Blog do Eliomar

Últimos posts

Dom Quixote estreia neste sábado no Teatro Celina Queiroz

foto-teatro-unifor-dom-quixote

O teatro Celina Queiroz, no Campus da Unifor, estreia neste sábado (14), a partir das 17 horas, a peça “As aventuras de Dom Quixote”, que conta a história de Alonso Quijano, um homem de meia idade, vivendo na pacata aldeia de La Mancha, que, envolvido de tal maneira com a leitura de romances de cavalaria, imagina-se predestinado a tornar-se um cavaleiro andante.

A peça volta a ser exibida neste domingo (15) e nos dois próximos finais de semana deste mês, no mesmo horário. O ingresso custa R$ 20, com direito à meia entrada.

Brasileiros conquistam título inédito no Rally Dakar

Um dia histórico para o automobilismo brasileiro! Leandro Torres e Lourival Roldan conquistaram neste sábado (14), na Argentina, título inédito para o Brasil no maior rali do planeta, o Dakar. Eles são campeões dos UTVs. É a primeira vez que o país vence a prova na classificação geral de uma categoria.

Nos carros, a dupla Sylvio de Barros e Rafael Capoani também conquistou excelente resultado e terminou em 18º lugar na classificação geral. Richard Fliter foi o único brasileiro que conseguiu completar a prova na categoria motos.

(Estadão)

Do tempo em que o PT fervia

97 1

Da Coluna Política, no O POVO deste sábado (14), pelo jornalista Érico Firmo:

O PT denuncia golpe, mas faz acordo para apoiar candidatos de DEM e PMDB em Brasília, indica tucano para o governo do Ceará e não sabe se é oposição ou aliado na Câmara de Fortaleza.

Esse quadro é em grande parte resultado de processo que ocorreu ao longo dos anos de poder. Os 13 anos no governo gradualmente sufocaram o que era a maior virtude do PT. Diferente de quase todas as demais siglas, os petistas tinham vida partidária efervescente. Vivia em estado de permanente ebulição e tudo era discutido. O “assembleísmo”, como reclamavam os críticos, era ruim para o governo, mas fazia o partido pulsar.

Curiosamente, o período de melhores resultados do governo Luiz Inácio Lula da Silva foi mais prejudicial para essa característica interna do que haviam sido as crises. Os tempos mudaram e admira a passividade com a qual a legenda tem atravessado o turbilhão do ano passado para cá.

Por mais que se discorde do impeachment e que se questione muita coisa, há diversas e gravíssimas acusações irrefutáveis contra o governo do PT e contra petistas. Há membros do partido que foram importantíssimos e confessaram ao menos parte das fraudes que lhes são atribuídas.

São os casos do ex-líder da bancada no Senado, Delcídio do Amaral, e do ex-tesoureiro, Paulo Ferreira. Além do publicitário João Santana, que se tornou o mentor da comunicação de Dilma Rousseff (PT). Sem falar de vários empreiteiros que confessaram e, com isso, incriminaram-se ao relatar as operações criminosas que desenvolveram com o partido. Em outros tempos, o tamanho do escândalo provocaria profundos debates internos, convocação de congresso do partido. Provavelmente derrubaria a direção. Isso ocorreu na época do mensalão, muito menos grave que a corrupção constatada na Petrobras. Dessa vez, porém, o que ocorreu foi: nada.

Muitos petistas realmente minimizam o tamanho do escândalo. Acham natural que um governo instaure tamanho esquema corrupto. Ou acham que os fins justificam os meios. Essa mentalidade, a prevalecer, fatalmente levará o partido à extinção. A denúncia dos abusos que efetivamente existiram no processo de impeachment serviu para encobrir a necessidade urgente de autocrítica e transformação interna.

Mas, em grande parte, a letargia é reflexo de um partido que anestesiou seus fóruns e debates internos. Isso deu mais tranquilidade aos governos petistas. Todavia, a dormência não acabou quando o partido deixou o poder.

