Blog do Eliomar

Últimos posts

Mantega afirma que depoimento de Odebrecht ao TSE é “peça de ficção”

111 1

O ex-ministro da Fazenda do governo Dilma Rousseff, Guido Mantega, disse nessa quinta-feira (6), em depoimento à Justiça Eleitoral, que as afirmações de Marcelo Odebrecht em sua delação premiada relativas a campanha eleitoral de 2014 são “uma peça de ficção”. As informações são do advogado da ex-presidenta Dilma Rousseff, Flávio Caetano.

“Guido Mantega deu um depoimento bastante enfático, afirmando que todas as afirmações de Marcelo Odebrecht são mentirosas. Ele usou essa palavra. Não há uma afirmação de Marcelo Odebrecht que mereça credibilidade. Todas são mentirosas e ele [Mantega] diz que o depoimento de Marcelo Odebrecht é uma peça de ficção”, disse Caetano após acompanhar o depoimento de Mantega no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), na capital paulista.

Mantega foi ouvido pela Justiça Eleitoral na ação em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-Temer, eleita em 2014. A oitiva do ex-ministro da Fazenda ocorreu a pedido da defesa de Dilma Rousseff. Ele teria sido citado por delatores da empreiteira Odebrecht como envolvido no repasse de recursos não declarados para a campanha de 2014. Mantega foi ouvido no TRE de São Paulo entre as 20h e às 21h10, em vídeo-conferência com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na capital federal.

O ex-ministro chegou a ser preso em setembro do ano passado temporariamente pela Polícia Federal (PF) na 34ª fase da Lava Jato, denominada Arquivo X. Ele foi solto no mesmo dia. Mantega foi ministro da Fazenda por mais de oito anos, entre 2006 e 2014, e participou do segundo governo de Luiz Inácio Lula da Silva e do primeiro mandato de Dilma Rousseff.

(Agência Brasil)

Vitor Valim diz que retirada de barracas da Praia do Futuro foi um equívoco da Justiça

O deputado federal Vitor Valim (PMDB) disse, nessa quinta-feira (6), em audiência com o ministro do Turismo, Marx Beltrão (PMDB-AL), que o TRF-5ª Região cometeu um equívoco ao determinar a retirada das barracas da Praia do Futuro, diante dos investimentos no turismo e na geração de empregos. O placar ali foi 13 X 1 a favor da retirada das barracas do local.

“Eu vim pedir socorro, aqui, ao ministro do Turismo (Marx Beltrão) para defender o emprego e o turismo do estado do Ceará e, principalmente, da cidade de Fortaleza”, disse Valim, para o ministro.

“A Praia do Futuro, a cidade de Fortaleza, é um dos destinos mais visitados no Brasil. O deputado Vitor Valim nos trouxe essa notícia muito triste. Nós não concordamos com a decisão (da Justiça) que foi tomada. Tudo aquilo que possamos fazer, na gestão compartilhada, vamos fazer. Vamos procurar a SPU (Secretaria de Patrimônio da União), procurar o Ibama, o Ministério Público, procurar o município de Fortaleza, o governo do Estado, porque temos que encontrar uma solução. Encontrar um caminho que possa ser feito um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC)”, disse o ministro.

(Foto – Divulgação)

EUA atacaram base aérea na Síria em resposta ao uso de armas químicas, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nessa quinta-feira (6) que ordenou um ataque militar a uma base aérea na Síria. Trump afirmou que a ofensiva é uma resposta ao uso de armas químicas pelo governo do presidente Bashar Al Assad na terça-feira (4). Segundo o presidente, com o ataque químico, Assad “sufocou a vida de muitos homens, mulheres e crianças indefesas”. “Foi uma morte lenta e brutal para muitos”. Trump disse que o ataque foi feito contra a mesma base aérea de onde o governo de Bashar Al Assad lançou o ataque químico.

Trump disse que é do interesse da segurança nacional dos Estados Unidos prevenir e deter a proliferação do uso de armas químicas mortais. “Não pode haver nenhuma dúvida de que a Síria utilizou armas químicas banidas, violou suas obrigações perante a Convenção sobre as Armas Químicas e ignorou os pedidos do Conselho de Segurança”, disse Trump.

