Blog do Eliomar

Últimos posts

Sindetran/CE lamenta em nota publicação do Detran sobre máfia de servidores no processo da CNH

619 1

Em nota enviada ao Blog, o Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Estado do Ceará aponta assédio moral contra servidores, por parte do Detran, quando o órgão aponta que o sistema de monitoramento do exame para a obtenção da CNH seria para impedir a eventual ação de uma máfia, acostumada a fraudar o processo. Confira:

O SINDETRAN/CE lamenta e repudia os atos anti-sindicais promovidos contra esta entidade e demais servidores pelo Superintendente do DETRAN/CE, Sr. Igor Vasconcelos Ponte, tanto em nota veiculada na data de 11.03.2017 quanto presencialmente na cidade de Sobral/CE, quando representantes sindicais compareceram ao Detran daquela cidade para, numa manifestação pacífica, registrar a implantação do sistema de monitoramento do exame de habilitação do Órgão, que não contou com o devido treinamento e qualificação dos servidores, colocando em risco a regularidade do procedimento.

O quadro de assédio moral no Órgão é preocupante e sua prática tem sido reiterada, em especial contra servidores integrantes da estrutura sindical, que lutam por dignidade e independência da categoria em todas as suas frentes.

Sábado passado, dia 11 de março, o Detran/CE fez publicar em seu site uma nota onde afirma que o monitoramento servirá para “impedir que eventual ação de uma máfia, que estava acostumada a fraudar o processo de obtenção da carteira de habilitação”, decidindo “começar esse sistema por Sobral, como uma resposta à ação de investigação do Ministério Público Estadual, que prendeu, no dia 19 de maio de 2016, três servidores do Detran e instrutores de duas autoescolas da cidade. Dois servidores foram demitidos e uma autoescola foi cassada, além da suspensão de 30 dias a um servidor e a uma autoescola”.

Essa informação repassada pelo Detran/CE em grande parte é falsa. Os servidores referidos na nota em nenhum momento foram demitidos dos seus cargos, atualmente os mesmos encontram-se apenas respondendo a processo administrativo disciplinar, ora em grau de recurso, sendo que um deles recebeu como penalidade administrativa apenas uma suspensão de 90 (noventa) dias, ou seja, foi absolvido das acusações. Some-se a isso o fato de que as supostas irregularidades teriam se dado na realização de provas teóricas para habilitação de condutores, e não em prova prática de direção veicular.

O que se percebe é que o Detran/CE, a exemplo de outras experiências do campo político do país, tenta justificar a exacerbada terceirização do órgão sob o argumento de corrupção, e o pior, de forma generalizada, como se todos os trabalhadores fossem, em sua totalidade, corruptos, o que não corresponde à realidade.

Hoje o Detran/CE mantém em contratos de terceirização mais de R$ 285.177.847,85 (duzentos e oitenta e cinco milhões, cento e setenta e sete mil, oitocentos e quarenta e sete reais e oitenta e cinco centavos), sendo que apenas o contrato da empresa de monitoramento em questão, FG CONSULTORIA E GESTÃO EMPRESARIAL E EDUCACIONAL EIRELI – EPP, alcança o valor de R$ 12.913.000,00 (doze milhões e novecentos e treze mil reais), sendo que estes serviços dizem respeito a atividade fim dos servidores, o que precariza a relação de trabalho pela falta de qualificação e precária remuneração, além de onerar ainda mais os usuários com o repasse de taxas embutidas nos valores cobrados pelas autoescolas a seus alunos.

Portanto, os servidores, através da entidade sindical SINDETRAN/CE, informa a toda sociedade que vai continuar no exercício do seu direito constitucional de reivindicar os direitos de sua categoria e dos usuários em geral, lutando pela suspensão de tamanha irregularidade nos âmbitos administrativo e judicial, a exemplo do que ocorreu recentemente com a determinação expedida pelo Ministério Público Federal na data de 08 de março de 2017 ao Superintendente do Detran/CE, acatando denúncia do Sindicato para recomendar que o Órgão se abstenha de aplicar exames de direção em vias que não disponham de condições de sinalização e conservação adequadas.

