Blog do Eliomar

Últimos posts

Assembleia Legislativa anuncia nova composição de suas comissões técnicas

O primeiro vice-presidente da Assembleia Legislativa, Tin Gomes (PHS), anunciou, nesta terça-feira, a nova composição das comissões técnicas da Casa. Logo em seguida, foram eleitos presidentes e vice-presidentes de 14 das 18 comissões. As demais terão seus dirigentes escolhidos nesta quarta-feira.

Para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação, foram indicados como titulares os deputados Sérgio Aguiar (PDT), eleito presidente; Antônio Granja (PDT), vice-presidente, além de Evandro Leitão (PDT), José Sarto (PDT), Elmano Freitas (PT), Leonardo Araújo (PMDB), Carlos Felipe (PCdoB), Capitão Wagner (PR) e Joaquim Noronha (PRP).

Para a de Orçamento, Finanças e Tributação, os indicados foram: Joaquim Noronha (PRP), presidente; Antônio Granja, vice-presidente; Walter Cavalcante (PP); Evandro Leitão (PDT); Mirian Sobreira (PDT); Elmano Freitas (PT); Roberto Mesquita (PSD); Danniel Oliveira (PMDB) e Carlos Matos (PSDB).

Já na Comissão de Fiscalização e Controle, José Sarto (PDT) foi eleito presidente e Bruno Pedrosa (PP), vice-presidente. Os demais titulares indicados foram Robério Monteiro (PDT), Leonardo Pinheiro (PP), Capitão Wagner (PR), Roberto Mesquita (PSD), Odilon Aguiar (PMB), Antônio Granja e Tomaz Holanda (PPS).

Para Seguridade Social e Saúde foram anunciados os deputados Carlos Felipe, presidente; Leonardo Pinheiro, vice-presidente; José Sarto; Lucílvio Girão (PP); Dr. Santana (PT); Drª Silvana (PMDB) e Fernanda Pessoa (PR) como titulares.

A Comissão de Agropecuária continua com o deputado Moisés Braz (PT) como presidente, sendo eleito Antônio Granja para a vice-presidência. Os demais componentes anunciados foram Jeová Mota (PDT), Roberto Mesquita e Carlos Matos. Já para Ciência, Tecnologia e Educação Superior foram indicados os deputados Mirian Sobreira, eleita presidente, e Rachel Marques (PT), vice-presidente, além de Walter Cavalcante, Odilon Aguiar e Jeová Mota.

A Comissão de Direitos Humanos e Cidadania tem agora a deputada Rachel Marques como presidente e Renato Roseno (Psol) na vice-presidência. Passam a integrar o Colegiado os deputados Leonardo Pinheiro, Jeová Mota e Dr ª Silvana.

Na Indústria, Comércio, Turismo e Serviços os integrantes indicados foram: Robério Monteiro, presidente; Bruno Gonçalves (PEN), vice-presidente, além de Elmano Freitas, Roberto Mesquita e Sérgio Aguiar.

Para a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido foram eleitos o deputado Roberto Mesquita para a presidência e Jeová Mota para vice-presidente. Também passam a integrar o Colegiado Renato Roseno, Moisés Braz e Robério Monteiro. A Comissão de Viação, Transporte e Desenvolvimento Urbano ficou composta por Heitor Férrer (PSB), que permanece como presidente; Tomaz Holanda na vice-presidência; Bruno Pedrosa; Robério Monteiro e Roberto Mesquita.

Para a Comissão de Infância e Adolescência foi reeleita para a presidência a deputada Bethrose (PMB) e eleito para vice Robério Monteiro, além de Renato Roseno, Aderlânia Noronha (SD) e Rachel Marques como titulares.

Já para a Comissão de Cultura e Esportes, Gony Arruda (PSD) foi reconduzido como presidente e Ferreira Aragão (PDT) eleito vice-presidente. Os outros titulares são Jeová Mota, Walter Cavalcante e Elmano Freitas. A de Desenvolvimento Regional, Recursos Hídricos, Minas e Pesca passou a ser presidida por Carlos Matos, tendo Leonardo Pinheiro como vice-presidente. Os demais titulares indicados foram Mirian Sobreira, Roberto Mesquita e Moisés Braz.

A Comissão de Educação passou a ser presidida pela deputada Drª Silvana, e como vice foi eleita Rachel Marques. Os demais titulares indicados foram David Durand (PRB), Mirian Sobreira, Ferreira Aragão, Mário Hélio (PDT) e Jeová Mota.