O presidente também disse que “chama todas as nações civilizadas para se juntar aos Estados Unidos para colocar um fim ao massacre e ao derramamento de sangue na Síria e para colocar um fim ao terrorismo de todos os tipos”.

Relatos da mídia norte-americana dizem que foram mais de 50 mísseis Tomahawk lançados contra a Síria e que os Estados Unidos teriam informado a Rússia sobre a iminência do ataque. Na quarta-feira (5), o Conselho de Segurança das Nações Unidas se reuniu para debater o ataque químico, porém, mais uma vez, a votação de uma resolução foi barrada por oposição da Rússia – o país já barrou, ao lado da China, sete tentativas de aprovar uma resolução condenando o regime de Bashar Al Assad.

Na reunião dessa quarta-feira, a representante dos Estados Unidos nas Nações Unidas, Nikki Haley, havia dito que, quando a ONU “falha consistentemente em seu dever de agir coletivamente, há momentos na vida dos Estados que nós somos levados a agir por conta própria”, o que já sinalizava para uma possível ação militar dos Estados Unidos.

(Agência Brasil)

Camilo divulgará nesta sexta-feira dados sobre homicidios registrados no mês de março

O governador Camilo Santana (PT) vai divulgar, às 14 horas desta sexta-feira (7), os dados consolidados referentes aos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs), aos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) e aos furtos no mês de março deste ano no Estado. Os índices serão repassados durante reunião de monitoramento realizada na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social.

A reunião envolve o comando da segurança pública do Estado com a cúpula da SSPDS, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Perícia Forense e Academia de Segurança Pública, como parte das ações estratégicas do programa “Em Defesa da Vida”.

DETALHE – Os CVLIs englobam os crimes de homicídio, latrocínio e lesões corporais seguidas de morte. Já os CVPs são referentes aos roubos. Os furtos compõem índice à parte por não envolverem violência física.

TRE do Ceará vai entregar a Medalha do Mérito Eleitoral

Jurista José Filomeno de Moraes Filho entre agraciados.

O Tribunal Regional Eleitoral vai entregar, às 16 horas desta sexta-feira, na Sala de Sessões do TRE, a Medalha do Mérito Eleitoral Desembargador Faustino Albuquerque e Sousa a cinco personalidades. . O presidente do tribunal, desembargador Abelardo Benevides, comandará a cerimônia.

Receberão a Medalha do Mérito Eleitoral a ex-presidente do TJ do Ceará e do TRE, desembargadora Iracema do Vale, o juiz federal Luís Praxedes Vieira da Silva (ex-integrante da Corte do TRE), o procurador regional eleitoral, Marcelo Mesquita Monte, o jurista José Filomeno de Moraes Filho (ex-juiz da Corte Eleitoral) e a secretária Judiciária do TRE-CE, Orleanes Cavalcanti de Oliveira Viana Gomes.

Medalha

A Medalha do Mérito Eleitoral foi criada através da Resolução TRE-CE nº 143, de 04/05/1998, para homenagear personalidades com relevantes serviços prestados à Justiça Eleitoral. A cerimônia de entrega da medalha é realizada de dois em dois anos.

(Foto – Paulo MOska)

Miguel Falabella fará espetáculo em Fortaleza

O ator, escritor e diretor Miguel Falabella cumprirá curta temporada em Fortaleza, dentro de turnê pelo Nordeste. Ele apresentará o espetáculo God nos dias 19 e 20 de maio, no Teatro RioMar. Antes, Falabella passará por Natal (dias 12 e 13 de maio, no Teatro Riachuelo) e, depois de Fortaleza, levará seu espetáculo para Recife (dias 2 e 3 de junho, no Teatro RioMar Recife).

Cansado dos Dez Mandamentos e de toda a incerteza que eles vêm gerando à humanidade, o criador toma forma através de Miguel Falabella para propor novas leis e esclarecer qualquer mal-entendido a seu respeito.

No espetáculo, ele e seus dois arcanjos dedicados, Miguel (Magno Bandarz) e Gabriel (Elder Gattely), respondem a algumas das questões mais profundas que têm atormentado a humanidade desde a Criação, em apenas 90 minutos.

