Blog do Eliomar

Últimos posts

Facebook condena ataques a agências brasileiras de checagem de dados

Uma semana após iniciar uma parceria com agências brasileiras de checagem de dados, o Facebook divulgou uma nota criticando os “ataques” que as organizações têm sofrido de movimentos autointitulados de direita. Segundo a rede social, as agências verificadoras das chamadas fake news são certificadas e auditadas por uma instituição internacional apartidária. Nos últimos dias, após entrar em vigor a parceria, grupos como o Movimento Brasil Livre (MBL) criticaram a iniciativa, classificada por eles como “censura”.

O acordo foi assinado no último dia 10 de maio entre o Facebook e as agências Lupa e Aos Fatos. Se uma notícia compartilhada no perfil de um usuário é denunciada por internautas e confirmada como falsa pelas agências, o Facebook automaticamente reduz sua distribuição no Feed de Notícias e impede o impulsionamento dela.

Em vídeo divulgado na última quarta-feira (16), o coordenador do MBL, Kim Kataguiri, disse que as agências são de esquerda e fazem a checagem de dados com “viés ideológico”. “Quando você vai ver quais são esses checadores, você vai ver que são pessoas absolutamente esquerdistas. Na verdade, todas as publicações com viés mais liberal, conservador e de direita, vão ser censuradas e ter seu alcance cortado e ninguém vai poder falar absolutamente nada”, afirmou.

No vídeo, Kataguiri chegou a criticar nominalmente um ex-integrante da Agência Pública. A organização, no entanto, não faz parte da parceria com o Facebook. Sátiras foram publicadas também em outros perfis como o Carta Capitalista com ironias à Agência Lupa, na qual o mascote aparece alterado, portando um boné do MST, e a organização é denominada Agência Lula, em referência ao ex-presidente.

Publicado na sexta-feira (18), o comunicado do Facebook diz que a rede social está comprometida em combater a desinformação, motivo pelo qual lançou a ferramenta. Segundo a nota, as agências de checagem de dados fazem parte da International Fact-Checking Network (IFCN), organização que atesta o compromisso dos checadores com a “imparcialidade” e “transparência” de suas metodologias.

“O Facebook é um espaço para todas as ideias, mas não para a disseminação de notícias falsas. Nos últimos dias, nossos parceiros no Brasil têm sido alvo de ataques pelo trabalho que estamos fazendo para ajudar a construir uma comunidade melhor informada. O trabalho deles é checar fatos, não ideias. Condenamos essas ações e seguimos comprometidos em trabalhar com organizações reconhecidas pela IFCN no nosso programa de verificação de notícias. Porque as pessoas não querem a disseminação de notícias falsas no Facebook. E nós também não”, disse o Facebook.

Durante a semana, a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) também repudiou as reações à checagem dos fatos. Segundo a organização, os colaboradores das agências de fact-checking têm tido seus perfis “vasculhados e expostos em montagens” com o objetivo de vinculá-los a uma ideologia.

“Os conteúdos e falas incitam o público a ‘reagir’. Em alguns casos, fotos de cônjuges e pessoas próximas aos profissionais também foram disseminadas junto a afirmações falsas e ofensivas. Para a Abraji, a crítica ao trabalho da imprensa é válida e necessária. Ao incitar, endossar ou praticar discurso de ódio contra jornalistas, porém, aqueles que reprovam as iniciativas de checagem promovem exatamente o que dizem combater: o impedimento à livre circulação de informações”, criticou a associação.

Ao aderir à iniciativa, a agência Aos Fatos explicou aos internautas como eles podem reportar o conteúdo supostamente falso que, se confirmado, teria o seu alcance diminuído. Segundo a organização, a ferramenta já funciona nos Estados Unidos, onde foi possível cortar em 80% a distribuição de informações consideradas falsas por agências de verificação.

(Agência Brasil)

Do massacre diário aos nossos policiais

Em artigo no O POVO deste sábado (19), o sociólogo Márcio Pessoa aponta uma cobrança da sociedade, da mídia e do próprio governo para que policiais desrespeitem protocolos de segurança durante ações de risco. Confira:

Há várias décadas, policiais são massacrados em nossa sociedade. É um massacre silencioso, mas eficaz. Algo que os brutaliza, que os transforma em quase-máquinas. Há espaço restrito para refletirem sobre valores morais e condutas éticas.