As quatro comissões que faltam eleger presidente e vice são: Defesa do Consumidor, que tem como novos titulares os deputados Fernando Hugo (PP), Jeová Mota, Leonardo Pinheiro, Dr. Santana, Odilon Aguiar, Joaquim Noronha e Robério Monteiro; Defesa Social, composta por Antônio Granja, Evandro Leitão, Elmano Freitas, Dra. Silvana e Walter Cavalcante; Trabalho, Administração e Serviço Público, integrada por Agenor Neto (PMDB), Elmano Freitas, Walter Cavalcante, Odilon Aguiar e Leonardo Pinheiro, e Juventude, cujos titulares indicados foram Bruno Pedrosa, Fernanda Pessoa, Bruno Gonçalves, Drª Silvana e Rachel Marques.

(Com Site da AL/CE)

Prefeitura faz blitz em sucatas da Avenida José Bastos

A Secretaria Regional IV iniciou, nesta terça-feira, fiscalização nos estabelecimentos comerciais que trabalham com sucatas na Avenida José Bastos. A ação ocorreu em conjunto com outros órgãos da Prefeitura, como Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), Vigilância Sanitária e Guarda Municipal.

O objetivo foi checar as condições sanitárias dos estabelecimentos e se existem focos do Aedes aegypti, já que carcaças de carros velhos nas calçadas podem se tornar criadouros do mosquito. Outros pontos abordados pela fiscalização foram o alvará de funcionamento e a destinação correta do lixo. De acordo com a coordenadora de conservação e serviços públicos da Regional IV, Jaqueline França, o canteiro central da José Bastos é usado como ponto de lixo.

Problemas

Das seis sucatas vistoriadas, apenas uma tinha alvará de funcionamento, mas a documentação estava vencida. Quatro não tinham registro sanitário e três foram notificadas por obstrução de calçadas. Os comerciantes foram notificados e receberam um prazo até cinco dias úteis para comparecer à Secretaria Regional IV.

VAMOS NÓS – Faltou convidar a Polícia para conferir a procedência também de muita sucata. Só por questão mesmo de praxe. Com todo respeito.

VAMOS 2 – Quem passa pela avenida Sargento Hermínio se assusta com aquela velha sucata. Um cenário absurdo que não combina, até hoje, com a revitalização que a Prefeitura anda fazendo por lá. Dava para ter uma solução que mantivesse o negócio com o equilíbrio paisagístico.

Virgílio Araripe toma posse em novo mandato como reitor do IFCE

Eline Braga, o ministro Mendonça Filho e Virgílio Araripe.

O reitor do Instituto Federal do Ceará (IFCE), Virgílio Araripe, foi reconduzido ao cargo na manhã desta terça-feira, em Brasília, pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. Virgílio ficará à frente da gestão do IFCE até 2021. O ato foi prestigiado também por Eline Braga, secretária de Educação Profissional e Tecnológica do MEC.

Quando assumiu seu primeiro mandato, em 2013, o IFCE contabilizada 23 unidades. Quatro anos depois, o reitor inicia o segundo ciclo de sua gestão com mais oito campi em pleno funcionamento, o que amplia o alcance do instituto, abre mais oportunidades de qualificação e promove a interiorização da educação profissional e tecnológica. Hoje instituição conta com 31 campi, um Polo de Inovação, cerca de 27 mil estudantes matriculados e 2.800 servidores docentes e técnico-administrativos.

Como ex-aluno da instituição – técnico em Edificações pela Escola Técnica Federal do Ceará (ETFCE), o reitor destacou a participação do IFCE no desenvolvimento do Estado. “Nosso papel, enquanto gestão, é fazer com que consigamos colaborar para os indicadores do Ceará, ofertando formação profissional de excelência e, consequentemente, contribuindo para a abertura de mais postos de trabalho”, disse.

No mesmo ato, realizado no Ministério da Educação (MEC), em Brasília, Mendonça Filho também deu posse aos reitores das universidades federais de Ouro Preto (Ufop) e de Campina Grande (UFCG). De acordo com o ministro, embora o Brasil enfrente um momento de escassez de recursos, o MEC segue apoiando a continuidade da missão das instituições federais de ensino superior. “Temos de buscar parcerias importantes para a construção de uma agenda positiva para uma educação pública de qualidade”, finalizou.