Reiteramos que o SINDETRAN/CE tem sido um guardião da honra e da dignidade do servidor público do Estado do Ceará, promovendo iniciativas que coíbam todo e qualquer ato que limite ou cerceie o direito dos seus pares.

SINDETRAN/CE

Custeio para TCM tem redução de mais de 80%

Um detalhamento do orçamento aprovado pelo Estado para o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), este ano, revela que, em comparação com o ano passado, os recursos disponíveis para custeio do órgão sofreram uma redução de 56% – de R$ 16,5 milhões para R$ 7,2 milhões.

Quando considerados nesse grupo de despesas especificamente o orçamento para contas como as de água, energia elétrica, telefone, coleta de lixo, postagem de documentos, manutenção predial e publicações legais o corte foi de 82%, tendo em vista que o valor passou de R$ 2,1 milhões para R$ 373 mil, suficiente para o pagamento de apenas dois meses.

Selecionando, dentre os gastos com custeio, somente serviços terceirizados, destinados, por exemplo, à limpeza, vigilância, serviços de tecnologia e atendimento ao público, a redução foi de 85%, passando de R$ 8,7 milhões em 2016 para R$ 1,3 milhão em 2017.

O orçamento total do TCM, que, além das despesas com custeio, contempla o pessoal concursado (folha de pagamento) e investimentos, foi reduzido em 20%, de R$ 102,8 milhões para R$ 82,7 milhões. Contudo, o detalhamento ora apresentado pelo órgão mostra que a redução ocorreu de forma não linear, dependendo do tipo de despesa realizada.

Enquanto as despesas para pagamento dos servidores efetivos teve um corte de 10% – de R$ 86,3 milhões para R$ 75,4 milhões – as despesas para manutenção do Tribunal sofreram um corte proporcionalmente maior, como mostra o levantamento acima.

De acordo com o presidente do TCM, Domingos Filho, “a redução do orçamento não ocorreu de forma linear, pois atingiu mais fortemente as despesas de custeio, que envolvem o funcionamento administrativo do órgão. Em termos práticos”, complementa o conselheiro, “a redução de recursos para essas despesas impacta nas ações finalísticas do TCM, expressas na Constituição, como fiscalização, orientação técnica e capacitação de mais de 3.700 unidades gestoras que gerenciam R$ 25 bilhões correspondentes à soma dos orçamentos dos 184 municípios do Ceará”.

Conforme anunciado em comunicado oficial no último dia 11, já há paralisação de serviços como atendimento ao público externo, capacitações presenciais, atendimento a denúncias sobre desvio de recursos por agentes municipais, fiscalização de licitações, contratos e convênios cujos documentos não estejam no TCM, e todas as viagens para inspeções especiais ou de rotina.

(TCM)

Celebrar a chegada da água ao sertão

Em artigo no O POVO deste sábado (18), o deputado federal José Guimarães reclama os benefícios da transposição das águas do São Francisco para os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff. Confira:

Por mais de 500 anos, o povo do sertão nordestino conviveu com a seca, miséria, fome e a degradação causadas pela estiagem prolongada. Só quando o País elegeu um filho do Nordeste, que conhece na pele o que é viver sem água, essa realidade começou a mudar. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tomou como missão cumprir uma promessa dos tempos do Império: levar água – e dignidade – ao sertanejo, com a transposição do rio São Francisco.

Por isso, nada mais justo que o próprio Lula venha agora comemorar com seu povo essa imensa conquista, juntamente a presidente Dilma Rousseff. Foi no mandato de Dilma que as obras chegaram a 86,3% concluídas.

Ao começar a obra, Lula recebeu críticas de todos os lados. De burocratas que nunca saíram de suas salas geladas, da mídia grande e de políticos adversários – os mesmos que agora, de forma cínica e oportunista, tentam tirar proveito do trabalho que antes execravam.

