Blog do Eliomar

Últimos posts

PIB do primeiro trimestre no Ceará sai nesta segunda-feira

O diretor-geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Flávio Ataliba, vai divulgar nesta segunda-feira, às 15 horas, a análise do PIB do 1º trimestral do Ceará de 2017. Será durante coletiva na sede da Secretaria do Planejamento do Estado (Cambeba).

Flávio Ataliba, juntamente com os analistas, fará a apresentação do estudo e, após o término da apresentação, ficará, com demais economistas, disponíveis para responder perguntas dos jornalistas.

Ele ressaltar que, como indica somente uma tendência de crescimento ou arrefecimento da economia, as informações e resultados são preliminares e sujeitos a retificações após cálculo das Contas Regionais definitivas, em conjunto com o IBGE e as 27 Unidades da Federação.

Além do Ceará, mais sete estados brasileiros realizam o cálculo de sua economia a cada três meses. São eles: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e São Paulo.

O PIB é um indicador que mostra a tendência do desempenho da economia cearense no curto prazo. O estudo é calculado com base nos resultados dos setores Agropecuária, Indústria e Serviços, e desagregados por suas atividades econômicas.

Camilo inaugura Centro de Imagem do antigo Hospital da Polícia

O governador Camilo Santana (PT) vai inaugura, ás 9 horas desta segunda-feira, o novo Centro de Imagem do Hospital e Maternidade José Martiniano de Alencar, o antigo Hospital da Polícia, no Centro de Fortaleza.

O novo Centro possibilitará a garantia de novos exames à população, como tomografia computadorizada, densitometria óssea e mamografia. O investimento de R$ 1,95 milhão tem recursos dos governos estadual e federal.

Os novos equipamentos vão possibilitar maior rapidez no diagnóstico e no tratamento de pacientes encaminhados para o hospital. Além dos novos exames, os pacientes do hospital também têm acesso a outros como ultrassonografia, ecocardiograma, eletrocardiograma, teste ergométrico e radiografia.

Anvisa avança na regulação da maconha para fins medicinais

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa( avançou na regulamentação do plantio de maconha para fins de produção e de pesquisa para fins medicinais, que será feita até o fim do ano.

A informação é do jornalista Lauro Jardim, colunista do O Globo.adiantando queserão emitidos certificados autorizando o plantio de forma a atender a demanda do mercado interno de pacientes.

O Ministério da Saúde e a Polícia Federal entrarão na mesa de discussão após uma consulta pública em agosto.

Ciro Gomes chama Temer de “canalha” e volta a ficar contra uma candidatura de Lula a presidente

616 8

O pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes (PDT), afirmou ser improvável que o presidente Michel Temer (PMDB) não conclua o mandato. Foi o que ele disse em Belo Horizonte, ao participar do ato Minas Pelas Diretas Já e do 55º Congresso da UNE (União Nacional dos Estudantes), no fim de semana.

“Ele (Temer) representa organicamente o centro do poder real no Brasil, e ele está fazendo o que pode e o que não pode. Eu o conheço, ele não tem escrúpulos, ele é um grande canalha. Está espionando ministro do Supremo com a Abin, está perseguindo adversários e isso está funcionando”, disse.

Durante o congresso, Ciro foi questionado sobre sua candidatura e afirmou que isso não está garantido. “É muito cedo. Eu propus aqui que a gente debatesse o Brasil. Entrarei com a minha proposta e, nessa hora, pedirei as simpatias, mas agora não é hora de dividir, é hora de somar.”

Ele prega que os partidos de esquerda se unam para derrubar Temer e deixem para se dividir em “julho de 2018”, às vésperas da eleição.

A respeito da realização de eleições diretas – que demandaria mudança na Constituição-, Ciro disse que seria “bom ter a mão do povo limpando a área, mas eu não acredito muito que isso aconteça”.

Ciro ainda se posicionou contrário a uma nova candidatura do ex-presidente Lula. “Ele desserve ao Brasil e a sua própria biografia se ele não ajudar a construir uma passagem para um novo projeto. Na hora que ele entrar, o Brasil se divide numa reflexão odienta e apaixonada ao redor dele.”

Ciro responsabilizou Lula por ter colocado Temer na linha de sucessão e por ter indicado Dilma Rousseff, “uma pessoa sem experiência e que acabou se vulnerando a esse golpe”. “Porque [Lula] ficou tão poderoso, tão dono da verdade, que não ouviu mais ninguém”, completou.