No último dia 13 de maio, uma policial deu um exemplo do massacre que sofre: ao ver um assaltante agir em frente a uma escola, sacou sua arma e disparou contra o criminoso. Minha intenção neste texto será tentar entender o motivo de ela ter agido.

Como a própria Polícia Militar divulga sempre, ninguém deve reagir a um assalto, visto que as chances – estatísticas – de algo dar errado são altas, ou seja, na maioria das vezes em que alguém reage, acaba sendo ferido ou morto. Agora, peço que lembre de todos os casos recentes de policiais que reagiram a assaltos em seus momentos de folga. Lembre também dos casos em que os policiais atiraram sem a justificativa de se defender, como o caso do policial que confundiu um macaco hidráulico com uma arma.

Por que esses policiais, e todos os outros que agiram dessa forma – com ou sem sucesso –, agiram assim? Por que vale a pena atirar, colocando vidas em risco, estando em desvantagem, com o filho no colo, rodeado de mães, de inocentes etc?

A resposta, a meu ver, é porque há um massacre à subjetividade de cada policial que é praticado por várias instituições: pela mídia, que cobra que os policiais reajam, visto que a audiência atualmente é medida por sangue; pela corporação polícia, que extraoficialmente não vê com bons olhos policiais que não reagem; pelo governo, que homenageia policiais que reagiram de forma bem-sucedida (sobre as punições às reações malsucedidas o governo nunca se manifesta); e até mesmo, talvez, por você, leitor/a, que assiste a vídeos de reações policiais e bate palma de forma acrítica, desconsiderando que, apesar de ter sido bem-sucedida, pode ter desrespeitado protocolos de ação policial.

Dessa forma, me solidarizo com cada um dos policiais brasileiros, visto que, silenciosamente, são massacrados dia após dia. Torço para que as instituições mudem seus comportamentos irresponsáveis e passem a tratar os policiais com mais respeito, pois só respeitando os direitos básicos desses profissionais teremos uma polícia que verdadeiramente respeita e é respeitada pela sociedade.

Quando a política e a economia entram em campo…

Os presidentes da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho; do Sindlojas, Cid Alves; do Sindicarnes, Francisco Everton da Silva; e da Fecomércio, Maurício Filizola (em exercício); se reuniram na tarde deste sábado (19), quando festejaram o aniversário de Laura Paiva, das farmácias Santa Branca, esposa de Filizola.

Entre os presidentes, conversas sobre o atual quadro político, o discurso do Palácio do Planalto sobre a retomada da economia e futebol. Esse último assunto, não sobre o ano da Copa, tampouco a liderança do Fortaleza na Série B ou a luta do Ceará pela primeira vitória no Brasileirão. Mas a boa e saudável peladas que o grupo costuma jogar nos fins de semana.

(Foto: Divulgação)

Tasso irá anunciar General Theophilo como nome da oposição na segunda-feira

649 1

O senador Tasso Jereissati (PSDB) irá apresentar oficialmente na próxima segunda-feira, 21, o General Theophilo como representante dos tucanos na disputa ao Executivo estadual. Até agora, o militar é o principal nome na oposição ao governador Camilo Santana (PT), que irá tentar a reeleição.

“Estive reunido ontem com o Senador Tasso Jereissati. Tomei a decisão de entrar na política porque acredito na democracia, que é possível mudar o Ceará a partir da aliança das pessoas de bem, em um movimento renovador, fazendo que o Estado e os políticos voltem a cumprir seu propósito maior que é o de servir às pessoas e não a si mesmos”, comunicou o general no Facebook.

Theophilo tem passagem por setores estratégicos para a segurança nacional. Ele também tem experiência no combate ao tráfico de armas e drogas e controle das fronteiras. Até março, comandante de logística do Exército, o general possui histórico com as Forças Armadas que vai muito além dos 45 anos de serviço. Filho do general de brigada Manoel Theophilo Gaspar de Oliveira Neto, o pré-candidato pertence a uma das mais tradicionais famílias do Exército, com atuação desde o Império.

(O POVO Online)

Segurança é morto em barraca na Praia do Futuro

370 1

Um homem foi assassinado no fim da manhã deste sábado, 19, na Praia do Futuro. Segundo informações de testemunhas, ele morava na região e trabalhava como segurança. A vítima foi morta na barraca Sunrise Beach Club. A Polícia Militar (PM) esteve no local, mas não conversou com a imprensa. Ainda segundo moradores da área, homens armados chegaram em um veículo Chevrolet Celta e dispararam contra a vítima, Rodrigo Lopes da Silva, 29, que prestava serviços como segurança particular do estabelecimento. Por causa do ocorrido, o estabelecimento foi fechado.

