Blog do Eliomar

Últimos posts

Câmara dos Deputados vai gastar R$ 87 na compra de chá para os senhores parlamentares

238 1

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidiu repor as prateleiras da copa da Casa. Segundo informa a Coluna Radar, da Veja Online ele pretende desembolsar até R$ 87.000 para comprar 25.470 caixas de chá, com dez saquinhos cada uma.

Já está pronto até o edital da licitação, que inclui na lista chás de frutas, preto, erva doce, capim cidreira, boldo, hortelã e, lógico, camomila para acalmar as excelência.

(Foto – Agência Câmara)

Polo de Gastronomia da Varjota – Licitação já tem data marcada

A Secretaria Municipal da Infraestrutura lançou licitação para contratar a empresa que executará as obras de mobilidade e requalificação urbana das ruas Ana Bilhar e Frederico Borges – Pólo Gastronômico da Varjota.

A informação é da assessoria de imprensa do órgão, adiantando que abertura das propostas da concorrência já tem data: dia 28 próximo. Orçadas em R$15 milhões, as obras tiveram recursos liberados pelo governo federal.

Segundo a secretária de Infraestrutura de Fortaleza, Manuela Nogueira, há várias intervenções previstas na região, desde a
nova pavimentação das ruas Ana Bilhar e Frederico Borges (que será intertravada e não asfáltica), até a iluminação pública, que passará a ser subterrânea. Tudo começa ainda neste semestre.

(Foto – Divulgação)

Filme Clô, de Marcelo Serrado, arrecada R$ 2,5 milhões

O filme de terror “A Freira” estrou neste fim de semana com liderança nas bilheterias nacionais. O longa foi visto por 1,5 milhões de espectadores, rendendo R$ 25,6 milhões nas bilheterias. A informação é da consultoria ComScore.

De acordo com essa mesma consultoria, eis o ranking do fim de semana: em segundo, “Jovens titãs em ação!” que registrou público de 261 mil pessoas e rendeu de R$ 3,9 milhões. Na terceira colocação, “Alfa”, que foi assistido por 186 mil espectadores. Rendeu R$ 3,2 milhões.

Já o filme Crô, protagonizado por Marcelo Serrado, apareceu em quarto. Arrecadou R$ 2,3 milhões e foi visto por 143 mil espectadores.

Serenidade em tempo de cólera

Com o título “Serenidade em tempo de cólera”, eis artigo de André Haguette, sociólogo e professor universitário, que aborda o atual cenário político do País Confira:

Em momento de tensão interior ou de fúria exterior, gosto de recorrer ao Eclesiastes para reencontrar um pouco de serenidade. “Vaidade das vaidades, vaidade das vaidades. Tudo é vaidade. Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus: tempo para nascer, e tempo para morrer… tempo para amar e tempo para odiar; tempo para a guerra, e tempo para a paz”.

Ocorre que estamos vivendo um tempo malsão de arrogância individual e de facções doutrinais, projetando-nos uns contra os outros; um tempo de grande impaciência e de perturbações coletivas numa sociedade fragmentada. Temos a sensação de viver em um mundo que se desfaz ou já se desfez, tendo a tarefa de reerguê-lo diferente. Daí um sentimento coletivo de perplexidade e de transtorno, de impotência mesmo, que nos leva a atitudes e condutas fundamentalistas, totalitárias, cada um ensimesmado em seu apequenado mundo, nas suas certezas individuais ou tribais a querer impor aos outros seus deuses e seus demônios, seus ídolos. Nossa inquietude e nosso nervosismo diante de várias crises convergentes que nos assolam (política: de representação, de partidos ocos; moral: machismo/feminismo, gêneros, aborto; de violência: física e corrupção; econômica: desigualdade, desempregos, previdência, leis trabalhistas) nos leva a defender extremismos xiitas em busca de certezas que não temos; em busca, mais uma vez, de um grande irmão, salvador de uma pátria arruinada, sem nos dar conta que esse irmão não existe e que há vida depois da crise. O velho mito do sebastianismo está a nos perseguir novamente e a produzir decepções e ódio, a criar ídolos com pés de barro.