Em fala aos estudantes, Ciro lembrou que Lula pediu o impeachment de Fernando Henrique Cardoso a Temer, então presidente da Câmara, em 1999, e afirmou que desaprovou a atitude.

“Remédio pra governo ruim não é impeachment. Quando a gente repete a história é como farsa ou tragédia”, disse.

“Eu disse: Lula, não faça isso. Numa democracia verde como a nossa, se a gente legitimar esse caminho, na próxima que um de nós estiver no poder, eles vão fazer, com a diferença que eles tem a mídia e o poder econômico.”

“O que segura o país é o consenso ao redor de estruturas e não esses oportunismos de conveniência. Um dia a gente usa contra eles e perde a autoridade moral quando vierem usar contra nós”, completou.

Em outro momento, voltou a afirmar que a história brasileira adora se repetir, ao lembrar que Fernando Collor se elegeu com a promessa de moralizar o país.

“O [João] Doria [PSDB] é a tentativa deles, mas ele é tão fraquinho que vão ter que inventar outro. Daqui até dezembro ele morreu.”

(Fonte – Folhapress)

Expresso 150 – Grupo de advogados vai cobrar posições da OAB do Ceará

187 1

Um grupo de advogados fará reunião nesta segunda-feira, às 15 horas, no Fórum Clóvis Beviláqua, para avaliar nova fase da Operação Expresso 150. O grupo se diz independente e quer saber, entre algumas curiosidades, se há algum conselheiro da OAB/CE envolvido nesse caso.

Pauta do movimento 

1- Dar apoio à Polícia Federal na investigação Expresso 150

2- Cobrar publicamente do presidente da Ordem, Marcelo Mota, uma postura firme em relação à participação no esquema de liberação de alvará na 4 vara cível de algum conselheiro.

Os planos de Rodrigo Maia

Cotado como favorito no caso de uma eleição indireta, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), está em uma posição confortável no tabuleiro pós-2018, segundo a Coluna Radar, da Veja Online.

Seu plano, caso não substitua Temer, é ser reeleito presidente da Câmara por mais dois anos (provavelmente vai) e ter a companhia do pai César Maia, como senador.

Câmara Federal debate esta semana os valores da tabela do SUS

O prejuízo econômico na área da saúde, a redução de equipes de saúde, o desestímulo à abertura de novos hospitais e a degradação dos existentes, a desativação de leitos e o comprometimento de exames diagnósticos são temas que serão debatidos, na terça-feira (20), na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados.

A defasagem dos valores da tabela do Sistema Único de Saúde (SUS) é uma reclamação na área há cerca de uma década. Em 2013, o então ministro da Saúde, Arthur Chioro, reconheceu o problema e apontou para a criação de um novo mecanismo de financiamento para a saúde pública. Mas a proposta ficou somente na promessa.

(com agências)

Briga no golpe

Da Coluna Valdemar Menezes, no O POVO deste domingo (18):

O Brasil acompanha o rescaldo da briga entre os poderes, desde que a Veja denunciou suposta espionagem do ministro Edson Fachin pela Abin (supostamente a mando de Michel Temer). Isso provocou notas e contranotas dos chefes do Judiciário e do Executivo. Também houve ameaça de se usar a CPMI da JBS contra Fachin, além da protelação, pelo Legislativo (Senado), do afastamento do senador tucano Aécio Neves do cargo, determinado pelo ministro.

Nesse ínterim, o PSDB resolveu continuar apoiando um governo acuado e agônico, aparentemente em troca da promessa de receber apoio do PMDB em 2018. Mas, o guru do partido, FHC, no dia seguinte, teve o bom senso de defender as diretas. E agora?

As desavenças surgidas entre as forças golpistas são patentes. Quem abocanhou o governo foram os segmentos mais fisiológicos da representação política brasileira, cujos “malfeitos” estavam sendo rastreados pela Lava Jato (embora a prioridade fosse o PT) já que participavam da base do governo petista. Ora, era preciso remover tudo que desse sustentação ao projeto do PT, malvisto pelo mercado financeiro por estar na contramão deste. Interessava igualmente a Washington (no rastro de sua política de contenção da Rússia e da China) enfraquecer o Brasil, por ser um dos fortes sócios do Brics e, também, o elo mais importante da aliança de governos progressistas da América do Sul. Era intolerável para Wall Street e seus aliados brasileiros a derrota, nas urnas, pela quarta vez consecutiva, do projeto neoliberal (PSDB).