Currículo

Virgílio Araripe é Engenheiro Civil pela Universidade de Fortaleza (Unifor), mestre em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) e técnico em Edificações pela Escola Técnica Federal do Ceará (ETFCE). É professor do Instituto Federal do Ceará (IFCE) desde 1982, quando começou a lecionar no Departamento de Construção Civil do campus de Fortaleza. Na instituição, ocupou os cargos de diretor de Administração e Planejamento, diretor de Relações Empresariais e Comunitárias, diretor-geral, pró-reitor de Administração e Planejamento. De 2013 a 2016, cumpriu seu primeiro mandato como reitor.

(Foto -MEC)

Presidente do TCM dará palestra na Unifor

Atendendo a um convite do Curso de Administração da Unifor, o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), conselheiros Domingos Filho, dará palestra nesta quarta-feira, às 9h30min, sobre o tema “Controle Social e Acesso à Informação com Participação Cidadã”. O evento acontecerá no auditório da Biblioteca Central.

Domingos Filho falará sobre o papel da sociedade cidadã no efetivo controle social e funções do TCM no combate à corrupção, no controle dos gastos públicos e na orientação dos gestores e servidores municipais para uma gestão pública com mais qualidade e eficiência, atendendo aos preceitos legais.

O presidente do TCM também apresentará números que demonstram a atuação do órgão nos últimos 10 anos.

 

Izidoro Santos é o homenageado no XI Baile de Máscaras

Duas fantasias autênticas do grande carnavalesco Izidoro Santos recepcionarão, em manequins, os foliões do XI Baile de Máscaras do Restaurante Alpendre da Villa (Bairro Vila União).

O evento ocorrerá nesta terça-feira, a partir das 20 horas, com direito a concurso de fantasias. “Será uma noitada memorável neste ciclo carnavalesco”, garante o jornalista e folclorista Paulo Tadeu, que indicou Izidoro como homenageado.

Izidoro Santos, que estará no júrio, foi vencedor de concursos de fantasias nos grandes bailes do País como no Recife e Rio de Janeiro. Sempre ao lado de Wilza Carla e Clóvis Bornay.

(Foto – Divulgação)

Travesti não pode mudar de nome sem provar quitação de dívidas

Travesti só pode mudar de nome no Cartório de Registro de Civil se, além de provar necessidade por questão de gênero, não tiver dívidas no comércio. Por isso, a 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul negou Apelação a uma travesti que teve o pedido de mudança de nome indeferido por não comprovar a quitação de suas dívidas à Justiça.

Na Ação de Retificação de Registro Civil, a autora alega que seu prenome masculino lhe traz enorme constrangimento. Assim, embora não tenha feito cirurgia de mudança de sexo, pediu a mudança oficial de seu nome por se sentir como uma pessoa do sexo feminino. A petição fundamenta o pedido no artigo 58 da Lei dos Registros Públicos, que contempla a possibilidade da substituição do prenome por outro com o qual o portador seja socialmente reconhecido.

A juíza Adriana Rosa Morozini, do Foro da Comarca de Canoas (Região Metropolitana de Porto Alegre), indeferiu o pedido. Observou que a autora não fez prova de que é socialmente reconhecido como mulher nem de que a alteração não afetaria os atos da vida civil. Ou seja: por não comprovar a quitação de suas dívidas junto ao comércio e aos bancos, a alteração pleiteada poderia prejudicar os credores.

Apelação negada

A autora interpôs Apelação no TJ-RS. Afirmou que não cumpriu o prazo de 90 dias para comprovar a quitação de suas dívidas porque não conseguiu firmar acordo com os credores. Sustentou que necessita da mudança do nome, pois tem dificuldade nas entrevistas de emprego. Pondera que poderá alterar seu prenome sem a devida quitação dos débitos, bastando a expedição de ofícios a todas as instituições de proteção ao crédito, para que façam também as retificações.

A relatora do recurso na 7ª Câmara Cível, desembargadora Sandra Brisolara de Medeiros, manteve a sentença. Ela adotou, como razões de decidir, os mesmos argumentos da decisão que deu prazo de 90 dias para apresentar certidões negativas cíveis e criminais, assim como certidão negativa de protestos e declarações de inexistência de débitos registrados no SPC e Serasa.