Acordar a militância não é algo instantâneo. Os tempos mudaram, as formas de atuação também. É possível que aquilo que o PT foi matando nunca mais exista. Assim, terá acabado a maior virtude daquela que já foi uma das mais interessantes experiências de formação de partido do Brasil.

Brasileira é presa nas Filipinas por tráfico de drogas no momento em que país discute retorno da pena de morte

foto-trafico-brasileira-yasmin-filipinas

O Ministério das Relações Exteriores informou neste sábado (14) que está acompanhando o caso da brasileira Yasmin Fernandes Silva, 20 anos, presa em outubro do ano passado, em Manila, capital das Filipinas, por tráfico internacional de drogas. Segundo o Itamaraty, a embaixada brasileira colocou um advogado para dar assistência jurídica a Yasmin.

De acordo com informações da Agência de Combate ao Tráfico do governo filipino, a brasileira foi presa no aeroporto internacional de Manila quando tentava entrar no país com aproximadamente seis quilos de cocaína. A droga estava escondida em um travesseiro. Segundo as autoridades locais, ela saiu de São Paulo e chegou ao país em um voo de Dubai, nos Emirados Árabes.

A prisão da brasileira coincide com a discussão sobre a volta da aplicação da pena morte para condenados por tráfico de drogas, estupro e homicídio nas Filipinas. Embora tenha sido abolida em 2006, a pena de morte é defendida pelo presidente Rodrigo Duterte, que prometeu cumprir a medida, uma de suas promessa de campanha.

(Agência Brasil)

Uso de lucro com publicidade em transporte público pode resultar em redução de tarifa

A Comissão de Viação e Transportes aprovou projeto (PL 3314/15) que determina às empresas de transporte coletivo a utilização da receita total obtida com a exploração de espaços publicitários nos veículos, terminais e pontos de parada de sistemas rodoviário, ferroviário, metroviário e aquaviário para reduzir o preço das passagens.

O texto prevê que os valores sejam considerados como receita operacional não fixa das concessionárias.

Apresentado pelo deputado Alfredo Nascimento (PR-AM), o projeto foi aprovado na forma de um substitutivo apresentado pelo deputado Milton Monti (PR-SP).

O texto original previa uma nova lei com a medida. No substitutivo, Milton Monti incorpora a determinação a duas leis que já tratam do tema: a Lei 8987/05 (Lei das Concessões de Serviços Públicos) e Lei 12.587/12, que institui diretrizes para a Política Nacional de Mobilidade Urbana.

“Somos a favor de qualquer proposta que tenha por objetivo a redução das tarifas dos sistemas de transporte público coletivo. Os usuários desses serviços são, em geral, a população de menor poder aquisitivo, cujas rendas já se encontram significativamente comprometidas com transporte”, destaca Milton Monti.

O relator destaca que produtos, serviços, marcas e empresas divulgados nesses espaços alcançam imensa visibilidade, evidenciando a viabilidade desse negócio. “As receitas podem chegar a montantes consideráveis e, assim, resultarem efetivamente na redução das tarifas”, acredita.

(Agência Câmara Notícias)

A Praça que era do povo, hoje é da sujeira, da insegurança e do medo

155 2

foto-lixo-pca-jose-de-alencar

Em artigo enviado ao Blog, o jornalista Haroldo Barbosa lamenta a atual situação da Praça José de Alencar, no Centro. Confira:

Lamentável. Esta é a palavra que define o abandono da Praça José de Alencar e seu em torno, bem como de forma mais ampla, o do Centro da Cidade.

Ainda na gestão Luizianne Lins (PT), os boxes do Beco da Poeira, que ficavam na rua 24 de Maio, ao lado da Praça, foram demolidos para a construção da estação do Metrofor. Após a construção, grande parte do terreno permanece ociosa.

Recentemente os tapumes que cercavam o local foram retirados e hoje o mesmo funciona como estacionamento clandestino. Flanelinhas cobram em torno de R$ 5,00 pelo uso do espaço, tomado pelo forte cheiro de fezes e urina.