Ao todo, Lula e Dilma destinaram R$ 9,6 bilhões à transposição. Empenharam 92,4% e pagaram 87,5% da obra. Na nossa concepção de governo, o Nordeste não é problema, mas parte importante da solução para os problemas do País. Essa visão se concretizou em inúmeras políticas públicas, como Bolsa Família, microcrédito direcionado e valorização do salário mínimo vinculado à aposentadoria, por exemplo.

Como resultado, mesmo neste longo período de estiagem registrado na região – cinco anos -, não somos mais confrontados com as cenas chocantes de pessoas esquálidas de fome e sede, saques no comércio local em função do desespero e paus de arara cheios de retirantes rumo a outras regiões. Graças a muito trabalho e investimento social, essas imagens fazem parte do passado. E agora, com as águas do São Francisco, não voltam mais.

Depois de percorrer 477 quilômetros, o “Velho Chico” vai beneficiar 390 municípios e suas águas vão chegar a 12 milhões de nordestinos. O sertão vai virar um mar de prosperidade e esperança. E neste domingo vamos celebrar com Lula e Dilma a nossa maior conquista.

Executivo da BRF é preso no Aeroporto Internacional de Guarulhos

O gerente de Relações Internacionais e Governamentais da Brasil Foods (BRF), Roney Nogueira dos Santos, foi preso pela Polícia Federal (PF) neste sábado (18) no Aeroporto Internacional de Guarulhos após desembarcar vindo do exterior.

Segundo a assessoria da BRF, Santos se entregou às autoridades. O gerente teve a prisão preventiva decretada ontem pela operação Carne Fraca, da PF. Ele é acusado de influenciar fiscais do Ministério da Agricultura.

“[Roney Nogueira] remunera diretamente fiscais contratados, presenteia com produtos da empresa, se dispõe a auxiliar no financiamento de campanha política e até é chamado a intervir em seleção de atleta em escolinha de futebol. Com tantas benesses, há notícia de que ele possui login e senha para acessar diretamente o sistema de processos administrativos (SEI) do MAPA [Ministério da Agricultura], obviamente de uso restrito ao público interno”, disse o juiz federal Marcos Josegrei da Silva, que determinou a prisão do gerente.

Segundo a PF, os frigoríficos envolvidos na Operação Carne Fraca maquiavam carnes vencidas com ácido ascórbico e as reembalavam para vendê-las.

As empresas, de acordo com a polícia, subornavam fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para que autorizassem a comercialização do produto sem a devida fiscalização. A carne imprópria para consumo era destinada tanto ao mercado interno quanto à exportação.

(Agência Brasil)

A surpreendente criatividade criminosa

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (18), pelo jornalista Érico Firmo:

O Brasil não para de surpreender pela diversidade de ramos em que produz escândalos. Já houve punhado de casos de leite e de suco contaminados até com soda cáustica. Dessa vez, um dos mais caros produtos da refeição está envolvido em assustadora sequência de irregularidades. Foi identificada, segundo a Polícia Federal, carne estragada e contaminada com bactérias, uso de produtos químicos para maquiar o cheiro de podre, água injetada para aumentar o peso. Até produtos para merenda escolar foram adulterados. Não havia limites na atuação dessa gente.

Esse escândalo afeta a população de maneira particularmente sensível. As pessoas até ficam indignadas com casos de corrupção como os revelados na Lava Jato. Porém, não é tão palpável a forma como o dia a dia é afetado. No caso da operação Carne Fraca, creio que todo consumidor de carne ficou a se perguntar se chegou a comer os produtos nos quais foram constatados problemas.

Não se trata de empresas de fundo de quintal. São potências econômicas, que produzem para o mercado internacional. Como ocorre na Lava Jato, potências do setor privado nacional se veem envolvidas num esquema constrangedor para ludibriar o consumidor. Como consequência, risco à saúde de quem cometeu o desatino de comprar a porcaria que, conforme as investigações, estava sendo vendida como produto de grife.

