Blog do Eliomar

Últimos posts

Em vídeo, Moro pede que manifestantes não compareçam a depoimento de Lula

152 2

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=OEU7iUEGKOM[/embedyt]

O juiz federal Sérgio Moro divulgou um vídeo em que pede para que manifestantes não compareçam à Justiça Federal em Curitiba na quarta-feira (10), quando estão sendo marcados protestos por ocasião do depoimento no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao magistrado.

“Não costumo fazer isso, mas vou fazer isso dessa vez”, diz Moro logo no início da gravação. “Tenho ouvido que muita gente que apoia a Operação Lava Jato pretende vir a Curitiba manifestar esse apoio, ou pessoas mesmo de Curitiba pretendem vir aqui manifestar esse apoio… eu digo o seguinte: este apoio sempre foi importante, mas nessa data ele não é necessário”, afirma o magistrado no vídeo que foi publicado na página do Facebook mantida por sua mulher, Rosângela Wolff Moro.

Na próxima quarta, será primeira vez em que Lula e Moro se encontrarão cara a cara na sala de audiências. O depoimento de Lula será dado no processo em que ele é acusado de receber propina da empreiteira OAS por meio das reformas de um apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo, e de um sítio em Atibaia, no interior do estado. A defesa do ex-presidente nega que ele seja dono dos imóveis.

Grupos de simpatizantes do ex-presidente e de defesa da Lava Jato planejam se aglomerar nas proximidades do fórum, mas a Secretaria de Segurança Pública do Paraná planeja um esquema especial para data. Haverá um bloqueio em um raio de 150 metros em torno do prédio, e apenas jornalistas credenciados e moradores da região poderão passar pelos policiais.

“Tudo que queremos evitar nessa data é uma confusão e conflito, e acima de tudo não quero que ninguém se machuque em eventual discussão ou conflito nesta data, por isso minha sugestão é: não venha. Não precisa, deixe a Justiça fazer seu trabalho com normalidade, e espero que todos compreendam”, concluiu Moro no vídeo de pouco mais de um minuto.

(Agência Brasil)

Macron vencerá eleições com mais de 60% dos votos, aponta imprensa europeia

Emmanuel Macron vencerá o segundo turno das eleições presidenciais da França que estão sendo realizadas neste domingo (7) com mais de 60% dos votos, segundo projeções publicadas pela imprensa na Bélgica e na Súiça.

A emissora de televisão belga informa também em seu site que o candidato centrista está “claramente na liderança”, de acordo com pesquisas de boca de urna e outros estudos. O índice varia entre 62% e 67% dos votos para Macron.

A mesma emissora cita uma fonte do Ministério do Interior da França, que indica que Macron teria 62,5% dos votos até o momento.

O jornal francófono Le Soir indica em sua edição digital que Macron venceria com grande vantagem sua adversária, a líder da extrema-direita Marine Le Pen.

O Le Soir usa como base para a afirmação diferentes pesquisas de boca de urna feitas por quatro institutos de estatística. De acordo com as estimativas, também haverá um “número importante” de votos brancos e nulos.

Na França, uma lei de 1977 proíbe a difusão de pesquisas relativas às eleições presidenciais na véspera e no dia do pleito.

(Agência Brasil)

Torcedores do Vozão fazem carreata e pedem retorno da equipe à Série A

Centenas de veículos circularam pelos principais bairros de Fortaleza, neste domingo (7), para comemorar o 44º título estadual do Ceará Sporting. A carreata foi encerrada na sede alvinegra, no bairro Porangabuçu, onde o torcedor se divertiu com atrações musicais.

Durante o percurso da carreata, a torcida alvinegra pediu o retorno do Vozão à Série A do Campeonato Brasileiro. O Ceará estreia na Série B deste ano, na sexta-feira (12), no estádio Rei Pelé, diante do CRB.

Para reforçar o time, a diretoria alvinegra anunciou as contrações do goleiro Fernando Henrique, do volante Pio e do atacante Roberto.

Desde a conquista do estadual, na quarta-feira (3), na vitória de 1 a 0 sobre o Ferroviário, os jogadores estavam de folga, mas retornarão aos treinamentos nesta segunda-feira (8).