Nesse tempo de cólera, há necessidade de serenidade para sentir, pensar e agir com tranquilidade, reflexão e discernimento. Não temos que buscar bezerros de ouro a idolatrar, mas temos que criar um consenso majoritário em torno de valores e metas, à procura de meios para alcançá-los, passo a passo, reforma após reforma. A democracia é processo; ela é evolucionária. Ela é meio e fim, não ódio, nem totalitarismo; não é soberba, nem arrogante; ela não aceita extremismos, mas procura a tolerância, o respeito do outro na divergência, no contraditório, na oposição do adversário, nunca transformado em inimigo. É na sua fraqueza que a democracia encontra uma força inexplicável.

Apelar para a serenidade não significa aclamar a passividade e a indiferença, mas propor uma ação coordenada, um diálogo permitido, uma escuta esclarecida, uma troca de argumentos crítica e fundamentada. Não significa anular as divergências, mas esclarecê-las com zelo e competência em respeito ao outro.

Vivemos um tempo de cólera porque vivemos um tempo de descrenças e de incertezas; um tempo de personalismo exagerado, exorbitado pelas redes sociais onde são expressos abertamente frustrações, medos, convicções, preconceitos, arrogância face a inimigos fantasiosos perseguidos e reduzidos a bestas.Tempo de personalismo extremado que impede manifestações de racionalidade em busca de um bem maior.

Tempo de cólera, porque vivemos um tempo de descrença dos outros e das instituições, tempo que deve dar lugar à construção de um tempo de direitos individuais e coletivos, de conflitos produtivos e respeitosos e de livre manifestação da vontade de todos.

*André Haguette,

Sociólogo e professor universitário.

Projeto do Distrito de Saúde do Porangabussu será apresentado à comunidade

Nesta segunda-feira, às 19 horas, no Clube Tiradentes (Bairro Parque Araxá), será apresentado à comunidade o projeto do Distrito de Inovação em Saúde de Porangabussu. A apresentação caberá ao Dr. Cabeto Matins, idealizador, e contará com a presença da área técnica do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor).

O projeto, que quer um polo de saúde na área que já contra o Centro de Saúde da UFC, traz duas novidades: a reurbanização da lagoa de Porangabussu e a recuperação do entorno.

Um dos fatores que justificam a localização do Distrito de Inovação em Saúde em Porangabussu é a presença de vários equipamentos de saúde existentes no local, como as Faculdades de Medicina, Odontologia, Farmácia, Enfermagem e Fisioterapia da Universidade Federal do Ceará (UFC); hospitais universitários; Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce); hospitais já implantados e em implantação; Núcleo de Pesquisas e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM), por exemplo.

DETALHE – Os distritos de inovação são áreas previstas no Plano Mestre Urbanístico e de Mobilidade do Fortaleza 2040 para serem implantadas na Capital de acordo com a vocação empreendedora de áreas da Cidade, sempre após discussão com a população.

(Foto – Tapias Rouge)

Petrobras reduz estimativa da dívida líquida para US$ 69 bilhões

A previsão da dívida líquida da Petrobras para este ano é de US$ 69 bilhões, montante abaixo do registrado em 2017, de US$ 85 bilhões. O anúncio foi feito pelo presidente da empresa, Ivan Monteiro, após encontro anual com investidores em São Paulo.

Ele informou que o lucro líquido alcançou US$ 4,9 bilhões no primeiro semestre deste ano, valor bem acima do registrado ao longo de todo o ano de 2017. Esse resultado mostra que ficou para trás os prejuízos registrados em 2015 (US$ 8,6 bilhões) e em 2016 (4,3 bilhões), disse Ivan Monteiro.

De acordo com o presidente da estatal, a companhia tem mantido uma administração com mais transparência, em sintonia com os interesses dos investidores, adotando uma política de preços alinhada com o mercado internacional e recorrendo a estratégia de proteção como operações de hedge para obter bons resultados.

Entre os fatos para justificar esse mecanismo de proteção por meio do mercado de capitais, citou a volatilidade cambial característica desse período de eleições para a sucessão presidencial no país e adventos climáticos externos que sempre pressionam as cotações dos derivados de petróleo.

O executivo também informou que a empresa tem recebido equipes econômicas de candidatos à Presidência da República. Sem citar os nomes, revelou que a esses interlocutores têm sido repassadas dados do bom desempenho da estatal entre os quais os que vêm sendo obtidos por meio da produção do pré-sal, que atingiu uma média diária de 1,38 milhão de barris, no primeiro semestre deste ano.

