Blog do Eliomar

Últimos posts

PIS/Pasep – Abono pode ser sacado até sexta-feira

Até a próxima sexta-feira, 30, estará disponível na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil mais de R$ 1,083 bilhão em abono dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) relativo ao ano-base 2015.

O abono é destinado a trabalhadores e servidores públicos que tenham cumprido pelo menos 30 dias de trabalho em 2015. Cada um pode ter até R$ 937 a receber, o valor de um salário mínimo. No entanto, 1,83 milhão de pessoas ainda não foram reclamar os recursos.

Caso o valor não seja sacado até o prazo final, será destinado ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Para receber qualquer quantia, é necessário que os trabalhadores tenham tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

(Agência Brasil)

Heitor se solidariza com Danilo Forte na luta pela recuperação do comando do PSB do Ceará

O deputado estadual Heitor Férrer esteve reunido, nesta manhã de segunda-feira, 26, com o deputado federal Danilo Forte. Os dois discutiram o cenário político partidário nacional e local, principalmente a destituição de Danilo da presidência estadual do PSB por apoiar as reformas do governo Temer. O comando da legenda passou para o deputado federal Odorico Monteiro, que era presidente estadual do Pros. Heitor é do PSB e Danilo entrou com ação  no TSE para tentar recuperar o comando partidário.

“Estou inteiramente associado à luta judicial do deputado Danilo Forte, no intuito de reverter a decisão do partido que o destituiu da presidência do PSB local que construímos juntos” adisse Heitor, que é o presidente do PSB Fortaleza. Com Heitor, há um manifesto assinado por 80 presidentes do PSB nos municípios.

“Sou grato e fico feliz à solidariedade do deputado Heitor Férrer que junto chegou ao partido conosco em setembro de 2015. De lá pra cá trabalhamos para que o PSB passasse a existir no contexto local, participasse das eleições municipais, incluindo Fortaleza, onde defendemos o nome do próprio Heitor. E agora não podemos voltar atrás”, disse Danilo Forte.

(Foto – Divulgação)

Dandara vive entre nós

Com o título “Dandara vive entre nós”, eis artigo da jornalista Iana Soares, que pode ser conferido no O POVO desta segunda-feira. Ela apregoa a luta contra preconceitos. Confira:

Dandara não conseguiu ir à Parada da Diversidade Sexual que aconteceu ontem, em Fortaleza. Foi xingada, apedrejada, torturada e assassinada com tiros, aos 42 anos, no dia 15 de fevereiro. Vivemos em uma cidade onde pessoas escolhem quem deve morrer a partir do gênero ou da orientação sexual. Há quem diga que a morte de Dandara é uma exceção ou aponte como fato isolado, mas é o ápice de gestos cotidianos que violentam a vida de gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros, travestis, não-binários e de todo aquele que não cabe na caixinha da heterossexualidade.

Há alguns dias, os jornalistas Thaís Jorge e Gleison Oliveira, do Globoesporte.com, publicaram uma reportagem sobre a relação de pessoas LGBT com o esporte, narrando tanto casos de homofobia, como também de empoderamento (glo.bo/2rNndY6). Uma das protagonistas da matéria era a Lívia Soares, atleta de taekwondo e minha irmã. Na entrevista, ela diz que não está aqui para ser tolerada, mas para existir. E ela existe de mil maneiras incríveis: luta, faz filmes, fotografa, arrasa na bicicleta, toca pandeiro, namora, dança de um jeito bonito, sonha e é lésbica enquanto faz tudo isso e muito mais.

Nos comentários, mais de 50 pessoas se dedicaram a espalhar ódio. O cotidiano das pessoas LGBT é permeado de ofensas diretas e indiretas, em gestos e palavras de desconhecidos e pessoas próximas. Admiro a coragem da Lívia, que transforma o mundo, apesar dos que insistem na violência. Afirmar a diversidade é uma luta de todos. É necessário questionar a piada homofóbica, o olhar atravessado, as ironias constantes. Silenciar é também uma agressão.