É comum ver pessoas fazendo necessidades fisiológicas no local em plena luz do dia. Na Praça, que está suja, com pedras soltas e poças de lama, não se vê PMs ou guardas municipais. Uma cabine da polícia que ficava ao lado, na rua 24 de Maio, foi retirada do local ano passado. O abandono é total.

Na gestão passada, mais uma vez o prefeito Roberto Cláudio (PDT) alardeou a requalificação do Centro. Em 2015, o hoje secretário de Cultura e na época líder do prefeito na Câmara, Evaldo Lima, chegou a citar a cifra de R$ 1,1 bilhão para esta requalificação. Até hoje só se vê o abandono e com um custo bastante alto.

Na quarta-feira passada, o radialista Djacir Oliveira foi vítima de um assalto em um restaurante a poucas quadras da Praça José de Alencar. Foi baleado e faleceu no dia seguinte. Mais uma vítima da violência que campeia na cidade. Os bairros e comunidades da periferia estão “pacificados” pelas facções do crime. No Centro e em bairros de classe média, que não estão sob o domínio das facções, impera de forma menos branda a lei do cão, facilitada pelo abandono do poder público.

O geógrafo David Harvey afirmou que no capitalismo, as cidades são projetadas e crescem em função do lucro e não o bem estar das pessoas. Fortaleza é uma prova cabal disto.

A Praça que era do povo, hoje é da sujeira, da insegurança e do medo.

Fortaleza tem segundo final de semana de Pré-Carnaval

309 1

foto-pre-carnaval-2017-esio-politica

Blocos e agremiações de Fortaleza vão abrir alas neste sábado (14). O segundo final de semana de folia do ano terá lançamento de blusas, festas, ensaios e muito glitter em Fortaleza. O Luxo da Aldeia lança a Camisa 2017, no Kukukaya, a partir das 16h30min. Famoso pelo repertório de compositores locais, o bloco ganha as ruas da Capital desde 2007 e busca homenagear a cultura musical cearense.

O sábado também terá o lançamento de uma agremiação nova: o Bloco das Travestidas. “O Pré-Carnaval e o Carnaval proporcionam um retorno das pessoas para a ocupação da Cidade e dos espaços públicos”, pontua Denis Lacerda, integrante do Coletivo Artístico As Travestidas e um dos organizadores do bloco.

Hoje, será realizado o lançamento com a Transvirada no Mambembe, às 22 horas. A noite inclui shows de Betha Houston e Mulher Barbada, perfomances de Karolaynne Cartonm, Yasmin Shirran, Alicia Pietá e Patrícia Dawson, batalha de smartphones com Deydianne Piaf. O sábado terá, ainda, muita agitação e outros blocos ganhando as ruas de Fortaleza. (Isabel Costa/isabelcosta@opovo.com.br)

SERVIÇO

Transvirada – Lançamento do Bloco das Travestidas

Quando: hoje, 14, às 22 horas

Ingresso: R$ 20 (R$ 15 para os 50 primeiros)

Onde: Mambembe (rua dos Tabajara, 368 – Praia de Iracema)

Outras informações: 3048 6060

Bloco Luxo da Aldeia

Festa de lançamento da Camisa 2017

Quando: hoje, 14, às 16h30min

Ingressos: R$ 30 (inteira) / R$ 15 (meia)

Onde: Kukukaya Casa de Show (av. Pontes Vieira, 55 – Dionísio Torres)

Outras informações: 3227 5661

Bloco Cheiro

Quando: sábados, com saída às 20 horas

Concentração: esquina das ruas João Cordeiro e Padre Justino, na Praia de Iracema

Entrada franca.

Outras informações: 9 9981 6051

Bloco Bonde Batuque

Festa de lançamento da Camisa 2017

Quando: hoje, 14, às 16 horas

Camisa custa R$ 40

Onde: Vila Camaleão (av. Barão de Studart, 671 – Aldeota)

Outras informações: 9 8901 8657

(O POVO)

Polícia procura no Centro assaltantes que atacaram loja de departamento na Praça do Ferreira

A movimentação de viaturas policiais chamou a atenção de se encontra no Centro de Fortaleza, na manhã deste sábado (14), por causa de um assalto contra uma loja de grande porte na Praça do Ferreira. Segundo a Polícia, os assaltantes não se intimidaram com os seguranças da loja de departamentos, além das câmeras de vigilância e atacaram o setor financeiro da loja.