Uma equipe da especializada realizou os primeiros levantamentos acerca do crime junto com peritos criminais da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Conforme apuração policial, suspeitos armados chegaram a pé e surpreenderam a vítima, que prestava serviço como segurança particular em uma barraca de praia. Profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constataram o óbito no local. A Polícia Civil dará andamento aos trabalhos de investigação visado elucidar o fato, bem como prender os autores do homicídio.

A Polícia Civil reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização dos suspeitos. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-8807, da DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o WhatsApp da Divisão, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo é garantido.

(O POVO Online / Repórter Isaac Oliveira / Foto: Evilázio Bezerra)

Erick garante título nordestino de triathlon em João Pessoa

O secretário adjunto do Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, garantiu neste sábado, em João Pessoa, o título de campeão da Copa Triathlon Brasil – Nordeste, na categoria 45 a 49 anos.

Em prova disputada na praia de Cabo Branco, Erick percorreu 750 metros de natação, 20 quilômetros de ciclismo e 5 quilômetros de corrida.

Na etapa em Fortaleza, o secretário adjunto também assegurou o primeiro lugar no pódio.

“Fico feliz, pois minha experiência é em provas longas, como Ironman e Ironman 70.3. Este ano resolvi disputar o cearense e brasileiro de Triathlon Sprint e estou me dando muito bem com a distância na minha categoria”, disse Erick.

(Foto: Divulgação)

Só pelo trabalho – Apesar do “sorrisão”, Eunício desconversa em Sobral sobre aliança ao Senado

404 2

Para o senador Eunício Oliveira (MDB-CE), o “sorrisão” que ganhou sites e blogs neste sábado (19), em Sobral, tem como motivo principal o trabalho. Na companhia de Ivo Gomes (PDT), prefeito do município da Região Norte do Estado, e do governador Camilo Santana (PT), Eunício resumia a alegria em “estou trabalhando, e muito, para o Ceará”.

O governador, o senador e o prefeito anunciaram investimentos de R$ 67 milhões para obras da Estação de Tratamento de Água (ETA) Sumaré 5, drenagem das ruas do entorno da Capela Mãe Rainha, construção do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) e iluminação pública.

Eunício também destacou a votação no Senado, nesta semana, do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) e a Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social.

(Fotos: Blog do Tidi)

Gestão do fluxo de caixa

Em artigo sobre administração empresarial, o consultor financeiro Fabiano Mapurunga, Mestre em Gestão Empresarial, aponta que boa parte das empresas não possui nem mesmo um controle de fluxo de caixa. Confira:

Em nossas vivências diárias com as empresas, independente do porte dessas, percebemos uma dificuldade que é uma intersecção entre quase todas: Administrar o seu Fluxo de Caixa de forma eficiente. Sendo mais básico ainda, boa parte das empresas não possui nem mesmo um controle de fluxo de caixa, fato que por si só, já gera inúmeros problemas. Se já está complicado para quem tem um controle do seu fluxo de caixa, imagine para quem não tem nenhum!

A manutenção das atividades operacionais de qualquer empresa, depende de uma série de atividades que o empresário precisa dominar muito bem e dentre essas está o controle sobre o seu fluxo de caixa. Não posso dizer que essa atividade é de grande complexidade, mas posso afirmar que ela é de suma importância para garantir a segurança no planejamento estratégico das empresas.

De um forma bem resumida e simples, o fluxo de caixa nada mais é do que a movimentação de entrada e de saída de dinheiro do caixa da empresa, considerando um determinado período de tempo. Por tanto, quando falamos em ter um controle eficiente do seu fluxo de caixa, estamos nos referindo a técnicas e estratégias para controlar seus gatos e otimizar suas receitas.

Posso destacar aqui, alguns objetivos básicos para um bom controle de fluxo de caixa como:

– Conseguir medir o impacto de gastos futuros sobre o caixa da sua empresa;

– Procurar evitar saldos negativos nas contas;

– Conseguir compreender de forma clara, a origem e o destino de cada valor que entra e sai de seu caixa.

