Blog do Eliomar

Últimos posts

Bandeira tarifária nas contas de luz de agosto virá vermelha

A bandeira tarifária a ser aplicada nas contas de energia elétrica em agosto será vermelha, patamar 1, com acréscimo de R$ 3 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o fator que determinou o acionamento da bandeira vermelha foi o aumento do custo de geração de energia elétrica. Em julho, foi aplicada a tarifa amarela às contas.

Em nota, a Aneel justificou hoje (28) que, segundo o relatório do Programa Mensal de Operação do Operador Nacional do Sistema (ONS), o valor da usina térmica mais cara em operação, a Usina Termelétrica Bahia 1, é de R$ 513,51 megawatts-hora (MWh).

“Como o sinal para o consumo é vermelho, os consumidores devem intensificar o uso eficiente de energia elétrica e combater os desperdícios”, informou a agência.

Gastos extras

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração.

Quando chove menos, por exemplo, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país. A bandeira vermelha, patamar 1, é acionada nos meses em que o valor do Custo Variável Unitário (CVU) da última usina a ser despachada for igual ou superior a R$ 422,56/MWh e inferior a R$ 610/MWh.

Segundo a Aneel, a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma diferente de apresentar um valor que já está na conta de energia, mas que geralmente passa despercebido.

(Agência Brasil)

TCM alerta sobre relatórios fiscais da Prefeituras

Termina neste domingo (30) o prazo para o cumprimento de três obrigações municipais, segundo alerta o Tribunal de Contas dos Municípios. São elas: publicação de dois relatórios exigidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) – o Relatório Resumindo da Execução Orçamentária (RREO) do 3º bimestre deste exercício e o Relatório de Gestão Fiscal (RGF) do primeiro semestre aos municípios com menos de 50 mil habitantes, que optaram por publicá-lo semestralmente e que não tenham descumprido o limite dos gastos com pessoal –, e o envio ao TCM) da prestação de contas do mês de junho de 2017.

A divulgação do RREO compete ao prefeito, enquanto a do RGF cabe a este e ao presidente da Câmara, cada um relativo aos seus respectivos Poderes. Estes documentos necessitam conter informações que possibilitem a análise sobre a gestão municipal. Além disso, devem ser de amplo acesso ao público, conforme art. 48 da LRF, por meio de sítios oficiais e portais de transparência.

As prestações de contas mensais relativas ao último mês de junho devem ser enviadas ao TCM via Sistema de Informações Municipais (SIM) pelos chefes do Executivo e Legislativo. O não envio destas informações dentro do prazo pode comprometer o recebimento, pelos municípios, de recursos estaduais e federais decorrentes de convênios (transferências voluntárias), por exemplo, e motivar a aplicação de multa e desaprovação de contas pelo TCM.

SERVIÇO

*Em caso de dúvidas os gestores e servidores municipais podem entrar em contato com a Coordenadoria de Assistência Técnica aos Municípios do TCM (Cotem) pelos telefones (85) 3218-1293, 3218–1490, 3218-1377; pela Consulta Técnica Online (www.tcm.ce.gov.br); ou pelo e-mail ouvidoria@tcm.ce.gov.br.

Sobrado Dr.José Lourenço abre exposição neste sábado

O Museu de Arte Sobrado Dr. José Lourenço receberá, neste sábado, às 10 horas, a exposição “Os Pensamentos do Coração”, que reúne 35 obras de 20 artistas da cidade de Fortaleza, inspiradas na arte de Leonilson. Idealizada pela produtora e gestora cultural Nádia Sousa, com curadoria de Sérgio Gurgel, Simone Barreto e Ruth Aragão, e realizada pela Mercúrio – Gestão, Produção e Ações Colaborativas. Na abertura, haverá show da banda Dronedeus e performance artística.

Os artistas Bruno Queiroz, Fernanda Martins, Fernanda Meireles, Gleyson Portela, Laura Karine, Natália Parente, Nilo Lima, Nina Santiago, Raísa Christina, Robézio Marques, Rodrigo Ferrera, Ruth Aragão, Sérgio Gurgel, Silvânia de Deus, Simone Barreto, Tereza Dequinta, Tiago Fontoura, Victor Hugo, Vitória Forte e Yuri Yamamoto produzem um diálogo entre a moda e a obra de Leonilson, utilizando os mesmos materiais e caminhos do artista cearense: bordados, frases com delimitação de sentido, pinturas, riscados sobre papel, números, bússolas, ampulhetas, pedras, botões.