Após a ação, os suspeitos fugiram em direção ao Passeio Público, onde há a maior concentração de policiais.

Até o momento, não há informações de prisões, tampouco se os assaltantes levaram dinheiro ou não.

Insustentável – Trump diz que Obamacare “em breve será história”

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou em sua conta em uma rede social que a reforma do sistema de saúde promovida pelo presidente Barack Obama “em breve ficará na história”.

Em seu perfil no Twitter, Trump disse que o “Obamacare”, como ficou conhecido o programa de subsídios do governo para ajudar famílias a pagar um plano de saúde, é “insustentável”.

Acabar com o programa de saúde foi uma das principais promessas da campanha eleitoral do presidente eleito, que não terá dificuldade para revogar as regras. O Congresso é composto por maioria de republicanos, integrantes de seu partido.

Na quinta-feira (12), o Senado norte-americano aprovou uma resolução para revogar o “Obamacare”. No dia seguinte, a Câmara dos Deputados também aprovou as mudanças. Quatro comissões foram criadas para elaborar o texto que substituirá as atuais regras.

(Agência Brasil)

Prefeitura negocia voos diretos de Fortaleza para o Centro Oeste e interior de São Paulo

alexandre-pereira (1)

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setfor), está negociando com a Azul Linhas Áreas Brasileiras, voos diretos de Fortaleza para cidades do Centro Oeste e interior de São Paulo.

O secretário Municipal de Turismo, Alexandre Pereira, se reuniu esta semana com o presidente da Companhia, Antonoaldo Nunes, com o objetivo de incrementar a malha área.

No encontro foram apresentados novos trechos de voos diretos, com frequencia semanal, para cidades de Goiânia, Cuiabá e Ribeirão Preto.

“A intenção era incluir Fortaleza no voo Recife/Orlando. Mas, como não são permitidas escalas nacionais em voos internacionais, a Azul (Linhas Aéreas) propôs ajustar os horários do trecho Fortaleza/Recife, diminuindo assim o tempo de espera na conexão. Voltamos com propostas de novos trechos, interligando a capital a outras grandes cidades”, comentou Alexandre Pereira.

Uma próxima reunião, entre o secretário de Turismo de Fortaleza e o presidente da Azul Linhas Aéreas está agendada para o início de fevereiro.

(Prefeitura de Fortaleza)

Cabo da PM é vítima de pistolagem em duplo homicídio

A pistolagem por meio da tocaia está de volta ao Ceará. Como nos velhos tempos dos jagunços, um cabo reformado da Polícia Militar, conhecido como Zezão de Abaiara, foi executado a tiros, na noite dessa sexta-feira (13), na passagem molhada em Brejo Santo, no Sul do Estado, a 510 quilômetros de Fortaleza.

Segundo os primeiros levantamentos do Comando de Policiamento do Interior (CPI), o pistoleiro ou os pistoleiros aguardaram por horas a passagem do veículo da vítima, que estava em companhia da esposa e de um jovem (a Polícia não sabe ainda se o rapaz é familiar).

Os dois homens foram mortos a tiros, enquanto a mulher se encontra em estado grave em um hospital da região.

As investigações do crime ficarão com a Delegacia Regional de Brejo Santo.

ATUALIZAÇÃO – Segundo a Polícia, o alvo dos pistoleiros não seria o cabo José Figueiredo Dantas, o Cabo Zezão, 60, mas, sim, o passageiro Diego Augusto Dantas, 33, que estaria sendo investigado por envolvimento com o crime organizado. A terceira passageira do veículo continua em estado grave de saúde, após ser atingida por disparos na cabeça e no tórax.

