Judiciário, o prazo foi fechado ontem (28).

Para quem fez a opção por intermédio da área de recursos humanos do órgão em que trabalha, o prazo se encerrou com o fim do horário do expediente na última sexta-feira (27).

Com a migração, quem foi empossado antes da instituição do RPC pode aderir à Funpresp na modalidade participante ativo normal, em vez de participante ativo alternativo. No primeiro caso, entre os principais benefícios está a contrapartida da União, que para cada R$ 1 pago pelo servidor contribui com mais R$ 1, dobrando, assim, a contribuição real.

O Ministério do Planejamento alerta que a migração do RPPS para o RPC é uma decisão individual, de caráter irrevogável e irretratável. “Por isso, o servidor deve conhecer todas as informações para a tomada de decisão”, diz em nota. Até a última sexta, 6.371 servidores do Executivo optaram pela migração.

Quem pode optar?

O servidor que ingressou no serviço público federal do Poder Executivo antes de 4 de fevereiro de 2013 ou do Poder Legislativo antes de 7 de maio de 2013. De acordo com a Lei nº 13.328/2016, o prazo de opção para a migração é 24 meses, a contar da data da sanção da lei, em 29/07/2016.

Benefício Especial

O servidor que optar pela migração terá direito a um benefício especial (Artigo 3º da Lei 12.618/2012), a ser pago pela União assim que se aposente no serviço público. O benefício é calculado pela média das 80 maiores remunerações no serviço público e o tempo de contribuição até o momento da migração.

Como fazer a migração?

Pode ser feita por meio do Sigepe, no menu “Optar por vinculação ao RPC”. Posteriormente é necessário imprimir três vias do formulário e entregar ao RH do órgão em que o servidor trabalha, para homologação.

A migração acarreta automaticamente adesão à Funpresp?

Não. Após a migração, o servidor pode optar ou não pela adesão à Funpresp, que pode ser feita a qualquer tempo. O dia 29 de julho é o prazo final para migração de regime. A adesão ao plano de previdência da Funpresp é facultativa e independe de o servidor migrar ou não.

Como fazer a adesão à Funpresp?

Assim que o RH processar a migração para o RPC, o servidor poderá aderir à Funpresp e escolher um plano de benefícios. No caso, deve acessar o Sigepe, e escolher no menu a opção “RPC/Aderir”.

Para outros esclarecimentos, acesse www.funpresp.com.br

(Agência Brasil)

A inteligência é a melhor arma

579 3

Em artigo sobre ataques a ônibus e a estabelecimentos em Fortaleza, o delegado Diego Barreto sugere estratégias mais eficazes no combate à ação de facções. Confira:

As facções criminosas surgiram no início dos anos 90 a título de organização dos presos que buscavam um sistema carcerário menos desumano. No entanto os chefes desse embrião de crime organizado acabaram percebendo a viabilidade econômica dos movimentos e passaram a usar o dinheiro arrecadado, vindo de uma mensalidade cobrada para todos os envolvidos, para fomentar mais práticas criminosas, por meio de mais armas e drogas. Em troca, ofertavam proteção nas unidades prisionais.

Hoje as facções têm funcionamento de empresas, cooptando jovens, espalhando seus tentáculos por toda a sociedade e devolvendo esse investimento” em rentabilidade e segurança para seus filiados. Contraditoriamente, nós policiais, prendemos cada vez mais bandidos, chefes importantes dessa estrutura criminosa. Porém a impressão que nos resta é que depois de um tempo no cárcere eles voltam mais fortalecidos, com mais integração e conhecimento das formas de burlar o estado, em face do networking.

E qual a solução? Além de dificultar a comunicação nos presídios, a solução passa pela investigação. Investigar onde esses criminosos aplicam o dinheiro arrecadado. O velho e bom, “siga o dinheiro” na intenção de fechar essa torneira que abastece de dinheiro a logística dos faccionados, bloqueando seus recursos e os utilizando para financiar a batalha contra eles mesmos. Atacá-los então em duas frentes: ação e inteligência. A segunda, sobretudo.

O Rio Grande do Sul em 2017 conseguiu arrecadar 67,5 milhões de reais em bens apreendidos e contas bloqueadas. A título de exemplo, no caso emblemático da morte dos dois chefes do PCC aqui no Ceará, a policia Civil conseguiu o bloqueio de R$12,5 milhões. Em apenas um único caso. Esses valores precisam ser utilizados, única e exclusivamente, para investimento em tecnologia e capacitação do policial que investiga essas organizações criminosas. Hoje o dinheiro vai para um caixa geral e se dilui em meio a tantas necessidades. Portanto é hora de pensar que o momento é de usar a ferramenta mais importante do Estado, e que o crime organizado não tem: inteligência policial.

Diego Barreto
Delegado Titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas – DRFVC