Gigantes do mercado brasileiro não se consolidaram pela qualidade do que fazem. Os estratagemas para crescer e dominar o mercado são diversos. Muitos à margem da legalidade. Isso é amadurecimento que as mais recentes operações contra a corrupção tem explicitado: não só o setor público é corrupto. E raramente os desvios dos governos ocorrem sem conluio com a iniciativa privada. Pelo contrário, a forma de consolidação dos grandes negócios particulares no Brasil muitas vezes passa pela relação parasitária com o poder público.

No caso da Carne Fraca, parte central do esquema é a corrupção dos fiscais. O esquema é privado, mas dependia de conivência criminosa dos agentes estatais. Talvez aí esteja parte da explicação para a generosidade eleitoral de algumas das empresas envolvidas. Não necessariamente por fraude, mas seguramente pela busca de boas conexões.

Parte da propina paga pelas empresas ao Ministério da Agricultura abastecia PMDB e PP, segundo a Polícia Federal. Os investigadores disseram não saber as razões para os partidos receberem favorecimento pela fraude na comercialização de carne. É assunto que merece ser bem aprofundado. Pode ser o fio de uma meada bastante perigosa.

Água para o Nordeste

Em artigo no O POVO deste sábado (18), o presidente Michel Temer destaca a integração das águas do rio São Francisco. Confira:

As águas do rio São Francisco avançam céleres pelo projeto de integração que vai beneficiar 12 milhões de pessoas em 390 municípios de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte. Acabam de inundar o açude Poções, em Monteiro, na Paraíba, estrutura final dos 217 quilômetros de extensão do Eixo Leste do projeto.

O Nordeste é prioridade. Por isso, nosso governo retomou obras paradas e elevou, em 2016, para 96% o percentual de execução das obras físicas do projeto. Os repasses para o Eixo Leste aumentaram 23%, com desembolso de cerca de R$ 379 milhões.

O Eixo Norte da integração do São Francisco, que está com 94,52% de execução, será inaugurado ainda neste ano. Já repassamos R$ 224 milhões às obras, atingindo mais de 602 milhões.

Outras obras estão sendo tocadas com o mesmo comprometimento. A atenção especial ao projeto São Francisco foi estendida ao Cinturão das Águas do Ceará, à Adutora do Agreste Pernambucano, à Vertente Litorânea Paraibana e ao Canal do Sertão Alagoano.

A integração do São Francisco é uma obra redentora para toda a região. Assim como as reformas estruturantes vão revitalizar a economia brasileira, a água vai revitalizar o Nordeste. Vamos entregar a transposição ao fim de 2018, quando também teremos um país melhora quem venha assumir o governo.

Nosso trabalho pelo Nordeste não se restringe ao projeto de transposição do São Francisco. Lançamos, no ano passado, o Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. É investimento de cerca de R$ 7 bilhões, até 2026, para recuperar o que foi degradado e evitar que o uso do solo e das águas prejudique o volume e a qualidade da água do São Francisco.

Estamos, também, expandindo os níveis de saneamento e de abastecimento de água nas comunidades da região. O Ministério das Cidades tem 327 obras em andamento, totalizando investimentos da ordem de cerca de R$ 12 bilhões.

A força do povo nordestino é como a força das águas do São Francisco, nada pode contê-la. É como a força do Brasil!

Nada pode impedir nosso país de ser grande.

Camilo garante apoio à população de Assaré

O rompimento de duas barragens no município de Assaré, no Sul do Ceará, a 520 quilômetros de Fortaleza, fez com que as águas invadissem ruas e casas, nessa sexta-feira (17).

Assim que tomou conhecimento dos alagamentos, o governador Camilo Santana ligou para o prefeito Francisco Evanderto Almeida (PSD) e assegurou ajuda.

Somente neste sábado (18) é que a população passou a receber melhor assistência da Defesa Civil do Estado e do Corpo de Bombeiros, diante do recuo das águas.

Os estragos serão avaliados no início da próximo semana, após a população conseguir alojamentos.

(Foto: Divulgação)

PDT confirma pré-candidatura de Ciro Gomes ao Palácio do Planalto

567 15

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, confirmou na manhã deste sábado (18), em Brasília, a pré-candidatura de Ciro Gomes ao Palácio do Planalto nas eleições do próximo ano. O discurso de Lupi abriu as falas da convenção nacional do partido.