Vejam abaixo algumas dicas resumidas para se fazer uma boa gestão do seu fluxo de caixa:

1 – Determine um período para fazer a análise do seu fluxo de caixa

Esse período vai depender da sua atividade empresarial e de suas sazonalidades e poderá ser diário, semanal, quinzenal ou mensal. Deixo claro que não é saudável, para o seu controle financeiro, que se passe de um mês.

2 – Faça a registro de todas as suas movimentações e as enquadre por centros de custos

Independentemente do valores de entrada e saída, não deixe de registrar e de classificar no respectivo centro de custos. Essa técnica lhe proporcionará uma visão mais precisa de quais áreas estão lhe demandando mais recursos. Muitas empresas cometem o erro de negligenciar pequenas entradas e saídas e assim não conseguem fazer um mapeamento eficiente e evitar desperdícios de dinheiro.

Procure sempre fazer o pré-lançamento de todas as suas despesas periódicas e a previsão de receitas esporádicas, isso dará mais realidade aos seu fluxo e lhe poupará de surpresas desagradáveis.

3 – Escolha um método simples e objetivo para classificar suas despesas e receitas em seus registros de caixa

Você pode adotar cores como vermelho e azul, ou símbolos, o importante é que o registro fique bem evidente para que se possa fazer qualquer auditoria.

4 – Controle muito bem o seu estoque

Muitas empresas não conseguem entender que compras erradas podem prejudicar muito o seu fluxo de caixa, a final o estoque parado representa capital imobilizado. Se for feito muito investimento em mercadorias que não tenham um

bom giro, a empresa fatalmente terá dificuldades em seu caixa, pois o seu capital está retido em suas prateleiras. Por isso, é muito importante que se tenha um controle eficiente do giro dos seus produtos e dos prazos de seus fornecedores.

5 – Monte um planejamento de curto e longo prazo

Um bom controle de fluxo de caixa permite ao empresário que seja feita uma previsão sobre a média de suas disponibilidades de caixa e isso permite que seja feito um planejamento e uma programação sobre os investimentos futuros. Para tanto se deve calcular um valor médio dos seus saldos, tomando como referências os meses anteriores. Na sequência monte uma projeção de investimentos que possa contemplar o crescimento do seu negócio.

6 – Trabalhe com um software para gestão de fluxo de caixa

Vamos sempre procurar colocar a tecnologia a nosso favor, e hoje existem inúmeros softwares que podem integrar processos e fazer uma gestão automatizada para que seja devidamente alimentado o seu fluxo de caixa. Lembrando que é preciso ter, aliado ao software, pessoas comprometidas com o processo e competentes, a fim de alimentar e gerenciar todas as rotinas.

7 – Diariamente faça a conciliação de todos os saldos das contas bancárias da empresa

Faça o monitoramento diário de todas as contas bancárias, procurando conciliar seus saldos com os lançamentos previstos. Faça o controle de todos os saldos seja das contas correntes, as poupanças, o cofre, as caixinhas administrativas e todos os outros locais onde se possui dinheiro guardado.

Importante: não confunda o limite do cheque especial com sua disponibilidade de caixa, pois isso pode lhe levar para uma perigosa ciranda de dívidas impagáveis.

Procuramos aqui demonstrar que o controle de fluxo de caixa, é uma estratégia vital para a sobrevivência do seu negócios e que por isso, precisa ser dada toda a atenção ao tema.

Fabiano Mapurunga

CEO da Go Partners Consultoria em Finanças e Negócios. Mestre em Gestão Empresarial. MBA em Gestão de Negócios. MBA em Gestão Financeira e Controladoria.

Adpec lança Prêmio de Jornalismo em prol da cidadania

A Associação dos Defensores Públicos do Estado do Ceará (Adpec) lançou a segunda edição do Prêmio Nacional de Jornalismo, com inscrições em outubro, com o tema “Onde existem pessoas, nós enxergamos cidadãos”, que tem como propósito a promoção da cidadania, por meio do registro de nascimento.

Segundo a presidente da Adpec, Carol Gondim, há um grande de pessoas sem o registro de nascimento.

Estudantes têm até quarta-feira para pagar taxa de inscrição no Enem

Após o término das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), às 23h59 de ontem (18), os estudantes têm até a próxima quarta-feira (23) para pagar a Guia de Recolhimento da União (GRU). Os alunos de escolas públicas são isentos do pagamento. Para os demais, o valor da taxa é de R$ 82 e pode ser pago em agências bancárias e dos Correios, internet banking e lotéricas.