DETALHE – O espetáculo promete arrancar muitas gargalhadas do público. Em breve, começa a venda dos ingressos.

TRT do Ceará agenda audiências sobre precatórios para a Semana Nacional de Conciliação

Trabalhadores com precatórios contra o Estado do Ceará têm a oportunidade de antecipar o recebimento de seus créditos. A Divisão de Precatórios do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará informa que está agendando audiências de conciliação para Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, que será realizada no período de 22 a 26 de maio.

Para incluir o processo na pauta da Semana, basta enviar petição dirigida ao Juízo Auxiliar de Conciliação de Precatórios do TRT/CE. O protocolo deve ser feito direto no Tribunal (Av. Desembargador Leite Albuquerque, 1077, Aldeota, Fortaleza). Também é possível enviar o pedido pelo Portal de Serviços, no site do Tribunal, ou ainda pelo endereço eletrônico precatorio@trt7.jus.br.

Somente serão considerados os pedidos formulados após a publicação do edital, que ocorreu no dia 21 de março. Os pedidos formulados anteriormente deverão ser renovados. A solicitação de inclusão de processos de precatórios na pauta da Semana de Conciliação só pode ser feita até o dia 26 de abril.

Henrique Meirelles: Governo avança para construção de consenso na Reforma da Previdência

As mudanças na proposta de reforma da Previdência definidas hoje caminham na construção de um consenso, disse hoje (6) o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. em nota oficial, ele negou que a proposta tenha sido desfigurada e considerou as alterações um avanço que permite manter o ajuste fiscal e preservar os direitos dos trabalhadores de menor renda.

“As mudanças mantêm os principais objetivos da proposta enviada ao Congresso porque preservam o ajuste fiscal e beneficiam os mais pobres”, destacou o texto. Segundo o ministro, as alterações facilitam a aprovação da proposta e são normais num regime democrático.

“O Congresso tem a palavra final quando vota uma proposta de emenda constitucional. A democracia pressupõe diálogo, troca de ideias para chegar a um consenso. Hoje, o governo avançou na construção de um consenso visando à aprovação da reforma da Previdência”, destacou o ministro no comunicado.

De acordo com Meirelles, a reforma da Previdência é necessária para impedir o colapso das contas públicas no futuro. “A reforma da Previdência é necessária para garantir que todos os aposentados receberão seus benefícios no futuro. É uma necessidade, não é questão de posição política”, ressaltou.

Depois de uma reunião hoje pela manhã no Palácio do Planalto, o deputado Arthur Maia (PPS-BA), relator da proposta de reforma da Previdência na Câmara, informou que recebeu o aval do presidente Michel Temer para negociar cinco pontos do texto: o Benefício de Prestação Continuada (BPC), a aposentadoria rural, as aposentadorias especiais para professores e policiais, o acúmulo de pensão e de aposentadoria e as regras de transição.

Mais tarde, o presidente Michel Temer negou que o governo tenha recuado em relação à reforma da Previdência. Segundo o presidente, o governo está trabalhando em conjunto com o Congresso Nacional, o que não pode ser considerado recuo.

Comarca de Fortaleza registra 1.600 pessoas cumprindo penas alternativas

Cerca de 1.600 pessoas cumprem, atualmente, penas alternativas na Comarca de Fortaleza. O dado foi divulgado pela juíza Maria das Graças Almeida de Quental, titular da Vara de Execução de Penas Alternativas do Fórum Clóvis Beviláqua, nessa quarta-feira (05/04). Em sua maioria são jovens entre 18 e 29 anos com escolaridade incompleta, que trabalham com serviços gerais e moram na periferia da cidade, que cometeram crimes como tráfico de drogas (em pequena quantidade), furtos, falsidade ideológica e porte ilegal de armas.

“Quem me conhece sabe que eu sempre digo que a prisão não resolve nada. A pena alternativa educa, ela leva à reflexão, ela profissionaliza, faz com que a pessoa, através do estudo, se sinta outra pessoa. Isto que estou dizendo, são os próprios apenados que nos relatam em seus testemunhos”, destacou a magistrada.