(Foto: Ana Barata)

Paupina – Projeto quer tirar da vulnerabilidade social moradores do MCMV

Com o objetivo de promover a melhoria da qualidade de vida, além do fortalecimento de uma identidade territorial e de uma cultura de organização social aos moradores do Minha Casa e Minha Vida (MCMV), foi lançado nesse sábado (6), no bairro Paupina, o projeto Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Território (DIST). A iniciativa faz parte de uma estratégia nacional patrocinada pela Caixa Econômica Federal, que está sendo desenvolvida em Fortaleza pelo Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano (IADH), a Universidade Biocêntrica, o Instituto Girândola, a Associação dos Circos e Artistas do Nordeste (ACAN) e a Quitanda das Artes.

Durante o lançamento, foram promovidas diversas atividades culturais e serviços sociais e de cidadania, como distribuição de mudas, apresentação circense, emissão de documentos, vacinação de animais além de reuniões com conselhos tutelares. Já no período da tarde, os moradores vão se dividir em grupos para debater as etapas do projeto que tem duração de dois anos.

O DIST visa contribuir para transformar o cenário de fragilidade social de muitas famílias que ocupam as habitações do Minha Casa Minha Vida, promovendo a organização e autonomia dos moradores, sua inserção econômica através de empreendedorismo e a garantia do acesso a políticas públicas. Para isso, são trabalhados quatro eixos: Governança Territorial e Articulação de Políticas Públicas; Promoção da cultura Empreendedora, da economia e finanças solidárias; Promoção de Identidade Sociocultural e Comunicação e Gestão Ambiental com foco em Resíduos Sólidos.

Na capital cearense, além da Paupina (onde funcionam oito conjuntos do MCMV apelidados de “Escritores” com 1960 unidades), o projeto atua em outras áreas consideradas vulneráveis socialmente: Barroso (Conjunto São Domingues, com 120 unidades), Passaré (São Bernardo, com 80 unidades), José Walter (Conjunto Cidade Jardim, com 5.536 unidades) e Mondubim (Monte Líbano com 256 unidades).

(Foto: Divulgação)

Recorde na Academia Enem: a luta de Roberto Cláudio para dar melhores oportunidades aos que mais precisam

513 1

Em artigo enviado ao Blog, o coordenador Especial de Políticas Públicas de Juventude de Fortaleza, Júlio Brizzi, destaca o maior número de presença de alunos na Academia Enem, com oito mil candidatos, nesse sábado (6). Confira:

Se entre os papéis centrais do poder público estão a promoção de caminhos de igualdade e a garantia de possibilidades equitativas de crescimento econômico e social; então, este final de semana, sem sombra de dúvidas, representa um marco para esses propósitos fundamentais que vêm definindo a trajetória da luta e da gestão do prefeito Roberto Cláudio.

Quando Roberto Cláudio afirmou que buscaria fazer do primeiro ano da sua nova gestão à frente da cidade de Fortaleza uma demonstração de superação de metas e desafios, ninguém que o conhece de verdade teve dúvidas de que realmente seria para valer.

E o sábado deste final de semana é mais uma prova dessa constatação, pois entra para a história com o sucesso garantido pelo recorde de público da Academia Enem, com cerca de 8 mil jovens e adultos, prioritariamente de escolas públicas e bairros carentes, que buscam o sonho de uma formação de nível superior.

A proposta do prefeito Roberto Cláudio com a Academia Enem foi de criar uma política complementar de preparação para jovens ou adultos que estão cursando ou concluíram o terceiro ano do Ensino Médio, garantindo mais chances de ingressar em universidade pública.

Os estudantes são beneficiados com bilhetes únicos para um deslocamento gratuito, materiais escolares, camisetas, lanches, e o mais importante, aulas com os melhores professores da cidade de Fortaleza, dentro do Ginásio Paulo Sarasate.

O Programa, que, desde o seu início, já beneficiou mais de 40 mil estudantes, começa agora uma nova fase em 2017 com esse grande sucesso. Além disso, este ano, os cem melhores alunos da Academia Enem de 2015 e 2016 estão sendo beneficiados com bolsas de intercâmbio no Canadá e na Espanha por meio do Programa Juventude sem Fronteiras da Prefeitura.