Se ainda acha “errado” ou “estranho” a diversidade do desejo, questione que o errado pode ser você. Nesses dias de orgulho LGBT, que devem ser todos os dias, ao ver duas mulheres se beijando no meio da rua, entenda que ali existe uma forma justa de amor. Ao ver dois homens de mãos dadas, celebre a existência do afeto, do respeito. Colorido, o mundo se torna um lugar melhor.

*Iana Soares

ianasoares@opovo.com.br

Jornalista do O POVO

FHC: Doria não mudou nada de São Paulo e só faz sucesso no celular

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sugeriu que o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), faz mais publicidade do seu governo do que ações concretas. Durante uma palestra para convidados do Laboratório Alta, de medicina diagnostica, na capital paulista, sexta-feira últi,a FHC fez uma análise sobre políticos modernos e o uso da tecnologia, e deu a declaração à Folha de S. Paulo.

“Isso aqui está no meu bolso [celular], não está na minha alma. O mundo hoje tem isso aqui na alma. Pega qualquer um. Por que o prefeito de São Paulo está fazendo algum sucesso? Ele [se dedica] para isso o dia inteiro. Ele fez, mudou alguma coisa? Não vi. Mas aqui ele sabe”, disse. FHC, que é presidente de honra do PSDB, afirmou que o partido precisa fazer logo a escolha de quem vai concorrer às eleições de 2018.

Para FHC, essa pessoa tem que ter capacidade de dialogar com o país e as instituições. Nesse sentido, ele defendeu um movimento de centro, como registrado na França com a eleição do presidente Emmanuel Macron, cujas características são a jovialidade e pensamento liberal progressista -algo que possa ser visto em Doria.

“Não estou propondo que seja ele [o candidato], não, mas acho que precisamos mudar de geração. Para poder fazer frente a esse mundo novo, precisamos de outra cabeça, outra geração, pessoas que possam se comunicar com os mais jovens e de maneira mais atualizada.” Em Miami, nos Estados Unidos, onde participou de uma conferência de prefeitos americanos, Doria rebateu a crítica do ex-presidente.

Doria

“Respeito muito o presidente FHC, mas acho que ele está precisando sair um pouco de seu apartamento e visitar São Paulo”, disse.

Temer e Lula

Fernando Henrique criticou a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de livrar o presidente Michel Temer da cassação da chapa junto com Dilma Rousseff, e disse que o peemedebista poderia antecipar as eleições.

FHC ainda classificou como gravíssimo a possível denúncia por corrupção da Procuradoria-Geral da República contra o presidente, envolvido nas delações da JBS, dos empresários Wesley e Joesley Batista. “Tem uma coisa que é inédita: o procurador-geral da República, baseado na Polícia Federal, se dispõe a mover uma ação contra corrupção contra o presidente da República.

“Isso nunca houve. Uma coisa gravíssima”, afirmou o ex-presidente. Ao falar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, FHC afirmou que só o restará vencer nas urnas, caso não haja condenações na Justiça em razão dos processos movidos contra o petista. “Suponhamos que a Justiça diga que o Lula não fez nada.

Ele é candidato – o único candidato possível do PT. Só resta vencer na urna. Ou então dar golpe. Eu sou contra golpe. Só resta vencer na urna. Só que não tem jeito. Preparemo-nos para isso. Para vencer”, afirmou o ex-presidente.

(Foto – Eduardo Anizelli, da Folhapress)

Mercado financeiro reduz estimativa de crescimento da economia para 0,39%

O mercado financeiro reduziu a projeção para o crescimento da economia, este ano, pela terceira vez seguida. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, desta vez, caiu de 0,40% para 0,39%.

Para 2018, a projeção para o crescimento do PIB foi reduzida pela quinta vez consecutiva, de 2,20% para 2,10%. Essas estimativas são do boletim Focus, uma publicação elaborada todas as semanas pelo Banco Central sobre os principais indicadores econômicos.

A projeção para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), caiu pela quarta vez seguida, ao passar de 3,64% para 3,48%, este ano. Para 2018, a estimativa caiu de 4,33% para 4,30% no terceiro ajuste consecutivo. As projeções permanecem abaixo do centro da meta de inflação, que é 4,5%.