(Site do TJ/RS)

Temer libera R$ 100 milhões para sistema prisional

O presidente Michel Temer abriu hoje (21) crédito extraordinário de R$ 100 milhões para o Ministério da Defesa. Os recursos serão usados para apoio logístico às Forças Armadas no sistema penitenciário e nas ações de segurança pública nos estados.

Em janeiro, o governo federal autorizou a atuação das Forças Armadas nos presídios para fazer inspeção de materiais considerados proibidos e reforçar a segurança nas unidades. A segurança interna, entretanto, continua sob responsabilidade dos agentes penitenciários e policiais.

A cooperação entre os entes locais e federais no combate ao crime organizado e na modernização dos presídios é um dos pontos do Plano Nacional de Segurança Pública, lançado pelo governo federal em janeiro, em meio à crise no sistema prisional em diferentes estados, que já resultou na morte de mais de 100 detentos.

O apoio do Ministério da Defesa será dado mediante demanda dos governadores. Para isso, eles devem solicitar ao presidente um decreto de garantia da lei e da ordem, o instrumento legal que vai determinar o envio dos militares. Nesse caso, o comando da operação fica a cargo das Forças Armadas.

Os militares só entrarão nos estabelecimentos prisionais depois que as forças policiais locais garantirem que não há risco. Os militares não terão contato com os presos, que deverão ser retirados das celas e demais dependências durante a inspeção em busca de armas, drogas e aparelhos celulares. As Forças Armadas também vão oferecer treinamento para que as próprias forças de segurança pública estaduais façam inspeções regulares.

A medida provisória com o crédito extraordinário foi publicada no Diário Oficial da União.

(Agência Brasil)

Porto Iracema das Artes abre inscrições para mais de 250 vagas

353 1

A Escola Porto Iracema das Artes inicia, nesta quarta-feira, as inscrições para o ano letivo de 2017. Serão ofertadas, até 24 de março, vagas para todos processos seletivos do Programa de Formação Básica e dos Laboratórios de Criação, totalizando mais de 250 matrículas.

A primeira oferta do Programa de Formação Básica abrirá inscrições para oito percursos nas áreas de Artes Visuais, Audiovisual e Artes Cênicas, totalizando 200 vagas, enquanto os Laboratórios de Criação oferecerão oportunidades de desenvolvimento de até 22 projetos, envolvendo mais de 60 artistas.

O Porto Iracema das Artes, inaugurado em agosto de 2013, é o braço formativo e de criação cultural do Instituto Dragão do Mar de Arte e Cultura, ligado à Secretaria de Cultura do Governo do Estado do Ceará.

SERVIÇO

*As incrições são realizadas exclusivamente no site da escola. (www.portoiracemadasartes.org.br

 

João Jaime cobra investigação sobre dispensa de licitações em Caucaia

A Prefeitura de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza, sob a “justificativa de calamidade financeira” tem cancelado contratos administrativos vigentes e fazendo dispensa licitação para contratação de novos serviços. O fato chamou a atenção do deputado estadual João Jaime (DEM) que, da tribuna, anunciou: vai entrar com representação no Ministério Público do Estado solicitando a investigação do cancelamento desses contratos e pela quebra do trâmite jurídico para contratação de novos serviços.

Segundo o deputado, várias prefeituras como Caucaia receberam as administrações “na mais completa insolvência e falência”, obrigando-se a declarar situação de emergência e calamidade pública, porém, alguns prefeitos “estariam se utilizando deste argumento para cancelar contratos e dispensar licitações, favorecendo empresas que são ligadas à si”, denuncia.

No caso do município de Caucaia, de acordo com João Jaime, foi suspenso o contrato com a empresa EcoCaucaia, do Grupo Marquise, responsável pela coleta de lixo. Ele disse, no entanto, que novas empresas estariam sendo contratas sem passar pelo processo licitatório.

“No primeiro dia útil do ano, essa prefeitura baixou o decreto de calamidade financeira e cancelou vários contratos. Tudo isso foi denunciado pelos vereadores de oposição e pela imprensa”, destacou o parlamentar. Ele cobrou “uma fiscalização rígida” por parte do Tribunal de Contas do Município e do Ministério Público do Ceará para averiguar as dispensas de licitação e o cumprimento dos contratos vigentes.

“Vejo o trabalho do TCM na fiscalização de várias prefeituras que estão dispensando licitações sob esse mesmo pretexto, então peço que aja da mesma forma em Caucaia”, reforçou João Jaime.