Oficinas

Como forma de promover a formação artística, a exposição no Sobrado Dr. José Lourenço também traz oficinas ministradas pelos artistas. No dia 3, de 13h30min às 16h30min, acontece a oficina de “Visagismo e Autoestima”, com Gleyson Portela. O “Crochê Contemporâneo” é tema da oficina do dia 5, das 9 às 11h3min0, com Nina Santiago. No dia 9, das 13h30min às 16h30min, acontece a oficina de “Bordado Livre”, com Fernanda Martins e Natália Parente. Já no dia 11, às 13h30min, é a vez da oficina “Bordado Experimental”, com as mesmas artistas. Por fim, no dia 12, às 9 horas, acontece a oficina “Ilustração de Moda”, com Gleyson Portela. As inscrições para as oficinas já foram encerradas, tendo todas as vagas preenchidas.

SERVIÇO

*Sobrado Dr. José Lourenço – Rua Major Facundo, 154 – Centro, Fortaleza – CE)

*Exposição: De 29 de julho a 19 de agosto

*Visitação: De segunda à sexta, das 9 às 17 horas e sábado, das 9 às 12 horas.

(Foto – Divulgação)

Arce autua 10 usinas eólicas

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce), por meio de sua coordenadoria de energia, já contabiliza 10 processos, em andamento, que envolvem autos de infração por irregularidades cometidas por usinas eólicas. As geradoras autuadas são as eólicas Estrela, Cacimba I, Ouro Verde, Santa Mônica, Buriti, Cajucoco, Coqueiro, Santo Antônio de Pádua, São Cristovão e São Jorge, informa o presidente da agência, Hélio Winston.

As multas aplicáveis às geradoras somam, ao todo, um valor de R$ 686.966,89. Contudo, as geradoras têm direito de apresentar à Arce recurso administrativo contra a multa aplicada. Caso o recurso seja julgado procedente, em parte ou no todo, a multa pode ser reduzida ou mesmo anulada.

O presidente do Conselho Diretor, Hélio Winston, lembra que, “caso a Arce mantenha a decisão, a geradora pode entrar com novo recurso, que também deverá ser encaminhado à agência e passará pela mesma análise descrita. A diferença é que, dessa vez, o processo será encaminhado diretamente à Aneel, que emitirá o parecer final”.

Motivos de autuações

As autuações lavradas pela Arce são consequências de fiscalizações feitas pelos técnicos que fazem visitam in loco e avaliam as condições em que se encontra cada eólica no tocante à conservação, operação e segurança; licença ambiental de operação e diagrama unifilar (gráficos que representam uma instalação elétrica ou parte dela), além da ficha técnica; histórico da geração; sistemas de proteção contra incêndio; limpeza, organização e sinalização de segurança. Também são analisados os níveis de conservação das estruturas e dos equipamentos.

Natal de Luz de Fortaleza – Data já está definida

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza já definiu quando começa o Natal de Luz, período que se estende até a véspera da festa, incentivando, com muitas promoções, o comércio local.

A partir de 17 de novembro, na Praça do Ferreira, com a chegada do Papai Noel, informa uma fonte da Ação Novo Centro

Outra. Nesta edição, uma novidade: vai “nevar” em plena praça.

(Foto – Arquivo)

Fábrica Votorantim do Pecém comemora nove anos

A unidade da Votorantim Cimentos, que fica no Complexo Portuário e Industrial do Pecém, comemora nove anos de operação. A fábrica, que entrou em operação em 2008, atende ao mercado de Fortaleza e Região Metropolitana, tendo como principais clientes as concreteiras do entorno e o mercado de argamassas do Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Bahia. A unidade produz cimento granel (CPIIF) e oito tipos de argamassas, dentre elas a Múltiplo Uso (ACIII), Cerâmica Interna ( ACII) e Cerâmica Externa ( ACI).

“Temos imenso orgulho em celebrar nove anos de presença em Pecém, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social da região. Norteados pelo compromisso de estabelecer relações duradouras, esperamos continuar colaborando a longo prazo com a construção de um legado para a comunidade, funcionários e clientes”, afirma Alex Zonatto, gerente da fábrica.