(Agência Brasil)

Candidato do PROS ao Senado lança suas propostas

440 1

O candidato ao Senado pelo PROS, empresário Eduardo Girão, vai lançar nesta terça-feira, às 8h30min, no comitê central (Rua Carlos Vasconcelos, 1376 – Aldeota), o seu plano de propostas. Entre os temas, luta contra às regalias políticas e um não à descriminalização do aborto e em defesa da família.

O lançamento contará com as presenças do candidato ao governo do Estado, General Theophilo (PSDB), da candidata ao Senado, Dra. Mayra (PSDB), e do presidente regional do partido, o deputado estadual Capitão Wagner.

(Foto – Mateus Dantas)

Ex-presidente do TCU tem biografia lançada em Fortaleza

Ubiratan Aguiar, ex-presidente do Tribunal de Contas da União e ex-parlamentar, ganhou uma biografia. Assinada pela jornalista e escritora Luiza Helena Amorim, que já escreveu uma sobre Adísia Sá.

O lançamento do livro “Ubiratan Aguiar – Pelas sendas do tempo” ocorrerá nesta terça-feira, a partir da 19 horas, no Ideal Clube, como convida a própria autora em vídeo gravado em suas redes sociais.

CGU identifica pagamentos irregulares no Mais Médicos

Pagamentos irregulares no programa Mais Médicos para ajuda de custo e bolsa formação dos profissionais contratados podem ter produzido um prejuízo de mais de R$ 2 milhões, segundo uma auditoria do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) divulgada hoje (10). O volume de recursos se refere a mais de 2% do total analisado, de R$ 87 milhões, relacionados a esse tipo de repasse.

A avaliação sobre o programa, criado em 2013 para suprir a carência de médicos em locais mais vulneráveis do país, teve como principal alvo a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), mas também incluiu fiscalizações em 198 municípios, 233 Unidades Básicas de Saúde e 14.265 médicos. “Em 26% das equipes houve descumprimento, por parte de médicos, da carga horária mínima obrigatória de 40 horas semanais”, destacaram os auditores.

Outro problema constatado foi a falta de detalhamento na prestação de contas apresentadas pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), que firmou acordo com o Governo Federal para executar o programa. De acordo com a equipe da Controladoria, a SGTES não tem controle sobre os produtos e serviços realizados e não acompanhou a execução técnica e financeira definida nos planos de trabalho.

“Tais fragilidades propiciaram a transferência antecipada de recursos federais para realização de despesas relacionadas à ajuda de custo, passagens nacionais e internacionais, seguro, logística, acolhimento e recesso, além de bolsa-formação, no montante de R$ 316,6 milhões – que podem se concretizar em prejuízo ao erário”, concluiu a equipe de auditores.

Distribuição de médicos

A CGU ainda afirmou que a distribuição dos médicos não atendeu prioritariamente às vagas que precisavam ser preenchidas nos municípios classificados como mais vulneráveis. E, das entrevistas realizadas com pacientes, apontou que 12% das pessoas ouvidas relataram dificuldades de comunicação com médicos, que falam outro idioma. Apesar disso, apenas 19 casos (1,8%) indicaram que a diferença de idiomas inviabilizou uma consulta ou tratamento.

Na lista de recomendações, que devem ser atendidas pelo Ministério da Saúde até outubro, está a adoção de medidas para que os recursos indevidamente utilizados sejam ressarcidos. O órgão orienta a SGTES a melhorar as normas do programa e a prestação de contas e ampliar o controle sobre os sistemas utilizados pelo Ministério da Saúde na gestão das ações.

Em nota, o Ministério da Saúde reiterou que está atendendo as recomendações e afirmou que vem implementando mecanismos de monitoramento e controle para evitar a reincidência dos fatos. No caso da prestação de contas, a pasta criou um grupo de trabalho para analisar os dados a cada seis meses.

“É importante ressaltar que o Ministério da Saúde vem aprimorando o Programa Mais Médicos para tornar o processo de andamento mais fácil e transparente. Recentemente publicou um edital permitindo a inclusão de municípios que ainda não fazem parte do Programa. A partir da manifestação de interesse, será feita uma reavaliação dos critérios de distribuição dos médicos”, informou a assessoria da pasta.

(Agência Brasil/Foto – Agência RBS)

Mercado financeiro projeta inflação de 4,05% para este ano

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) reduziram a estimativa de crescimento da economia e da inflação para 2018. A informação consta do boletim Focus, publicado semanalmente pelo BC, com projeções para os principais indicadores econômicos. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 4,16% para 4,05% este ano.