Segundo a juíza, a Vara de Penas Alternativas foi criada com o objetivo de se adequar à realidade do apenado de forma a fazê-lo cumprir sua pena de maneira mais satisfatória possível. “Presidi uma audiência de um senhor de 85 anos com problemas cardíacos que foi condenado a quatro anos de prisão. Ele foi apenado, condenado e teve substituída a pena de prisão por prestação de serviço à comunidade, uma pena pecuniária, que ele pagará ao Instituto Peter Pan e uma multa. E se não tivesse a Vara de Penas Alternativas?

Se ele fosse somente preso, qual benefício que esse cidadão teria? A pena alternativa tem essa grandeza de humanizar o Direito Penal. O juiz, hoje principalmente, dentro da realidade do nosso sistema carcerário, tem que pensar e fundamentar, quando possível, a determinação de uma pena alternativa”, explicou.

Para que sejam decretadas penas alternativas é necessário que a pena privativa de liberdade não seja superior a quatro anos, que não tenha cometido crime com violência ou grave ameaça à pessoa ou que seja de natureza culposa, não pode possuir reincidência em crime doloso, além se serem observados antecedentes, conduta social e personalidade do apenado.

Cerca de 100 pessoas são encaminhadas mensalmente ao cumprimento de penas alternativas. Atualmente, a vara conta com o cadastro de 300 instituições parceiras, sejam elas estaduais, municipais e ONG’s.

“Queremos, que depois dessas experiências, os apenados estejam satisfeitos e com sua autoestima melhorada, para que tenham consciência e não cometam o mesmo crime. Eles trabalham em instituições municipais e estaduais, como escolas, postos de saúde, centros comunitários e cidadania”, disse a magistrada.

Pena alternativa

Você sabia que nem todo mundo que comete delitos precisa ser preso para pagar pelo erro? Criada em 1998, a Lei nº 9.714 instituiu no Brasil as Penas Restritivas de Direitos, mais conhecidas como penas alternativas. Elas possibilitam a substituição das penas de privação de liberdade por medidas alternativas que proporcionem um retorno à sociedade pelo delito cometido.

Nestes casos, ao invés de cumprir sentença na prisão, o apenado recebe sanções como prestação de serviço à comunidade; perda de bens e valores; interdição temporária de direitos; proibição de frequentar determinados lugares; limitação de fim de semana; e prestação pecuniária, que consiste no pegamento em dinheiro à vítima, dependentes ou à entidade pública ou privada com destinação social.

Além de só poderem ser aplicadas a crimes de menor gravidade, para terem direito às penas alternativas, os apenados devem atender a uma série de requisitos que são avaliados pelo juiz na hora de dar a sentença. Entre eles, o grau de culpa do infrator; os antecedentes criminais; a conduta social; e a personalidade.

Como funciona a Vara de Penas Alternativas?

Em Fortaleza, a Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas e Habeas Corpus (Vepah) é a responsável pela execução e acompanhamento desse tipo de pena. Instalada em 1998, nas dependências do Fórum Clóvis Beviláqua, a unidade tem como titular a juíza Maria das Graças Almeida de Quental.

Um dos principais esforços empreendidos pela Vepah é no desenvolvimento de programas e projetos que possibilitem a reinserção social dos apenados, sobretudo, através da escolarização, do resgate da autoestima, profissionalização e oferta de oportunidades no mercado formal de trabalho. As ações são desenvolvidas por equipe multidisciplinar composta por assistentes sociais e psicólogos que, atualmente, é responsável por monitorar e acompanhar mais de 3.000 cumpridores de penas alternativas em Fortaleza, Caucaia e Maracanaú.

Comissão aprova relatório de Tasso sobre nova Lei de Migração

Jereissati ao lado do colega Cristovam Buarque (PDT).

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) aprovou, nesta quinta-feira (06), relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB) sobre a nova Lei de Migração, que revoga o antigo “Estatuto do Imigrante”. Para Tasso, historicamente, o tema da situação jurídica do estrangeiro foi tratada de forma distorcida, propiciando situações como o trabalho escravo e a discriminação, olhando o estrangeiro migrante com suspeita ou como uma ameaça. A nova Lei de Migração muda este conceito, consagrando o migrante como sujeito de direitos e de garantias.