DETALHE – Neste ano, a fábrica comemora também um marco: reconhecimento em sustentabilidade com a conquista do Certificado Internacional ISO 14001.

(Foto – Divulgação)

TRE inaugura segunda-feira novo cartório em Beberibe

O Tribunal Regional Eleitoral vai inaugura segunda-feira, às 9 horas, o cartório eleitoral da 84ª Zona Eleitoral, em Beberibe (Litoral Leste), e iniciar o cadastramento biométrico ordinário dos 42.643 eleitores do município. A informação é da assessoria de imprensa do tribunal.

A cerimônia de inauguração contará com a presença da presidente do TRE, desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, e do vice-presidente e corregedor regional eleitoral, desembargador Haroldo Correia de Oliveira Máximo.

Em Beberibe, o cadastramento biométrico não será obrigatório para as eleições de 2018, mas o TRE orienta os eleitores a agendar o atendimento através do telefone 148 ou na página do tribunal – link http://www.tre-ce.jus.br/eleitor/agendamento-atendimento-ao-eleitor

SERVIÇO

*O novo cartório eleitoral de Beberibe está localizado na rua Joaquim Facó, nº 208, no bairro Novo Planalto.

*Atendimento aos eleitores – de segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas.

Banda cover dos Mamonas Assassinas faz despedidas das férias do Shopping Benfica

Para se despedir das férias, o Shopping Benfica vai apresentar, neste sábado, a partir das 19 horas, na área externa em frente pertinho da Casa do Cidadão, show com banda cover oficial dos Mamonas Assassinas, a Quatorze ZeroMeia.

O evento terá food truck, entretenimento infantil e a entrada é gratuita.

SERVIÇO

*Shopping Benfica – Avenida Carapinima, 2200 – Benfica.

*Mais informações: 3243-1000.

(Foto – Divulgação)

27º Cine Ceará – Curta produzido por jovens da escola pública será exibido na abertura do festival

“A luz da mata” é o tema do curta de animação produzido por um grupo de estudantes da rede pública de Fortaleza. O filme será exibido na noite de abertura do 27º Cine Ceará, 5 de agosto, no Cineteatro São Luiz.

Os jovens cineastas vão acompanhar a estreia do curta, que produziram como participantes do projeto Enel Compartilha Animação, sob a orientação de Telmo Carvalho.

(Foto – Divulgação)

Pessoas com deficiência e hemofilia ganham passe livre no transporte intermunicipal

Acrísio assinou testemunhando o avanço social.

O governador Camilo Santana (PT) assinou, nesta manhã de sexta-feira, no Palácio da Abolição, lei que institui o Passe Livre Intermunicipal para pessoas com deficiência e hemofílicos de baixa renda. Entre as presenças, o vereador Acrísio Sena (PT), ex-assessor de Articulação com Movimentos Populares do Governo.

No ato, Acrísio aproveitou para informar que agora em agosto será aprovado na Câmara Municipal o Estatuto da Pessoa com Deficiência. “Trata-se da consolidação de leis, desde 1986, que foram aprimoradas para assegurar a essa população uma legislação específica que assegure direitos e cidadania”, acentuou o vereador para o Blog.

SERVIÇO

*Saiba mais sobre o benefício aqui.

(Foto – Divulgação)

Tasso Jereissati: País está “literalmente quebrado” e Reforma Política é fundamental

452 4
O senador Tasso Jereissati (PSDB) voltou a defender a necessidade de uma reforma política, como forma de resolver a sequência de crises institucionais no País. Durante encontro regional de lideranças do PSDB cearense, no município de Aracoiaba, nessa quinta-feira à note, ele defendeu como m”fundamental” a reforma política.
“É fundamental essa reforma. Caso contrário, nós vamos viver de crise em crise. Do jeito que as coisas estão, não dá para continuar”, reforçou o tucano diante de uma plateia de representantes de 14 municípios do Maciço do Baturité.
Tasso analisou o cenário político brasileiro e falou do projeto dos tucanos para as eleições de 2018 no Ceará – admitindo que o partido terá participação efetiva no pleito. “Esses encontros servirão para esse debate que precisamos ter com a sociedade acerca de um projeto para o nosso Estado”, disse.