Esses resultados são provas incontestáveis da luta e do trabalho de Roberto Cláudio para garantir políticas públicas que promovem a igualdade de oportunidades, especialmente para as pessoas que mais precisam.

De Assis Diniz é reconduzido à presidência do PT do Ceará e diz que buscará reeleição de Camilo

O presidente do PT Ceará, De Assis Diniz, foi reconduzido ao comando do partido, por unanimidade, neste domingo (7), durante o 6º Congresso Estadual do PT, na Universidade Estadual do Ceará – Uece, no Campus do Itaperi. O deputado estadual Elmano de Freitas concorria ao cargo, mas desistiu da disputa antes do início da votação.

De Assis afirmou que buscará a reeleição do governador Camilo Santana (PT).

O 6º Congresso Estadual do Partido dos Trabalhadores avalia o cenário nacional e local, além do balanço dos governos petistas. Cerca de 400 delegados petistas de todo o Ceará participam do congresso.

(Fotos: Divulgação)

Doria quer polarizar com Lula; Lula também estaria polarizando com Dória?

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=QY2P4rW8zR4[/embedyt]

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva desafiou na sexta-feira (5), durante a abertura do Congresso do PT em São Paulo, que o prefeito da capital paulista, João Doria, apresentasse sua Carteira de Trabalho com alguma atividade de emprego. A resposta de Doria veio de imediato, por meio das redes sociais. Carteira assinada desde os 13 anos de idade, segundo o prefeito de São Paulo.

Como em uma simbiose, quando duas espécies diferentes se beneficiam na relação dos dois organismos, Lula e Doria têm crescido politicamente nessa polarização.

Enquanto o prefeito de São Paulo se cacifa dentro do PSDB como pré-candidato ao Palácio do Planalto, Lula pode estar alimentando um opositor para o segundo turno sem comprovação de eficiência em gestão pública, além de um político (sim, Doria é um político) que abandona a missão que lhe foi confiada pelo eleitor, logo em sua primeira experiência como gestor.

Se Doria usa Lula ou Lula usa Doria, ainda é cedo para essa leitura política. A única certeza é que, no final, a simbiose se transformará em predatismo.

Franceses vão às urnas para definir novo presidente do país

Ao longo deste domingo (7), os franceses vão às urnas no segundo turno da eleição que vai definir o presidente para governar o país pelos próximos cinco anos. Na disputa estão o candidato de centro Emmanuel Macron e a de extrema-direita Marine Le Pen. A eleição de hoje é vista como a mais importante na França em décadas, com candidatos que têm visões opostas sobre a Europa.

Enquanto a candidata Le Pen, da Frente Nacional, fecharia as fronteiras do país e abandonaria o Euro, o candidato Macron, que nunca assumiu um cargo eleitoral, quer uma cooperação europeia mais intensa e uma economia aberta.

O candidato social liberal à Presidência da França, Emmanuel Macron, favorito em todas as pesquisas para a vitória, votou na localidade de Le Touquet, no Noroeste do país, em meio a uma grande expetativa popular e da imprensa. Após votar, o candidato cumprimentou vários moradores que tinham ido ao lugar, muitos mais do que os que se reuniram no mesmo local no primeiro turno.

Já a candidata ultradireitista nas eleições presidenciais francesas, Marine Le Pen, votou em seu reduto eleitoral de Hénin-Beaumont, no Norte da França. Com aparência séria e diante de um bom número de jornalistas, Marine, deverá acompanhar a apuração dos votos em Paris.

(Agência Brasil)

Jorge Ben Jor e Skank são atrações neste domingo na Praia de Iracema

As melodias que consagraram o cantor e compositor carioca Jorge Ben Jor fazem parte da turnê Nivea Viva Jorge Ben Jor, neste domingo (7), na Praia de Iracema, a partir das 17 horas, que traz também a banda mineira Skank e a cantora paulista Céu.

A turnê, que já passou pelo Rio de Janeiro e Porto Alegre, é uma homenagem ao rei do “suingue e da simpatia”. Jorge Ben Jor cantará para o público de Fortaleza músicas como País Tropical, Que Pena, Balança Pema, Menina Mulher da Pele Preta, Chove Chuva, Xica da Silva, A Banda do Zé Pretinho, Ive Brussel, Carolina Carol Bela, Mas que Nada e Umbabaraúma.