No caso dos concluintes do 3º ano do ensino médio da rede pública, o sistema de inscrição dará a isenção automaticamente, mesmo que o candidato tenha se esquecido de solicitá-la antes.

Até as 23h, mais de 6 milhões de candidatos estavam inscritos para a prova do Enem. O balanço final é aguardado para qualquer momento.

O Enem, além de avaliar o desempenho dos estudantes de escolas públicas e particulares do ensino médio, é uma ferramenta que ajuda na seleção de candidatos a ingressar no ensino superior e a ter acesso a programas do governo federal como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro.

Câmara Municipal encerra segundo módulo da capacitação Governança Pública para Resultados

O módulo Estratégia do curso de capacitação Governança Pública para Resultados, promovido pela Câmara Municipal de Fortaleza, foi encerrado nessa sexta-feira (18), no auditório Vereador Ademar Arruda. O módulo foi ministrado pelos professores Daniel Souza e Leonard Renne e foi o segundo dos quatro previstos. O primeiro, ocorrido na semana passada, foi Gestão e Governança Pública na Prática. Os próximos serão Controles Internos de Gestão e Auditoria Interna (dias 7 e 8 de junho) e Gestão de Riscos (14 e 15 de junho).

“Este curso de Governança é para a área administrativa, para melhorar o gerenciamento das ações de cada departamento, a gestão de risco. Então, o pensamento é de que essa qualificação possa contribuir com a administração pública”, comentou o diretor-geral da Câmara, Robson Loureiro, que destacou a iniciativa do presidente do Legislativo de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), com a questão da transparência e da boa governança e gestão.

“O curso é muito importante na orientação e planejamento do melhor desempenho da máquina pública. Aprendemos como planejar e executar com responsabilidade e zelo para que possamos gerar resultados positivos para a população”, disse Washington Barbosa, servidor do setor administrativo.

(Fotos: Divulgação)

Guerra aos pedófilos

Editorial do O POVO deste sábado (19) destaca os números impressionantes de prisões e a gravidade do material encontrado em duas operações nacionais para o desmantelamento de redes de pedofilia. Confira:

O Brasil conheceu, nos últimos dias, duas operações nacionais para o desmantelamento de redes de pedofilia, tanto na internet, como na exploração direta da prostituição infanto-juvenil nas rodovias do País.

A primeira, batizada de operação Luz da Infância 2, teve o monitoramento do departamento de inteligência da Secretaria Nacional da Segurança Pública (Senasp) e alcançou 24 estados, inclusive o Ceará e o Distrito Federal.A segunda consistiu na divulgação, pela Polícia Rodoviária Federal, em parceria com a organização Childhood Brasil, do Estudo Mapear, destinado a identificar pontos de prostituição de menores ao longo das rodovias brasileiras.

No Ceará, a operação Luz da Infância 2 contou com a ajuda de equipes de peritos da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), na identificação de centenas de fotos e vídeos de crianças e adolescentes em situação de exploração sexual e na responsabilização dos pedófilos envolvidos. Já o Estudo Mapear identificou 2.487 pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais, entre 2017 e 2018 (em relação ao ano passado, houve um acréscimo de 20%). E, surpreendentemente, para muitos, o Ceará ocupa a primeira colocação entre os estados brasileiros mais afetados, com 87 pontos identificados. Frise-se que no biênio 2013/2014, o Estado não figurava nem entre os dez primeiros.

A pornografia infantil, uma das facetas da pedofilia, traduz-se no compartilhamento de fotos e vídeos pornográficos envolvendo crianças e adolescentes, e intensificou-se com a internet e o celular. É um dos problemas mais complexos da sociedade contemporânea, cabendo à família, aos educadores e ao Estado tecer uma rede de proteção, seja para filtrar os conteúdos das mensagens recebidas pelos menores através da internet, seja para informá-los sobre os perigos potenciais no uso desses instrumentos (celular, computador), seja pelo combate à ação criminosa de pedófilos, através do monitoramento e da repressão policial.

Nesse sentido, é importante destacar positivamente a ação da Luz da Infância 2 pela coordenação entre o recém-criado Ministério da Segurança Pública, do Governo Federal, e as policias civis estaduais em uma inédita ação dessa envergadura. Obviamente, há de se dar o devido direito de defesa aos acusados, mas é necessário destacar os números impressionantes de prisões e a gravidade do material encontrado. Até onde se sabe, nada vazou até o momento da operação, toda conduzida com respaldo judicial.