A redução ocorreu após a deflação registrada em agosto (0,09%), divulgada na quinta-feira (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para 2019, a projeção para o IPCA permanece em 4,11%. Para 2020, a estimativa segue em 4% e para 2021 passou de 3,92% para 3,87%. Para 2018 e 2019, as estimativas estão abaixo do centro da meta que deve ser perseguida pelo BC este ano, de 4,5%, com limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2019, a meta é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%.

Já para 2020, a meta é 4% e 2021, 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

Visando alcançar a meta de inflação, o BC usa como instrumento a taxa básica de juros (Selic), atualmente em 6,5% ao ano. De acordo com o mercado financeiro, a Selic deve permanecer em 6,5% ao ano até o final de 2018. Para 2019, a expectativa é de aumento da taxa básica, terminando o período em 8% ao ano e permanecendo nesse patamar em 2020 e 2021.

Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando o Copom diminui a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação.

A manutenção da taxa básica de juros, como prevê o mercado financeiro este ano, indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

Atividade econômica

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi reduzida de 1,44% para 1,40% neste ano. Para 2019, 2020 e 2021, a estimativa para o crescimento do PIB continua em 2,5%.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,80 no final deste ano e em R$ 3,70 no fim de 2019.

(Agência Brasil)

O crime avança na “Cidade da Paz”

Com o título “O crime avança na Cidade da Paz”, eis o que escreve, em sua coluna no O POVO desta segunda-feira, o jornalista Thiago Paiva.

Antes conhecida nacionalmente como a “Cidade da Paz”, Paramoti, na microrregião de Canindé, a 104 km de Fortaleza, não registrava um homicídio há cerca de dois anos. Desde o último mês de julho, porém, foram contabilizados três assassinatos. Segundo informações da Polícia Civil local, os crimes teriam sido motivados por uma disputa – em fase inicial – de território para o tráfico de drogas. Famílias também foram expulsas de casa por criminosos.

A morte mais recente ocorreu em 1º de setembro,na Zona Rural. Adriano Alves Sousa, 41, foi executado a tiros. No mesmo fim de semana, fachadas de residências, creche municipal e empresa de telefonia amanheceram pichadas com as siglas e números de duas facções. “Td nosso o q no for nós toma (sic)”, ameaçam.

A situação é nova para os paramotienses. Amedrontados, moradores não sabem se repintam suas fachadas ou ignoram o vandalismo. Muitos ainda estavam acostumados à calmaria que por diversas vezes estampou as páginas do O POVO. Em dezembro do ano 2000, matéria assinada pelo jornalista Flávio Pinto narrou os assassinatos que interromperam o intervalo impressionante de 89 anos sem que um único homicídio fosse contabilizado na então pacata cidade.

Foi durante abordagem policial a um grupo de ciganos, que brigavam entre si e receberam os PMs “à bala”. O sargento José Maria do Nascimento e o cigano Severino Adelmo Tenório morreram na troca de tiros. À época, a Prefeitura local sustentou que os óbitos não interromperam a sequência de quase 90 anos sem homicídios, alegando que as vítimas teriam morrido durante atendimento médico, já no caminho para Fortaleza. Pura bobagem.

Folha de São Paulo, Veja e Fantástico também já abordaram a baixa criminalidade na pequena cidade, hoje com 11.578 habitantes, segundo estimativa do IBGE, apesar da rotina de violência enfrentada na Capital. Fato é que, curiosamente, as facções demoraram a perceber que ainda existia terreno no Estado para fincarem suas trincheiras.

“Não existe mais ‘território da paz’. Hoje em dia, o tráfico tomou conta de tudo. Paramoti era um terreno virgem que o tráfico descobriu e tenta tomar. Há muito tempo não temos casos de latrocínio. Todas as mortes, absolutamente todas, são por briga de facção, briga de bar ou feminicídio. Estão tentando criar asas por aqui”, confirma o delegado titular da Regional de Canindé, Daniel Aragão Mota.

Com Paramoti sob a sua jurisdição, Mota afirma que não houve denúncia sobre as pichações, mas determinou investigação. Segundo ele, os suspeitos das mortes ocorridas em julho – um duplo homicídio – já foram presos, restando a identificação do autor do crime mais recente. A dificuldade, contudo, estaria na falta de pessoal e de estrutura.