Permissionários do Centro de Turismo comemoram movimento, apesar da falta de divulgação

foto-centro-turismo-janeiro-2017

Mesmo sem uma divulgação ou inclusão nos roteiro turísticos da Secretaria de Turismo do Ceará (Setur), o Centro de Turismo do Ceará (antiga Emcetur) comemora o crescimento no número de turistas neste mês de janeiro, apesar da crise econômica que o país atravessa;

Segundo o presidente da Associação dos Permissionários do Centro de Turismo, Carlinhos Bezerra, o interesse espontâneo do turista surpreende os comerciantes desse polo de compras.

“Apesar da pouca divulgação, a boa presença do turista tem surpreendido”, comentou o dirigente.

(Foto: Divulgação)

Lei Maria da Penha também se aplica a ex-namorados e amantes

Agressões, xingamentos ou exposição da relação íntima do casal na época do namoro poderão ser enquadrados na Lei Maria da Penha. É o que aponta a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados, que também enquadra namorados, amantes e, claro, casais com relação estável nas medidas protetivas à mulher.

O assunto foi pauta na comissão esta semana, na discussão em que o agressor conviva ou tenha convivido com a ofendida, independentemente de coabitação. A lei considera violência doméstica e familiar contra a mulher qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial no âmbito da unidade doméstica; no âmbito da família; e em qualquer relação íntima de afeto.

(com a Agência Câmara Notícias)

Ministério Público cria mais dois departamentos no combate ao crime

foto plácido rios promotor

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado:

A investigação no Ministério Público do Ceará vai ganhar mais força. Além do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Procuradoria de Justiça dos Crimes Contra Administração Pública (Procap), o procurador geral de Justiça, Plácido Rios, anuncia que o Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc) e o Grupo de Combate à Sonegação Fiscal (Gaesf) entrarão em ação até o fim deste mês.

Os dois novos reforços atuarão em áreas não cobertas pelo Gaeco e Procap. Serão complementares, segundo Rios. O braço investigativo da Procuradoria Geral da Justiça funcionará em uma mesma sede e com um implemento tecnológico.

Ainda não é o ideal, mas há avanço. O quartel general será na Antônio Sales, 1740, no Dionísio Torres.

É uma boa notícia. Agora, é fechar o cerco mais ainda contra o crime organizado na máquina pública e fora dela.

Ministro descarta mudanças na banda larga fixa

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, negou que o governo fará mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa. Ele disse que o governo autorizaria a limitação de dados da banda larga fixa, com a liberação de venda de pacotes de acesso limitado pelas operadoras.

“A nossa meta é no segundo semestre”, comentou o ministro, que causou polêmica entre os consumidores de banda larga nas redes sociais.

Atualmente, as operadoras de serviços de internet em banda larga fixa estão proibidas por decisão cautelar de restringir a velocidade, suspender serviços ou cobrar excedente caso seja ultrapassado o limite da franquia. Segundo a determinação, ficou estabelecida multa diária de R$ 150 mil em caso de descumprimento, até o limite de R$ 10 milhões.

Dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) mostram que o número de contratos do serviço banda larga fixa no Brasil cresceu 0,32% em novembro de 2016 em relação ao mês anterior. No período, a rede ganhou 84.101 assinantes. No total, são 26.721.608 acessos de banda larga fixa no país. Nos últimos doze meses, o serviço aumentou 5,06%, atingindo 1.286.277 assinaturas.

(Agência Brasil)

Faixa mais alta do seguro-desemprego aumenta 6,58%

O valor máximo do seguro-desemprego pago ao trabalhador que ganhava mais de R$ 2.417,29, teve aumento de R$ 101,48 na parcela, passando de R$ 1.542,24, em 2016, para R$ 1.643,72 este ano. O novo valor entrou em vigor na quarta-feira (11).

Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, o cálculo anual do seguro-desemprego considera a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que em 2016 teve alta de 6,58%. O benefício pode ser pago de três a cinco parcelas.