Além de Ciro Gomes, o Ceará esteve representado pelo ex-governador Cid Gomes, pelo prefeito Roberto Cláudio, pelo ex-senador Flávio Torres e pelo presidente do PDT no Ceará, deputado federal André Figueiredo.

(Foto: Divulgação)

Friboi e Sadia: Qual o limite da responsabilidade do garoto propaganda em campanhas publicitárias?

533 4

Em artigo enviado ao Blog, o advogado Frederico Cortez questiona a responsabilidade dos garotos propaganda na divulgação de produtos. Confira:

Quem nunca espera o dia de sábado ou domingo para fazer aquele churrasco em volta de amigos e familiares? E passo importante e fundamental no processamento do churrasco está na compra da carne.

Os principais meios de comunicação do país noticiaram sobre uma ação da polícia federal nas dependências de uma das maiores empresas de processamento de carnes do mundo, a JBS, também conhecida como Friboi.

Nessa investigação, a PF identificou adulteração nas carnes comercializadas, estando fora da validade e contendo até pedaço de papelão embutido nas carnes processadas.

E agora, saindo um pouco da seara policial cabe nos indagar, o que achar então da falta de declarações dos artistas Tony Ramos, Roberto Carlos e Fátima Bernardes quanto a esse fato, onde todos estrelaram campanhas publicitárias milionárias, cujo objetivo comercial era dotar a propaganda publicitária de credibilidade e segurança.

Ora, se o Tony Ramos, Roberto Carlos e Fátima Bernardes vem a público atestarem que “se é carne, é Friboi” ou “ se é Sadia, é bom”, há que se esperar por parte do público consumidor que esses produtos são cercados de total segurança em níveis de higienização e procedência.

No entanto, ao que parece, logo depois dessa “bomba” explodir os atores que foram pagos por cachês milionários para darem suas caras às marcas Friboi e Sadia estão querendo pular fora do barco quanto à sua responsabilidade sobre os produtos.

Bem, independentemente dos protagonistas dizerem que são apenas contratados por agências publicitárias e que não tem responsabilidade sobre os produtos comercializados para encabeçarem essas campanhas de marketing, se faz necessário estabelecer um marco para se aferir qual o limite da responsabilidade dos atores de uma campanha publicitária e a qualidade do produto que eles propagam para o público.

Ainda assim, creio, que se o ator recebeu um valor para fazer a peça publicitária há sim que responder por eventual dano que venha a ocorrer por inspirar os consumidores a consumir aquele produto específico indicado pelos atores, já que estes estão ali justamente para certificar a qualidade e credibilidade de tais produtos, uma vez que são pessoas famosas e formadores de opinião, sobretudo.

Caso venha a figurar que o ator ou garoto propaganda não tenha nenhuma responsabilidade sobre os danos causados pelos produtos por eles indicados em peças publicitárias, ao meu sentir caracteriza-se enriquecimento ilícito, já que fora pago para certificar um produto e que em razão do seu status de celebridade, leva milhões de consumidores a comprar esse mesmo produto indicados por eles, acreditando que se trata de um produto de boa qualidade, procedência e livre de doenças ou riscos para o consumo.

Serviços da Caixa ficarão indisponíveis amanhã por quatro horas

Devido a uma manutenção técnica que será realizada neste domingo (19), os serviços de autoatendimento, internet banking e a opção débito dos cartões dos correntistas da Caixa Econômica Federal ficarão indisponíveis por quatro horas, no período entre 1h e 5h.

Em nota, o banco informou que a função crédito dos cartões não será afetada e funcionará normalmente. “A pausa nos serviços se deve a uma manutenção tecnológica que visa melhorar a qualidade e disponibilidade dos serviços aos clientes”, afirmou Caixa, em comunicado.