Para suprir as necessidades do município, e também da vizinha Caridade, um “posto de polícia” foi montado nas duas cidades, com apoio das prefeituras. Os executivos cederam sala, computador e internet, enquanto um escrivão da regional se reveza, em dias úteis, registrando BOs. O policiamento ostensivo é feito por uma única viatura da PM.

Nem militares, nem civis, porém, foram procurados quando da expulsão de moradores por criminosos, também na Zona Rural, dias antes das mortes de julho. “Paramoti é uma cidade esquisita com relação às denúncias. Eles não vêm aqui. Recentemente, tomamos conhecimento pela mídia de que moradores foram expulsos de casa pelas facções. De imediato, pedimos busca e apreensão, prendemos dois, apreendemos armas e acabou. Não houve novos casos”, resumiu o delegado.

O motivo do silêncio dos moradores, contudo, está subentendido nas entrelinhas da situação desenhada. Houve um choque de realidade na população interiorana, que passou a conhecer o medo de perto. Nas casas onde antes se dormia com as portas abertas, grades e cadeados.

Assaltos na Zona Rural, inclusive, estariam provocando um êxodo para a sede. “A gente não sabe conviver com isso. Talvez, no próximo censo, será primeira vez que população urbana será maior que a rural, em 60 anos de história da cidade”, contou um morador ouvido pela coluna, que prefere não ser identificado.

O drama de Paramoti é retrato da forma como as facções se espraiaram pelo Estado. Há, porém, uma oportunidade em meio à tragédia. Talvez, a situação devesse ser enfrentada como uma chance para experimentar políticas públicas de prevenção e tecnologias de repressão ao crime, minimamente organizado, na Zona Rural, poupando o sertanejo dessa rotina de violência. Fica a sugestão, e também o apelo. Nosso e dos paramotienses.

TRE manda retirar Elba Ramalho da propaganda de Eduardo Girão

529 4

O Tribunal Regional Eleitoral, por meio do juiz José Vidal Silva Neto, determinou que a coordenação da campanha de Eduardo Girão, postulante do PROS ao Senado, se abstenha de veicular, em sua propaganda eleitoral, depoimento da cantora Elba Ramalho.

Acatou representação interposta pelos advogados do candidato ao Senado pelo MDB, Eunício Oliveira.

A artista aparece no vídeo, veiculado na propaganda de Girão, dizendo “Assim é Eduardo Girão”. Refere-se principalmente à posição dele contra o aborto.

(Foto – Divulgação)

Roberto Carlos fará show num… estacionamento

O cantor Roberto Carlos já tocou em navios e estádios de futebol, mas, segundo informa a Veja Online, o artista vai ousar e se apresentar em local inusitado: num estacionamento.

O show, a ser realizado em Aracaju (SE), faz parte da estratégia de lançamento de um prédio da incorporadora de Roberto Carlos que entrou de vez nesse ramo.

Com tantas emoções, é claro.

(Foto – Divulgação)

Morre jurista Hélio Jaguaribe

Vítima de falência múltipla dos órgãos, morreu, nessa noite de domingo, em sua residência, no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro, o jurista, acadêmico, sociólogo e escritor Hélio Jaguaribe.

O velório ocorrerá na Sala dos Poetas Românticos, no Petit Trianon, a partir das 10 horas desta quarta-feira (12), enquanto o enterro está previsto para o mesmo dia, às 15 horas, no Mausoléu da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Cemitério São João Batista, em Botafogo.

Hélio Jaguaribe deixa viúva, Maria Lucia Charnaux Jaguaribe, e cinco filhos, Anna, Roberto, Claudia, Beatriz e Isabel. Nono ocupante da Cadeira nº 11 da ABL, foi eleito em 3 de março de 2005, na sucessão de Celso Furtado, e recebido em 22 de julho de 2005, pelo Acadêmico Candido Mendes de Almeida.

(Com Agências/Foto – Agência Câmara)

Conselho Regional de Contabilidade tira dúvidas sobre a prestação de contas eleitorais

O Conselho Regional de Contabilidade do Ceará (CRC/CE) disponibiliza, desde agosto, serviço Zap Eleição, pioneiro no país e que objetiva esclarecer dúvidas sobre a prestação de contas eleitorais, por meio do aplicativo Whatsapp. O serviço, segundo a cúpula da entidade, é gratuito e coordenado pela comissão de Prestação de Contas Eleitorais do CRC do Estado.