Ao discursar, Tasso  comentou sobre prisão de Aldemir Bendini, reconhecendo que “O Brasil vive um dos piores momentos na sua história. Já estou na política há 30 anos e nunca vi  uma situação como essa que estamos vivendo. Uma corrupção que não tem nenhum paralelo em nossa história. Hoje mesmo nós acordamos com a notícia de que o ex-presidente da Petrobrás e do Banco do Brasil foi preso por corrupção. E corrupção praticada já depois que começaram  as investigações da Lava Jato”.Sobre a economia brasileira, assegurou que ” nunca esteve tão ruim. Desde 1930 nós não vivíamos um momento tão difícil.  Estamos com 14 milhões de desempregados – um número maior que a população de muitos países. Ou seja, estamos quase com um país de desempregados dentro do Brasil. Faltando dinheiro para tudo porque o Brasil está, literalmente,  quebrado”.

(Foto – Divulgação)

Brasileiro está menos confiante em relação à inflação, emprego e renda

O consumidor brasileiro está menos confiante com relação à inflação do país, às expectativas de emprego, renda e de compra de bens de maior valor, segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI). De acordo com a entidade, o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec), divulgado hoje (28), caiu para 99,5 pontos em julho, valor 1% inferior ao de junho; 1,7% menor do que o registrado em julho de 2016; e 8,2% abaixo da média histórica (108,4 pontos).

O Inec é um indicador criado pela CNI para ajudar as empresas a anteciparem variações na atividade econômica e, em especial, identificar as tendências dos consumidores para os próximos seis meses.

De acordo com a CNI, “todos os componentes dos indicadores que apontam as expectativas dos brasileiros para os próximos seis meses pioraram em julho”. A entidade aponta como sendo a maior queda a relativa às expectativas sobre o mercado de trabalho.

O recuo do índice que avalia a expectativa de desemprego recuou 5,2%, na comparação com junho. Na comparação com julho de 2016, o recuo ficou em 5,3%. A CNI esclarece que quanto menor o índice, maior é a expectativa de desemprego.

Já o índice que mede a expectativa com relação à inflação, foi registrado uma queda de 1,5% em julho, na comparação com junho; e de 1,3% na comparação com julho do ano passado.

Houve também queda nos índices relativos às expectativas de renda pessoal (-0,7% na comparação com junho; e -2% na comparação com julho de 2016), e da expectativa de compras de bens de maior valor (-1,7% na comparação com junho; e -2,6% na comparação com julho de 2016.

(Agência Brasil)

A renegociação das dívidas dos agricultores nestes tempos de crise

Com o título “Pelos agricultores do semiárido”, eis artigo do presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (PMDB). Ele destaca avanços para a agricultura com lei de renegociação das dívidas no setor. Confira:

Arregimentar apoio a um projeto que garantisse condições especiais para os agricultores quitarem suas dívidas, contraídas em função da seca que assola o nordeste e outras regiões brasileiras, não foi tarefa fácil. Fez-se necessário persistência e poder de convencimento, ainda mais em um cenário de crise econômica e queda de receita.

Mas as dificuldades sempre integraram a minha luta política, e o desejo de ver o campo desenvolvido, com qualidade de vida para as famílias, é mais forte. Como sertanejo que sentiu na pele as agruras da lida na roça do semiárido, mantive como prioridade de atuação o atendimento às demandas dessa população.

Por tudo isso, podemos comemorar agora uma nova vitória. Após garantir a vigência da Lei 13.340/2016, que permitiu a renegociação das dívidas contraídas em decorrência da estiagem até 2011, com descontos de até 95%, consegui junto ao Conselho Monetário Nacional (CMN) autorização para as instituições financeiras renegociarem operações de crédito rural de custeio e de investimento, contratadas entre janeiro de 2012 e dezembro de 2016.

Com a Resolução Nº 4.591, de 25 de julho de 2017, serão beneficiados 1,3 milhão de produtores rurais e cooperativas de produção agropecuária prejudicadas pela seca em municípios da área de atuação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), com decretação de situação de emergência ou estado de calamidade pública, com reconhecimento pelo Ministério da Integração Nacional (MIN).

A partir de hoje, homens e mulheres do campo, que estão em débito forçado junto às instituições financeiras, poderão renegociar suas dívidas, retomar a capacidade de produção e fomentar a economia rural, gerando renda e enaltecendo a dignidade desse povo tão sofrido e batalhador. Seguiremos juntos, para avançar em novas conquistas para os cearenses e os nordestinos.