O tumor da corrupção – que a espionagem americana havia detectado (segundo Edward Snowden), na Petrobras e em outros segmentos da estrutura pública brasileira – foi a brecha encontrada para acionar o alentado projeto ianque de desestabilização do governo petista. As pistas teriam sido repassadas a quadros da magistratura, do Ministério Público e da Polícia que haviam sido convidados a ir aos EUA fazer cursos de capacitação no combate a crimes contra o sistema financeiro (segundo Wikileaks).

A investigação ganhou corpo a partir da montagem da Operação Lava Jato: enquanto os investigadores buscavam rastreá-la e identificar seus agentes (embora numa operação estranhamente descasada das políticas estratégicas de Estado em curso) a arapongagem americana (interessada em golpear o Brics, desestabilizar o governo da esquerda e abocanhar o pré-sal) apontava o “caminho das pedras”: as velhas forças fisiológicas às quais o PT se aliara com vistas a obter a maioria parlamentar para governar.

A tática inicial foi desacreditar o PT perante a grande massa, fazendo-o responsável exclusivo pela corrupção. A investigação seguiu um roteiro estreitamente conjugado ao da disputa política pelo poder, em curso no País, a ponto de se mesclar com ela. Ao se deparar com indícios de “malfeitos” de membros da oposição, tornou-se comum a justificativa: “isso não vem ao caso”. Simultaneamente, “vazamentos” seletivos bombardeavam dia e noite o PT, numa política de “terra arrasada”, vista pelos críticos como forma de criar um clima de linchamento moral e de prejulgamento a fim de produzir os resultados políticos desejados.

Mas, isso não era tolher o devido processo legal e violentar a Constituição? Sim, mas, as instituições encarregadas de zelar pela integridade do Estado Direito foram, então, devidamente intimidadas pelo “clamor das ruas”, açulado por poderosos meios de comunicação.

Governo da Argentina exige da Odebrecht detalhes sobre propinas pagas no país

O ministro da Justiça da Argentina, Germán Garavano, exigiu nesse sábado (17) que a construtora Odebrecht dê todos os detalhes sobre as propinas de US$ 35 milhões pagas no país para obter concessões de obras públicas.

“O governo exige que a empresa dê os nomes e conte o que ocorreu. Se há alguém que pagou propinas na Argentina, a empresa sabe perfeitamente quem foi, a quem (pagou) e o motivo”, disse o ministro em entrevista à Rádio Mitre.

A Justiça da Argentina investiga o pagamento de propinas pela construtora para obter contratos de obras públicas durante o mandato da ex-presidente Cristina Kirchner (2007-2015).

Em dezembro, a Odebrecht admitiu ter pagado US$ 35 milhões em subornos no país, dinheiro que foi entregue tanto a funcionários do governo anterior quanto do atual.

Para Garavano, a Justiça argentina avançou muito pouco nas investigações sobre a Odebrecht. “É vergonhoso, somos o único país que não avançou nesse assunto”, afirmou.

(Agência Brasil)

Série B – Baixo rendimento em casa também atinge equipes na ponta da tabela

O baixo rendimento do Ceará, em partidas em casa, causou a demissão do treinador Givanildo Oliveira e levou o time alvinegro para a 11ª colocação na tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro, após a conclusão da oitava rodada, na noite desse sábado (17).

Mas a falta de vitórias em casa não é um problema apenas do Ceará, que ocupa a 16ª posição na tabela, em partidas disputadas em casa. Dos seis primeiros colocados na classificação geral da Série B, apenas o Guarani, o Juventude e o Vila Nova fizeram o dever de casa.

Santa Cruz, Londrina e Internacional seguem devendo boas apresentações às suas torcidas. Enquanto o Santa Cruz venceu duas partidas, das quatro que disputou no estádio do Arruda, o Londrina e o Internacional venceram somente um jogo em seus domínios.

Das 55 vitórias comemoradas por 19 clubes da Série B (o Náutico ainda não venceu na competição), mais de 1/3 ocorreu fora de casa.

Maduro acusa Twitter de desativar milhares de contas de chavistas

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesse sábado (17) que o Twitter desativou milhares de contas de cidadãos do país exclusivamente por eles serem “chavistas” e que isso ocorreu porque a rede social tem medo de que os governistas sejam maioria.

“Fazemos uma denúncia nacional e internacional contra a empresa Twitter da Venezuela, que no dia de hoje desativou milhares de contas de pessoas, de jovens, de trabalhadores, de profissionais, pelo único motivo de serem chavistas”, afirmou Maduro em um ato com militantes do Partido Socialista Unido (PSUV) em Caracas.