O problema da pedofilia na internet não será resolvido de forma eficaz sem ações conjuntas entre estados e União, independentemente das questões políticas, sempre lastreadas na inteligência policial. Obviamente, apenas a repressão não será suficiente. É preciso cuidar de marcos legais para evitar que tais crimes voltem a ser cometidos e reforçar programas de proteção às vítimas, bem como apoiar e incentivar programas de prevenção. O País não pode fechar os olhos a esse desafio.

Bar Besouro entra no ritmo de São João

187 1

Tradicional na realização da festa de São João, no bairro Parquelândia, o Bar Besouro Verde promove neste sábado (19), das 18 horas às 22 horas, o pré-São João. Neste domingo (20), a partir das 12 horas, além das comidas típicas, também haverá bingo dançante.

O Besouro Verde possui uma das mais procuradas feijoadas da região e o premiado feijão verde, no concurso Comida di Buteco.

DETALHE – Quem chegar mais cedo neste domingo, ainda poderá torcer pelo “anavan” do Vozão no Brasileirão, diante do Vitória, às 11 horas, em Salvador.

Reflexos da crise econômica devem persistir até 2020 no turismo

Depois de três dias de debates sobre os caminhos para que o setor hoteleiro retome os trilhos do crescimento após três anos de perda de receitas, o 60º Congresso Nacional de Hotéis (Conotel) foi encerrado nessa sexta-feira (18), com a análise de números que indicam um cenário pouco alentador para o segmento em curto prazo.

Chefe da Divisão Econômica da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o economista Fábio Bentes afirmou que o segmento de serviços, em especial o turismo, ainda não conseguiu superar a crise econômica que teve início em 2014. Pelos cálculos de Bentes, após ter registrado uma queda de 6% da receita real no ano passado, o setor este ano deve enfrentar uma nova redução das receitas, da ordem de 4%.

“O que podemos constatar a partir do desempenho recente é que a crise ainda não acabou. Ainda existe muito terreno para ser recuperado após a fortíssima queda [da atividade] dos últimos anos”, declarou o economista. Segundo ele, entre 2015 e fevereiro de 2018, a perda de faturamento do turismo no Brasil chegou a R$ 157 bilhões.

Para Bentes, apesar da lenta retomada, o cenário para 2018 é um pouco menos desalentador que o de anos recentes. Pelos cálculos da entidade, “neste ritmo, o setor de turismo só vai conseguir ultrapassar a atual situação em 2020”.

Além de incertezas políticas e problemas econômicos, outro problema que ajuda a retardar a retomada do crescimento verificado até 2014 está o aumento da sensação de insegurança. Um recente estudo da CNC concluiu que só o Rio de Janeiro, no ano passado, perdeu R$ 1 bilhão com os impactos negativos da violência.

Após lembrar que o turismo responde por 8% do emprego formal no país, Bentes demonstrou que, entre 2015 e 2017, cerca de 7 mil estabelecimentos de hospedagem fecharam as portas em todo o país, encerrando milhares de postos de trabalho formal.

Não fosse pela recente crise, o setor de turismo só teria motivos para comemorar. Descontados os últimos resultados (2014-2017), o setor cresceu, em média, 22% ao longo de uma década (2006-2016), com destaque para as regiões Norte e Nordeste.

Já a chefe da Divisão de Inteligência Competitiva da Embratur, Angela Baltazar, procurou devolver o otimismo aos empresários que permaneciam no Centro de Eventos. Representante da autarquia federal responsável por promover os destinos turísticos nacionais, ela defendeu que a hotelaria tem muito potencial para continuar crescendo, já que a América Latina é “a bola da vez” e até mesmo a desvalorização do Real pode ser positiva para o turismo, já que torna o país mais barato e atraente para os turistas estrangeiros.

(Agência Brasil)

Candidatura Lula pode rachar o PT

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (19), pelo jornalista Henrique Araújo:

A quem interessa a manutenção da candidatura de Lula à presidência da República? É uma questão cuja resposta pode levar o PT a uma divisão insanável, com governadores de um lado e parlamentares da legenda do outro. Aos primeiros, interessa sobretudo a costura de alianças e a formação de palanques que lhes garantam conforto na corrida eleitoral. Para tanto, precisam urgentemente da definição de um plano B caso Lula não seja candidato – e tudo indica que não será.