(Foto: Leitor do Blog)

Corte Interamericana analisará morte de Vladimir Herzog

A Corte Interamericana de Direitos Humanos informou nesse sábado (6) que analisará durante seu próximo período de sessões, entre os dias 15 e 26 deste mês, o caso sobre a morte do jornalista Vladimir Herzog pela ditadura brasileira.

A audiência para avaliar a “situação de impunidade em que se encontram a detenção arbitrária, tortura e morte” de Herzog, ocorridas em 25 de outubro de 1975, está marcada para o dia 24, informou a Corte Interamericana em comunicado.

Diretor de jornalismo da TV Cultura de São Paulo na época, Herzog compareceu espontaneamente, no dia 24 de outubro de 1975, ao Destacamento de Operações de Informação – Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi) para interrogatório sobre uma suposta ligação com o Partido Comunista Brasileiro.

Acabou torturado e assassinado, mas o inquérito militar realizado concluiu que Herzog tinha cometido suicídio dentro de sua cela.

(Agência Brasil)

Camilo em busca de sua marca

220 1

Da Coluna Fábio Campos, no O POVO deste domingo (7):

Alguém por aí se lembra de que o governador Camilo Santana é do PT? Pois é. Na campanha, em 2014, o material de divulgação do então candidato bancada pela família Ferreira Gomes já relegava o vermelho petista ao terceiro plano. Camilo vestia camisa branca. Nas imagens, predominava uma mistura de amarelos. E olha que eram tempos em que o escândalo do petrolão e a Lava Jato ainda estavam nas fraldas.

A conveniência de esconder a sigla e suas cores não se restringiu à campanha. Camilo faz o governo menos petista que o menos petista dos petistas poderia imaginar. O governador praticamente não fala de partido. Com as últimas notícias da Lava Jato, se alguém perguntar ao governador acerca de sua filiação, talvez se saia com essa: “Como assim?”, expressaria denotando desconhecimento de causa.

Um governo de cofres vazios, sem dinheiro para trocar obras em um país mergulhado na recessão. As contas do Ceará respiram através de aparelhos. Entretanto, não estão na UTI. Em meio ao desamparo das circunstâncias, o governador busca uma marca para credenciar-se como candidato à reeleição.

Quais os peixes que Camilo Santana vai vender na campanha de reeleição, provavelmente já como um ex-petista? Um deles será justamente o equilíbrio das contas. Isso concede credibilidade ao candidato, mas só reelege síndico de prédio. Outro será… será… será… nada está na ponta da língua.

Cid Gomes deixou uma imensidão de obras para dar continuidade em um deserto financeiro. No fim das contas, sobram obras inacabadas e algumas outras finalizadas, mas sem o uso dimensionado.

É claro que há para Camilo um amontoado de pequenas obras de impacto restrito, inauguradas ou a inaugurar.

Vale ressaltar a correta política de combate aos efeitos da seca. Nesse ponto, o Governo foi sábio ao sistematizar e planejar as ações. A área de segurança é outra delicada. Até que vinha bem, mas os quatro primeiros meses de 2017 ligaram a sirene de alerta. Ainda na segurança, Camilo substituiu um discreto secretário por outro mais jovem, com arma no coldre e que usa redes sociais para mandar recados. Defensor ardoroso dos policiais militares e civis, fez o gosto da tropa. Fechou ainda mais os espaços políticos do opositor Capitão Wagner, mas os índices pioraram.

Mas, voltemos ao menos petista dos ainda petistas. De olho na reeleição, Camilo se abraçou a um pequeno grupo em busca de salvação. Maia Jr é o representante dessa turma no Governo. Participam desse grupo, quadros como o executivo Geraldo Luciano, conselheiro informal de todas as horas.

O foco é dar uma cara mais definida à gestão, manter equilíbrio das contas, azeitar a máquina administrativa, melhorar o desempenho das políticas públicas, se reeleger e fazer um segundo Governo de melhor qualidade. Sempre na expectativa de que os anos vindouros serão menos ranzinzas de água e, principalmente, de dinheiro.