Para as instituições financeiras, a taxa Selic encerrará 2017 e 2018 em 8,5% ao ano. Atualmente, a Selic está em 10,25% ao ano. A Selic é um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e, consequentemente, a inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Quando  o Copom diminui os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle sobre a inflação.

(Agência Brasil)

Conflitos fundiários na Zona Costeira serão tema de audiência pública na Assembleia Legislativa

O deputado estadual Renato Roseno (PSOL) vai promover, a partir das 14 horas desta terça-feira, no Complexo das Comissões Técnicas da Assembleia Legislativa, uma audiência pública para discutir o tema “Conflitos Fundiários na Zona Costeira”.

Movimentos sociais, ONGs e universidades, além dos principais órgãos públicos responsáveis pela regularização e pela gestão territorial no Ceará, foram convidados para o debate.

Entre eles, o Incra e a Semace, responsáveis, respectivamente, pela demarcação das terras e pelo licenciamento dos empreendimentos imobiliários e econômicos na região.

MEC divulga resultado da segunda chamada do ProUni

O Ministério da Educação divulgou hoje (26), na internet, o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). Os candidatos pré-selecionados nesta edição do segundo semestre de 2017 têm até o próximo dia 30 para apresentar nas instituições de ensino os documentos que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição.

Após conferir o resultado do ProUni, o candidato pré-selecionado deve verificar na instituição os horários e o local de comparecimento para apresentar as informações necessárias. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação. A lista com a documentação a ser apresentada está disponível na página do programa.

Aqueles que não foram selecionados em nenhuma das chamadas do ProUni do segundo semestre de 2017 podem ainda participar da lista de espera, de 7 a 10 de julho.

O ProUni seleciona estudantes para receber bolsas de estudo integrais e parciais em instituições particulares de ensino superior com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste processo seletivo, foram ofertadas 147.492 bolsas em 1.076 instituições privadas de educação superior em todo o país.

Puderam se inscrever para concorrer a uma bolsa do ProUni os estudantes que fizeram a prova do Enem de 2016 e obtiveram no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame. É preciso, ainda, ter obtido nota na redação que não seja zero.

O programa atende os estudantes que concluíram o ensino médio na rede pública e os que estudaram na rede particular na condição de bolsistas integrais. Podem concorrer a bolsas integrais quem comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Às bolsas parciais de 50%, podem concorrer aqueles com renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos.

(Agência Brasil)

Anvisa pode liberar vacinação em farmácias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está elaborando regulamentação que trata sobre os requisitos mínimos para o funcionamento dos serviços de vacinação no país. A norma já passou por consulta pública e, se aprovada, permitirá que farmácias apliquem vacinas. Entretanto, entidades médicas temem que a resolução possa precarizar o serviço de vacinação e colocar em risco a população.

Segundo a Anvisa, a permissão para farmácias disporem de vacinas está prevista na Lei nº 13.021/2014, que trata sobre o exercício e a fiscalização das atividades farmacêuticas, e, com ela, a regulamentação vigente sobre o controle sanitário para estabelecimentos privados de vacinação, se tornou insuficiente para farmácias e drogarias.

“A fim de diminuir o risco da população brasileira frente ao possível uso e administração inadequados de um medicamento tão peculiar quanto a vacina, principalmente em estabelecimentos que não têm um histórico antigo na prática da vacinação, a Anvisa propõe norma sanitária com requisitos mínimos para a prestação dos serviços de vacinação”, diz a Anvisa, na justificativa da proposta.

Atualmente, além da rede pública, somente clínicas de vacinação podem oferecer o serviço, regulamentadas pela Portaria Conjunta Anvisa/Funasa nº 01/2000.