O presidente afirmou que a conta da governista Rádio Miraflores foi cancelada e chamou a decisão de “expressão do fascismo”. Além disso, pediu que os responsáveis pela exclusão das contas sejam desmascarados. “Vamos publicar a foto de quem dirige o Twitter na Venezuela”, ressaltou Maduro.

“Claro, eles têm a chave, têm o servidor e disseram acabou: mataram milhares de contas. Mas se eles apagarem mil contas, vamos abrir mais 10 mil, com a juventude e a força revolucionária da opinião pública e da verdade venezuelana”, afirmou o presidente.

Outras contas que parecem estar bloqueadas, segundo o governo, são as da Miraflores TV e a da Rádio Nacional da Venezuela.

“A batalha das redes sociais é muito importante. Eles sabem que é muito importante e utilizam as redes sociais para a guerra psicológica permanente”,acrescentou Maduro.

O ministro de Comunicação e Informação da Venezuela, Ernesto Villegas, disse no Twitter que, até o momento, cerca de 180 contas de órgãos públicos e de “militantes revolucionários” foram desativadas. “Não só contra a Rádio Miraflores e a Rádio Nacional da Venezuela: limpeza étnica contra o chavismo no Twitter é equivalente à queima de pessoas na realidade”.

(Agência Brasil)

Advogado e leitor lembra 2 anos da morte de Paes de Andrade

Em comentário enviado ao Blog, o advogado e contista Fabrício Moreira da Costa lembra os 2 anos da morte de Paes de Andrade. Confira:

Há dois anos, falecia no dia 17 de junho de 2015, em Brasília, o ex-deputado e líder político Paes de Andrade!

Homem público honrado, escritor, advogado, embaixador do Brasil em Portugal, deputado estadual e federal em várias legislaturas, presidente da Câmara dos Deputados; presidente da República do Brasil interino por algumas vezes, cearense honesto e de posições firmes.

Entrou pra história com todas honras e merecidas homenagens!

“Aperto as mãos de Paes de Andrade. Elas são limpas, honradas e honestas” (Deputado Ulisses Guimarães).

Caso Temer pode parar só no segundo semestre deste ano

A decisão do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de adiar o pedido de abertura de ação penal contra o presidente Michel Temer pode levar para o segundo semestre a votação, na Câmara, do aval para que o STF analise o caso. Informa a Coluna Radar, da Veja Online.

A menos que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM/RJ), esteja realmente disposto a cancelar o recesso de julho.

Joesley reforça denúncia de Ciro contra Temer

385 1

“O Michel Temer é o chefe da quadrilha. É sócio, íntimo, do Eduardo Cunha, em tudo que não presta. (…) Ele é o responsável pela nomeação desses bandidos que estão presos, da parte do PMDB na Lava Jato”.

Não, a denúncia não é do empresário Joesley Batista. Mas do ex-governador do Ceará e do ex-ministro Ciro Gomes, há exatos 14 meses.

Neste fim de semana, a revista Época traz na capa a denúncia de Joesley, que aponta o presidente Michel Temer como o “chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil”.

Temer diz que Joesley “desfia mentiras em série” e que vai processar empresário

O presidente Michel Temer informou, em nota divulgada neste sábado (17), que vai protocolar, na segunda-feira (19), ações civil e penal na Justiça contra o empresário Joesley Batista, um dos donos do grupo J&F. Em entrevista à revista Época, Joesley disse que Temer é “o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil”.

Na nota, o presidente diz que Joesley “desfia mentiras em série” e que o empresário é o “bandido notório de maior sucesso na história brasileira”.

Na entrevista à revista Época, Joesley fala que a relação com o presidente Temer nunca foi de amizade. “Sempre foi uma relação institucional, de um empresário que precisava resolver problemas e via nele a condição de resolver problemas”.

O dono do grupo J&F afirma que o presidente Temer “não é um cara cerimonioso com dinheiro” e que sempre tinha um assunto específico para tratar quando se encontravam. “Nunca me chamou lá para bater papo. Sempre que me chamava, eu sabia que ele ia me pedir alguma coisa ou ele queria alguma informação”.

O texto divulgado pelo Palácio do Planalto destaca que era Joesley quem fazia pedidos e que eles nunca foram atendidos: “Em entrevista, ele diz que o presidente sempre pede algo a ele nas conversas que tiveram. Não é do feitio do presidente tal comportamento mendicante. Quando se encontraram, não se ouve ou se registra nenhum pedido do presidente a ele. E, sim, o contrário. Era Joesley quem queria resolver seus problemas no governo, e pede seguidamente. Não foi atendido antes, muito menos depois”, diz o comunicado.