*Senador Eunício Oliveira
Presidente do Congresso Nacional

Dilma depõe como testemunha de defesa da senadora Gleisi Hoffmann

A ex-presidente Dilma Rousseff presta depoimento hoje (28), em Porto Alegre, na condição de testemunha de defesa da senadora Gleisi Hoffman. A audiência ocorrerá nesta tarde, na Seção Judiciária do Estado do Rio Grande do Sul.

Gleisi e o marido, o ex-ministro das Comunicações Paulo Bernardo, são acusados pela Lava Jato de receber R$ 1 milhão do esquema de corrupção da Petrobras para custear a campanha eleitoral ao Senado, em 2010. A ação penal tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) por conta do foro privilegiado da parlamentar.

Além de Dilma, será ouvido hoje o ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, em depoimento marcado para às 17h na Justiça Federal da Bahia, em Salvador. Gabrielli também falará como testemunha de defesa.

(Com Agência Brasil)

Pró-reitor de Pesquisa e pós-graduação da UFC assume na Sociedade Brasileira de Física

O professor Antônio Gomes de Souza Filho, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Ceará, assumiu como diretor da Sociedade Brasileira de Física. Já tomou posse, inclusive, durante ato em Belo Horizonte (MG).

Embora de jeito simples, é um dos pesquisadores mais respeitados no País. Obteve título de Mestre em Física e doutorou-se em Ciências pela UFC, em 2001, com a realização de estágio sanduíche no MIT (EUA). Foi nomeado membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências em 2011.

Contas públicas têm pior resultado para junho

O setor público consolidado, formado por União, os estados e os municípios, registrou déficit nas contas públicas em junho, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (28) em Brasília. O déficit primário, receitas menos despesas, sem considerar os gastos com juros, ficou em R$ 19,552 bilhões. Esse foi o pior resultado para o mês na série histórica iniciada em dezembro de 2001.

O resultado do primeiro semestre também foi o maior para o período, chegando ao déficit primário de R$ 35,183 bilhões. Em 12 meses encerrados em junho, o déficit primário ficou em R$ 167,198 bilhões, o que corresponde a 2,62% do Produto Interno Bruto (PIB) , a soma de todos os bens e serviços produzidos no país.

Em junho deste ano, o Governo Central (Previdência, Banco Central e Tesouro Nacional) acusou déficit primário de R$ 19,937 bilhões. Os governos estaduais anotaram superávit primário de R$ 346 milhões, e os municipais, superávit de R$ 107 milhões. As empresas estatais federais, estaduais e municipais, excluídas empresas dos grupos Petrobras e Eletrobras, tiveram superávit primário de R$ 145 milhões no mês passado.

Em junho, os gastos com juros nominais ficaram em R$ 31,511 bilhões, contra R$ 22,113 bilhões em igual mês de 2016. O déficit nominal, formado pelo resultado primário e os resultados de juros, atingiu R$ 51,063 bilhões no mês passado ante R$ 32,174 bilhões de junho de 2016. Em 12 meses encerrados em junho, o déficit nominal ficou em R$ 440,297 bilhões, o que corresponde a 6,89% do PIB.

A dívida líquida do setor público (balanço entre o total de créditos e débitos dos governos federal, estaduais e municipais) chegou a R$ 3,112 trilhões em junho, o que corresponde a 48,7% do PIB, com elevação de 0,6 ponto percentual em relação a maio.

A dívida bruta (contabiliza apenas os passivos dos governos federal, estaduais e municipais) chegou a R$ 4,674 trilhões ou 73,1% do PIB, com aumento de 0,6 ponto percentual em relação ao mês anterior.

(Agência Brasil)

Como num temeroso roteiro de filme

Com o título “Como num temeroso roteiro de filme”, eis artigo do presidente da CUT/Ceará, Will Pereira. Ele avalia o cenário político atual como filme previamente planejado. Confira:

O script está sendo seguido à risca desde que se desenhou o golpe: derruba-se a presidente eleita; ergue-se um novo Ministério (sem negros, sem mulheres); Senado libera pedaladas fiscais; retira-se o pré-sal da saúde e da educação, ao tempo em que se congela (por 20 anos!) os investimentos nessas áreas; aprova-se a reforma trabalhista;impõe-se a da Previdência; anuncia-se um Programa de Desligamento Voluntário (PDV) no serviço público. E outros etceteras desse roteiro de filme de terror.