Papa pede solução para crise na Venezuela

O papa Francisco pediu nesse sábado (6) que os bispos venezuelanos façam o possível para estabelecer pontes entre o governo do presidente do país, Nicolás Maduro, e a oposição visando solucionar a crise interna, informou a Conferência Episcopal da Venezuela.

Ela publicou uma carta que o papa enviou aos bispos venezuelanos. No documento, Francisco se solidariza com as “dificuldades” que todos estão atravessando e agradece pela “contínua luta em evitar qualquer forma de violência, em respeitar os direitos dos cidadãos e em defender e promover a dignidade humana e os direitos fundamentais”.

“Igual aos senhores, estou convencido de que os grandes problemas da Venezuela só podem ser solucionados se houver vontade de estabelecer pontes, de dialogar seriamente e de cumprir com os acordos firmados. Exorto-lhes a continuar fazendo o máximo necessário para que esse caminho seja possível”, diz a carta.

O papa afirmou que segue preocupado com a situação do povo venezuelano e expressou uma “profunda dor pelos enfrentamentos e pela violência”. Nos últimos dias, 37 pessoas morreram e mais de 700 ficaram feridas em uma onda de protestos que tomou as ruas do país.

“A violência não ajuda a solucionar os problemas, só provoca mais sofrimento e dor”, afirmou o papa, agradecendo as iniciativas dos bispos para fomentar a generosidade e a solidariedade entre os venezuelanos.

(Agência Brasil)

Conexão entre o Rio e o Ceará busca democratizar a dança

A democratização da dança e a troca de experiências entre profissionais de dois estados é o objetivo do projeto de ocupação Conexão Dança Ceará/Rio de Janeiro, que até o próximo domingo (14) toma conta do Teatro Cacilda Becker, espaço da Fundação Nacional de Arte (Funarte) no bairro do Catete, zona sul do Rio.

A programação, aberta na quarta-feira (3), conta com oficinas, palestras e debates gratuitos, além de espetáculos a preços populares, todos por iniciativa da Associação Dança Cariri, criada em Juazeiro do Norte (CE), em parceria com a Funarte.

No Cariri, região onde o grupo tem sede, o intercâmbio já ocorre por meio da Semana Dança Cariri, que realizou em abril sua oitava edição. É a primeira vez que o projeto chega ao Rio de Janeiro, reunindo companhias de dança e bailarinos dos dois estados.

De acordo com o cearense Alysson Amâncio, idealizador do projeto, o Rio mantém uma relação estreita com a dança cearense desde os anos 70, quando os bailarinos e coreógrafos Dennis Gray e Jane Blauth se mudaram da capital fluminense para Fortaleza e implantaram a Escola de Dança do Sesi. “Muitos bailarinos do Ceará mudaram para o Rio em busca de uma formação mais aprimorada, bem como muitos professores e grupos cariocas estiveram pelo Ceará para ministrar oficinas e realizar espetáculos”, conta.

(Agência Brasil)

Inscrições para o Enem 2017 começam na segunda-feira

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017 começam a partir das 10 horas da segunda-feira (8) e terminam às 23h59min do dia 19 de maio, pelo site do Enem. A prova será realizada em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro.

No primeiro domingo, os estudantes farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. No segundo, as provas serão de matemática e ciências da natureza.

A taxa de inscrição para o Enem 2017 é de R$ 82, que deve ser paga até o dia 24 de maio. Pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o CadÚnico e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

Os resultados das provas poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

(Agência Brasil)

Senadores discutem proibição de franquia limitada em planos de banda larga fixa

A Comissão de Defesa do Consumidor realiza audiência pública na terça-feira (9) para analisar projeto de lei (PL 7182/17) do Senado que proíbe a implementação de franquia limitada nos planos de internet de banda larga fixa. O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, é um dos convidados.

A polêmica sobre a limitação dos planos de internet começou em 2016 quando as empresas anunciaram que implementariam a mudança. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as empresas poderiam limitar desde que comunicassem o consumidor com antecedência de 30 dias.