A nota acrescenta que, em 2005, o Grupo JBS obteve seu primeiro financiamento no Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Dois anos depois, alcançou um faturamento de R$ 4 bilhões. Em 2016, o faturamento das empresas da família Batista chegou a R$ 183 bilhões. “Relação construída com governos do passado, muito antes que o presidente Michel Temer chegasse ao Palácio do Planalto”, destaca o texto. A nota nega que o empresário tenha influência na administração federal.

“Suas mentiras serão comprovadas e será buscada a devida reparação financeira pelos danos que causou, não somente à instituição Presidência da República, mas ao Brasil. O governo não será impedido de apurar e responsabilizar o senhor Joesley Batista por todos os crimes que praticou, antes e após a delação”, diz a nota da Presidência.

Na entrevista, Joesley também cita o envolvimento, nas denúncias, do ex-deputado Eduardo Cunha, dos ex-ministros Geddel Vieira Lima e Henrique Eduardo Alves e dos ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência).

“O Temer é o chefe da Orcrim da Câmara. Temer, Eduardo, Geddel, Henrique, Padilha e Moreira. É o grupo deles. Quem não está preso está hoje no Planalto. Essa turma é muita perigosa. Não pode brigar com eles.”

Joesley Batista também diz na entrevista que o PT “institucionalizou” a corrupção no Brasil.

(Agência Brasil)

Torcida sai em defesa de Givanildo e responsabiliza a diretoria por fracassos do Ceará

“Não há o que cobrar do treinador (Givanildo Oliveira) com um elenco frágil desse. Gostaríamos de ver o mesmo prestígio com ele, que tiveram com o Sergio Soares, quando esse passou 11 jogos sem vitórias no Ceará”.

O desabafo é dos torcedores alvinegros, no site Vozão, que lembram a campanha de 2009, quando o Ceará subiu para a Série A do Campeonato Brasileiro, após uma série de boas contratações. “Hoje vemos a diretoria assistir a uma pasmaceira de um time esfacelado, sem força para jogar uma série B”, critica o site.

Sob o comando do auxiliar técnico Daniel Azambuja, o Ceará se reapresentou na manhã deste sábado (17), em Porangabuçu, quando os atletas que enfrentaram o Luverdense, na noite dessa sexta-feira (16), foram submetidos treino regenerativo.

Neste domingo (18), a equipe realiza o treino de apronto para a partida diante do Vila Nova, na terça-feira (20), no Serra Dourada. A equipe viaja para Goiânia na madrugada da segunda-feira (19).

Os treinadores Marcelo Chamusca e Lisca estariam na lista da diretoria alvinegra para o lugar de Givanildo Oliveira. Um deles, inclusive, poderá ver a partida do Ceará em Goiânia.

VAMOS NÓS – Conheço vários amigos torcedores alvinegros que não frequentam mais o estádio nos jogos do alvinegro em protesto contra o que qualificam de uma diretoria frouxa, que não quer, de fato, levar a equipe à primeira divisão. Ser[a isso verdade? Aliás, o torcedor já percebeu que o Ceará sempre buscar velhas soluções. Trazer Lisca significa que já estamos no precipício?

Policial que matou homem negro desarmado nos Estados Unidos é absolvido

Um tribunal de Minnesota, nos Estados Unidos, absolveu de todas as acusações um policial que assassinou um negro desarmado, cuja morte foi retransmitida pelo Facebook pela namorada da vítima.

O policial Jeronimo Yanez foi absolvido por um júri das acusações de homicídio em segundo grau e por disparar voluntariamente a arma sem motivos razoáveis.

No início de julho do ano passado, Yanez disparou contra Philando Castile, de 32 anos, durante uma blitz em St. Paul, em Minnesota.

Yanez considerou que o homem se encaixava na descrição do suspeito de um roubo e em um dos seus movimentos no interior do veículo parecia tentar pegar uma arma.

Sua namorada, Diamond Reynolds, gravou a cena após o disparo do agente e a retransmitiu no Facebook, fazendo com que a morte do homem, desarmado, se transformasse em um fenômeno viral.

A decisão do júri provocou protestos de centenas de pessoas na cidade de St. Paul, que consideraram mais um exemplo que as reformas da polícia não acabaram com a violência contra os negros.

Yanez poderá sair em liberdade, mas perderá seu emprego como policial no departamento de St. Anthony após um acordo mútuo para que abandone a carreira, já que, segundo afirmou o departamento de polícia, “a comunidade está melhor sem ele”.

(Agência Brasil / Vídeo: YouTube)