Em nome do equilíbrio fiscal e do ajuste nas contas públicas, o presidente Michel Temer continua a passar seu rolo compressor sobre a classe trabalhadora. A bola da vez é o serviço público federal, que esta semana acordou com a intragável surpresa do PDV, anunciado pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. “A medida busca aumentar a eficiência no serviço público”, defende a pasta. A expectativa do governo é cortar ao menos cinco mil servidores. Como um serviço pode ser eficiente enquanto seu capital humano é desmontado? A sociedade depende da qualidade dos serviços prestados pelo governo – e para isso paga impostos altos. A conta da crise fiscal não deve ser jogada nas costas do trabalhador.

Guardadas as devidas proporções, Temer faz as vezes de Trump latino.

Ao Norte, o presidente estadunidense tenta derrubar programas sociais que tinham conseguido dar estabilidade mínima a uma sociedade com mais de 40 milhões de pobres. Na América de cá, o comando do Executivo segue um rumo semelhante e perigoso e amplia mais o fosso entre os mais vulneráveis e os donos do capital.

Investigado por corrupção e sem medir esforços para continuar ilegitimamente no poder, Temer vem aumentando as despesas para tentar manter o apoio de parlamentares. E já nem mais tenta camuflar as tentativas de, com o dinheiro dos impostos pagos pela sociedade, assediar o Congresso. A este, cabe a palavra final, no próximo dia 2, sobre o prosseguimento da denúncia contra o presidente no Supremo Tribunal Federal (STF). Que o nosso Congresso não se desmoralize e dê um final merecido ao protagonista desse filme.

Wil Pereira,

presidencia@cutceara.org.br

Presidente da Central Única dos Trabalhadores no Ceará (CUT-Ceará).

BNB e AJE Fortaleza fecham parceria na área do empreendedorismo

A Associação dos Jovens Empresários de Fortaleza (AJE) vai assinar, dia 2 próximo, às 8h30min, na sede da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), um termo de cooperação técnica com o Banco do Nordeste.

O objetivo é oferecer produtos de crédito (investimento e capital de giro através do cartão BNB) às sociedades empresárias de micro e pequeno porte associadas à AJE Fortaleza. O termo será firmado por Jorge Bagdêve, superintendente do BNB, e o coordenador-geral da entidade, Fernando Laureano.

“O ato é pioneiro no movimento jovem empresarial brasileiro, que chegará ao longo do tempo em todo o Nordeste brasileiro atendendo cerca de três milhões de jovens empreendedores”, destaca Laureano, em nota da AJE.

Índice que reajusta aluguel acumula em 12 meses queda de 1,66%

Pela quarta vez consecutiva, o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) apresentou queda em julho com variação de -0,72%, uma baixa mais expressiva do que em junho (-0,67%). Comparado com julho de 2016, o resultado mostra uma reversão já que, em junho de 2016, o índice havia indicado alta de 0,18%.

No acumulado do ano, houve recuo de 2,65% e, em 12 meses, de 1,66%. Esta última variação é que serve de base de cálculo para a renovação dos contratos de aluguel e também de outros tipos de reajustes.

Os dados foram divulgados hoje (28), em São Paulo, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV) e representam a variação de preços coletados entre 21 de junho e 20 de julho.

Essa queda do IGP-M foi puxada, principalmente, pelo setor atacadista. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) indicou redução de 1,16% sobre uma queda de 1,22% em junho. Entre os destaques estão a diminuição de preços dos alimentos in natura (de 1,83% para -7,20%). No grupo matérias-primas brutas foi constatada queda de 1,37%, mas em junho o recuo tinha sido ainda mais expressivo (-3,63%).

Entre as commodities (produtos com cotação no mercado internacional) que fazem parte do cálculo com movimento de recuperação de preços estão o minério de ferro, que passou de um declínio de 11,19% para 1,47%; a cana-de-açúcar (de -2,88% para -1,79%) e soja (em grão) (de 1,88% para 2,41%).

O segundo componente que ajudou a reduzir a pressão inflacionária foi o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC). Passou de uma alta de 1,36% para 0,22%. Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) apresentou uma reversão, subindo 0,04% ante uma queda de -0,08% em junho.

(Agência Brasil)