Tasso corrigiu o que considerava um equívoco no texto vindo da Câmara dos Deputados, que seria o entendimento de que a lei deveria levar em consideração a “proteção ao mercado de trabalho” para nacionais. Segundo o Senador cearense, “o mercado de trabalho não deve ser fechado e a migração é um fator de seu desenvolvimento, ao contrário do protecionismo.”

O projeto trata de todos os aspectos da migração, desde a modernização da política de visto, como a facilitação de concessão de vistos para realização de negócios, turismo, atividades artísticas ou desportivas, para trabalhar, estudar, investir, até condições e circunstancias que autorizam a repatriação, a deportação e a expulsão de estrangeiros.

EXECUÇÃO DE PENA

Há um capítulo exclusivo tratando da execução de pena e transferência de presos, que já está prevista em tratados internacionais firmados pelo Brasil. Seguindo a linha da descriminalização de determinadas condutas, transformando-as em infrações administrativas, a nova lei traz apenas um artigo tratando de crime, relacionado aos chamados “coiotes”, que promovem entrada ilegal de imigrantes com fim de obter vantagem econômica.

A respeito de uma controvérsia surgida, Tasso insistiu em esclarecer que o atual Conselho Nacional de Imigração não será extinto pela nova lei: “O atual Conselho Nacional de Imigração em nada é afetado pela nova lei, cabendo apenas ao Presidente da República decidir sobre a organização da administração pública”.

Ao final, Tasso ressaltou que o Projeto honra as nossas tradições brasileiras de integração e acolhimento de outros povos e raças: “Especialmente nesta quadra histórica, em que fronteiras e muros são levantados, o Brasil dá um exemplo ao mundo, se recusa a caminhar para trás, avançando nos processos de globalização econômica, fundado nos princípios da soberania nacional e da dignidade humana”. A matéria segue, em regime de urgência, para votação no Plenário do Senado.

(Agência Senado/Foto – Geraldo Magela)

Petrobras reduz em 4% preço do GLP de uso comercial e industrial

A Petrobras reduziu em 4%, em média, os preços de comercialização do gás liquefeito de petróleo (GLP) destinado aos usos industrial e comercial. A redução entrará em vigor no sábado (8) e atinge também a venda a granel às distribuidoras.

Já os preços de GLP para uso residencial, vendido em botijões de até 13 quilos, conhecido como gás de cozinha, não terão alteração. O último reajuste deste produto ocorreu no dia 17 de março, quando a companhia anunciou aumento médio de 9,8%, que entrou em vigor no último dia 21.

(Agência Brasil)

Reforma da Previdência – José Pimentel debaterá o tema em Fortaleza e Quixadá

127 2

O senador José Pimentel (PT) participará de debates sobre a Reforma da Previdência Social nesta manhã de sexta-feira (7), às 9 horas, na Assembleia Legislativa. No mesmo dia, às 19 horas, ele estará em Quixadá (Sertão Central), onde fará a palestra “O Desmonte da Previdência Social e os Impactos na Vida das Pessoas e na Economia”. O evento ocupará espaços no auditório da Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central, da Universidade Estadual do Ceará.

Em palestras pelo País, o senador José Pimentel tem destacado a importância do repasse dos recursos da Previdência Social para a economia das cidades de menor porte. Os dados estão no estudo da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP). Segundo a pesquisa, em 70% dos municípios brasileiros, os pagamentos da previdência superam os repasses do FPM. No estado do Ceará, esse percentual chega a 94%.

O senador tem alertado sobre os efeitos negativos da PEC 287/2016 na vida das trabalhadoras e trabalhadores. Pimentel destaca os prejuízos com as novas regras, especialmente o aumento do tempo mínimo de contribuição de 15 para 25 anos; a equiparação, entre homens e mulheres, em relação à idade mínima de aposentadoria (65 anos); além da exigência de 49 anos de contribuição para receber a aposentadoria integral.

As perdas para os segurados especiais, grupo que inclui os trabalhadores rurais da agricultura familiar, também têm sido apontadas pelo senador. Essa parcela da população passa a contribuir mensalmente para a Previdência. A contribuição passa a ser obrigatória e calculada sobre o salário-mínimo. Assim como o trabalhador urbano, o segurado especial deverá contribuir por, no mínimo, 25 anos e cumprir o requisito da idade mínima de 65 anos.