*Aguardamos a resposta da Prefeitura de Caucaia.

Sindicato Apeoc começa a discutir campanha salarial 2017 com secretário da Educação

190 1

Anízio Melo, presidente do Sindicato Apeoc.

O secretário da Educação do Ceará, Idilvan Alencar, vai receber, em audiência, a partir das 16 horas desta terça-feira, em seu gabinete, a Mesa de Negociação Sindicato APEOC – Seduc. O encontro, resultado de pedido da categoria, é para tratar da pauta de lutas da Campanha Salarial de 2017, com foco prioritário na valorização da remuneração da categoria (efetivos e aposentados).

A direção do Sindicato APEOC e a categoria não aceitam o aumento de 2% proposto pelo Governo para revisão geral dos servidores estaduais. Os profissionais da Educação exigem valorização diferenciada com aplicação do percentual de reajuste do Piso Nacional, de 7,64%, repercutindo em toda a carreira e beneficiando ativos (efetivos e temporários) e aposentados.

Petista Zé Airton não quer a volta de Lula

145 1

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=A_CYuTwdQ3c[/embedyt]

Nem todo petista quer a volta do ex-presidente Lula, cujo nome aparece liderando pesquisas presidenciais 2018. É o caso do deputado federal Zé Airton.

Para ele, as próximas eleições exigirão renovação. “Acho que é bom renovação”, defendeu, nesta terça-feira, o petista, antes de embarcar para retomar atividades em Brasília.

 

População vive a Síndrome do Medo

Com o título “Síndrome do Medo”, eis artigo do advogado e professor Irapuan Diniz de Aguiar. No trecho, ele lamenta: “O Estado brasileiro há se mostrado inerte e sem condições de enfrentar o crime organizado.” Confira:

Vêem-se, a cada dia, os jornais, revistas, rádio e televisão, se ocuparem, quase que exclusivamente, com o noticiário sobre a exacerbação da violência e do medo dela decorrente, intranquilizando a vida de uma sociedade indefesa. Logo cedo, somos despertados com as primeiras más notícias, as quais nos acompanham no café matinal. O fato repete-se, por ocasião do almoço e do jantar, completando o cardápio picante de todos os dias. Quando não são os assaltos, sequestros, estupros, latrocínios e outras manifestações criminosas contra a pessoa, são os desfalques, os “rombos”, os estelionatos, as fraudes, os desvios éticos e outras formas de corrupção.

A violência deixou, assim, de ser um fenômeno localizado, com causas sociológicas e psicológicas explicáveis em determinadas áreas. Sua expansão generalizada alcança, hoje, sítios, fazendas, pequenas cidades interioranas, enfim, locais de aglomeração social.

Prenunciando-se como a mais grave patologia social do século XXI, as ações marginais estão, paulatinamente, impondo limites ao convívio em sociedade. As invasões e ataques a empresas e prédios públicos, a destruição do patrimônio coletivo e os sequestros-relâmpagos, são formas mascaradas do estabelecimento do “toque de recolher”, com graves conseqüências econômicas.

O cidadão que busca o sustento de sua família com muito sacrifício, vê-se, agora, mais do que nunca, refém do próprio medo, ante a ineficácia das políticas públicas voltadas para a geração de emprego e renda no país. A população vive, nos dias presentes, sob a síndrome do medo.

É a triste constatação de que o Estado brasileiro há se mostrado inerte e sem condições de enfrentar o crime organizado, que mutila, tortura e mata, à falta sem um combate eficaz que restabeleça a segurança pública. Nesse emaranhado de delitos de toda espécie, um fato merece registro. São os personagens neles envolvidos. Não são mais, apenas, os rudes e os miseráveis os seus autores. Têm-se, nos dias atuais, a presença dos “engravatados”, intelectuais do crime, homens que envergam a bata e a batina, a toga e a farda, o diploma e o mandato.

*Irapuan Diniz Aguiar

Advogado e professor.