Aos parlamentares petistas, entretanto, é indiferente se Lula será ou não barrado pela Lei da Ficha Limpa, desde que possam tirar proveito de nacos do eleitorado que ainda tem simpatia pelo ex-presidente, preso em Curitiba há pouco mais de um mês, mas ainda líder nas pesquisas de intenção de voto segundo as principais sondagens feitas até aqui.

Na última semana, essas divergências internas no PT vêm se explicitando. A declaração do governador do Ceará, Camilo Santana (PT), é apenas a mais eloquente delas – o petista disse que a insistência no nome de Lula seria “suicídio”. Hoje, o partido divide-se entre dois grupos: um pró-Lula, liderado pelo PT da Bahia. E outro pró-Ciro Gomes (PDT), encabeçado por Camilo. Nesse cabo de guerra, o PSB virou a noiva da vez: para onde pender o apoio da siga socialista, a tendência é que ali esteja o futuro petista.

Timemania tem maior premiação neste sábado

Sem prêmio acumulado na Mega-Sena ou na Quina, a Timemania possui a maior premiação neste sábado (19), segundo previsão da Caixa Econômica Federal. O concurso 1.182 deverá pagar R$ 4 milhões para quem acertar os sete números entre os 10 apostados. A aposta única é de R$ 2 e podem ser feitas até as 19 horas, em qualquer agência lotérica.

Mesmo sem estar acumulada, a Mega-Sena deverá pagar R$ 3 milhões no concurso 2.042, segundo ainda previsão da Caixa. A aposta mínima é de R$ 3,50.

Apostaram errado, diz ministro sobre críticos da reforma trabalhista

O ministro do Trabalho, Helton Yomura, comemorou a criação de 115.898 postos de trabalho no país em abril, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo presidente Michel Temer. Ao participar, em Fortaleza, do 60º Congresso Nacional de Hotéis (Conotel), nessa sexta-feira (18), Yomura disse que os resultados do Caged nos últimos quatro meses demonstram que as críticas à reforma trabalhista eram infundadas.

“Aqueles que falaram mal da reforma trabalhista, que insistiam em afirmar que a modernização das leis trabalhistas precarizaria as relações, fizeram uma aposta errada. Estamos registrando sucessivos saldos positivos desde o início do ano”, afirmou o ministro, confirmando que, embora a geração de vagas em abril tenha sido a mais alta desde o início da recuperação do mercado de trabalho, em 2017, o resultado está abaixo da média histórica para o mesmo mês.

Yomura lembrou que o país passou por sua mais longa e profunda crise econômica e que, no pico da crise, 150 mil postos de trabalho foram fechados em um único mês. ‘Isso não é um cenário trivial e do qual não é fácil sair”, disse o ministro, que destacou a importância das reformas estruturais propostas pelo governo federal. “São medidas que visam à recuperação dos empregos perdidos.”

O ministro ressaltou que os resultados de janeiro são os melhores dos últimos cinco anos, e os de fevereiro, desde 2014. “Algumas pessoas só lembram da série histórica quando lhes favorece. Tivemos [em abril] resultados positivos em todos os setores da economia, em todas as cinco regiões do país. E só a modalidade de trabalho intermitente gerou, no mês passado, mais de 3.600 vagas.”

Ele argumentou que, além das mudanças na legislação trabalhista, a geração de empregos vem sendo favorecida pelas reduções da inflação e da taxa de juros nominais. Para o ministro, isso estimula a retomada da atividade econômica. “Isso permite e encoraja os empreendedores a investir, gerando desenvolvimento e empregos”, disse Yomura aos jornalistas.

Um levantamento divulgado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) na terça-feira (15) analisa os primeiros impactos da mudança das leis trabalhistas na economia. Avaliando os dados do Caged, os pesquisadores concluíram que, entre novembro de 2017 e março deste ano, 15.493 trabalhadores foram contratados pelo novo regime de contrato intermitente, enquanto 2.101 profissionais foram demitidos. O comércio foi o setor que mais recorreu à nova forma de contratação, seguido por serviços.

“Até em relação à questão da sazonalidade, o contrato de trabalho intermitente é muito importante para os setores e segmentos mais afetados pela questão da sazonalidade. Porque, com ele, o trabalhador intermitente vai ser chamado pela empresa quando efetivamente houver demanda, quando houver um aumento da atividade. E o trabalhador deve ter todos os seus direitos trabalhistas resguardados”, explica a economista da CNC Izis Ferreira, em vídeo produzido pela entidade.

(Agência Brasil)