As empresas afirmaram que, para garantir a expansão e a qualidade da rede, seria preciso cobrar mais pelo serviço. Houve uma repercussão negativa entre as entidades de defesa do consumidor e a Anatel acabou proibindo a interrupção do serviço até que seja concluída uma análise sobre o assunto.

A agência quer que as operadoras comprovem que têm ferramentas que permitam ao consumidor identificar seu perfil de consumo, ser alertado sobre a possibilidade de esgotamento da franquia, além de acompanhar de maneira clara o tráfego de dados.

O deputado Aureo (SD-RJ), um dos autores do requerimento para a audiência, disse que as empresas do setor precisam ter uma definição: “Algumas estão cobrando a franquia e outras não. Acho que o consumidor brasileiro está sendo lesado. O consumidor faz um plano de TV a cabo e daqui a pouco perde um canal que ele gostava de assistir, que era aberto e a antena não pega bem. O consumidor compra um plano que não tinha limitação e agora fica limitado. O consumidor está sempre pagando a conta e as empresas ganhando dinheiro, colocando mais dinheiro pra dentro e com a sensação de impunidade muito grande no Brasil”, disse Aureo, que defende a votação da proposta no Plenário da Câmara, após o parecer da comissão.

O deputado Celso Russomanno (PRB-SP), que também pediu a audiência, afirma que a telefonia fixa já foi substituída pela internet fixa e se tornou um direito essencial do consumidor.

(Agência Câmara Notícias)

Casagrande alerta sobre o risco das drogas

198 1

O ex-atacante do Corinthians e Seleção Brasileira, Walter Casagrande, foi a atração da 15ª edição da Campanha Ceará sem Drogas, neste fim de semana, no Litoral Leste do Estado, em uma iniciativa da Assembleia Legislativa.

Casagrande destacou projetos que buscam esclarecer acerca dos riscos do uso dos entorpecentes, algo que, segundo ele, não existia antes do envolvimento dele com as drogas.

“Hoje eu consigo ter uma rotina: faço academia todos os dias, vou para a terapia à tarde, no final de semana vou ao teatro, cinema, bares… Isso eu consegui após a recuperação, mas, quando você está nas drogas, a droga pega você para ela, você não consegue fazer nada. Você põe em risco a sua posição, você põe em risco até a sua vida”, alertou.

Já o presidente do Legislativo Estadual, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), ressaltou o recente levantamento da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) segundo o qual 70% a 80% dos jovens se envolvem com drogas por causa da curiosidade. “Precisamos do envolvimento das famílias e das escolas, porque sem elas não se faz com sucesso esse projeto Ceará sem Drogas”, afirmou.

(Foto: Divulgação)

Comissão pede que imprensa não divulgue documentos de Macron que foram hackeados

A Comissão Nacional de Controle da Campanha Presidencial na França pediu neste sábado (6) que os meios de comunicação não publiquem informações sobre os documentos internos  hackeados da campanha do candidato presidencial Emmanuel Macron e difundidos nas redes sociais.

Em um comunicado, a comissão pediu para que os veículos de imprensa, especialmente os sites, não divulguem o conteúdo desses dados, já que, acredita-se que parte deles é falsa.

Após reunião de urgência nesta manhã para examinar o caso, a comissão estendeu o aviso a toda a população e usuários de redes sociais alertando que a divulgação desses documentos  (o “MacronLeaks”, como já vem sendo chamado na França) pode envolver “responsabilidade penal” de seus autores.

De acordo a equipe de Macron, os autores do ataque enviaram documentos falsos junto com verdadeiros para “semear a dúvida e a desinformação”.

Os colégios eleitorais nos territórios franceses do arquipélago de Saint-Pierre e Miquelon, situado ao sul da ilha canadense de Newfoundland, abriram suas portas neste sábado para dar início ao segundo turno das eleições presidenciais da França. O candidato social liberal Emmanuel Macron e a candidata da extrema direita Marine Le Pen disputam o segundo turno.

Na parte da França dentro da Europa, os colégios abrirão neste domingo (7), a partir das 8 horas (3h em Brasília) e fecharão às 19 horas (14h em Brasília) na maioria dos lugares, e às 20 horas (15h em Brasília) nas grandes cidades.

(Agência Brasil)