“Os principais questionamentos se referem à operacionalização do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE), além da forma de utilização das contas bancárias, como depósitos ou transferências eletrônicas”, afirma Helder Medeiros Alencar A. Neto, integrante da Comissão. Ele ainda cita o uso do Zap Eleição por outros estados, como São Paulo e Piauí. “Nós, da Comissão de Prestação de Contas Eleitorais do CRC/CE, nos sentimos lisonjeados por podermos oferecer uma grande contribuição ao país, no momento em que a democracia toma forma, que são as eleições”, diz.

As perguntas podem ser formuladas a qualquer hora e serão respondidas por cinco profissionais da contabilidade durante o horário comercial, em até 24 horas. As respostas serão informadas por ordem de entrada no aplicativo, por escrito ou áudio.

SERVIÇO

*As dúvidas devem ser enviadas para o número (85) 98728-0358 até o dia 17 de novembro, fim do prazo para prestação de contas eleitorais dos candidatos.

Bolsonaro vai se submeter a nova cirurgia, diz hospital

Um boletim médico divulgado às 10h07min desta segunda-feira (10) aponta que “será necessária uma nova cirurgia de grande porte posteriormente, a fim de reconstruir o trânsito intestinal e retirar a bolsa de colostomia” do candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro. A informação foi divulgada pelas agências de notícias

“O paciente permanece ainda com sonda gástrica aberta e em íleo paralítico (paralisia intestinal), que ocorre habitualmente depois de grandes cirurgias e traumas abdominais. Ontem, havia uma movimentação intestinal ainda incipiente e que persiste do mesmo modo hoje”, aponta o boletim médico.

Ainda de acordo com o hospital, Bolsonaro permanece sem sinais de infecção, recebendo o suporte clínico, cuidado de fisioterapia respiratória e motora, e alimentação por soro.

(Foto – Facebook)

Advogados de Lula vão ao STF para ampliar prazo de substituição de candidato à Presidência

376 1

Um novo pedido a ser apresentado ao Supremo Tribunal Federal (STF) para ampliar o prazo de substituição de Lula na corrida à Presidência da República foi divulgado, nesta segunda-feira, pelos advogados de defesa do ex-presidente. A informação é do Portal G1, adiantando que o objetivo é adiar o prazo de substituição desta terça (11) para o próximo dia 17 de setembro, segunda-feira da próxima semana. O pedido será analisado pelo ministro Celso de Mello, responsável pelo caso no STF.

Os advogados haviam feito o mesmo pedido ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A presidente da Corte, Rosa Weber, negou prorrogar o prazo, mas enviou o recurso extraordinário, que discute a inelegibilidade do petista, para apreciação do STF.

“Não há como aguardar a análise do tema [recurso extraordinário] pelo plenário desta Corte. Não há tempo. Ou se tem uma decisão até o próximo dia 11 de setembro – deadline imposto pelo acórdão recorrido, em outra guinada jurisprudencial – ou a candidatura de Lula será enterrada viva”, afirmou a defesa.

A defesa também pediu que Celso de Mello leve ao plenário do STF um pedido para suspender, de forma provisória (liminar), a decisão do TSE que rejeitou sua candidatura, de modo a permitir Lula disputar as próximas eleições.

(Foto – Agência Brasil)

Praça Padre Cícero tem primeira etapa de reforma entregue à população

A primeira etapa da reforma da Praça Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, foi entregue, no fim de semana. O ato foi simples e contou com a participação de autoridades municipais e da Banda de Música Municipal, que executou repertório que lembrava os momentos marcantes da história dos frequentadores do lugar, enquanto o som da Ave Maria, de Schubert, reinaugurou as execuções sonoras da coluna da hora.

O pesquisador e historiador Daniel Walker, que escreveu um livro de memórias sobre a Praça Padre Cícero, destacou a beleza resgatada e disse que jamais havia visto a praça tão iluminada como atualmente. Na ocasião, houve um momento de silêncio em homenagem a quatro romeiros mortos em acidente, provenientes de Ararendá.

Na próxima etapa da reforma, esses dois equipamentos, tanto a Coluna quanto a estátua do Padre Cícero, passarão por uma reforma mais ampla, como restauração completa da máquina mecânica do relógio, incluindo confecção de novas peças do mostruário, limpeza, adaptação e restauração dos sistemas, revitalização dos cabos de aço, restauração do indicador das fases da lua, além de outras peças como satélite e gabinete, informa a Prefeitura.

(Foto – Divulgação)