O trabalhador tem o valor do benefício definido com base em uma tabela com três faixas salariais. A primeira é de quem ganha até R$ 1.450,23. Nesse caso, o salário médio é multiplicado por 0,8 para obter o valor do benefício, que vai variar entre o salário mínimo deste ano, fixado em R$ 937, e R$ 1.160,18. A segunda faixa é composta por quem recebia entre R$ 1.450,24 e R$ 2.417,29 – o que exceder R$ 1.450,24 será multiplicado por 0,5 e o resultado será somado a R$1.160,18. A última faixa, para quem ganhava mais de R$ 2.417,29, terá o benefício mais alto, de R$1.643,72.

O seguro-desemprego é pago a todos os trabalhadores demitidos sem justa causa, pescadores artesanais em período de defeso, trabalhadores resgatados em condições análogas às de escravidão e profissionais com contrato de trabalho suspenso.

(Agência Brasil)

Caso Samarco – Justiça prorroga de novo prazo para mineradora, Vale e BHP depositarem R$ 1,2 bilhão

A Justiça Federal prorrogou novamente o prazo para que a mineradora Samarco e suas acionistas Vale e BHP Billiton depositem R$ 1,2 bilhão. O valor deveria ter sido transferido até o dia 10 de janeiro, mas um dia antes de esgotar o prazo, as empresas solicitaram adiamento. Conforme decisão do juíz Mário de Paula Franco, publicada hoje (13), a nova data limite é 19 de janeiro.

O valor de R$ 1,2 bilhão deve se somar a R$ 800 mil já depositados pelas empresas. O montante de R$ 2 bilhões objetiva garantir futuras ações de recuperação e reparação dos danos socioambientais decorrentes do rompimento da barragem de Fundão, em 5 de novembro de 2015, no município de Mariana (MG).

Em sua decisão, o juíz Mário de Paula Franco registrou que deferiu o pedido das mineradoras após tomar ciência de que elas e o Ministério Público Federal (MPF) estão em “tratativas com vistas à celebração de uma composição abrangente, com a informação de que as negociações evoluíram de forma substancial”. O magistrado também enalteceu “a atitude positiva das partes e instituições envolvidas” na busca de solução para a maior tragédia ambiental do país “através de um meio consensual”.

No mês passado, a juíza Rosilene Maria Ferreira havia adiado o prazo estipulado para o depósito e concedeu mais 30 dias para as empresas. Segundo a Samarco, a intimação da Justiça foi entregue no dia 12 de dezembro e, sendo assim, o depósito deveria ser efetuado até o dia 10 de janeiro. Na ocasião, ela fixou uma multa diária pelo descumprimento do prazo, no valor de R$ 1,5 milhão, até que a transferência dos valores fosse comprovada.

A barragem de Fundão, pertencente à mineradora Samarco, se rompeu no dia 5 de novembro de 2015. Na tragédia ambiental, considerada a maior do país, foram liberados mais de 60 milhões de metros cúbicos de rejeitos. O vazamento provocou devastação de vegetação nativa, poluição da Bacia do Rio Doce e destruição dos distritos de Bento Rodrigues e Paracatu, entre outras comunidades. No episódio, 19 pessoas morreram.

Acordo

A determinação do depósito de R$ 2 bilhões atendeu a uma ação civil pública movida logo após a tragédia pelos governos federal, de Minas Gerais e do Espírito Santo e por órgãos ambientais. O processo teria sido encerrado caso fosse homologado o acordo fechado entre as partes, estimando em aproximadamente R$ 20 bilhões o valor dos prejuízos causados pelo rompimento da barragem.

A homologação chegou a ocorrer em maio de 2016, mas foi suspensa após contestação do MPF. A validade do acordo será avaliada novamente pela Justiça Federal. Paralelamente, tramita uma ação do MPF que estima em R$ 155 bilhões os prejuízos.

Sem homologação judicial do acordo, segue normalmente o trâmite da ação civil pública movida pelos governos federal, de Minas e do Espírito Santo e pelos órgãos ambientais. Além do depósito de R$ 2 bilhões, outras medidas urgentes foram solicitadas e atendidas pela Justiça, por meio de decisões liminares como a suspensão de licenças, contratação de estudos pelas empresas e obrigatoriedade da Samarco conter os rejeitos que ainda vazavam das estruturas remanescentes ao rompimento da barragem.

(Agência Brasil)