Entre outras exigências, pela norma atual, a clínica deve ter um médico como responsável técnico pelo estabelecimento. Segundo a presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Isabella Ballalai, essa exigência é muito importante e está sendo retirada da nova proposta. “Ela tira a obrigatoriedade de maca, consultório e médico para atender evento adverso, desde o desmaio até anafilaxia. Isso não é serviço de vacinação, é aplicação de injeção”, disse ela, explicando que o médico especialista em vacinação é importante desde a triagem até o diagnóstico de reação à vacina.

A proposta de regulamentação em análise na Anvisa diz que o estabelecimento deve ter um profissional habilitado e capacitado para o serviço de vacinação. Também prevê que, em caso de intercorrências, ele deve garantir o encaminhamento do paciente ao serviço médico. E as vacinas que não fazem parte do calendário oficial do Programa Nacional de Imunizações deverão ser feitas mediantes prescrição médica.

*Confira na Agência Brasil aqui.

 

Eunicio e Rodrigo Maia querem o fim das inserções partidárias

Uma das alternativas para preencher o fundo partidário para as eleições do próximo ano é acabar com programa dos partidos. Isso não significa que não existirá mais propaganda eleitoral. Mas aquelas propagandas veiculadas fora de ano eleitoral podem acabar sendo excluídas. A informação é da Veja Online.

Cada partido tem direito a 10 minutos de programa por ano. E várias inserções. Isso é “gratuito”. Mas o governo paga as emissoras com compensação tributária.

Caso sejam mesmo extintas, o recurso que é gasto para propaganda partidária extemporânea iria pro fundo de financiamento das campanhas. O valor deve passar de 1 bilhão de reais. A ideia é defendida pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Avenida do Expedicionários – Um canteiro de lixo

Está na hora de alguém da Prefeitura de Fortaleza ir conversar com moradores e donos de pequenos comércios ao longo da Avenida dos Expedicionários, mais precisamente entre as avenidas Borges de Melo e Eduardo Girão.

Nessa área, há, por exemplo, vilas onde o carro da Ecofor não entra, no que faz muitos deixarem jogarem o lixo no canteiro central. O resultado é esta paisagem absurda, quase que diariamente.

(Foto – Paulo MOska)

Duas novas togas no Judiciário do Ceará

O Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará fará sessão, a partir das 10 horas desta segunda-feira, em sua sala de sessões, para escolher dois novos desembargadores. Um por merecimento, na vaga aberta com a morte  do desembargador Francisco Barbosa; e outra pelo critério da antiguidade, que surgiu com a aposentadoria do desembargador Luís Gerardo Brígido.

Não será surpresa para este Blog se forem eleitos o juiz Mauro Liberato para a vaga de merecimento e o  juiz Francisco Carneiro Lima para preencher a vaga pelo critério de antiguidade.

Revista IstoÉ diz que Moro vai condenar Lula

O juiz federal Sergio, da 13ª Vara Federal do Paraná, vai anunciar, nos próximos dias, a sentença que condenará Lula à prisão no caso do tríplex do Guarujá. Os crimes são por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. É o que informa a revista IstoÉ traz, na edição desta semana, em sua reportagem de capa.

O ex-presidente é acusado de ter recebido o imóvel da construtora OAS como contrapartida a benefícios que a empresa obteve do governo no período em que o petista esteve no poder. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o ex-presidente foi beneficiado com pelo menos R$ 87,6 milhões dados pela OAS, dos quais R$ 3,7 milhões foram usados por Lula no apartamento de três pavimentos.

A revista afirma ter apurado junto a integrantes da Operação Lava-Jato que o ex-presidente será condenado a até 22 anos de cadeia – 10 anos por lavagem de dinheiro e 12 por corrupção passiva. De acordo com a publicação, no cronograma de Sérgio Moro só uma etapa o separa do anúncio da condenação de Lula: a definição da pena a ser aplicada ao ex-ministro Antonio Palocci, hoje preso.

Palocci é condenado a 12 anos e 2 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro na Lava Jato

223 2

O ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, foi condenado a 12 anos e 2 meses de reclusão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A decisão é do juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos relativos à Operação Lava Jato  na primeira instância. A sentença é desta segunda-feira (26). Palocci foi preso na 35ª fase da operação, batizada de Omertà e deflagrada no dia 26 de setembro de 2016. Atualmente, está detido no Paraná. A informação é do Portal G1, que tenta contato com a defesa de Palocci.