(Agência Brasil)

Projeto no Senado pode antecipar liberação de presos

O Plenário do Senado terá sessão deliberativa na terça-feira (21) e pode apreciar um projeto de lei que traz uma solução para atenuar o problema da superlotação dos presídios brasileiros. Elaborado por uma comissão especial de juristas, o PLS 513/2013 altera a Lei de Execução Penal para realizar mutirões em presídios com lotação máxima e, em último caso, antecipar a liberação de presos.

O texto estipula que sempre que um estabelecimento penal atingir a capacidade máxima, deve promover mutirão para verificar a situação dos presos ali recolhidos. Se, mesmo após isso, a lotação não for normalizada, deverá ser antecipada a liberdade dos detentos mais próximos do fim do cumprimento da pena.

Outras modificações propostas são a progressão automática de regime para presos com bom comportamento que tiverem cumprido ao menos 1/6 da pena no regime anterior, a vedação à permanência de presos provisórios em penitenciárias e o prazo de quatro anos para a extinção das carceragens em delegacias de polícia.

O projeto entrou em regime de urgência no início de março e ainda carece de parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), que poderá ser emitido em Plenário pelo relator, senador Jader Barbalho (PMDB-PA). A proposta é uma resposta do Senado à crise do sistema penitenciário brasileiro. No início do ano, mais de 130 presos foram mortos em rebeliões e chacinas em presídios de diversos estados.

(Agência Senado)

Camilo e Onélia surpreendem no forró durante a Feirart

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=CHiEpycAH0o[/embedyt]

Quem pensa que o governador Camilo Santana não possui jogo de cintura, certamente ficaria surpreso com o show de Camilo e Onélia Santana, nessa sexta-feira (17), durante a 55ª Feira de Artesanato do Ceará (Feirart), na Praça Luiza Távora, na Aldeota. Ao som de “todo tempo para mim é pouco”, Camilo e Onélia mostraram que são bons no forró.

A feira reúne mais de 200 artesãos expositores de 86 municípios. O evento, que será encerrado neste sábado (18), comemora o Dia do Artesão, celebrado neste domingo (19). A programação conta com oficinas para o público de areia colorida, fibra vegetal e argila, shows, além da entrega de equipamento de informática para entidade artesanal.

O novo Portal O POVO

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (18):

Estreia, neste domingo (19), o novo Portal O POVO Online. A mudança traz novo layout e recursos gráficos e marca o início das comemorações dos seus 20 anos.

O portal passa a contar agora com canal Vida & Arte e uma nova agenda cultural, que foi redesenhada para dar muito mais serviço ao internauta. A agenda foi dividida em cinco áreas: cinema; gastronomia; shows e espetáculos; festas; e exposições e eventos.

“Estamos reforçando este segmento para atender a demanda de nossos leitores que buscam, de forma cada vez mais criteriosa, serviços e notícias de qualidade”, diz o diretor-adjunto de Redação do O POVO, Erick Guimarães.

O redesenho do Portal foi pensado para facilitar a navegação do leitor, destacando conteúdos de blogs e colunas, canais de notícia, esportes e cultura e os especiais produzidos pela redação do O POVO.

O portal está no ar no endereço www.opovo.com.br e opera esta semana em versão teste.

Ex-tesoureiro afirma que campanha de Dilma ocorreu dentro da legalidade

O prefeito de Araraquara (SP), Edinho Silva, ex-tesoureiro da campanha de 2014 da ex-presidente Dilma Rousseff, disse nessa sexta-feira (17), em depoimento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que a campanha da petista ocorreu totalmente dentro da legalidade. Edinho negou ter participado de ações para arrecadar recursos por meio de caixa 2.

“A coligação existiu sim, mas existiu em uma composição natural de campanha e ocorreu dentro da legalidade. Eu jamais, em hipótese alguma, participei de nenhum diálogo que tenha tabulado doações de campanha por caixa 2. Ao contrário. A campanha da presidenta Dilma agiu totalmente dentro da legalidade, de forma ética e seguindo todos os preceitos legais estipulados pela legislação brasileira”, disse após seu depoimento.