Funceme – Chuvas serão na média histórica, mas região do Castanhão causa preocupação

O segundo prognóstico de chuvas deste ano aponta que o Ceará continuará a apresentar precipitações na média histórica. A previsão indica 43% de probabilidade de chuvas na média, 20% de probabilidade acima da média e 37% abaixo da média.
Os dados foram apresentados na manhã desta terça-feira, 21, pelo presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Eduardo Sávio, em coletiva de imprensa na sede da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

Apesar das precipitações na média, o presidente da Cogerh, João Lúcio Farias, mostrou preocupação com o nível dos reservatórios. “A região do Jaguaribe, onde estão os reservatórios mais estratégicos como o Orós, Banabuiú e Castanhão tem a tendência de receber chuvas abaixo da média. Isso nos preocupa”.

(O POVO Online)

Caixa e Ceará assinam patrocínio nesta terça-feira

A Caixa Econômica Federal e o time do Ceará Sporting Club assinarão nesta terça-feira (21) o tão esperado contrato de patrocínio. A informação é do deputado federal Adail Carneiro (PP).

A Caixa é patrocinadora de grandes times brasileiros, como o Corinthians, Flamengo e também o Bahia e Goiás, que disputam a série B com o Ceará.

Para a instituição, esses patrocínios representam a inclusão da cultura brasileira e do compromisso com a sociedade usando o futebol como elemento de integração social econômica.

Prefeito vai anunciar expansão da fibra ótica municipal

Nesta terça-feira, às 14 horas, no auditório da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) vai divulgar um balanço do programa de expansão da Fibrafor, rede de fibra ótica que conecta todos os órgãos da Prefeitura.

Fortaleza tem, hoje, segundo o Paço, uma das maiores redes públicos de fibra ótica do País, tenho registrado nos últimos quatro anos um avanço de quase 1.000%, caminhando para se consolidar como cidade digital que utiliza a tecnologia para ampliar e aperfeiçoar os serviços e as políticas públicas em áreas como educação, saúde e mobilidade.

Integração

A integração da rede beneficia, diretamente, as áreas de Educação e Saúde, promovendo a interligação, por cabos de fibra ótica, de escolas, postos de saúde entre outras unidades das duas áreas.

No início de 2013, a Fibrafor tinha apenas 26 quilômetros de extensão e foi ampliada para 240 quilômetros. Na coletiva, o prefeito vai repassar detalhes de como será o processo e os prazos de expansão, além dos benefícios que a Capital terá com a expansão da rede.

Alexandre de Moraes passa por sabatina no Senado

O ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, passa por sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) no Senado Federal na manhã de hoje (21). Ao final da reunião, senadores decidem se Moraes poderá ocupar a vaga deixada no Supremo por Teori Zavascki, morto em janeiro deste ano. Moraes foi indicado pelo presidente Michel Temer para ocupar o cargo de ministro do STF.

Cada senador terá 10 minutos para formular seus questionamentos, e Moraes terá o mesmo tempo para responder. São previstas também réplica e tréplica, de 5 minutos cada. A sabatina não tem limite de tempo. Na votação, o nome precisa ser aprovado por maioria simples dos membros (maioria dos votos dos presentes à reunião). Se aprovada, a indicação de Moraes ainda vai passar por apreciação em plenário da Casa.

(Agência Brasil)

Salmito pede que população frequente a Câmara Municipal e acompanhe o trabalho dos vereadores

141 3

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), sugeriu, nesta terça-feira (21), durante entrevista ao programa Informativo Dom Bosco, na rádio Dom Bosco FM, que a população passe a frequentar as sessões plenárias e acompanhe o trabalho dos vereadores.

Para Salmito, a população deve intensificar a prática da cidadania e participar dos debates mais importantes da cidade.

Segundo o presidente do Legislativo de Fortaleza, há pessoas que acreditam que o papel do vereador é o de construir praças e escolas. “Quem executa obras é o Poder Executivo, no caso a Prefeitura. O papel do vereador é fiscalizar o Poder Executivo, elaborar e votar leis e debater assuntos do interesses da população”, afirmou.

(Foto – Divulgação)

CPI do Futebol – Romário envia cópia para Sergio Moro

O senador Romário (PSB) enviou uma cópia do relatório paralelo da CPI do Futebol ao juiz Sergio Moro. A intenção é deixá-lo por dentro da situação, uma vez que o lobista Milton Lyra, presença constante nos corredores da CBF, é ligado aos senadores Renan Calheiros e Romero Jucá, alvos da Lava-Jato. Por enquanto, é uma atitude descompromissada.

Além de Moro, outras 17 personalidades receberam o relatório. Dentre eles, o procurador Deltan Dallagnol e o ministro do STJ José Otávio Noronha.

(Veja Online)