Além de Palocci, o ex-assessor dele, Branislav Kontic, o empresário Marcelo Odebrecht e outros 11 eram réus nesta ação penal. Eles respondiam por crimes como corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O processo apurava se Palocci recebeu propina para atuar em favor do Grupo Odebrecht, entre 2006 e 2013, interferindo em decisões tomadas pelo governo federal.

Palocci é acusado de intermediar propinas pagas pela Odebrecht ao Partido dos Trabalhadores (PT). Ex-executivos da empreiteira afirmaram que o codinome “Italiano”, que aparece em uma planilha ao lado de valores, fazia referência a Palocci. Ele nega ser o “Italiano”.

Confira a lista completa dos réus e dos crimes:

Antonio Palocci – corrupção passiva e lavagem de dinheiro;
Branislav Kontic – corrupção passiva e lavagem de dinheiro;
Marcelo Odebrecht – corrupção ativa e lavagem de dinheiro;
Fernando Migliaccio da Silva – lavagem de dinheiro;
Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho – lavagem de dinheiro;
Luiz Eduardo da Rocha – lavagem de dinheiro;
Olivio Rodrigues Junior – lavagem de dinheiro;
Marcelo Rodrigues – lavagem de dinheiro;
Mônica Moura – lavagem de dinheiro e corrupção passiva;
João Santana – lavagem de dinheiro e corrupção passiva;
João Vaccari Neto – corrupção passiva;
João Ferraz – corrupção passiva;
Eduardo Musa – corrupção passiva;
Renato Duque – corrupção passiva.

Nas alegações finais, os advogados de Antonio Palocci apontaram inconsistências nas delações de ex-executivos da Odebrecht e pediram a absolvição do ex-ministro. O Ministério Público Federal reforçou, nas alegações finais, o pedido de condenação de Palocci e dos outros réus.

Perdão ao empresário Joesley Batista é reprovado por população

Para 81% dos brasileiros, os empresários Joesley e Wesley Batista, donos do grupo JBS, deveriam ter sido presos pelos crimes que cometeram nos últimos anos, segundo pesquisa Datafolha publicada sábado. Os dois obtiveram imunidade penal ao fazer acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República.

A mesma pesquisa mostra que 83% da população considera que o presidente Michel Temer teve participação direta “nos esquemas de corrupção descobertos pela Lava Jato com a gravação dos donos do JBS”. O Datafolha ouviu 2.771 entrevistados em todo o País entre os dias 21 a 23 de junho. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

Joesley gravou uma conversa que teve com Temer em Março, no Palácio do Jaburu. Na ocasião, Joesley indicou que fazia pagamentos ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e ao corretor Lúcio Funaro para evitar que os dois assinassem um acordo de colaboração com a Lava Jato.

No diálogo, Joesley diz ter zerado “pendências” com Cunha a fim de manter bom relacionamento com o deputado cassado. Temer, neste momento, responde: “Tem que manter isso, viu?”. Joesley acrescenta: “Todo mês”.

Heloísa Helena agenda visita ao Ceará

Da Coluna Vertical, do O POVO desta segunda-feira:

A Rede Sustentabilidade do Ceará vai promover no dia 8 de julho, às 9 horas, no auditório da Assembleia Legislativa, uma plenária estadual para reunir todos os militantes e simpatizantes.Hora de debater a organização partidária nas esferas nacional, estadual e municipal.

O evento contará com a participação dos coordenadores nacionais de organização da Executiva Nacional da Rede, Heloísa Helena (ex-senadora) e Tácius Fernandes.
Também serão abordados os desafios da Rede diante da crise vivenciada pela política nacional. O ato promete.

Heloísa Helena, que disputou a presidência em 2006, dizia naquela época que Lula chefiava uma quadrilha de “gangster” capaz de “roubar, matar, caluniar e liquidar com qualquer um que ameace seu projeto de poder”. Será que repetiria isso hoje?