(Foto – Agência Senado)

 

São Gonçalo do Amarante volta a contar com posto da PRF

O distrito de Croatá, em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza), volta a ganhar, nesta sexta-feira, um posto da Polícia Rodoviária Federal.

O investimento, que partiu da Prefeitura, foi da ordem de R$ 227 mil para a reforma das instalações, necessárias para reabertura da unidade.

Por mais de um ano, o prefeito Cláudio Pinho (PDT) informa ter mantido diversas negociações com autoridades responsáveis no Estado, em Brasília e na Superintendência da Polícia Rodoviária Estadual para concretizar o projeto, que agora sai do papel.

UFC oferece curso de violino e viola para crianças

358 1

Estão abertas, até o próximo dia 13, as inscrições para o projeto de extensão Ensino Coletivo de Violino e Viola para Crianças. O curso é vinculado ao Instituto de Cultura e Arte (ICA), da Universidade Federal do Ceará.

São disponibilizadas 20 vagas para crianças de 8 a 12 anos, com ou sem conhecimento prévio dos instrumentos.

As aulas serão às terças e quintas, das 15 às 16 horas, no Laboratório de Violino e Violão do ICA, no Campus do Pici.

SERVIÇO

*Mais informações pelo e-mail camerataufc@gmail.com.

TCM lançará programa de capacitação com apoio de 11 instituições

O presidente do Tribunal de Contas dos Municípios, conselheiro Domingos Filho, lançará, às 9h30min da próxima segunda-feira (10), na sede do órgão, o programa de capacitação para 2017.  A programação pedagógica do TCM para o ano de 2017 é composta de capacitações itinerantes (programa Capacidades), cursos de ensino a distância, seminários e educação corporativa.

Segundo Domingos Filho, o objetivo é promover a capacitação de gestores e servidores públicos municipais de Prefeituras e Câmaras focando em áreas essenciais na condução da administração pública. Além de contemplar agentes do Executivo e do Legislativo, as ações previstas incluem a sociedade em geral, com capacitações abertas ao público, e os servidores do próprio Tribunal.

O evento contará com a presença de apoiadores desses cursos. Ali, estão representantes do Senado Federal, Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União, Ministério Público do Estado, Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará, União dos Vereadores e Câmaras do Ceará (UVC), Conselho Regional de Contabilidade, Conselho Regional de Administração, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE) e Sindicado dos Engenheiros no Estado do Ceará.

SERVIÇO

*TCM – Avenida General Afonso Albuquerque Lima, 130 – Cambeba.

Maracanaú consegue empréstimo para mobilidade urbana

O prefeito Firmo Camurça, de Maracanaú (Regiao Metropolitana de Fortaleza) , vai receber US$ 32 milhões. Trata-se de um empréstimo obtido junto ao Banco Mundial destinado a obras de mobilidade urbana.

Segundo o prefeito, a verba integra o Projeto Translog, que prevê melhorias do sistema de transporte que faz a ligação com Fortaleza.

 

Conselho Regional de Administração questiona editais de quatro Prefeituras

O Conselho Regional de Administração está questionando editais de licitação de mão de obra de quatro prefeituras: Cruz, Horizonte, Ipaumirim e Quixeramobim. De acordo com o administrador Daniel Barbosa, fiscal do CRA-CE, estas prefeituras visavam licitar serviços de coleta e transporte de resíduos sólidos (limpeza) com locação de mão de obra.

“A terceirização da mão de obra exige seleção de pessoal, recursos humanos e a própria locação de mão de obra, além de gestão de bem de terceiros. Não somente a empresa precisa ser registrada no CRA-CE, como o responsável técnico das licitantes e os administradores a serem locados”, explica Daniel Barbosa.

Leonardo Macedo, presidente do CRA-CE, destaca que todos os 184 municípios foram preventivamente fiscalizados e orientados a tratar assuntos referentes à área da administração. “No entanto, esse relacionamento com os gestores vai se estreitar ainda mais com o projeto do CRA-CE Itinerante, que é um conceito de serviço e de aproximação com os profissionais, estudantes, empresários, entidades públicas e toda a sociedade civil”, explica.