Edinho, que foi arrolado como testemunha na ação, foi ouvido por videoconferência pelo ministro Herman Benjamin, do TSE, que estava em Brasília. O ex-tesoureiro prestou depoimento na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), na capital paulista.

O ex-tesoureiro disse que a contratação de empresas pela campanha da petista respeitou o critério do menor preço. “Eu posso assegurar é que a campanha contratou as empresas que forneceram o menor preço e esses materiais foram entregues. E todos os gastos da campanha da presidenta Dilma foram declarados ao TSE. Isso eu asseguro”, disse.

Já o advogado da ex-presidente, Flávio Caetano, afirmou, depois do depoimento de Edinho, que o processo de investigação eleitoral da chapa Dilma-Temer deverá ter em uma nova fase após as delações premiadas de empresários e funcionários da Odebrecht. Segundo ele, há fatos novos que não haviam sido veiculados no início da ação.

(Agência Brasil)

Congresso Gestino – Empresas debatem em Fortaleza a inteligência como motor da inovação

Atualmente as empresas estão sendo convocadas a apresentar uma nova postura. Não restam dúvidas de que devem progredir em todas as áreas, reavaliar conduta e implantar sistemas e processos de gestão da inovação. E por que não reunir presidentes, diretores e gestores de empresas de diversos ramos com o objetivo de trocar experiências acerca de práticas adotadas?

É o que acontece neste sábado (18) no 7º Congresso Gestino de Inovação, que este ano se dará em torno do tema “Inteligência como motor da Inovação”. O encontro será das 7h30 às 13h, no auditório da EIM Instalações Industriais, com inscrições gratuitas.

Na programação, palestras sobre Inteligência Artificial, com o diretor da Verde Tecnologia, Édson Patrício; Inteligência Emocional, com a sócia-diretora da TBC Consultoria, Danubia Pereira; Inteligência Empresarial, com o desenvolvedor do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação (ITIC), Magno Matos; e Empreendedor Endeavor, com a diretora da FortBrasil, Juliana Freitas.

Completará a programação os tradicionais debates sobre boas práticas de empresas associadas ao Instituto de Tecnologia e Inovação Gestino (Instig), que este ano trará assuntos como incremento da produtividade em tempo de crise, estratégia empresarial de sucesso e inovação na formação do inglês, com apresentações da Benatextil, Rolemak e Cultura Inglesa, entre outras.

Metodologia Gestino | Instituto Instig

Desenvolvida na Europa e implantada em mais de 70 empresas no Brasil, através do Instituto de Tecnologia e Inovação Gestino (Instig), Gestino é uma metodologia de gestão nas áreas de desenvolvimento, pesquisa e inovação tecnológica. A finalidade é tornar a empresa competitiva, utilizando a inovação com a participação ativa de todos. Através dela, são identificadas lacunas e potencializados pontos fortes, como uma bússola e roteiro para o crescimento.

Serviço

7º Congresso Gestino de Inovação

O quê: Inteligência como motor da Inovação

Onde: EIM Instalações Industriais (Av. Washington Soares, 5700, Cambeba)

Mais informações: (85) 3474.5000

(EIM)

Petrobras reajusta em 9,8% o preço de botijões de gás de uso residencial

A Petrobras aumentou em 9,8%, em média, os preços dos botijões de até 13 kg de gás liquefeito de petróleo para uso residencial (GLP P-13). O reajuste entrará em vigor às 0h de terça-feira (21). O último reajuste realizado pela companhia foi em 1º de setembro de 2015. A empresa alertou que a correção não se aplica ao GLP de uso industrial.

A Petrobras destacou ainda que as revisões dos preços feitas para as refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor, uma vez que, de acordo com a legislação, há liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados. “Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores”, apontou a empresa na nota de informação do aumento.

Pelos cálculos da companhia, se o reajuste for repassado, integralmente, aos consumidores, o preço do botijão de GLP P-13 pode ter alta de 3,1% ou cerca de R$ 1,76. “Isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos”. Ainda conforme a nota, o ajuste foi aplicado sobre os preços praticados pela Petrobras sem incidência de tributos.

(Agência Brasil)