(Foto – Fábio Rodrigues Pozzebom)

Câmara Municipal debate nesta segunda-feira a qualidade na atenção básica de Fortaleza

A aplicação dos recursos oriundos do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) é o tema da audiência pública, nesta segunda-feira (26), a partir das 14 horas, no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza, no bairro Luciano Cavalcante.

O requerimento é de autoria do presidente do Legislativo de Fortaleza, Salmito Filho (PDT).

Denúncia da PGR – Líderes vêem risco para Temer

Líderes da base aliada de Michel Temer na Câmara dizem não ser possível assegurar a rejeição da denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve apresentar até terça, 27, contra o presidente da República. Mesmo com uma coalizão estimada em 400 deputados, parlamentares ponderam que teor da acusação e seus desdobramentos podem influenciar o posicionamento dos congressistas, aumentando o risco de Temer sofrer um revés.

A denúncia é apresentada no STF e depois encaminhada para a Câmara, onde tramita primeiro na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) antes de seguir para o plenário. São necessários os votos de 172 dos 513 deputados para derrubá-la. Se aprovada por no mínimo 2/3 da Casa, retorna ao Supremo.

Caso a Corte aceite a acusação, o presidente se afasta do cargo por 180 dias.

Para Baleia Rossi (SP), líder do PMDB, partido de Temer e que tem a maior bancada da Casa, com 64 deputados, o governo não pode se descuidar. “No Parlamento nada é automático. Vai ter que trabalhar. Cada líder da base vai ter que trabalhar sua bancada. Vai ter que ter convencimento. Não dá para achar que está tudo resolvido”, disse.

(Agência Estado)

Prefeitura quer instalar uma roda-gigante na área do espigão

A Ponte Metálica e os espigões da orla da Praia de Iracema e Meireles devem receber equipamentos temáticos a partir do segundo semestre. A Prefeitura estuda Parcerias Público-Privadas (PPPs) para a revitalização dos locais. Segundo o secretário do Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, a iniciativa já é negociada com empresas interessadas, mas o chamamento deve ser anunciado em setembro.

A ponte deve ser voltada à cultura e gastronomia. No espigão da Desembargador Moreira, é projetado parque de diversões até com roda-gigante — “um ícone, assim como em Londres”, segundo Pereira. Já o espigão da João Cordeiro reuniria “as coisas do mar”. E, no da Rui Barbosa, o ar seria o tema, com heliponto previsto para facilitar passeios aéreos pela orla.

O anúncio foi feito no lançamento do projeto Pôr do Sol na Praia de Iracema, ontem. Acompanhado por centenas de vozes de todas as idades, Wave, de Tom Jobim, foi uma das músicas apresentadas pelo pianista Felipe Adjafre. As apresentações do pianista seguem sempre no último domingo de cada mês com convidados. O primeiro foi o saxofonista Helano Pereira. O Mercado dos Peixes também receberá programação, no segundo domingo de cada mês. No dia 9 de julho, o cantor Fagner será atração.

A empresária Circe Ponte, 53, soube do espetáculo de ontem pelas redes sociais. Acompanhada do marido Fernando Alves, 62, ouviu canções como O Barquinho (Ronaldo Bôscoli e Roberto Menescal) e Olha (Roberto e Erasmo Carlos). “É necessária a revitalização da Praia de Iracema. O projeto promove a combinação da beleza do lugar com cultura e turismo”, elogiou ela.

Convidado por uma amiga, o guia de turismo Erivaldo Lucena era outro espectador. “Isso é o que Fortaleza merece. O lugar tá bem abandonado, em situação precária, e precisa ser reformado, mantendo esses eventos, com certeza”. A deterioração da ponte foi noticiada pelo O POVO no último dia 14. A Prefeitura deve assumir a gestão do espaço. O secretário do Turismo revelou que, antes disso, providências devem ser tomadas. “Pedi para o Governo do Estado dar ‘uma geral’ na ponte para que a gente a receba pelo menos recuperada”, revelou Alexandre.

(O POVO)